Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Imagens da Barra de Maricá ligando a lagoa ao mar.

Fotos e texto; Jornalista Rosely Pellegrino

Alerta – Denúncia:

Devido a grande enchente ocorrida no Município de Maricá, o Canal da Barra, que liga o sistema lagunar ao mar foi aberto por decisão do prefeito Washington Quaquá, após 25 anos, fato que acabou com a enchente no município.

A transformação paisagistica do local se tornou atração e centenas de pessoas diariamente visitam o local que se tornou o point mais badalado do município.

 DSC04866 DSC04869 DSC04872 DSC04874 DSC04881DSC04893 DSC04891

Infelizmente, muitos turistas e até mesmo moradores, não sabem da importância da abertura deste canal para revitalizar o sistema lagunar do município, um dos maiores da América Latina. As lagoas estavam secando, agonizando e morrendo aos poucos. A catástrofe da enchente, salvou a lagoa, e agora o momento é para se focar na qualidade deste renascimento. Neste momento de barra aberta é importante não espantar os peixes, e deixar que os cardumes que se aproximam invadiam e venham a se instalar e prociar em nossas águas. Trazendo de volta várias espécies de peixes e uma grande variedade de crustáceos, dentre eles o saboroso camarão. Tem que haver calmaria.

Os pescadores mais antigos dizem que se não houver determinação por parte das autoridades, impedindo atividades na proximidade da barra e na lagoa, interdidando o local até mesmo para banho, corremos o risco de quando o mar fechar a barra., não existir mais peixes na lagoa. Pois, os peixes estão vindo em enormes cadumes, mas a concentraçào de pessoas, surfando, e se banhando na entrada da barra, afugenta os peixes, impedindo a entrada para lagoa. Enquanto isto, a forte correnteza está levando nossas espécies para o mar. Isto sem falar dos imprudentes turistas de jet sky que para mostrarem suas possantes máquinas, fazem malabarismo, acelerando ao máximo, assustando os peixes da lagoa e transitando no canal aberto, entre os banhistas e surfistas, como se isto fosse normal. E ainda de quebra, como se não bastasse, temos as traineiras que insistem em pescar e carregarem suas redes fartamente, porém de uma forma covarde, muito próximos as margens da praia, exatamente no percurso de encontro aos cardumes imensos, denúnciados por milhares de pássaros, que atraiídos pela sujeira das águas da lagoa, se dirigem para a entrada da barra.

Nas fotos tiradas pela Jornalista Rosely Pellegrino, editora deste blog, nos dias 20 e 21 de abril comprovamos a irresponsabilidade do ser humano com a natureza e a ausência de limites, que deveriam ser impostas pelos órgãos competentes. Dentre eles, o Ibama que deveria estar fazendo ronda, impedindo o enfraquecimento do renascimento do sistema lagunar do Município de Maricá, Rio de Janeiro.

DSC04853DSC04850 DSC04831 DSC04832 DSC04843  DSC04913 DSC04901 DSC04902 DSC04905 DSC04906 DSC04907 DSC04908 DSC04909 DSC04910 DSC04911 DSC04912

Anúncios

Abril 22, 2010 - Posted by | denuncia, jornalismo, meio ambiente, Pesca

2 comentários »

  1. Fico feliz com o conteúdo dessa matéria. Sempre haverá uma esperança equanto existir pessos que os façam.

    Parabéns!!!

    Comentar por Antonio Veríssimo | Abril 29, 2010 | Responder

  2. Quase que aconteceu com a Lagoa de Araruama. Em 2000 ela estava completamente podre. Ninguém conseguia chegar perto. No Areal, Centro da Cidade, em Iguabinha, São Pedro D’Aldeia e Iguaba Grande, era uma imundície só. Uma espuma negra, fedida, ninguém aguentava. O preço das casas caiu vertiginosamente, ninguém mais queria fazer turismo em uma cidade podre. que na realidade não era uma só eram três cidades. Graças a Deus, conseguiram ampliar o Canal de Itajuru e a Lagoa ressuscitou. Conscientização e vontade política é tudo em uma cidade. O problema é que, quando a destruição envolve muito dinheiro, o que fala mais alto e que realmente tem a última palavra é o dinheiro, como por exemplo esse porto e esse emissário que estão pretendendo fazer por ai.

    Comentar por Iara Lucia Marela | Junho 2, 2013 | Responder


Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: