Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Governo apoia Polo Naval de Maricá

Fonte: Alexandre Felipe – Fotos: Rosely Pellegrino

Após saírem do café da manhã realizado em comemoração ao dia do Idoso,o Deputado Estadual Rodrigo Neves, o Subsecretário Estadual da Região Metropolitana, Alexandre Felipe e Aleksander Santos, Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Petróleo de Maricá, partiram em um sobrevôo pela região onde será o polo naval de Maricá.

O Município de Maricá, que tem como Prefeito Washington Quáquá, está sendo um grande foco de muitos empresários interessados em investir na região. Segundo o Subsecretário Alexandre Felipe, essa nova movimentação de investimentos na área naval , vem cada dia mais aumento e ajudando a reconstruir a imagem do Estado do Rio – Essa conciliação que o Governador Sérgio Cabral conseguiu fazer entre as esferas Federal, Estadual e Municipal, foi essencial para um governo de investimentos que são para atender puramente a população, esse governo é uma gestão de união, nos unimos para melhorar a vida de todos nós – ressaltou Alexandre Felipe.

O prefeito recepcionou o Deputado e os Secretários em seu gabinete, onde ainda estiveram presentes os Vereadores Municipais de Maricá, Uiltinho Viana, Ronny Azevedo e Fábio Horta.

Por Clarissa Couto

DSC00584 Subsecretário Estadual da Região Metropolitana, Alexandre Felipe, Aleksander Santos, Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Petróleo de Maricá, o Deputado Estadual Rodrigo Neves, e os vereadores Fabiano Horta, Ronny e Uiltinho Viana

DSC00560DSC00573

DSC00585 Após o sobrevôo, durante o encontro com o prefeito Washington Quaquá, o deputado Rodrigo Neves, representande do COMPERJ na ALERJ, disse que o local superou as expectativas e que certamente o projeto de instalação do Pólo Naval contará com todo seu apoio

Após saírem do café da manhã realizado em comemoração ao dia do Idoso,o Deputado Estadual Rodrigo Neves, o Subsecretário Estadual da Região Metropolitana, Alexandre Felipe e Aleksander Santos, Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Petróleo de Maricá, partiram em um sobrevôo pela região onde será o pólo naval de Maricá.

O Município de Maricá, que tem como Prefeito Washington Quáquá, está sendo um grande foco de muitos empresários interessados em investir na região. Segundo o Subsecretário Alexandre Felipe, essa nova movimentação de investimentos na área naval , vem cada dia mais aumento e ajudando a reconstruir a imagem do Estado do Rio – Essa conciliação que o Governador Sérgio Cabral conseguiu fazer entre as esferas Federal, Estadual e Municipal, foi essencial para um governo de investimentos que são para atender puramente a população, esse governo é uma gestão de união, nos unimos para melhorar a vida de todos nós – ressaltou Alexandre Felipe.

O prefeito recepcionou o Deputado e os Secretários em seu gabinete, onde ainda estiveram presentes os Vereadores Municipais de Maricá, Uildinho Viana, Roni Azevedo e Fábio Horta.

Por Clarissa Couto

Anúncios

Outubro 10, 2009 Posted by | jornalismo | 3 comentários

Kraüss Aeronáutica irá investir R$ 15 milhões em Maricá

 

A Kraüss Aeronáutica, empresa fabricante de aviões agrícolas com base em São Paulo, investirá R$ 15 milhões em sua primeira fábrica no Estado do Rio. A unidade ficará em Maricá, em um terreno de 12 mil m².
"As condições altamente favoráveis do mercado sinalizam um faturamento bruto, no prazo de 5 anos após o início da operação da planta, da ordem de 350 milhões de reais.", afirma o diretor-presidente da Kraüss, Roberto Brandão Serrano.
A fábrica será destinada para a fabricação da aeronave agrícola KA-01, usada para pulverização de plantações, para reflorestamento e combate a incêndios.
Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Petróleo do município, Aleksander Santos, mais de 100 empregos diretos e outras centenas de empregos indiretos devem ser criados.
A medida fará com que Maricá invista mais no setor aeronáutico. "O nosso aeroporto tem uma pista de 1.190 metros, quase o tamanho da pista do Santos Dumont. Estamos negociando com o governo do estado melhorias estruturais, para que o aeroporto possa receber aeronaves maiores e empresas especializadas no setor", explica Aleksander Santos.
Atualmente, o local abriga apenas uma escola para formação de pilotos e uma empresa de manutenção de aeronaves. O prefeito de Maricá, Washinton Quaquá, e o secretário já se reuniram com o secretário de Transportes do Estado, Julio Lopes, para apresentar um projeto para melhor utilização das instalações. Com as atividades da Petrobras e das outras empresas off shore na região, o projeto pode ser vantajoso para a logística dos negócios.
"Esse aeroporto é estratégico para o desenvolvimento de Maricá. Já conversamos com diretores da Petrobras que tem todo interesse no projeto. O Governo do Estado também está em sincronia conosco", disse o prefeito.
Outras empresas do setor também devem ir para a cidade.
Fonte: SRZD

Outubro 10, 2009 Posted by | jornalismo | Deixe um comentário

Bancários voltam ao trabalho depois de 15 dias parados

Danielle Rabello

Depois de 15 dias em greve, os bancários de agências privadas e do Banco do Brasil (BB) voltaram nesta sexta-feira ao trabalho. Em Niterói, houve corrida para pagar contas atrasadas, o que deixou as principais agências da cidade lotadas.

Funcionários da Caixa Econômica Federal (CEF) não aceitaram a proposta de 6% de aumento da Federação Nacional dos Bancos (Febraban) e continuam em greve por tempo indeterminado.
No final da tarde desta sexta, os servidores do BB que não haviam acatado inicialmente o percentual de aumento, aceitaram a proposta dos banqueiros. Já os CEF, mantêm a paralisação e realizam assembleia, sem data definida, na semana que vem, para avaliar o assunto.

A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Finaceiro (Contraf) aceitou a oferta de 6% de aumento apresentada pela Febraban, em substituição a proposta inicial de 4,5%, apresentada em setembro. A categoria irá receber ainda aumento na Participação nos Lucros e Resultados (PRL), além da ampliação da licença maternidade para 180 dias, e o reconhecimento de casais do mesmo sexo, que passam a gozar dos mesmos direitos dos casais heterossexuais previstos na Convenção Coletiva.

O Fluminense

Outubro 10, 2009 Posted by | jornalismo | Deixe um comentário