Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Quaquá e Oscar Niemeyer juntos por Maricá

 

Fotos: Catarine Monnerat, e texto: Assessoria de imprensa do PT

O prefeito eleito de Maricá, Washington Quaquá, se reuniu, esta semana, com o arquiteto Oscar Niemeyer, no seu escritório, em Copacabana.

oscar niemeyer 004

O bisneto Paulo Sergio, também arquiteto, o ícone da arquitetura Oscar Niemeyer, Quaquá, a neta de Oscar, Ana Elisa Attademo Niemeyer e Zeidan, esposa do Quaquá

No encontro, Quaquá e Niemeyer tiveram uma conversa bastante descontraída, que foi de política internacional a futebol.

O arquiteto brasileiro, considerado um dos nomes mais influentes na arquitetura moderna mundial, possui um sítio e uma história em Maricá.

"Minha família é de Maricá. Existe até uma rua que recebeu o nome do meu avô, Ribeiro de Almeida. Além disso, tenho um sítio no Bananal, que foi presente de um grande amigo", afirmou.

O arquiteto, que no auge dos seus 100 anos possui uma lucidez impressionante,se colocou a disposição de Quaquá para a elaboração de projetos para Maricá.

oscar niemeyer 006

A jornalista Catarine Monnerat; Zeidan, com a Revista Maricá Já; Oscar Niemeyer; Quaquá  e Ana Elisa, neta de Oscar Niemeyer

"Eu sinto seu entusiamo e sei que está no caminho certo, pensando em mudanças. Você está com bons instrumentos para melhorar a cidade e poderá contar comigo e com minha equipe nesta batalha", disse Niemeyer.

Vários projetos para Maricá foram citados durante a conversa, dentre eles uma obra para a grandiosa praça Libertadores das Américas, que será construída em Inoã.

Anúncios

Novembro 30, 2008 Posted by | jornalismo, social | 2 comentários

Chico Anysio inaugura Espaço Cultural Nubia Lafayete no Rotary Clube Maricá

Fotos e texto: Rosely Pellegrino

O show foi realizado na noite do dia 29 de novembro, um dia que entra para história de Maricá, por vários motivos: O novo espaço para shows, inaugurado por Chico Anysio no Rotary Clube Maricá, em homenagem a grande cantora que acalantava o coração dos românticos e  amava Maricá, Nubia Lafayete.

DSC04426 DSC04394

Chico Anysio ao lado de Jorge Factorine e da irmã de Nubia Lafayete, Izenilda Gance ao lado da placa inaugural

DSC04429

Jane Saunders, Jorge Factorine, Izenilda Gance, Henriette Gance e Cleber Barreto

A família de Nubia Lafayete, Izenilda Gance, e seus sobrinhos Cleber Barreto e Henriette Gance prestigiaram a inauguração do Espaço, idealizado pelo presidente Jorge Factorine.

A sociedade, apesar da chuva inclemente, lotou o espaço e Chico Anysio com seu show “eu conto vocês cantam” proporcionou uma noite muito agradável para todos.

Chico falou de lembranças, Chico falou do valor de um amigo, Chico falou de Amor…

DSC04354 DSC04355

Contou piadas e causos e cantou e encantou o público privilegiado que se permitiu estar presentes em um dos melhores shows dos últimos tempos.

DSC04385

Chico Anysio foi aplaudido de pé.

Durante entrevista exclusiva para Pery Salgado e Rosely Pellegrino, editora deste jornal, Chico Anysio falou que a salvação cultural e de referêncial, está nas novelas, uma das coisas mais importantes para o brasileiro, que o Brasil sabe fazer de melhor e que alcançam o mundo afora.

DSC04301

Foi um orgulho entrevistar Chico Anysio (Rosely Pellegrino)

DSC04303

chico, pery e roseli

a exclusiva foi para Pery e eu

 

A noite foi perfeita.

DSC04306

Jane Saunders, Izenilda Gance ( irmã de Nubia Lafayete), seus sobrinhos Henritte e Cleber Barreto e o casal Dr. Marcelo Bianchi e esposa Michele

DSC04315

A Delfim Moreira Comunicação Integrada preparou uma linda homenagem a Nubia Lafayete

DSC04400 

Bruno da Tecnobombas e o pessoal da Faculdade Severino Sombra

DSC04313

Walter da Triângulo Seguros e o amigo Jacintho Caetano

DSC04310

Gustavo Alvarenga com esposa entre amigos

DSC04309 

A mesa da família Alvarenga, Walter da Triângulo Seguros

 DSC04330

Chico Anysio deu show!!!

 DSC04381

 DSC04308

A artista plástica Aurízia com esposo entre amigos

DSC04326

A mesa do vereador Coronel Pedro Gomes, com esposa Angélica e amigos

DSC04323

Um público seleto prestigiou o evento

DSC04316

Alexandre Sá Rêgo e esposa Fátima, sempre prestigiando o que há de bom

DSC04321 

O idealizador do local e presidente do Rotary Clube Maricá, Jorge Factorine agradeceu a presença de todos. Ao fundo Pery Salgado da PR Produções

DSC04319

Édio Muniz com esposa, neto e os amigos da Dejota’s, Zé e Valéria

DSC04395

Chico Anysio e Izenilda, sendo observados com carinho por Jorge

DSC04396

Adorei estar aqui, o espaço é incrivel e o publico foi maravilhoso !!! Volto em fevereiro. (Chico Anysio)

 

DSC04401

Publico lotou o espaço

 DSC04403  

O encontro de Manhoso e Chico Anysio promovido por Jorge Factorine

 DSC04420

Junior em família e entre amigos

 

DSC04419

Jaderval e Fatima Sá Rêgo com amigas

DSC04418

a galera do cartório

DSC04416

o casal Andrea e Luiz Figueiredo

DSC04415

os amigos: Nickolaus Lambraki, João Luiz, Jorge Factorine e Ricardo Alvarenga

DSC04414 

O casal Carla e João Luiz

DSC04421 

a galera do Banco do Brasil

DSC04428

a noite foi um grande encontro entre amigos

DSC04424

a equipe da Delfim Moreira Comunicação Integrada, deu um show de competência e qualidade

Pery, Wic, Rose e Rosely

A família da PR Produções, Rose, Vitória e Pery Salgado e Rosely Pellegrino editora deste jornal

 

DSC04406

Chico Anysio com sua fã da nova geração, Vitória ao lado do orgulhoso pai e produtor de apoio ao evento Pery Salgado, da PR Produções

Pery, Jorge e Rose

PR Produções e Rotary Clube uma parceria que deu certo

DSC04409 

Eu gostei . Valeu!!!

Produção:

BOZÓ Empreendimentos Artísticos

Coordenação Geral:

PR PRODUÇÕES

Apoio de produção:

Delfim Moreira Comunicação Integrada

Apoio:

CulturarTEEN

Barão de Inohan

Noticiário RJ

Cursos Fox

Patrocínio:

Universidade Severino Sombra – unidade Maricá

Rancho Ubatã

Triângulo Seguros

Vereador Jorge Castor

Delfim Moreira Comunicação Integrada

Santa Mônica Centro Educacional

Lajes Pentágono

Mister Mônaco Agropecuária

Realização:

ROTARY CLUBE DE MARICA

Novembro 30, 2008 Posted by | jornalismo, shows e eventos | 6 comentários

I ENCONTRO ANUAL DE COMENDADORES DAS ORDENS HONORÍFICAS DA FALASP no Rio de Janeiro

 

Lançamento e outorga no Rio de Janeiro da Ordem do Mérito Cívico “Maria Quitéria”, da Federação das Academias de Letras e Artes do Estado de São Paulo e Posse de membros correspondentes da "Academia de Letras da Mantiqueira".
O evento será realizado em sessão solene dia 19 de dezembro de 2008, às 16:00 horas, na Sala Nobre da CONFALB, no Edifício do tradicional Instituo Histórico e Geográfico Brasileiro – IHGB, Av. Augusto Severo, nº 8, 3 andar (esquina da rua Teixeira de Freitas) Glória, Rio de Janeiro, RJ. Homenageados e Convidados – Traje Social Completo.

Na oportunidade esta editora, jornalista Rosely Pellegrino,  também será homenageada com a Condecoração da Ordem do Mérito Cívico “Maria Quitéria”.

A Medalha da Ordem do Mérito Cívico “Maria Quitéria” – a “Heroína das guerras pela independência do Brasil”, da FALASP – Federação das Academias de Letras e Artes do Estado de São Paulo, foi lançada no dia 29 de outubro de 2008, em São Paulo, capital, em evento do CICESP – Centro de Integração Cultural e Empresarial de São Paulo, durante sessão de condecorações e premiações no Salão Nobre “Presidente Juscelino Kubitschek”. A Ordem do Mérito Cívico “Maria Quitéria” é uma honraria que será concedida pelo Conselho da FALASP às pessoas que se destacarem em suas respectivas áreas de atuação. Uma distinção prestigiosa que leva o nome da heroína da independência baiana que se alistou nas tropas revolucionárias para expulsar o exército português em 1823.

Emocionante momento da outorga do Título de Chanceler para Paris, França, a ilustríssima Senhora Acadêmica Diva Pavesi, Dama Comendadora representante da FALASP e da AILA em Paris, França, na foto com o presidente da FALASP, Conde Thiago de Menezes.

As três únicas personalidades homenageadas com a Medalha do Mérito Cívico “Maria Quitéria”, a “Heroína das guerras pela independência do Brasil”: Escritora e Assessora Literária Maria Emília Genovesi; Escritora e Empresária Monica Yvonne Rosenberg e Editora e Escritora Sílvia Bruno Securato (Oficina do Livro Editora – SP)

Novembro 29, 2008 Posted by | jornalismo, social | Deixe um comentário

Mirene e sua Banda deram um show na Feira da Providência

clip_image002

A apresentação foi no dia 27 de novembro, no  pavilhão 2 internacional da Feira da Providencia sob a direção de Haroldo Costa e Ricardo Cravo Albin.

clip_image002[4]

Mirene elogiou a organização do evento e disse que a feira está maravilhosa.

clip_image002[6]

Novembro 28, 2008 Posted by | shows e eventos | Deixe um comentário

Luciana encerrará o II Encontro Nacional de MPB com Toda Cor em Angra dos Reis

 

O próximo show de  Luciana,  será dia 13/12, em Angra dos Reis, após show da Ana Carolina (12/12). Durante o II Encontro Nacional de MPB – Luciana fechará o evento , apresentando seu projeto " Cores Primeiras – Toda Cor".

Nota desta editora: Saiba um pouco sobre a Luciana Lucena que em Maricá se apresentou durante o X Festival Nacional de Voz e Violão ao lado de Pedro Lobo, com a musica Toda Cor.

Quem vê esta jovem discreta e até meio tímida assistindo a um show, não imagina o poder de sua presença em palco, numa soma de voz e expressão corporal, ela brilha.

 

DSC04000

E ganha muitos aplausos

DSC04074

de quem entende de festivais como o músico e compositor, Beto Gaspari

DSC04017

Luciana durante sua apresentação com a música Toda Cor, no

X Festival Nacional de Voz e Violão

  DSC04111 

Enquanto aguardavam o resultado: deu canja apresentando estilos diferentes juntamente com Pedrinho Cavaléro (que apresentou a música Onde a Alma se Torna Incolor no festival).

Luciana é Baiana, cantora e compositora. Tem como inspiração a música do país, de norte a sul. Com influências que vão de Noel Rosa a Zé Ramalho, Elizeth Cardoso a Adriana Calcanhoto, de Chico Buarque a Nilson Chaves, Luciana vem particIpando de Festivais,levando sua música e cantando identidades musicais por cada canto por onde tem passado. Figura sempre presente em diversos eventos, com ênfase nos Festivais de música da Baia- Vitória Conquista e XII Festival de Música e Ecologia da Ilha Grande – Angra dos Reis (RJ), onde foi finalista, viu premiados seus esforços, no recente 22º Festival da Moenda (RS), obtendo o troféu de melhor letra. Foi classificada para o Festival de Itacoatiara (AM) e Festival de Ibotirama (BA), com poesia finalista.

Luciana integrou o grupo “Somos América”entre 1999 e 200, com repertório de músicas latinas (de Victor Jará, Mercedes Sosa, Silvio Rodriguez, Pablo Milanês, dentre outros).

Em estúdio no momento começa a gravar o seu Primeiro CD

DSC04019

No X Festival de Voz e Violão, Luciana foi muito aplaudida

Novembro 28, 2008 Posted by | jornalismo, shows e eventos | Deixe um comentário

EXPEDIÇÃO CAMINHOS DE DARWIN ACONTECE NO RIO DE JANEIRO e passou por Maricá

 

A Expedição Caminhos de Darwin teve início na manhã desta quarta-feira, no Jardim Botânico do Rio de Janeiro. O objetivo é relembrar a visita do cientista Charles Darwin ao estado, ocorrida em 1832, e comemorar os 150 anos da Teoria da Evolução das Espécies e os 200 anos de nascimento do naturalista inglês. O evento é organizado pelo Ministério de Ciência e Tecnologia, pela Casa da Ciência da UFRJ e pelo Departamento de Recursos Minerais (DRM-RJ). O DRM-RJ é responsável pela elaboração do trajeto a ser percorrido, com base nos diários de viagem do cientista. Foi feito um trabalho de detetive, correlacionando as informações do Diário à toponímia atual, definindo por onde ele passou ao longo do seu trajeto pelos municípios fluminenses. O primeiro marco da Expedição, elaborado a partir da experiência acumulada no Projeto Caminhos Geológicos, foi inaugurado no canteiro 13B do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, contando com a presença do tataraneto do cientista, Randhal Hume Keyneys, que ajudou a descerrar a placa comemorativa. Até sábado serão mais 11 placas descerradas nos municípios de Maricá, Saquarema, Araruama, São Pedro da Aldeia, Cabo Frio, Barra de São João, Macaé, Conceição de Macabu, Rio Bonito, Itaboraí e Niterói, onde se encerrará a Expedição, com um marco a ser colocado na Praça Araribóia.

A passagem por Maricá também contou com a presença de Randhal Hume Keyneys. Nascido em Cambridge, assim como seu tataravô, e atualmente vivendo em Londres, Randhal está encantado com o trabalho que foi e está sendo realizado por esta maravilhosa equipe organizadora.

Em Maricá a expedição foi recebida com muito carinho e apresentou trabalhos realizados por várias escolas, e apresentações que encantaram a todos, inclusive aos jornalistas internacionais que elogiaram o alto nível dos trabalhos apresentados. O Colégio Estaduall Elisiário Matta deu um show em botânica, arrancando elogios de pesquizadores especialistas no assunto.

Randhal, possuidor de uma simpatia e gentileza incrivel, declarou-se estar maravilhado com tudo que está acontecendo, ele comentou que este resgate da história tem lhe proporcionado uma energia muito positiva. Em todos os momentos ele deu uma atenção especial à todos e nada lhe passou despercebido. Por diversas vezes ele elogiou os alunos e os trabalhos apresentados, fazendo questão de fotografar e registrar cada detalhe.

DSC04149

A diretora do Elisiário Matta e grande incentivadora da expedição Adriana ao lado do tataraneto de Darwin, Randhal

DSC04171

A inauguração da placa na fazenda em Itaocaia

 DSC04179

Randhal ficou encantado com a magnitude da beleza do local, na foto ao lado desta editora

DSC04175 DSC04181 

A entrada da expedição na Fazenda Itaocaia. A tartaruga Tatá, também acompanhou o evento

DSC04186 

Apresentações da Banda Tambores de Ouro e do grupo de capoeira Leo Pivete.

DSC04214

 

DSC04193  

alunos apresentando seus trabalhos

DSC04198 DSC04200

Ana Leite do Grupo de Estudo e Ação Racial – GESTAR, presenteou Randhal com uma revista e uma camiseta do evento

DSC04244

DSC04201DSC04190   DSC04202

Com a galera do Parque da Serra da Tiririca, ao lado da placa de demarcação dos caminhos de Darwin

DSC04210

Com o historiador César Brum e a equipe do museu de Maricá

Segundo o historiador César Brum, a Fazenda Itaocaia Valley é uma das poucas remanescentes, em Maricá, do período colonial, e ali se produzia cana-de-açúcar, açúcar e melado. A mata e a casa fizeram parte do roteiro de pesquisa do autor de “A origem das espécies”, o qual incluía outras cidades da região.

DSC04227

A equipe do Elisiário Matta apresentaram um trabalho maravilhoso.

A proposta do Curso de Ilustração Botânica, no Colégio Estadual Elisiário Matta, desperta nos jovens alunos o interesse por  questões ambientais. Além disso, passa a incentivar novos profissionais para um mercado restrito, específico e, ao mesmo tempo, necessário para o meio científico. O trabalho serve ainda de apoio às alulas de Educação Ambiental.

Os alunos do curso participaram da Exposição “Caminhos de Darwin” em conjunto com as professoras Cristina Siqueira (Ilustradora do Museu Nacional) e Dulce Nascimento (Internacionalmente conhecida), na Fazenda Itaocaia Valley. Eles retrataram algumas espécies da restinga de Maricá-RJ, local onde Darwin percorreu  sua expedição histórica.

DSC04218DSC04221 DSC04259DSC04262

As frutas, a tabua, enfim, a nossa flora e fauna encantaram Randhal

DSC04251 

Randhal também elogiou os trabalhos de pesquisa realizados pelos alunos da Escola Municipal Professor Darcy Ribeiro, apresentados pela professora de Ciências, Julia.

O tataraneto de Darwin ficou encantado com a dedicação dos alunos e o empenho demonstrado nas pesquizas

DSC04258  

 DSC04249

O advogado Marcelo Bianchi fez questão de acompanhar a expedição e ressaltou a importância deste evento, que eleva Maricá para muito além de nossas fronteiras

DSC04236

No almoço a tradicional feijoada

DSC04264 

Os proprietários da Fazenda Itaocaia Valley, Manuel Nunes dos Santos e seu filho Claudio ficaram emocionados ao reviver importantes momentos da história do local, ao lado do tataraneto de Darwin, que prometeu auxiliar na restauração da fazenda, que deverá ser transformada em um centro histórico. Detalhe interessante é que o Sr. Manuel, assim como seu filho declaram-se amantes da história e de seu resgate, afirmando que mesmo sem incentivos, que se vierem serão bem vindos, a fazenda será restaurada.

Isto certamente irá contribuir para o turismo no município.

 DSC04266DSC04272  DSC04234

No percurso foram colocadas placas de estrada, elaboradas pelo DRM-RJ e produzidas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), indicando os pontos de passagem do cientista. Em cada município, uma série de manifestações culturais e científicas, que contam com as escolas locais e com o grupo de excursionistas, incluindo Randhal Keynes, que foi convidado pelo British Council e, dessa forma, conhece os locais visitados por seu tataravô. O DRM-RJ/Serviço Geológico do Estado do Rio de Janeiro é parceiro da iniciativa desde o início e utiliza a experiência desenvolvida no Projeto Caminhos Geológicos, que sinaliza os principais monumentos geológicos do estado e atua na divulgação do conhecimento junto às escolas e comunidades. Veja a programação completa da expedição no site: www.cciencia.ufrj.br/caminhosdedarwin ou escreva para kmansur@drm.rj.gov.br.


Novembro 28, 2008 Posted by | cultura, jornalismo | 2 comentários

200 anos de Charles Robert Darwin

 

Nota desta editora: aguardem cobertura completa sobre a expedição que está percorrendo os Caminhos de Darwin que teve início hoje e passou por Maricá.

Charles Robert Darwin nasceu em 12 de dezembro de 1809, na Inglaterra. Membro de uma família abastada e neto do médico Erasmus Darwin, que também escreveu sobre botânica e publicou o Zoonomia (1795) no qual já abordava aspectos referentes a evolução das espécies, Darwin desde a infância se interessava em colecionar insetos e minerais. Quando entrou para a escola de medicina da Universidade de Edimburgo, em 1825, sentiu mais interesse por história natural, que pela prática da medicina, participando de várias sociedades de naturalistas. Foi discípulo de Robert Edmund Grant, que pesquisava as teorias de Lamark, e juntou-se a ele em suas pesquisas sobre a fauna marinha.

DARWIN-full

Dois anos depois, com 18 anos, seu pai, ao perceber seu desinteresse e inaptidão para o curso de medicina, matriculou-o na Escola de Artes de Cambridge, para que pudesse se ordenar padre. Um dos requisitos de um sacerdote era a capacidade de observar e reproduzir a “criação” de Deus, e seu ingresso no sacerdócio significaria um futuro estável. Em Cambridge, se inscreveu no curso de história natural ministrado pelo reverendo John Stevens Henslow. Também se interessou pelas idéias de William Paley sobre o “projeto divino da natureza”. Em 1831, ingressou no curso de Geologia, com a finalidade de se preparar para uma expedição, juntamente com alguns colegas de Cambridge, à Ilha da Madeira. A viagem não aconteceu, mas, no mesmo ano, surgiu a oportunidade de participar de uma expedição que percorreria a costa da América do Sul e o arquipélago de Galápagos no oceano Pacífico. Darwin embarcou no navio HMS Beagle sob recomendação de Henslow como ajudante do capitão Robert Fitzro, em dezembro de 1831 e só retornaria à Inglaterra quase cinco anos depois, em outubro de 1836. Essa seria a celebrada viagem do Beagle, que o projetaria posteriormente como naturalista na Europa e geraria as conclusões a cerca da evolução humana que culminariam com a produção da Teoria das Espécies, lançada por Darwin em livro no ano de 1859.

darwin07

Durante a viagem, enquanto coletava e  enviava fósseis e espécimes da fauna da América do Sul para a Inglaterra, seu mentor Henslow começou a divulgação de seus achados e conclusões. Por isso, quando retornou a Europa, em 1836, aos 27 anos, já possuía uma reputação entre a comunidade científica. Neste mesmo ano, iniciou a organização e descrição do material que trouxera da viagem, juntamente com sua antigo mentor Henslow, a quem pediu para a fazer a descrição botânica das plantas. Conheceu Charles Lyell – cuja obra  Princípios de Geologia havia lido durante a expedição e o impressionara profundamente -  que o ajudou a ingressar na Geologycal Society e  o apresentou ao anatomista Richard Owen, que trabalhou na descrição dos ossos fossilizados, concluindo tratar-se de tatus e preguiças gigantes. Também contou com a ajuda do ornitólogo Johne Gould e com o entomologista George R. Waterhouse, que se ocupou dos mamíferos e da coleção de insetos organizada por Darwin durante a viagem do Beagle.

darwin

Em 1837, escreveu seu primeiro artigo sobre os aspectos geológicos da América do Sul. Nesse mesmo ano, a descoberta sobre os fósseis de preguiças e tatus gigantes foi anunciada à Geological Society, Darwin iniciou a organização de seu diário da viagem e foi convidado por Fitzroy para ajudar na organização de seu livro sobre a viagem do Beagle. Também neste período, começou a tecer especulações a respeito da evolução das espécies, iniciando os estudos que culminariam com a publicação da Teoria Geral das Espécies. Durante a década de 1840, trabalhou no estudo sobre cracas junto com o botânico Joseph Hooker, que originou o artigo Ensaios, de 1854, e que lhe valeu o titulo de biólogo. Publicou os três volumes de sua obra sobre Geologia e conheceu o naturalista Thomas Huxley, que iria apoiá-lo junto à comunidade acadêmica durante a polêmica sobre a Teoria das Espécies.

darwin 3

Entre 1838 e 1859, paralelamente as pesquisas geológicas e sobre a fauna marinha, dedicou-se ao estudo dos fósseis e espécimes que trouxe da América do Sul à luz das idéias Lamarkianas e da teoria Malthusiana a cerca do crescimento populacional e da competição entre seres pela sobrevivência. Em 1859, aos 50 anos de idade, Darwin publica seu livro  A Origem das Espécies, que o tornou conhecido em todo o meio cientifico ocidental, ao propor a seleção natural como fator evolutivo das espécies. A obra causou polêmica e foi alvo de críticas ferozes,  por conta das idéias criacionistas que ainda estavam em voga e dividiam o meio científico. Entre seus críticos estava seu antigo mentor em Cambridge, John Stevens Henslow.

A Teoria das Espécies foi popularizada por Hooker e Huxley em debates nos grandes círculos científicos, uma vez que Darwin, com a saúde abalada, permanecia em sua residência no interior do pais. Durante a viagem do Beagle, Darwin contraiu uma doença que alguns pesquisadores identificaram como doença de Chagas. Entretanto, não há unanimidade sobre isso. Durante a década de 1860, interessou-se por plantas e o mecanismo de controle das flores sobre a polinização feita por insetos, o que culminou na publicação do livro Variações, em dois volumes. Em 1871, publicou os dois volumes da obra A descendência do homem e seleção em relação ao sexo em dois volumes. Em 1872, publicou The Expression of the Emotions in Man and Animals, no qual abordou a evolução psicológica dos humanos.

Faleceu em 19 de abril de 1889,  aos 79 anos, em  Downe, Inglaterra. Era casado com Emma Wedgwood, sua prima, com quem teve dez filhos. Três deles morreram ainda durante a infância.

Novembro 26, 2008 Posted by | cultura | Deixe um comentário

Maricá no roteiro de Darwin

 

Em algum momento do ano de 1832, o naturalista inglês Charles Robert Darwin (1809-1882) passou por Maricá, seguindo um roteiro de pesquisa que incluía outras cidades da região, como Saquarema, Casimiro de Abreu e Niterói, entre outras. A sombra de sua passagem será gravada às 11 horas do dia 26 com a fixação de uma placa comemorativa na Fazenda Itaocaia Valley, em Itaipuaçu, por uma caravana de cientistas que refaz o caminho de Darwin no Rio de Janeiro por ocasião do bicentenário da visita do naturalista. A cerimônia terá apresentação da Banda Tambores de Ouro (do Centro Educacional Municipal Joana Benedicta Rangel), do Coral da Escola Municipal Osdevaldo M. da Matta e uma exposição de trabalhos da rede municipal de ensino.

Prefeitura Municipal de Maricá

Novembro 25, 2008 Posted by | jornalismo | Deixe um comentário

Cloude Louis dá dicas para embelezar seus cabelos com novo visual

 

Dicas de Beleza para seus cabelos com quem entende do assunto.

DSC00132

O coiffeur Cloude Louis

Franjas

  images

A franjinha da “Silvia”, personagem da Aline Moraes, na novela ‘Duas Caras’, assim como as de outras atrizes está fazendo o maior sucesso e está ditando a moda.
E agora mais uma vez, ela volta com tudo e atualizada; a franja dá um toque especial, rejuvenesce e dá clareza ao rosto, criando até as vezes um novo estilo, e é uma ótima opção para quem quer mudar o visual sem mexer no comprimento dos cabelos.

franjas 2

É indicada para todas as idades, elas vão e voltam repaginando o visual de muitas pessoas. Desiguais, repicadas, curtas, longas, cheias, rolas em topete, é possível usá-las de várias maneiras.

franjas

Quem tem os cabelos crespos, não vai quere ficar sem ela, devem secá-las com secador e pranchá-las bem lisas, e para finalizar aplique um spray de brilho, quem tem redemoinho deve fazer relaxamento ou pranchar os fios.
Também podemos variar fazendo coques ou rabos deixando fios soltos ou usar presilhas, colocando para cima, em forma de popetes, ou para as laterais.
O importante é você senti-se renovada e mais bela com o novo visual. Faça-nos uma visita que daremos sugestões que ficarão bem em você. Venha falar com quem entende de embelezamento.

By Hair Institute – Cloude Louis
  Rua Barão de Inoã, 72, loja 1. tel: (21) 2634.2511

Novembro 20, 2008 Posted by | beleza | Deixe um comentário

Rosely Pellegrino irá receber o certificado Ordem do Mérito Cívico "Maria Quitéria

conde thiago menezes  

Conde Thiago de Menezes

eu e tucalo 

(foto de arquivo) -  Jornalista Rosely Pellegrino, editora deste jornal, recebendo Moção de Congratulações e Aplausos da Assembléia Legislativa, ALERJ – por indicação do Deputado Tucalo Dias

DSC01978

Recebendo Moção de Congratulações e Aplausos da Câmara Municipal de Maricá- por indicação do vereador Antônio Coutinho Neto

Convite recebido:

Querida confreira , vou entregar a certificação de membro delegada da Ordem do Mérito Cívico "Maria Quitéria" para você, querida Rosely Pellegrino, representante da FALASP para Maricá, dia 19 de dezembro, 16 horas, no Rio, sessão solene da Academia Guanabarina de Letras. Conto com sua presença, vamos manobrar divulgações, tenho novidades, idéias. Quero reunir membros da FALASP, acadêmicos e comendadores de varios lugares do Brasil, nessa ocasião. Abração paulista, carinhoso, o amigo de sempre, conde Thiago !!

Thiago de Menezes

Escritor e Jornalista. Presidente da FALASP www.falasp.com.br

Diretor da Confederação de Felinos do Brasil – CFB/WCF

Diretor de Relações Públicas do Conselho Nacional de Peritos Judiciais www.conpej.org.br

Maria Quitéria

A heroína da Independência

Maria Quitéria

Detalhe no Monumento ao 2 de Julho, na Praça do Campo Grande, Salvador, Bahia.

Por seus atos de bravura em combate, o General Pedro Labatut, enviado por D. Pedro para o comando geral da resistência, conferiu-lhe as honras de 1º Cadete.

No dia 20 de agosto foi recebida no Rio de Janeiro pelo Imperador em pessoa, que a condecorou com a Imperial Ordem do Cruzeiro, no grau de Cavaleiro, com seguinte pronunciamento:

"Querendo conceder a D. Maria Quitéria de Jesus o distintivo que assinala os Serviços Militares que com denodo raro, entre as mais do seu sexo, prestara à Causa da Independência deste Império, na porfiosa restauração da Capital da Bahia, hei de permitir-lhe o uso da insígnia de Cavaleiro da Ordem Imperial do Cruzeiro".

Homenagens – Maria Quitéria é homenageada por uma medalha militar e por uma comenda com o seu nome

Novembro 19, 2008 Posted by | jornalismo | 3 comentários