Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Blow UP Festa Anos 60, 70, 80 e 90 agitou a noite do dia 11 de setembro no Poli Center em Maricá

Fotos: Fotojornalista Rosely Pellegrino

A nostagia tomou conta do ambiente decorado pelo carnavalesco do G.R.E.S Inocentes de Maricá, Luiz Antônio Spinola, e o cenário registrou a volta de um passado não muito distante que deixou saudade.

A festa foi realizado no Poli Center, espaço para eventos recentemente inaugurado no Bairro Parque Eldorado, no Centro de Maricá.

DSC09482 DSC09443 DSC09444 DSC09445 DSC09446 DSC09448 DSC09451 DSC09458 DSC09460 DSC09465 DSC09467 DSC09468 DSC09469 DSC09471 DSC09472 DSC09473 DSC09474 DSC09479 DSC09481

Anúncios

Setembro 14, 2009 Posted by | jornalismo, shows e eventos, social | Deixe um comentário

Convênio vai incentivar ciclismo em Maricá

O prefeito de Maricá, Washington Quaquá, e o presidente da Federação de Ciclismo do Estado do Rio de Janeiro (Fecierj), Cláudio Santos, assinaram convênio, hoje, segunda-feira, dia 14 de setembro, para a construção de pistas de ciclismo na Fazenda Itaocaia, em Itaipuaçu, a fim de incentivar a prática do esporte na juventude maricaense. A secretária municipal de Esportes, Dilcinete Grijó, assessorou o prefeito na feitura do documento. “Maricá tem o perfil ideal para a prática do ciclismo, seja ele como esporte, lazer ou simples meio de locomoção!”, disse Quaquá, ao assinar o convênio.

A intenção dos dirigentes da Fecierj, segundo Santos, é incentivar, na Fazenda Itaocaia, três modalidades de ciclismo: mountain bike e cross country, que são olímpicas, e BMX, que é o chamado ciclismo fora de estrada. “Nós vamos transformar o que restou da Fazenda Itaocaia em um monumento cultural-esportivo destinado aos jovens. Uma fazenda que abrigou Darwin e a Marquesa de Santos tem que ser preservada”, afirmou.

A secretária de Esportes disse que pedalar é saúde e dá qualidade de vida. “Esse convênio que sacramentamos hoje abre uma grande perspectiva para a juventude maricaense crescer com saúde e disciplinada”, afirmou.

DSC_0018

Foto: Felipe Teobaldo/divulgação

Prefeitura Municipal de Maricá
Secretaria de Comunicação Social

Setembro 14, 2009 Posted by | esportes, jornalismo | Deixe um comentário

Tenente Aviador Alexandre dos Santos Ferreira, recebeu do Vereador Fabiano Horta uma Moção de Louvor concedida pela Câmara Municipal de Maricá

Fotos: fotojornalista Rosely Pellegrino

MOÇÃO DE LOUVOR

DSC09598 DSC09599

O Presidente da Câmara Municipal de Maricá, Luciano Rangel Junior anunciou a entrega da Moção de Louvor

DSC09602 Vereador e Primeiro Secretário da Câmara Municipal de Maricá, Fabiano Horta, no momento de leitura da Moção de Louvor , que teve sua indicação aprovovada pelos pares da Casa de Leis

Concedida pela Câmara de Vereadores de Maricá, por intermédio do Vereador Fabiano Taques Horta, a ALEXANDRE DOS SANTOS FERREIRA, pelos serviços prestados ao Município de Maricá, carregando o nome do Município aos vários rincões do nosso país.

Alexandre, morador do Condado, no Primeiro Distrito de Maricá, filho de Cristina e Oswaldo, entrou na Academia da Força Aérea, na cidade paulista de Pirassununga, em janeiro de 2005, e se formou Piloto Militar e Bacharel em Administração Aeronáutica em dezembro de 2008, sendo o único Aspirante da Cidade de Maricá em muitos anos de Academia.

O Aspirante Alexandre está concluindo sua formação em Fortaleza, quando em junho se tornará Segundo Tenente Aviador, transferindo-se, em seguida, para Natal, onde se especializará em Piloto de Transporte da FAB.

É um orgulho para o povo de Maricá quando um jovem vence obstáculos enormes, como viver longe dos seus familiares e concluir um curso tão difícil quanto o da Academia da Força Aérea. Em um período de tanta turbulência para a nossa juventude, com tão poucas expectativas de futuro, expostas freqüentemente à violência e os descaminhos dos tempos atuais, é satisfação enorme e um exemplo que devemos incentivar, vermos um jovem da nossa cidade alcançar a formação profissional almejada, em um campo tão competitivo e rigoroso, como a carreira militar.

Queremos render esta homenagem ao jovem Alexandre e aos seus familiares tanto pela suas conquistas, mas, principalmente, por ser ele uma demonstração clara da capacidade da juventude maricaense, que, quando oferecemos oportunidades e orientação adequada, têm plena condição de conquistar uma carreira condigna, que permita a realização de todos os seus sonhos.

Que esta Moção de Louvor o Tenente Alexandre receba com os aplausos da Câmara de Vereadores e de todo o povo dessa cidade que ele tão bem representa.

 DSC09608DSC09605 

Momento em que o Tenente Aviador Alexandre dos Santos Ferreira recebeu do Vereador e Primeiro Secretário da Câmara Municipal de Maricá a sua Moção de Louvor

DSC09609O homenageado, Tenete Alexandre, ao centro, tendo a esquerda seu pai, Oswaldo Ferreira, o Presidente da Câmara Municipal de Maricá, Luciano Rangel Junior, o Vice- presidente Aldair de Linda, e os vereadores; Paulo Maurício e Uilton Viana Filho, a direita do Tenente Aviador Alexandre, o Vereador e Primeiro Secretário, Fabiano Taques Horta, e os vereadores; Ronny, Bubute e Helter Ferreira

DSC09607 Vereador Fabiano Horta, o homenageado Tenente Alexandre e seu pai Oswaldo Ferreira

Setembro 14, 2009 Posted by | jornalismo | 1 Comentário

Disputa do Samba – Equilíbrio e Animação no Palácio do Samba do G.R.E.S Estação Primeira de Mangueira

Fotos: Fotojornalista Rosely Pellegrino

Em 2008, 18 composições concorreram a samba-enredo da Mangueira de 2009. No ano anterior foram 14. Para 2010, pasmem, inscreveram-se 70 concorrentes. O sucesso é resultado de uma regra que entrou em vigor este ano. A escola não permite mais a identificação da autoria dos sambas. Cada um deles recebeu um número, a fim de democratizar a eleição. “Por causa da nova regra, houve um salto no número de inscrições. Tanto que antigos compositores voltaram a disputar o samba na Mangueira, deixando a disputa mais animada e equilibrada”, comemora o diretor de divulgação da escola, Pablo Brandão.

Do total de 70 inscritos, 20 foram selecionados para a disputa na quadra, que começou em 1º de agosto. Entre os eliminados na primeira fase, havia samba até da Alemanha e de Portugal. “Não se enquadravam no enredo. Além disso, o alemão tinha sete minutos, quando devia ter, no máximo, dois”, explica Pablo.

E não foi só estrangeiro que atravessou o samba. Um grupo do Rio de Janeiro tomou como base o enredo de 2009. Pena, conta o diretor de divulgação, pois o samba, por sinal, era muito bom.

Outra novidade da Mangueira, este ano, foi a oferta de intérpretes da escola aos compositores sem orçamento para pagar cantores de fora. O grupo compôs a Chave B, que participou do segundo sábado de disputa, no dia 8 de agosto. No sábado anterior foi a vez da Chave A, composta pelos compositores que pagaram intérpretes para defender seus sambas. Na semana seguinte, participaram os vencedores das duas chapas.

A divulgação dos sambas acontece em sites de carnaval, no YouTube, no Orkut e por meio da distribuição de CDs e flyers. Os concorrentes também fazem campanhas com camisetas, cartazes, faixas, outdoors e até “neon”. A fiscalização para garantir o cumprimento da regra de anonimato dos autores é feita pelos próprios concorrentes – sempre atentos. “Se eles forem distribuir CDs, vão distribuir na Mangueira, onde os compositores sempre estão. Acho difícil alguém se arriscar”, pondera Pablo.

Depois de três sábados de eliminatórias, restam agora seis concorrentes. A final será em 17 de outubro e, até lá, todos os candidatos se apresentam nos ensaios abertos, sendo um deles eliminado em cada disputa. Pablo antecipa que, pela alta qualidade, seis sambas estão “aptos” a representar a escola no ano que vem.

Veja (ouça) os sambas concorentes neste link: http://www.sidneyrezende.com/noticia/47019

A opinião do público conta muito, mas é o presidente quem bate o martelo. Antes, ele ouve todos os segmentos da escola, observa se o samba empolga na quadra e se está de acordo com o enredo. A julgar pelo movimento na quadra, os sambas agradam. A cada sábado, o Palácio do Samba enche mais. A expectativa é chegar à final com a casa lotada.

Sábado, dia 12 de Setembro, antes da semi-final seleção de escolha do samba, como acontece todo segundo sábado do mês, a tradicional Feijoada Verde e Rosa, contou com a quadra lotada e muitas personalidades passaram por lá. Acompanhem nas fotos os flashs deste evento que atrai cada vez mais adeptos para o Palácio de Samba.

DSC09519DSC09518

Galeria dos ex presidentes e o tesouro maior: Os troféus da Verde e Rosa

DSC09589 DSC09504

Um quadro que é uma relíquia, e ao lado a jornalista Rosely Pellegrino com o cidadão do mundo e mago do samba, Nelson Sargento e sua bela neta, Rosana Mattos

DSC09506 DSC09508

milhares de pessoas e muita animação

DSC09509 DSC09511 

eles vieram prestigiar a Mangueira Estação Primeira

DSC09515   DSC09523

Um show maravilhoso

DSC09525 DSC09527

ao som de um bom samba, jornalista Rosely Pellegrino e a maravilhosa passista Waninha irmã do genial presidente da Estação Primeira da Mangueira, Ivo Meirelles

DSC09530 DSC09532

Momento da chegada da Velha Guarda da Portela que pretigiou a Feijoada Verde e Rose

DSC09536 DSC09539

Jornalista Rosely Pellegrino, o dirigente nacional do PSOL e ex-deputado, João Batista de Oliveira, o popular Babá, passistas e o Diretor de Divulgação do G.R.E.S Estação Primeira de Mangueira, Daniel Mazola Fróes de Castro

DSC09540 DSC09546

Do camarote Rosely Pellegrino, com o casal Paulo e Flávia Becker, e a vista da quadra lotada

  DSC09559

Muita animação na quadra do Palácio do Samba, com teto solar, conforto e segurança, isto sem falar … na DELICIOSA feijoada

DSC09581 DSC09582

Luiz e Fernanda Gagliastri, Corações batendo Verde e Rosa ao som do genial Ivo Meirelles, presidente do G.R.E.S. Estação Primeira de Mangueira

DSC09569 DSC09570

O empresário Cláudio Henrique dos Anjos, conhecido politicamente como o Obama  brasileiro, Jornalista Rosely Pellegrino, o cidadão do mundo e Mestre do Samba, Nelson Sargento, a compositora Adélia Fajardo, o artista plástico curitibano, Luiz Gagliastri e esposa Fernanda, ao lado uma turma especial

DSC09575 DSC09585

Jornalista Rosely Pellegrino, e os amigos: Luiz Gagliastri, e sua esposa Fernanda e ao lado Rosely Pellegrino, editora deste Blog, e os mestres, Cesário, Carnavalesco da Estação Primeira de Mangueira, Luiz Gagliastri, o Mestre Contemporâneo da Escultura e Marcelo Jacob, Mestre da Harmonia da Bateria Nota 10 da Portela, durante a feijoada verde e rosa, nota 10.

DSC09587

Mangueira Escola de Vida. Exemplo de Amor

Setembro 14, 2009 Posted by | cultura, jornalismo, shows e eventos, social, turismo | Deixe um comentário