Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Sérgio Cabral e Julio Lopes inauguram a revitalizada Rodoviária Novo Rio

A rodoviária já é exemplo e referência internacional

TEXTO: Thais Martins e Peter Barcelos

FOTO: Henrique Freire

A cerimônia de inauguração da revitalizada Rodoviária Novo Rio, na noite do dia 5/11, principal portal de entrada para a cidade do Rio de Janeiro, de ônibus oriundos de outros estados e também de municípios fluminenses, contou com presenças importantes, como a dos cariocas Marcio Forte, Ministro das Cidades, Sergio Cabral, governador do Rio, e do Secretário Estadual de Transportes, Julio Lopes. A Rodoviária Novo Rio, no Centro, está pronta para receber com o máximo de conforto seus 50 mil passageiros diários. Segundo maior da América do Sul, o terminal será fundamental para receber a demanda turística a ser gerada pela Copa do Mundo e pelas Olimpíadas. A rodoviária, que recebeu investimentos de U$ 10 milhões, conta, agora, com ar-condicionado, praça de alimentação, além de livraria, lojas de perfumaria e souveniers, simulando um shopping.

DSC_2276_creditos_henrique_freire DSC_2013_creditos_henrique_freire

Situada na Zona Portuária, a reforma da Rodoviária pode ser considerada uma das primeiras medidas efetivas para a revitalização da região. Para o secretário Julio Lopes, a Novo Rio é um exemplo a ser copiado por todas as outras rodoviárias intermunicipais do estado. Com um novo centro de operações, que controla 150 câmeras de vigilância, o terminal passou a contar até com sistema wireless, que dá sinal gratuito à internet.

– Há anos que turistas e cariocas aguardam por esta reforma. O Rio de Janeiro merece um equipamento como este, por onde passam 1,5 milhão de pessoas por mês. Tudo isto é resultado de um trabalho sério e aplicado da Secretaria Estadual de Transportes e do consórcio Novo Rio, amparados pelo Governo do Estado, a fim de oferecer dignidade, segurança e infra-estrutura de transporte adequada – afirmou o secretário Julio Lopes.

Para o governador Sérgio Cabral, a rodoviária está muito mais estruturada do que o aeroporto Tom Jobim. Segundo o governador, um dos principais segredos de qualquer cidade desenvolvida é o nível de qualidade de sua capacidade de transporte.

O evento contou ainda com as presenças do Ministro do turismo, Luiz Barreto, do diretor geral da Socicam, Altair Moreira, do subsecretário municipal de Turismo, Pedro Guimarães, da secretária estadual de Esporte e Lazer, Márcia Lins e presidente da Fetranspor, Lélis Teixeira.

Anúncios

Novembro 11, 2009 Posted by | jornalismo, transporte | Deixe um comentário

Centro de Apoio Câmara Comunidade será inaugurado dia 12 nos distritos de Casimiro

enviado por Cassiana Rabelo Corrêia de Azevedo

convite casimiro de abreu

Depois de aprovada e alguns meses de espera e expectativa, enfim, o Centro de Apoio Câmara Comunidade (CACC) já tem data marcada para inaugurar. Os CACCs vão abrir suas portas para a sociedade a partir da próxima quinta-feira (dia 12) nos distritos de Barra de São João, Professor Souza e Rio Dourado.

O CACC tem como objetivo de descentralizar os serviços administrativos e legislativos da Câmara Municipal de Casimiro de Abreu para os cidadãos nos núcleos a serem instalados nos distritos. O Centro de Apoio Câmara Comunidade será administrado pelo coordenador do CACC, sob a supervisão direta do presidente da Câmara Municipal. Fica o presidente da Câmara autorizado a celebrar convênio com concessionárias de serviços públicos e órgãos da administração direta, indireta e fundacional do Município, Estado e União para disponibilizar serviços básicos à população dos distritos.

Os núcleos de apoio oferecerão os seguintes serviços: recebimento de requerimentos, abaixo-assinados, reclamações e sugestões escritas apresentadas pelos municípes sobre assuntos diversos; informações relativas ao processo legislativo, proposições em tramitação no plenário e atribuições das instituições municipais; acompanhamento de pedidos dormulados, além de orientações diversas à comunidade sobre procedimentos, inclusive administrativo, perante as instituições públicas de âmbito municipal, estadual e federal. Os pedidos que forem devidamente atendidos serão arquivados nos respectivos núcleos do CACC; os pedidos ligados às atividades do CACC que forem arquivados serão eliminados após o decurso do prazo de cinco anos, cujo procedimento deverá ser regulamentado através de resolução.

“Cada núcleo de apoio será gerido por um gerente, auxiliado pelos assistentes, cujo quantitativo em cada posto obedecerá a demanda dos serviços postos a disposição da comunidade nos respectivos distritos”, disse o presidente da Câmara, João Medeiros, acrescentando: “Os gerentes do CACC elaborarão relatório quinzenal de todas as reclamações e sugestões da população e encaminharão ao coordenador do CACC, que efetuará a consolidação necessária até chegar em minhas mãos. Os casos que forem identificados como de extrema urgência para atendimento serão recebidos e encaminhados imediatamente ao coordenador, o qual levará até o presidente para efetivo envio às autoridades competentes para medidas cabíveis”, finalizou.

Endereços: Núcleo Barra de São João – Amaral Peixoto, nº 1.140 – Centro; Núcleo Rio Dourado – Rua Moisés Santos, nº 274 – Centro; Núcleo Professor Souza – Rua João Soares, nº 486 – Centro.

Novembro 11, 2009 Posted by | jornalismo | Deixe um comentário

Milicianos denunciados pelo MPRJ são presos

A partir de denúncia oferecida pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro junto à 1ª Vara Criminal de Campo Grande, a Polícia Civil realizou ontem (10/11) operação para desarticular grupos de milícia que atuam na Zona Oeste e na Baixada Fluminense. Participam 360 policiais e 88 delegados.

A denúncia foi oferecida pelos Promotores de Justiça Bruno de Lima Stibich e Marcus Vinícius da Costa Moraes Leite, da 20ª e da 27ª Promotorias de Investigação Penal da 1ª Central de Inquéritos. De acordo com Stibich, foram expedidos 46 mandados de prisão. Vinte pessoas foram presas hoje. “Os denunciados já respondem a ação penal. Doze já estavam presas”, informou o Promotor.

Entre os presos está o cabo da Polícia Militar Ivo Matos da Costa Júnior, o Tomatinho, que é lotado no Batalhão de Policiamento de Vias Especiais (BPVE). Ele seria um dos executores da quadrilha de milicianos. Outro preso, Rodolfo de Souza Queiroz, o Rodolfinho, é contador do bando. Durante a operação, houve a apreensão de computadores, documentos e armas.

Assessoria de Comunicação Social – MPRJ

Novembro 11, 2009 Posted by | jornalismo, justiça | Deixe um comentário

Falta de luz provoca um apagão em 18 estados brasileiros

Nota desta editora: Contas estão sendo feitas, mas ao que tudo indica este pode ter sido o Segundo Maior Blecaute da História

Confira como ficou a situação nas regiões afetadas.

Do G1, com informações do Bom Dia Brasil

Um blecaute atingiu na noite desta terça-feira (10), a partir das 22h13, pelo menos dez estados brasileiros, além do Paraguai. A região mais afetada foi a Sudeste. Os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo ficaram totalmente sem luz. Em Minas Gerais, houve blecaute total nas regiões do Triângulo Mineiro e da Zona da Mata, mas em partes de Belo Horizonte a luz não caiu durante a noite.

O apagão também afetou o interior do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, o interior da Bahia e partes de Pernambuco. Do outro lado da fronteira, o Paraguai, que também recebe energia de Itaipu, ficou às escuras, em consequência do que usina chamou de "efeito dominó".

Veja como foi o corte de energia em alguns dos estados afetados:

Espírito Santo

Todo o estado foi atingido pelo apagão. Em Vitória, uma senhora de 87 anos precisou ser atingida em casa após seu aparelho respiratório ter parado de funcionar. Ambulâncias do Samu prestaram socorro. Os bombeiros também tiveram muito trabalho ao socorrer as pessoas presas nos elevadores. O trânsito ficou confuso com semáforos apagados e o governo determinou um reforço na segurança – foram acionados mil policiais para atuar nas ruas, delegacias e nos presídios do estado. No Espírito Santo, o apagão começou por volta das 22h e só terminou por volta da meia-noite. Agora de manhã a energia já foi estabelecida.

Rio Grande do Sul

Apenas duas cidades foram afetadas pelo apagão. Cerca de 70 mil moradores de São Leopoldo e Sapucaia do Sul ficaram cerca de cinco minutos sem energia elétrica na noite passada. A situação foi normalizada sem prejuízo. Segundo a concessionária que abastece a região, o blecaute pode ter sido causado pelos problemas ocorridos em Itaipu. Na região de Porto Alegre não houve registro de falta de energia. Segundo a companhia que abastece a capital gaúcha, os níveis dos reservatórios das usinas estão elevados por causa das chuvas das últimas semanas, sendo assim, o Rio Grande do Sul conseguiu suprir o abastecimento.

Pernambuco

De acordo com a concessionária de energia elétrica que abastece o estado, o apagão em Pernambuco começou às 21h12 horário local (10h12 no horário de Brasília) e toda a situação durou 35 minutos. Trinta e sete municípios foram atingidos. No Recife, as áreas mais afetadas incluem três grandes hospitais, que precisaram acionar os geradores. Até o fim da noite, toda a situação foi normalizada.

Bahia

O apagão atingiu principalmente cidades localizadas no interior do estado, nas regiões norte, extremo sul e também no sertão. Nestas áreas, o abastecimento foi normalizado por volta das 21h25. Salvador e a regiões metropolitanas não foram atingidas pelo blecaute.

Mato Grosso do Sul

O sistema de sinalização das ruas ainda está muito instável em Campo Grande. Os semáforos não voltaram a funcionar em todas as avenidas e ruas da cidade – segundo a prefeitura, o problema deve ser resolvido ainda nesta manhã. De acordo com a empresa concessionária, a energia foi completamente restabelecida antes da meia-noite. O trânsito ficou confuso na capital e o comércio improvisou com velas, mas a maioria das lojas acabou fechando. De 78 municípios do estado, 70 ficaram no escuro.

Minas Gerais

Em Belo Horizonte, o apagão ocorreu pouco depois das 22h. Segundo a Companhia Energética de Minas Gerais, 20% das casas ficaram sem luz, o equivalente a 110 mil consumidores da capital e região metropolitana. Os bombeiros registraram algumas chamadas de pessoas presas em elevadores. O blecaute também atingiu o interior de Minas Gerais. Na capital, a luz voltou por volta das 23h.

São Paulo

O apagão ainda afeta parte do serviço de transporte coletivo de São Paulo na manhã desta quarta-feira (11). Trens do Metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) operam normalmente, mas há problemas com os ônibus elétricos na manhã desta quarta-feira (11). O Metrô informou que restabeleceu a operação em todas as suas linhas durante a madrugada desta quarta. O rodízio de veículo foi suspenso nesta manhã. Leia mais sobre a situação no estado.

Rio de Janeiro

A SuperVia, concessionária que administra a linha férrea no Rio, informou que as 89 estações de trens já foram reabertas e voltaram a operar às 5h50 desta quarta-feira (11). A circulação foi interrompida após o apagão que afetou vários estados do Brasil. Moradores de Copacabana, na Zona Sul do Rio, deixaram as suas casas na noite desta terça-feira (10) e lotaram os bares da região. A Polícia Militar recebeu diversos chamados na madrugada desta quarta-feira (11), durante o apagão, e que, quando verificados, eram alarmes falsos. Leia mais sobre a situação no estado.

Santa Catarina

Em Florianópolis e em todo litoral catarinense não faltou luz. Houve apenas oscilações de energia em algumas regiões do estado, especialmente na região oesste, oscilou energia por cerca de 10 minutos. De acordo com Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), a oscilação foi concentrada na região oeste e ocorreu depois que o blecaute atingiu os demais estados do país.

Mato Grosso

O estado ficou 40 minutos sem energia. Como as oscilações foram curtas nesse período, nem todo mundo percebeu o apagão. Só na baixada cuiabana, 20% dos consumidores ficaram sem luz e em todo o estado 240 mil foram atingidos pelo blecaute. O problema so foi resolvido por volta das 22h.

Novembro 11, 2009 Posted by | jornalismo | Deixe um comentário