Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Maricá: Câmara doa carros à Prefeitura e Quaquá faz balanço

Fotos Rosely Pellegrino

DSC06860 DSC06883

O prefeito de Maricá, Washington Quaquá, aproveitou a sessão especial, nesta segunda-feira, dia 3 de agosto, na qual a Câmara Municipal oficializou a doação de nove veículos à Prefeitura, para fazer um balanço de seus seis primeiros meses de governo. Em um discurso de 58 minutos, disse que a administração atravessa um momento difícil, mas que as perspectivas futuras são boas, principalmente por causa do considerável aumento no valor dos royalties pagos pela Petrobras, que deverão atingir a R$ 15 milhões por mês a partir de 2010.

“A cada momento encontramos uma armadilha deixada pela administração passada. São rombos na Previdência, no Imposto de Renda, com o Governo do Estado, enfim, nos principais mananciais de recursos” disse. O prefeito afirmou também que vai instalar auditorias para analisar todos os contratos firmados pela Prefeitura e que, todas as vezes que encontrar uma possível irregularidade, esta será comunicada ao Tribunal de Contas da União, ao Tribunal de Contas do Estado e ao Ministério Público.

Sobre os nove carros doados pela Câmara, Quaquá disse que basicamente eles serão usados no esforço que a Prefeitura faz para cobrar a dívida ativa, que é uma das maiores apostas do governo para equilibrar as finanças e financiar uma série de obras. “É um passivo de mais de R$ 120 milhões, quase um Orçamento inteiro. Tenho a certeza que nosso esforço fiscal dará resultado, principalmente depois que a Câmara aprovou parcelamento em até 40 vezes da dívida ativa”, afirmou.

O prefeito citou todas as obras em andamento ou já realizadas pela Prefeitura e agradeceu o apoio dos vereadores. “Essa doação de carros, pelos seu ineditismo, mostra os espíritos públicos de nossos legisladores”, frisou.

 DSC06902 DSC06885DSC06890 

O presidente da Câmara, Luciano Rangel Júnior, bem como todos os vereadores, discursaram destacando o esforço do prefeito Quaquá para superar os obstáculos que a administração enfrenta. “Estes veículos serão mais úteis à população sendo utilizados pela prefeitura”, comentou o presidente da casa.

O secretário do Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Petróleo, Aleksander Santos e a secretária de Direitos Humanos e Cidadania e primeira dama, Rosangela Zeidan, participaram da sessão.


Prefeitura Municipal de Maricá
Secretaria de Comunicação Social

Agosto 6, 2009 Posted by | jornalismo | Deixe um comentário

Maricá apresenta projetos para o ministro do Esporte

orlando silva.ministro do   esporte.zeidan e nete grijó 

Ministro do Esporte, Orlando Silva, discute em Brasília programas esportivos para Maricá com a primeira-dama Rosangela Zeidan e a secretária municipal de Esportes Nete Grijó

A secretária municipal de esportes Nete Grijó e a secretária de Direitos Humanos e primeira-dama Rosangela Zeidan, estiveram em Brasília com o ministro do Esporte Orlando Silva. O encontro priorizou programas esportivos para o município de Maricá, como o Segundo Tempo, o Projeto Navegar, as Praças da Juventude, entre outros.

Como secretária responsável pela Subsecretaria da Criança, Adolescente e Juventude, Rosangela Zeidan, falou sobre as Praças da Juventude, os Núcleos de Esporte e Lazer e o Segundo Tempo.

“Estamos tentando articular com os onze municípios do Conleste a viabilização do projeto Segundo Tempo pelo Consórcio. Desta forma, muito mais crianças e jovens serão beneficiados”, disse Zeidan. "Essa é a melhor maneira de combatermos o mundo das drogas e recuperarmos nossa juventude”, completou a secretária.

Nete Grijó também falou sobre o projeto Navegar com o ministro Orlando Silva e lembrou de um atleta do município. “Temos em Maricá, o Bruno Pietro, um jovem de 16 anos que é campeão Estadual de remo. Ele é fruto do Projeto Navegar”, afirmou Nete Grijó, ressaltando que Bruno é atleta do Flamengo e que vai disputar o Campeonato Sul-Americano, em dezembro, pela seleção brasileira da modalidade.

O ministro Orlando Silva recebeu com entusiasmo as representantes de Maricá e enalteceu o trabalho desenvolvido pelo prefeito Washington Quaquá. Ele se comprometeu a ajudar no que for possível para que esses programas sejam desenvolvidos na cidade, se possível ainda este ano.


Prefeitura Municipal de Maricá
Secretaria de Comunicação Social

Agosto 6, 2009 Posted by | esportes, jornalismo | Deixe um comentário

Maricá discute participação popular no setor de assistência social

Foto : Rodrigo Freitas/Divulgação

DSC_0018

palestrantes e convidados na hora do Hino Nacional

A melhor forma de governo é “o governo do povo, pelo povo e para o povo”, segundo a velha fórmula consagrada por Abraham Lincoln (1809-1965). Essa foi a tônica dos discursos pronunciados por autoridades, das falas das palestrantes e de diversas intervenções durante a VII Conferência Municipal de Assistência Social de Maricá, realizada no sábado, 1° de agosto, no Centro Educacional Joana Benedicta Rangel. “A sociedade”, prega o secretário de Assistência Social, Marcos de Dios, “tem de fiscalizar as ações do gestor público. A herança que queremos deixar para a população é a do incentivo à formação da consciência crítica”.

No mesmo tom seguiu a primeira-dama e secretária de Direitos Humanos e Cidadania, Rosangela Zeidan, que defendeu a importância de “amadurecer esse trabalho em conjunto” e a necessidade da ação em parceria, não apenas entre os diferentes setores do governo, mas também junto com as instituições e entidades sociais. “Não há como trabalhar separado”, enfatizou Zeidan, encerrando os pronunciamentos da solenidade de abertura do evento, marcada também pela emoção, quando os presentes cantaram à capela o Hino Nacional Brasileiro.

Foto : Paulo Sérgio/SDHC

AÇÃO SOCIAL 03

Kleber Ottero (à direita) discursa na VII Conferência Municipal de Assistência Social

A Conferência, presidida por Kleber Luiz Lameira Ottero, teve como tema “Participação e controle social no Sistema Único de Assistência Social (SUAS)” e foi ainda o fórum para a eleição dos oito delegados à Conferência Estadual. Antes da distribuição dos participantes em grupos de trabalho, a assistente social e doutoranda Sindely Chahim, que estudou o Conselho de Assistência Social de Maricá no curso de mestrado, historiou a trajetória dos conselhos em nível nacional, enquanto a assistente social Priscila de Jesus, da secretaria de Assistência Social, fez um balanço da experiência local no setor nesse primeiro semestre de governo.

Segundo Kleber Ottero, que preside também o Conselho Municipal de Assistência Social, “pela avaliação unânime dos conselheiros, a conferência foi muito positiva do ponto de vista político, ou seja, da qualidade das intervenções e da presença das entidades”, disse. “Mas sentimos falta da presença dos usuários”, concluiu Kleber, que informou já estar marcada para o dia 16 de setembro a data da eleição dos novos conselheiros.     


Prefeitura Municipal de Maricá
Secretaria de Comunicação Social

Agosto 6, 2009 Posted by | jornalismo | Deixe um comentário

Maricá realiza Forúm do Emprego e municípios se associam para facilitar luta pelo emprego

Foto: Rodrigo Freitas/Divulgação

DSC_0030 gege forum

Gegê Galindo (à esquerda) ouve atentamente as explicações de Ismael Lisboa, assessor especial do ministro do Trabalho, Carlos Lupi

     Criar um instrumento capaz de agilizar as ações de municípios com menos de 200 mil habitantes junto ao Ministério do Trabalho no sentido de favorecer a obtenção de emprego. Este foi o tema principal do Fórum do Emprego realizado nesta terça-feira, dia 5 de agosto, em Maricá, reunindo secretários do Trabalho de oito municípios da área de influência do Comperj. Participaram da reunião, também, Ismael Lisboa, assessor especial do ministro do Trabalho, Carlos Lupi, e o assessor técnico do MT, Anderson Alexandre.

     Os dois representantes do Ministério do Trabalho fizeram uma ampla exposição sobre os diversos mecanismos existentes na área de facilitação de emprego e sugeriram que os oito municípios (Maricá, Tanguá, Itaboraí, Cachoeiras de Macacu, Casimiro de Abreu, Guapimirim, Rio Bonito e Silva Jardim) se organizassem mesmo em associação para facilitar os entendimentos.

    O secretário do Trabalho e Emprego de Maricá, Gegê Galindo, anfitrião do encontro, disse que os municípios devem se unir para estabelecer um relacionamento mais racional com as autoridades federais. “Sozinhos não somos nada, mas juntos representamos um contingente de quase 600 mil pessoas. Isso significa que nossa associação terá mais força para se dirigir ao ministro Lupi com nossas demandas”, afirmou.

    Ficou decidido, também, que as reuniões do fórum serão semanais e que será enviada uma carta do ministro do Trabalho detalhando as dificuldades dos municípios na área de geração de emprego.   

Prefeitura Municipal de Maricá
Secretaria de Comunicação Social

Agosto 6, 2009 Posted by | jornalismo | Deixe um comentário