Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

“Casa do Idoso mais Feliz” realiza, em Maricá, baile em homenagem ao Dia do Idoso

Texto: Fernando Uchôa | Fotos: Clarildo Menezes

Para celebrar os dez anos do Estatuto do Idoso, além do Dia do Idoso (comemorado todo 1º de outubro), a Casa do Idoso Mais feliz realizou na noite da última sexta-feira (04.10) um baile ao som dos músicos Sidney Santos e Ricardo Pop, além da banda Agura’s Band.

Os doze núcleos de atividades do projeto prestigiaram o evento e um grupo de Santa Paula (Senaides Rodrigues, 91 anos, Maria José Silva, 83, Yeda Docel, 74, e Eva Rosa da Silva, 67, alunas de artesanato e da oficina de flores) se destacou pela animação, encantando os convidados. O casal Antônio Sérgio e Adelízia, Rei e Rainha do Carnaval da Casa do Idoso mais Feliz, também esbanjou sorrisos durante a festa.

O professor de dança de salão, Moreira Maia, deu um show à parte com as alunas de suas aulas e convidadas. Entre elas estava Sandra Rosa, 57 anos, moradora da Mumbuca e professora aposentada da rede municipal. "Deveria ter vindo há mais tempo para cá. Eu amo esta Casa. Aqui, a gente preenche o tempo e se diverte muito", declaraou Sandra, que é mãe de dois filhos, um de 29 e outro de 31 anos.

Daniela Norato, 34 anos, é ajudante de dança do professor Moreira, vive no Centro, e revela que aprendeu a dançar há pouco mais de três meses. Hoje, ajuda Moreira a ensinar os passos a 180 alunos da Casa. "É muito prazeroso ensinar depois de ter aprendido a dançar", comenta. Segundo o professor, a dança de salão é “uma atividade lúdica, boa para o corpo e para a alma”. Ele também faz questão de estimular os iniciantes, afirmando que não se trata de uma dança difícil. "Requer dedicação, mas não é nada difícil", defende.

A secretária municipal e diretora da Casa do Idoso Mais Feliz, Lesirée Rejane, comemorou o sucesso do evento. "Esta é mais uma conquista de nossa política pública para a terceira idade. Temos hoje 5.100 idosos nas duas Casas do Idoso Mais Feliz, além de 12 núcleos, participando das atividades esportivas, sociais e culturais. Basta ver a alegria estampada no rosto das pessoas que estão aqui hoje para medir o sucesso do projeto", ressaltou. "É um verdadeiro resgate de autoestima e exercício da cidadania", completou. O secretário municipal de Direitos Humanos, Miguel Moraes, e o vereador Adenilton Diniz também prestigiaram a festa.

 

 

About these ads

Outubro 8, 2013 - Posted by | direitos humanos, jornalismo, Maricá, projeto social | ,

Ainda sem comentários.

Deixar uma resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 62 outros seguidores

%d bloggers like this: