Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

MANGUEIRA INAUGURA A MELHOR ARTE NO MUNDO DO SAMBA E RESTAURA O CAOS

Por Rita Alves* (curadora da I Exposição de Arte “Mangueira é Música do Brasil!”)

Foto: Rosely Pellegrino

O homem tem a estranha capacidade de se adaptar às mais diversas situações da realidade, no entanto, tem também a capacidade de recriar o cotidiano, reinventar situações, reorganizar o espaço em que vive para fazer deste um ambiente mais confortável, mais próximo a si, mas não menos caótico.

O pessimismo de Saramago se justifica a partir do momento em que se constata que o dinâmico processo histórico não restaura o caos criado pelo próprio homem.

No entanto, a arte ainda é – e sempre será, ora “longa é a arte, tão breve a vida” – aquela que inaugura em nós nascimentos infindáveis de imagens, cores, formas e conceitos, dando não à realidade, mas ao mais profundo de nós, a possibilidade do novo.

A Estação Primeira de Mangueira, fincada no Morro da Mangueira, objeto de análise e reflexão, se insere exatamente no contexto dessa restauração. Sua história é paradigma do que é ‘ser brasileiro’, ou seja, consegue retirar da situação limítrofe da dura realidade de miséria e pobreza o suprimento de superação.

Cartola e seus companheiros criaram muito mais que letras e melodias perfeitas, recriarem o espaço em que viviam, através da arte musical. A possibilidade de imaginar apenas beleza na alvorada do morro, onde não há sofrimento, apenas o sol que colore a paisagem natural: “Alvorada lá no morro, que beleza, ninguém chora, não há tristeza, ninguém sente dissabor. O sol colorindo é tão lindo, é tão lindo, e a natureza sorrindo, tingindo, tingindo a Alvorada (…)” Alvorada esta que se tornou símbolo do nascimento da Escola, em 28 de Abril, quando reunidos no Palácio do Samba, moradores da comunidade festejam o aniversário da escola, ao som dos sambas exaltação.

DSC09566 Rita Alves, Curadora do Projeto, o artista plástico Luiz Gagliastri e sua esposa Fernanda

Mangueira surpreende, como o faz o nosso “Povo Brasileiro” ( enredo de 2009 – numa referência à obra do grande Darcy Ribeiro), preparando uma exposição de arte – a primeira no mundo do samba deste porte – em que o enredo é projetado, antes da carnavalesca, em telas, painéis e esculturas.

Artistas como Gustavo Rosa, Luiz Gagliastri (artista de Curitiba que preparou dois painéis com relevos em bronze, dignos da Estação Primeira de Mangueira), Ivald Granato, Cláudio Tozzi, Marysia Portinari (sobrinha do grande Candido Portinari), Inos Corradin, entre outros, mostrarão sua visão sobre o enredo “MANGUEIRA É MÚSICA DO BRASIL”, numa exposição pioneira e que promete marcar o calendário de eventos no mundo do samba.

Nota desta editora: Brevemente informaremos a data e o local do evento.

Anúncios

Setembro 30, 2009 Posted by | arte, jornalismo, shows e eventos, social, turismo | Deixe um comentário

Oscar Niemeyer segue internado; seu estado é considerado bom

28 de setembro de 2009 13h18

Fonte: Mariana Canedo (TERRA)

Niemeyer segue internado, nesta segunda-feira, na unidade intermediária do Hospital Samaritano, na zona sul do Rio de Janeiro. Niemeyer, que completará 102 anos em dezembro, está lúcido, respira sem ajuda de aparelhos e seu estado de saúde é considerado bom pelos médicos.

Niemeyer foi internado na quarta-feira com dores abdominais e, após exames, foi submetido a uma cirurgia para retirada de vesícula, no dia seguinte. Niemeyer passou apenas um dia na Central Intensiva de Tratamento (CTI) e foi logo transferido para a Unidade Intensiva de Tratamento (UTI).

No sábado, o arquiteto foi para a unidade intermediária do hospital, onde permanece em observação, principalmente por causa de sua idade avançada. A última informação divulgada pelo cirurgião geral José Ribamar de Azevedo é que não há previsão de alta.

 

    Oscar Niemeyer apresenta boa evolução, diz hospital

    27 de setembro de 2009 13h47 atualizado às 13h53

    Oscar Niemeyer arquivo - afp (301 e capas) Foto: AFP

    Oscar Niemeyer arquivo – afp (301 e capas)
    11 de junho de 2009
    Foto: AFP

    O arquiteto Oscar Niemeyer, 101 anos, passa bem após uma cirurgia para retirada de pedras na vesícula. Em boletim divulgado neste domingo, o Hospital Samaritano, em Botafogo, zona sul do Rio, informa que o paciente apresenta boa evolução no período pós-operatório e respira sem o auxílio de aparelhos.

    Na manhã de sábado, Niemeyer deixou a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e passou para um setor intermediário. De acordo com informações do hospital, ele permanecerá em observação por mais alguns dias e, nesta semana, deve passar por novos exames de rotina. Contudo, ainda não há previsão de alta, principalmente por causa de sua idade avançada

    O arquiteto foi internado na noite de quarta-feira com dores no abdômen. Uma ultrassonografia diagnosticou pedra na vesícula. Niemeyer foi internado na última quarta-feira. Em junho deste ano, Niemeyer já havia sido internado no Hospital Cardiotrauma, em Ipanema, com dores lombares, e foi submetido a uma série de exames, que não diagnosticaram nenhum problema.

    Niemeyer completará 102 anos no dia 15 de dezembro. Ele é pioneiro na arquitetura moderna do Brasil, explorando o concreto armado. Entre os tantos projetos que o levaram à fama internacional estão o de Brasília; o do conjunto arquitetônico da Pampulha, em Belo Horizonte; o da sede das Nações Unidas, nos Estados Unidos; e o do Memorial da América Latina, em São Paulo.

    Este ano, Niemeyer finaliza um projeto em Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro, que leva o seu nome. O Caminho Niemeyer é uma série de obras arquitetônicas que forma um corredor cultural na orla da cidade.

      Links relacionados

      Setembro 30, 2009 Posted by | jornalismo, social | Deixe um comentário

      Greve bancária completa seis dias com manisfestações

      vc repórter: greve no Rio completa seis dias com manifestações

      29 de setembro de 2009 • 19h23 • atualizado às 19h23

      Bancários se reuniram no centro do Rio de Janeiro; agências mantiveram portas fechadas

      Bancários se reuniram no centro do Rio de Janeiro; agências mantiveram portas fechadas

      29 de setembro de 2009

      José Carlos Pereira de Carvalho/vc repórter

      A greve de cerca de 18 mil trabalhadores, segundo levantamento do Sindicato dos Bancários do Rio de Janeiro (RJ), completou seis dias nesta terça-feira com agências fechadas e reuniões para discutir o assunto no centro da cidade.

      Uma caminhada partindo do Buraco do Lume em direção à Candelária teve início às 17h, reunindo cerca de 300 pessoas. Após rejeitarem uma proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), eles mantêm a greve que, segundo o Sindicato cerca de 715 agências.

      Segundo o carioca José Carlos Pereira de Carvalho, clientes, aposentados e pensionistas estão recorrendo às lotéricas e aos caixas eletrônicos para receber e efetuar pagamentos.

      As reuniões e manifestações devem continuar nesta quarta-feira, 30, quando uma assembleia unificada deve ser realizada às 18h na Galeria dos Empregados do Comércio, no centro do Rio. De acordo com seu site oficial, o Sindicato dos Bancários carioca vai denunciar ao Ministério Público do Trabalho as intimidações feitas pelos bancos contra os trabalhadores, que iriam contra a Constituição Federal ao ferir o direito de greve.

      São Paulo

      Em São Paulo, os funcionários do Banco do Brasil manterão negociações com a direção da Federação Nacional das Associações de Bancos (Fenaban), às 14h, nesta quarta-feira.Na quinta-feira, os empregados da Caixa Econômica Federal se reúnem com a a Fenaban, às 15h. Às 10h, o comando nacional da greve dos bancários se reúne com a Federação, também em São Paulo.

      Segundo levantamento Confederação Nacional dos Trabalhadores Financeiros (Contraf-CUT), 6.449 agências em todo o país aderiram à greve.

      O internauta José Carlos Pereira de Carvalho, do Rio de Janeiro (RJ), participou do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui.

      Com informações da Agência Brasil

      Setembro 30, 2009 Posted by | jornalismo | 15 comentários