Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Prefeitura de Maricá e secretário Julio Lopes firmam convênios para projetos de transportes no município

Nesta quinta-feira (09/07), o secretário estadual de Transportes Julio Lopes e o prefeito de Maricá, Washington Quaquá, assinam um protocolo de intenções para execução de projetos de trânsito e transporte no município do Leste Fluminense. O convênio visa à elaboração de um plano viário para a cidade, incluindo projeto de sinalização semafórica e engenharia de trânsito, para melhorar o trânsito nas ruas principais.

O convênio prevê ainda a adesão da prefeitura ao projeto “Rio-Estado da Bicicleta”, que envolve a construção de ciclovias e bicicletários em pontos estratégicos. Além do estímulo ao transporte não-poluente, a intenção é aproveitar o potencial turístico da extensa orla de Maricá, que tem 46 km de litoral.

A ampliação do aeroporto de Maricá e a criação de um Pólo de Manutenção Aeronáutica junto à base aérea serão dois outros pontos que serão discutidos na reunião. Além do secretário de Transportes e do prefeito, participarão do encontro o secretário de Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Aleksander Santos, e o secretário executivo da prefeitura Paulo Delgado. O encontro está marcado para as 10h, na sede da prefeitura de Maricá.

DATA: 09/07/09 (quinta-feira)

HORA: 10h

LOCAL: Prefeitura de Maricá – Rua Álvares de Castro, 346, Centro

Anúncios

Julho 8, 2009 Posted by | jornalismo | Deixe um comentário

Governador assina contratos para obras de saneamento do PAC

7/7/2009 – 14h35

Por Marcelle Colbert

07072009 - Evento contará com a presença da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, e do ministro das Cidades, Márcio Fortes. 
Os investimentos darão início a um conjunto de obras de saneamento básico do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que irão beneficiar a cidade do Rio e oito municípios da Baixada Fluminense e do interior do estado. Os projetos para aumento da oferta de água e esgotamento sanitário contarão com recursos da ordem de R$ 587 milhões. Ministra Dilma Rousseff. 
Foto Carlos Magno

O Evento contou com a presença da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, e do ministro das Cidades, Márcio Fortes. Os investimentos darão início a um conjunto de obras de saneamento básico do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que irão beneficiar a cidade do Rio e oito municípios da Baixada Fluminense e do interior do estado. Os projetos para aumento da oferta de água e esgotamento sanitário contarão com recursos da ordem de R$ 587 milhões

DSC0513807072009 - Evento contará com a presença da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, e do ministro das Cidades, Márcio Fortes. 
Os investimentos darão início a um conjunto de obras de saneamento básico do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que irão beneficiar a cidade do Rio e oito municípios da Baixada Fluminense e do interior do estado. Os projetos para aumento da oferta de água e esgotamento sanitário contarão com recursos da ordem de R$ 587 milhões. Ministra Dilma Rousseff. 
Foto Carlos MagnoDSC05173 DSC05182

Assinatura dos contratos de financiamento da Caixa Econômica Federal para investimentos em saneamento e abastecimento de água pela Nova Cedae no Estado do Rio de Janeiro

Os governos federal e estadual deram o pontapé inicial para a realização de um conjunto de obras de saneamento básico do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Na manhã desta terça-feira (7/7), o governador Sérgio Cabral e a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, assinaram os contratos de financiamento da Caixa Econômica Federal para as obras em abastecimento de água e esgotamento sanitário que serão feitas pela Nova Cedae.

DSC05083 DSC05085 DSC05088

Os projetos, que contam com recursos de R$ 587 milhões, beneficiarão moradores da cidade do Rio e de oito municípios da Baixada Fluminense e do interior do Estado. As obras promoverão o desenvolvimento de ações no Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj) e no Programa de Despoluição da Baía de Guanabara (PDBG). A Estação de Tratamento de Água do Guandu também será contemplada pelas intervenções.

Clique para ampliar

– É um dia de muita comemoração e celebração para o Estado, de mudança de destino. Em 2006, tivemos o compromisso de construir uma parceria que ia mudar o roteiro do Rio de Janeiro. E estamos aqui efetivando isso mais uma vez. Tem sido assim ao longo de dois anos e meio de governo. Estamos vivendo, apesar da crise mundial, um comportamento da economia do Estado extremamente extraordinário. Precisamos somar forças para que os recursos apareçam e as coisas aconteçam – declarou Sérgio Cabral, durante a cerimônia no Salão Nobre do Palácio Guanabara.

Além das melhorias no sistema de produção de água e esgoto, as obras auxiliarão na campanha do Rio de Janeiro para sediar os Jogos Olímpicos de 2016. Regiões que receberão parte das competições, como Barra da Tijuca e Jacarepaguá, serão contempladas por esses investimentos. Com as intervenções do PAC, o Estado oferecerá mais oportunidades de emprego para a população e conseguirá superar a crise econômica mundial.

DSC05209DSC05205

– A parceria realizada hoje é do tipo republicana, que tem como objetivo beneficiar a população. É uma relação em que o Estado, seus municípios, interesses e problemas estão sendo levados em consideração pelo governo federal. A Caixa tem sido uma instituição brasileira exemplar. Esses investimentos mostram o quanto o Brasil mudou radicalmente. Isso significa que o país tornou a entender que as questões de saneamento e habitação são cruciais para o nosso desenvolvimento – explicou a ministra-chefe da Casa Civil, que planeja voltar ao Rio em breve para realizar um balanço do PAC e seu impacto nas áreas atendidas.

Os municípios beneficiados pelo convênio entre os governos federal e estadual são: Rio de Janeiro (Barra da Tijuca, Jacarepaguá, Vargem Grande, Vargem Pequena, Campo Grande, Santa Cruz, Bangu, Ilha de Paquetá e Ilha do Governador); Saquarema (Jaconé); Duque de Caxias; Belford Roxo; Mesquita; São Gonçalo; Maricá (Inoã e Itaipuaçu); Itaperuna e Valença.

  DSC05075

– Os investimentos selam mais um passo importante do processo de retomada da questão do saneamento do Rio de Janeiro. A assinatura dos contratos é uma grande ação de parceria com o governo federal. Quem está ganhando com isso é a população dos municípios fluminenses. Nossa carteira é de 3,3 bilhões de investimentos. Os projetos já captados e os que estamos assinando hoje somam R$ 800 milhões só na capital. Nos próximos 36 meses, a Cedae aumentará de 7,5 mil para 17 mil o número de ações – afirmou o presidente da Nova Cedae, Wagner Victer.

Também participaram da cerimônia o ministro das Cidades, Márcio Fortes; o vice-governador Luiz Fernando Pezão; o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes; os secretários da Casa Civil, Regis Fichtner, de Planejamento e Gestão, Sérgio Ruy, de Transportes, Júlio Lopes, da Educação, Tereza Porto, de Assistência Social e Direitos Humanos, Benedita da Silva; o presidente da Alerj, Jorge Picciani; e representantes das cidades contempladas.

Imagem 405 Imagem 407 DSC04989 DSC05003 DSC05237 DSC05250 DSC05257 DSC05254  DSC04990

Julho 8, 2009 Posted by | jornalismo | Deixe um comentário