Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Grande apresentação da Cultura Indígena hoje, em Maricá. Entrada franca

Texto: Fernando Uchôa (edição: FSB Comunicação) | Fotos: Fernando Silva

Uma apresentação imperdível. Um programa para toda família!!!

Venha conhecer de perto a cultura dos índios: Pataxó, Gavião, Pareci, Bakairi e Guarani

Doze índios – sete homens e cinco mulheres – da etnia Bakairi (MT), foram os primeiros dos 50 indígenas que se apresentarão nesta quinta-feira em Maricá a chegar, na tarde desta quarta-feira (24/08) à aldeia guarani Hoovy Tekoa Ovy Porã (Mata Verde Bonita, em língua indígena). Os 38 restantes desembarcaram no Rio no fim do dia e são das etnias Pataxó (BA), Gavião da aldeia Kyikatejê (PA) e Pareci (MT). As delegações fazem parte de um intercâmbio cultural entre a Secretaria Nacional de Esportes, Cultura e Inclusão Social, do governo federal, e a Secretaria Municipal Adjunta de Cultura, Ciência e Tecnologia.

DSCN5679Os índios ficarão hospedados na aldeia até sexta-feira (26/08).

Hoje, quinta-feira (25/08), às 20h, as etnias se apresentarão no Cinema Público Henfil, na Rua Fulvio Emílio Chebabi, Centro, (espaço do antigo Detran), com entrada franca. O artesanato indígena estará em exposição para venda.

Pintados com tinturas à base de jenipapo e urucum, com desenhos que reproduzem sua mitologia e animais da floresta, os índios farão demonstrações de danças e cânticos, além da luta corporal Tadainpãdyly, um teste de força e resistência, a exemplo da luta Huka-Huka, dos Kuikuro e outros povos xinguanos. 

DSCN5684 Os índios foram recebidos pelo cacique guarani Darcy Tupã, pela secretária municipal adjunta de Cultura, Claudia Schulls, e pela coordenadora de Cultura da secretaria, Rosely Pellegrino. Pintados e adornados com seus cocares, cintos e braceletes, todos foram devidamente apresentados. As cinco mulheres, lideradas por Maisa Bakairi, 52 anos, também ornamentaram-se também para o encontro. Na cultura Bakairi (tronco linguístico Karibe) os homens caçam, pescam e lutam, enquanto as mulheres plantam, criam animais, cozinham e fazem redes.

O povo Bakairi, morador às margens do Rio Paranatinga (afluente do Rio Tapajós, MT), é campeão mundial do cabo-de-guerra. O título mundial foi conquistado aos Bororo nos últimos jogos internacionais indígenas, realizado em Palmas (TO), além de serem tetracampeões nacionais, os Bakairi são bicampeões regionais. “Treinamos o ano todo. Cada etnia, cada povo, tem uma habilidade que desenvolve mais e que se torna tradição daquele grupo e que é disputada nos jogos indígenas. A nossa é o cabo-de-guerra”, explica Bruno Bakairi, um dos guerreiros do grupo.

Agosto 25, 2016 Posted by | arte, cultura, Entretenimento, jornalismo, Lazer, Maricá, projeto cultural, shows e eventos, turismo | , , , , , , | Deixe o seu comentário

Índios de várias tribos fazem apresentação de dança no Cine Henfil

Texto: Fernando Uchôa (edição: FSB Comunicação) | Fotos: Fernando Silva

Cinquenta índios das etnias Pataxó (BA), Gavião (RO), Bakairi e Pareci (MT) chegam nesta quarta-feira (24/08), em Maricá, e ficarão hospedados até sexta-feira (26/08), na aldeia tupi guarani Haavy Tekoa Ovy Porã (Mata Verde Bonita, em língua indígena), em São José do Imbassaí. O grupo fará uma apresentação de danças e cânticos rituais na quinta-feira (25/08), às 20h, no Cinema Público Municipal Henfil, Centro. O evento é aberto ao público e no espaço externo do cinema, haverá exposição e venda de artesanato indígena.

A visita faz parte de um programa de intercâmbio cultural entre etnias, promovido pela Secretaria Nacional de Esportes, Cultura e Inclusão Social, em parceria com a Secretaria Municipal Adjunta de Cultura, Ciência e Tecnologia de Maricá. “É uma ação de boa vontade entre governo e povos indígenas, e de hospitalidade entre ‘parentes’, nos fortalece a identidade e as raízes do nosso povo", afirma o cacique Darcy Tupã. Em julho, os guaranis receberam 18 índios Kuikuro, do Xingu (MT), que se apresentaram em Maricá e no Rio com danças, cantos e puderam vender seu artesanato.

Agosto 24, 2016 Posted by | arte, cultura, jornalismo, Lazer, Maricá, shows e eventos, trabalho e renda | , | 2 Comentários

Nota de Falecimento: A família de Orpheu dos Santos Salles comunica seu falecimento

Conhecido entre os jornalistas como o QUIXOTE DO SÉCULO XXI, Orpheu era o último funcionário vivo de Getúlio Vargas

É com grande pesar que comunico o falecimento do estimado amigo de Maricá, Orpheu dos Santos Salles, que estava internado no Copa D’or, desde o começo de julho. Os médicos (e ele) liberam a visita, no dia 13, segundo informações Orpheu estava um pouco deprimido, pois estava traqueostomizado sem falar. Imaginem o sofrimento, Orpheu sem falar. Quem o conhecia mesmo que fosse um pouco entende o que falo. Orpheu era um sábio, um amigo que tinha a expertise da vida correndo em seu sangue, um amigo com quem eu tinha prazer de conversar, e ele sempre me levava a viajar pelo tempo quando contava histórias políticas do passado, para explicar o presente. Descanse em paz meu amigo. Aos familiares meus sentimentos. (Rosely Pellegrino editora deste blog de notícias).

Seu falecimento foi comunicado pela família nesta noite, abaixo transcrevo o texto de despedida de seu filho Tiago Salles.

 

Por Tiago Salles 

Orpheu dos Santos SallesEssa era sua foto predileta, ele usava para tudo, até para a carteira de identidade.

Algumas vezes, inclusive nas cerimônias do Troféu Dom Quixote, falei sobre a grande admiração que tenho pelo meu pai. Além de amigo, confidente e conselheiro ele sempre foi o meu herói. Em todas as batalhas que enfrentava, em todas as adversidades que a vida nos impunha, ele sempre se manteve forte. Foi preso, passou pela solitária, foi privado do convívio com os amigos e familiares, constrangimentos diversos, sempre por acreditar na democracia ou por defender os seus amigos.

Durante os últimos 18 anos que trabalhamos juntos passamos por muitos problemas, mas ele sempre me ensinou a ter calma e olhar para frente, acreditar no futuro e ter esperança.

Desde a infância escutava que sua maior vontade era chegar aos anos 2010, sua vontade era tanta que até Deus apareceu em seus sonhos para dizer que ele conseguiria, desde que maneirasse na comida e na bebida (essa parte ele não entendeu muito bem), mas Deus cumpriu sua palavra e deu-lhe, inclusive, uma prorrogação.

Durante os últimos meses estávamos trabalhando em sua biografia, que já se encontra no prelo. Era muito gostoso relembrar suas histórias e memórias, foram momentos que jamais esquecerei. De tantas histórias, uma o define bem. Certa vez, durante um interrogatório no DOPS, um tenente o chamou de Agitador Comunista e escutou a seguinte resposta: "Alto lá, senhor, comunista não, sou Getulista e defendo os direitos dos trabalhadores, mas agitador eu serei sempre.”

Orpheu era um agitador sem igual, estava sempre inventado moda. Muitas vezes eu tinha que intervir, brigávamos pela manhã, mas ele fazia questão de me chamar para almoçarmos juntos logo depois.

Com diz nosso amigo Luis Felipe Salomão, era uma dessas pessoas que não existem mais. Uma generosidade inigualável, dividia tudo o que tinha e se não tivesse para dividir procuraria alguém que pudesse ajudá-lo a dividir o que não tinha.

Certa vez, um pouco abatido com a situação que estava vivendo no período da ditadura, viajando do Rio para São Paulo, parou na Catedral de Aparecida do Norte e procurou o Bispo para pedir-lhe um conselho. Disse que não estava mais suportando as perseguições e que não sabia mais o que fazer. Recebeu um conselho que seguiu durante toda a vida: “Orpheu, você é um desses homens que deve seguir a vida como uma vela, iluminando o caminho e queimando de pé até o fim.”

Ele iluminou nosso caminho e ficou de pé até seu ultimo momento.

Essa noite o céu não ganhará só uma estrela, ganhará um sol enorme!

Pai, pelo seu exemplo, pela sua postura e pela sua bravura será sempre a luz que irei seguir, será sempre meu norte, meu eterno timoneiro!

Orpheu viverá para sempre em nossos corações!

PS: O velório será na quinta, dia 18/08, de 10 às 15hs, na capela 5 no crematório do Memorial do Carmo no cemitério do Caju – RJ.

Agosto 17, 2016 Posted by | jornalismo, Maricá | , | Deixe o seu comentário

Feira Cultural Africanidade estreia no projeto Maricá Mostra Cultura

Texto: Sergio Renato (edição: FSB Comunicação) | Fotos: Clarildo Menezes

A primeira participação da ELOYA Feira Cultural Africanidade no projeto Maricá Mostra Cultura trouxe mais de 20 expositores, que montaram suas barracas oferecendo os mais diferentes artigos remetendo à cultura afro, como roupas, acessórios, enfeites e outros. Os bons preços atraíram o público que foi à Praça Orlando de Barros Pimentel no último sábado (13/08).

“As pessoas adoraram os artigos oferecidos e a simpatia dos expositores e compraram turbantes, brincos, tecidos do Senegal e até biquínis. E eles, por sua vez, se encantaram com a população e com o espaço da praça. Foi uma interação bacana que tivemos”, garantiu Rosely Pellegrino, organizadora do Maricá Mostra Cultura.

Ainda segundo Rosely, a Feira Cultural Africanidade voltará ao projeto municipal sempre no segundo sábado de cada mês, sendo sua próxima participação no dia 10 de setembro. O Maricá Mostra Cultura é um projeto desenvolvido pela Secretaria Adjunta de Cultura, Ciência e Tecnologia e acontece sempre todo primeiro e segundo sábado do mês. As inscrições para expositores podem ser feitas através do telefone 96990-9640.

DSCN4938 

 DSCN4949

DSCN4955 DSCN4970

DSCN5008 

Agosto 17, 2016 Posted by | jornalismo, arte, Lazer, cultura, Maricá, Feiras e Eventos, projeto cultural, Maricá Mostra Cultura | , | Deixe o seu comentário

Pesquisa registrada no TRE IBOPE: Em Maricá, Fabiano Horta Lidera com 48% com apoio de Quaquá

IBOPE

Campanha eleitoral em Maricá

Pesquisa registrada no TRE IBOPE: Fabiano Horta Lidera com 48% de intenção de votos, com apoio de Quaquá
Delarolli  tem 33% ao lado de Ricardo Queiroz e Uilton Viana.

Pesquisa Ibope 3

Pesquisa Ibope 2

Pesquisa Ibope 1

Pesquisa Ibope 4

Pesquisa Ibope 5 jpeg

Agosto 15, 2016 Posted by | Eleições 2016, Maricá | , , , | Deixe o seu comentário

Maricá participa do espaço olímpico

Texto: André Luiz Gomes (edição: FSB Comunicação) | Fotos: Divulgação

Maricá está participando das olimpíadas dentro do Espaço Rio 2016, destinado a mostrar o melhor que o estado tem a oferecer. Instalado no Boulevard Olímpico, o local fica em um armazém histórico na região portuária – em frente à estação Utopia/ VLT e ao Galpão da Utopia, onde hoje está instalada a exposição NBA, da liga de basquete dos EUA. São 7 mil metros quadrados de área e no estande do Espaço Rio 2016 cinco municípios estarão se apresentando de cada vez. A participação de Maricá se dará de sexta-feira (12/08) a 16 de agosto, com esquipes da Secretaria Municipal Adjunta de Desenvolvimento Econômico e da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Maricá (Codemar), que organizaram a participação da cidade, distribuindo material de divulgação turística que mostra seu potencial nesse setor e os avanços dos últimos anos tanto nessa área quanto na economia, nas políticas sociais e de proteção ao meio ambiente.

Além da participação com material gráfico, a Prefeitura de Maricá faz apresentações periódicas do vídeo institucional produzido no início desde ano, em revezamento com os demais 26 municípios participantes. O vídeo também é exibido na área lateral do estande, em um telão no local onde é apresentado os Jogos. O Espaço Rio 2016, aberto ao público, funcionará até o encerramento das olimíadas e, além da participação dos municípios, oferece simuladores de escalada, luta de boxe e vôlei (saque), uma sala com telões de LED em 360 graus para passeios virtuais por paisagens cariocas, além de um pebolim (totó) humano. O evento, sempre lotado, está recebendo turistas, empresários, representantes da diplomacia internacional e de governos participantes.

O evento ajuda, ainda, a conectar investidores, empresários e executivos de agências de desenvolvimento e fomento – daí o interesse da participação de Maricá, que já participou, através da secretaria e da Codemar, das feiras internacionais de investimento imobiliário Mipim, em Cannes (2014 e 2016) e da Expo Italia Real Estate (Milão, 2013). Haverá, ainda, debates e mesas redondas com discussões e painéis sobre o futuro da moda, do turismo e da tecnologia. A previsão dos organizadores é a de reunir cerca de 3,5 mil empresários, investidores e autoridades de todo o mundo no local. O Espaço Rio 2016 fica na Central Técnica de Produção do Teatro Municipal, na Avenida Rodrigues Alves, 303, e está aberto das 10h às 19h.

Agosto 15, 2016 Posted by | esportes, jornalismo, Maricá | | Deixe o seu comentário

Campanha eleitoral vai começar. O que muda na sua timeline e no seu celular

Fonte: NEXO

  • por Lilian Venturini

Candidatos e eleitores podem usar redes sociais e aplicativos para pedir votos e divulgar mensagens, sejam positivas ou negativas. Na hora de elogiar, criticar ou repassar é bom conhecer os limites impostos pela lei

FOTO: MOHAMMED SALEM/REUTERS

Homens checam seus celulares

REDES SOCIAIS SÃO ESPAÇO IMPORTANTE DE PROPAGANDA POLÍTICA ELEITORAL

Uma montagem em vídeo na qual o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pedia votos para a adversária e então candidata do PSB, Marina Silva, viralizou nas redes sociais no primeiro turno das eleições de 2014. Já no dia da votação do segundo turno, a notícia falsa de que o doleiro Alberto Youssef, um dos principais delatores da Lava Jato, havia sido morto por envenenamento na prisão se espalhou por celulares dos brasileiros via WhatsApp.

Esses foram alguns dos vários episódios de “guerrilha virtual” que marcaram a mais recente campanha presidencial, com prejuízos para todos os lados. Agora, nas eleições municipais, as timelines e aplicativos de mensagens instantâneas dos eleitores voltarão a receber mensagens de impacto eleitoral, positivas e negativas.

Diante do veto de doações empresariais e da redução do tempo de campanha de 90 para 45 dias, a comunicação digital será estratégica para troca de informações e pedido de votos. O que é preciso lembrar é que publicar e divulgar informações que induzam o eleitor ao erro é proibido pela legislação, seja o autor o candidato ou um internauta qualquer.

Essa é uma das regras a que políticos e eleitores devem ficar atentos a partir de terça-feira (16), data em que a Justiça Eleitoral autoriza o início da propaganda nas ruas e na internet. O horário eleitoral no rádio e na TV começa dia 26 de agosto.

O que é permitido
  • Candidatos e coligações podem criar sites, blogs e perfis nas redes sociais. O site oficial da campanha deve ser comunicado à Justiça Eleitoral.
  • O eleitor, desde que identificado, pode pedir votos e manifestar sua opinião, contra ou a favor de candidatos.
  • Enviar mensagens para emails ou telefones celulares cadastrados pela campanha.
O que é proibido
  • para candidato e eleitor: fazer propaganda ou postagens usando perfis falsos ou anônimos
  • para candidato: fazer propaganda paga em sites de terceiros
  • para candidato: aumentar a visibilidade de postagens das redes sociais por meio de pagamento ou do uso de robôs
  • para candidato e eleitor: publicar conteúdo ofensivo e divulgar fatos mentirosos contra candidatos e partidos
  • para candidato: fazer propaganda, mesmo de graça, em sites de empresas, de entidades sem fins lucrativos ou de órgãos públicos
  • doar, vender ou comprar cadastro com informações e emails de eleitores para uso de partidos e de candidatos
  • para candidato: fazer propaganda por telemarketing

R$ 5 mil a R$ 30 mil

é a multa aplicada a quem fizer propaganda irregular na internet, que pode ser aplicada a eleitores e candidatos

O envio de mensagens por email ou pelo celular é autorizado, mas o partido e a coligação são obrigados a oferecer ao eleitor a opção de deixar o cadastro quando ele quiser. A campanha tem até 48 horas para interromper o envio dos textos, caso contrário fica sujeita à multa de R$ 100 por mensagem.

O artigo 57 da lei 9.504 prevê penas ainda mais severas a quem contratar pessoas com a finalidade específica de mandar mensagens e fazer comentários para “ofender a honra ou denegrir a imagem de candidato”.

O contratante pode preso por 2 a 4 anos e pagar multa que varia entre R$ 15 mil a R$ 50 mil. Quem aceita dinheiro para fazer isso também é punido com até 1 ano de prisão (ou prestação de serviços à comunidade) e com multa que varia de R$ 5 mil a R$ 30 mil.

Limite entre a crítica e a ofensa na internet

A liberdade de expressão é assegurada pela Constituição Federal, mas isso não exime candidatos ou eleitores de responsabilidade sobre o conteúdo publicado ou compartilhado.

Não desrespeita a lei quem critica as propostas adversárias, quem pede que eleitores não votem em alguém ou mesmo quem divulga notícias negativas contra um candidato (desde que sejam verdadeiras).

Mas fere a legislação quando a mensagem é sabidamente um boato, quando tem xingamentos ou é caluniosa (imputar um crime, por exemplo) ou ainda quando confunde o eleitor ou o induz ao erro (caso do vídeo com o Lula em 2014).

“O boato na internet viraliza, se perde o controle sobre ele e aquilo se torna verdade aos olhos de muita gente. É difícil [identificar a autoria de boatos ou más práticas] até mesmo nas ruas, com panfletos, por exemplo. Na internet isso ganha uma outra dimensão”

Michael Mohallem (professor da FGV Direito Rio e coordenador do projeto Conexão Eleitoral)

A pessoa ofendida pode recorrer à Justiça Eleitoral e exigir direito de resposta na página do candidato ou do autor. O juiz pode determinar a retirada imediata do conteúdo. Estão previstas ainda punições aos responsáveis, que vão de multa, suspensão temporária do site (no caso do candidato) ou mesmo prisão.

O professor de direito Michael Mohallem, da FGV-Rio, explica que às vezes a Justiça Eleitoral esbarra em dificuldades técnicas para comprovar a verdadeira autoria de irregularidades cometidas na internet.

Quando a ação ocorre nas redes sociais ou em sites de terceiros, nem sempre se consegue provar se de fato o candidato ou partido beneficiado estava por trás daquela ação. Na maioria das vezes, em casos assim, a solução mais comum é determinar a remoção do conteúdo e, de acordo com o teor da mensagem, o responsável direto pela página é punido.

Ainda assim, para Mohallem, as regras em vigor são válidas por assegurar a liberdade de expressão do internauta. Ele acredita, no entanto, que novas regulações sejam feitas em breve para definir melhor o que pode ou não nas redes e para corrigir eventuais distorções.

“Há a possibilidade de punir a ofensa [prevista na lei], mas há o inverso disso: de contratar pessoas ou usar robôs para enaltecer o candidato ou ideias dele. Isso não é proibido, mas também pode distorcer a informação. São práticas difíceis de fiscalizar”, afirma.

A exemplo do que ocorreu em 2014, Mohallem acredita que os próprios internautas e campanhas se fiscalizem uns aos outros. As denúncias de irregularidades podem ser feitas ao Ministério Público Eleitoral e nos tribunais eleitorais de cada Estado.

Agosto 12, 2016 Posted by | Eleições 2016, jornalismo | , , , , | Deixe o seu comentário

Semana com homenagens à Nossa Senhora do Amparo

Texto: Jorge André (edição: FSB Comunicação) | Fotos: Fernando Silva

Nesta segunda-feira (15/08), será comemorado o Dia de Nossa Senhora do Amparo, padroeira de Maricá. A tradicional festa religiosa conta com o apoio da Prefeitura, que disponibilizou a infraestrutura operacional, no trânsito, som, palco e reforço de segurança. Organizada pela Arquidiocese de Niterói, através da Paróquia de Nossa Senhora do Amparo, a festa teve sua programação iniciada no sábado (06/08) com a abertura solene da qual participaram fiéis, movimentos pastorais e associações de moradores.

Na segunda-feira, às 6h, acontecerá a alvorada e, em seguida, às 7h30, será realizada a Santa Missa. A programação prossegue às 9h com a Missa em Ação de Graças. Já às 11h, o Grupo Musical Nossa Alegria, da Secretaria Adjunta do Idoso, fará uma apresentação. Em seguida, será celebrada a Missa Solene. Às 16h os romeiros participarão da Missa Campal e em seguida acontece a Procissão em louvor a Nossa Senhora do Amparo, com a participação de todas as comunidades.

Desde domingo (07/08), a Matriz de Nossa Senhora do Amparo realiza uma série de atividades religiosas em homenagem à padroeira. Cada missa, por exemplo, tem um tema diferente, começando com “Maria que Abençoa as Famílias”, seguido por “O Que é um Ano Santo?” e “Maria Modelo de Santidade”. Nesta quarta-feira (10/08) o tema foi “Por que este ano é dedicado à misericórdia?”, nesta quinta-feira a programação segue com "Eucaristia, Fonte de Vida”, e, na sexta-feira, “O que são as Indulgências?”. As celebrações são sempre realizadas às 18h30.

No sábado (13/08), a programação começará às 9h com procissão ciclística. A saída acontecerá em frente à Matriz e seguirá em direção ao Flamengo. Ao final haverá a bênção do Padre Jadilson aos participantes. No mesmo dia, às 15h, será realizada a Missa e Unção dos Enfermos. Às 18h, em Ponta Negra, depois do Terço e Ladainha realizada na capela de Nossa Senhora das Graças, os fiéis seguirão para a Paróquia de Nossa Senhora do Amparo em procissão. No Centro serão abençoados e participam, às 19h, da Santa Missa. No dia seguinte, domingo, as comemorações começam às 7h com a Santa Missa na Matriz e o ponto alto será a oferta de flores, com coroação de Nossa Senhora do Amparo e Santa Missa fazendo o encerramento.

Agosto 12, 2016 Posted by | jornalismo, Maricá, religioso | , | Deixe o seu comentário

Maricá Mostra Cultura acontece neste sábado com participação especial de expositores da feira da africanidade

Texto: Jorge André (edição: FSB Comunicação) | Fotos: Fernando Silva

O projeto Maricá Mostra Cultura, que acontece todo 1º e 2º sábados do mês, terá uma novidade na edição deste sábado (13/08). A mostra, que começa a partir das 10h, terá a participação da Feira Cultural Africanidade, que vai trazer para a Praça Orlando de Barros Pimentel, roupas, colares, turbantes, tecidos africanos, esculturas de madeira e artigos religiosos. Desenvolvida pela Secretaria Adjunta de Cultura, Ciência e Tecnologia, a feira, uma galeria a céu aberto, também terá a participação dos índios da Kaaguy Tekoa Ovy Porã (“Mata Verde Bonita", em tupi), em São José do Imbassaí, apresentando trabalhos artesanais dos Kuikuro, índios do Xingu (MT).

A responsável pela Feira Cultural Africanidade, Sely Cristina da Silva, conta que o convite da secretaria foi prontamente aceito pelos expositores, e que a iniciativa vai ajudar a ampliar, ainda mais, a presença da cultura africana em Maricá. “Teremos na cidade grande material representando a cultura africana, uma ótima oportunidade para as pessoas conhecerem, um pouco mais, sobre o continente”, afirmou.

A expectativa da organizadora da mostra, Rosely Pellegrino, é a de que a edição deste fim de semana conte com 30 expositores, mas o número pode aumentar. “A participação é livre. Todos podem participar desde que possuam materiais feitos de forma artesanal”, afirmou. Quem quiser expor deve levar uma tenda branca e lâmpada de emergência. As inscrições são feitas através do telefone 96990-9640, com a própria Rosely.

Na segunda-feira, (15/08), outro espaço cultural e também sob a responsabilidade da Secretaria Adjunta de Cultura, Ciência e Tecnologia estará de porta abertas. O Mercado das Artes funcionará a partir das 15h, com uma grande variedade de artesanato, bijuterias, artes e gastronomia.

Agosto 11, 2016 Posted by | jornalismo, arte, Lazer, cultura, Feiras e Eventos, projeto cultural, Maricá Mostra Cultura | , | Deixe o seu comentário

Colônia de férias do Projeto Navegar em Maricá, tem inscrições para adultos

Texto: Sergio Renato (edição: FSB Comunicação) | Fotos: Divulgação

O Projeto Navegar, da Secretaria Adjunta de Esportes de Maricá, está ampliando as inscrições de sua colônia de férias para quem tem acima de 18 anos a partir desta quarta-feira (10/08). No mês passado, o projeto recebeu inscrições de jovens entre 10 e 16 anos para terem aulas de esportes náuticos com vela e canoagem. O sistema é o mesmo já divulgado anteriormente. Os interessados devem procurar a Secretaria de Esportes, no 2º andar do Paço Municipal (Rua Álvares de Castro, 346, Centro) ou o galpão náutico que fica na lagoa do Boqueirão, das 10h às 12h ou das 14h às 16h, onde deverão preencher uma ficha de cadastro e levar RG e CPF.

O objeto do projeto, que é gratuito, é dar oportunidade da prática de vivências em práticas náuticas (remo, vela e caiaque) durante o período de férias escolares e oferecer aos interessados a sua continuidade após este recesso em horários diferenciados. As aulas são acompanhadas por profissionais capacitados e dentro dos padrões de segurança exigidas, sendo obrigatório o uso de coletes oferecidos pelo programa e sob a observação de um guardião salva-vidas.

As aulas serão direcionadas ao publico infantil, adolescentes e adultos separados por horários. Para jovens de 10 a 17 anos, às terças e quintas das 9h às 11h, e para adultos das 11h às 12h.

Agosto 9, 2016 Posted by | esportes, jornalismo, Maricá | | Deixe o seu comentário

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 1.387 outros seguidores