Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Eventos esportivos vão agitar Maricá em agosto

O mês de agosto promete ser movimentado no setor esportivo de Maricá. Uma série de eventos e competições, que vão do karatê ao futsal passando pelo jet ski, vai mobilizar atletas e praticantes de diversas atividades durante o período. Todo o calendário tem o apoio da Prefeitura de Maricá.
Já no dia 1º, ocorre a 4ª Copa Maricá de Karatê, em parceria com a Associação Maricaense da categoria (AMK). Os combates começam às 20 horas nos tatames montados no Esporte Clube Maricá, no Centro.
No dia 8, haverá um passeio ciclístico e a inauguração de um bicicletário, que está sendo instalado no Terminal Rodoviário de Maricá, de onde partirão os ciclistas à 8 horas. O trajeto do passeio irá até Araçatiba e retornará ao ponto inicial, onde haverá uma cerimônia de inauguração do bicicletário.
Quem quiser participar deve procurar as secretarias de Esporte ou Transportes de Maricá, levando um quilo de alimento não perecível até a véspera do evento. Alguns atletas ligados à Federação de Ciclismo do Estado do Rio deverão marcar presença.
A lagoa do Boqueirão será palco de duas atividades em dias consecutivos, sempre às 8 horas. A primeira será no dia 14, quando acontece um gincana ecológica para limpeza das águas. Praticantes de jet ski de toda a cidade deverão participar do evento, que começará com um café da manhã.
No dia seguinte,  dia 15, haverá a segunda etapa do Campeonato Estadual de Maratonas Aquáticas, que começou em Angra dos Reis. A nadadora maricaense Mariana Mello já confirmou presença no que será sua primeira competição no município natal. A organização é da Federação Aquática do Rio de Janeiro (FARJ) e da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA).
A final do Campeonato Maricaense de Futsal está prevista para o dia 18, às 18 horas, na quadra do Complexo Esportivo Leonel de Moura Brizola. O torneio começou em junho e conta com a participação de vinte equipes da cidade. O último evento da série será um festival de esportes radicais, marcado para o dia 22 na Serra do Camburi, e que terá competições de parapente, mountain bike e cross country.

Julho 23, 2010 Posted by | esportes, jornalismo | Deixe um comentário

LULA DIZ QUE VOTAR EM CABRAL É QUASE OBRIGAÇÃO ÉTICA

Dilma afirma que continuará a parceria iniciada entre o governador e o presidente

Em discurso para milhares de pessoas que se aglomeravam debaixo de chuva, na noite desta sexta-feira (16/07), na Cinelândia, no Centro do Rio de Janeiro, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse ao governador Sérgio Cabral que, se pudesse, iria transferir para o Rio o seu título de eleitor para votar pela reeleição dele.

Marcos Michael / Divulgação

– Votar em Sérgio Cabral é quase um obrigação moral, ética, política. Um compromisso para garantir um futuro melhor para aqueles que amamos. Ele já provou que é um homem de bem, que gosta do Rio e tem competência para fazer o que os outros não fizeram. Se não votasse em São Paulo, transferiria meu título para votar em você, no Rio de Janeiro – disse o presidente ao governador.
Cabral ressaltou a grande presença de público no comício, mesmo sob chuva, e agradeceu a Lula, Dilma e aos partidos que dão sustentação à aliança com o governo federal.
– Quero dizer da minha alegria de estar aqui, debaixo de chuva, mostrando a força do Rio de Janeiro. Quero agradecer aos partidos aliados, aos deputados, aos vereadores, aos prefeitos, agradecer aos partidos que dão sustentação a essa aliança. Dilma, muitos achavam que a praça estaria vazia hoje, mas essa praça resistiu, porque esta é a praça da resistência e a praça do agradecimento a você e a Lula, por tudo que o presidente fez pelo povo brasileiro e pelo povo do Rio de Janeiro. Por isso, Dilma, nós vamos continuar juntos, avançando, fazendo do Brasil um país mais justo, fazendo do Rio de Janeiro um estado mais justo, enfrentando a violência com pacificação das comunidades, com o investimento do PAC das Comunidades – disse o governador, que no palco estava acompanhado do candidato a vice, Luiz Fernando Pezão, e dos candidatos da chapa ao Senado, Lindberg Farias e Jorge Picciani, além do prefeito Eduardo Paes e de políticos da coligação Juntos Pelo Rio.

Sérgio Cabral anunciou mais investimento para os próximos anos.
– Vem aí, companheiros e companheiras, o PAC 2 para mais moradores de favela serem atendidos no Rio de Janeiro. E vem aí mais investimento em todas as cidades do estado, nos 92 municípios. Por isso, meus amigos e minhas amigas, esta é a aliança que está dando certo. Eduardo Paes, que representa aqui todos os prefeitos, nós estamos juntos, mesmo contra a vontade de uma minoria. Vitória, vitória, vitória! – vibrou o governador.
Para o presidente Lula, nem a chuva poderia impedi-lo de participar do primeiro ato da campanha de Dilma e Cabral, juntos, no Rio de Janeiro.
– Quero dizer a vocês que, nesses 40 anos de experiência em campanha, aprendi que não é habitual fazer comício na chuva. Eu estava em São Paulo quando recebi a informação de que tinha começado a chover no Rio de Janeiro. Poderia ter ido para Brasília e agendado esse compromisso para outra data. Entretanto, acho que a primeira vez a gente nunca esquece. E essa é a primeira vez que viemos fazer a campanha da Dilma e do Sérgio Cabral no Rio de Janeiro. Por isso, não poderia deixar de vir para o comício. O Estado do Rio e o Brasil estão passando por um processo de transformação que há mais de 50 anos não se via – discursou o presidente.
Marcos Michael / Divulgação

Dilma Rousseff reforçou a importância da atual parceria entre os três níveis de governo para a transformação pela qual o Rio está passando.
– Hoje, podemos dizer que Sérgio Cabral é o melhor governador que esse estado teve. Ele trouxe de volta a indústria naval, mais empregos formais na siderurgia, obras de infraestrutura, como o Arco Rodoviário. Trouxe programas de segurança pública, como as UPPs, que hoje são exemplo nacional no combate ao crime organizado. Trouxe para as favelas investimento em habitação, construção de rede de esgoto, formação profissional. Esse governador, que é um parceiro do presidente Lula, tem que continuar ajudando a mudar o Rio de Janeiro. Ele deve ser eleito porque esse é um povo generoso e que não esquece quando um homem assume a direção do Estado e o leva a melhores condições de desenvolvimento. Tenho certeza de que a parceria que o Lula começou com você, nós vamos continuar. E vamos transformar a cada dia mais o estado, tornando-o um dos melhores locais para que a população possa usufruir, além da beleza, qualidade de vida para todos – disse Dilma.
Lula também elogiou os projetos que, segundo ele, vêm mudando a realidade das comunidades carentes do Rio.
– O que estou vendo acontecer no Complexo do Alemão, em Manguinhos, na Rocinha, no Pavão-Pavãozinho é o que quero ver acontecer em todas as favelas do Rio. Para não chamar de favela, mas chamar de bairro e acabar com a safadeza que a elite construiu, segregando o povo pobre deste país. Queremos transformar as favelas do Rio de Janeiro em bairros – afirmou.
Dilma lembrou momentos históricos do Brasil que foram vividos na Cinelândia e convocou a população do Rio de Janeiro a votar em Cabral:
– Aqui nesta praça houve as Diretas, que transformaram o país numa democracia. Assumimos o compromisso de melhorar este país. Começamos nossa caminhada em direção a 3 de outubro. Tenho certeza de que os homens e mulheres não permitirão a volta do desemprego, da desigualdade, e vão nos conduzir, com o seu voto, no dia 3 de outubro, à vitória. Vamos continuar mudando para melhor a vida dos brasileiros e das brasileiras. E, com Sérgio Cabral, a vida dos cariocas. Vamos todos juntos. Todos juntos pelo Rio!
O presidente Lula falou sobre o início da aliança com Cabral, em 2006, para resolver o que chamou de “problemas crônicos do Rio de Janeiro”.
– Não tinha ganho no primeiro turno e ele também não. Aí, nós nos encontramos. Eu disse a ele: Sérgio Cabral, eu tenho a convicção de que você, eleito governador desse estado, e eu, reeleito presidente da República, vamos criar a mais importante aliança já feita entre o governo federal e o governo do Rio, para que possamos resolver os problemas crônicos do estado. Há muito tempo o Rio de Janeiro não tinha um candidato com a cara do carioca como tem o Sérgio Cabral. Hoje, posso olhar na cara de cada mulher e de cada homem e dizer que, nestes últimos 30 ou 50 anos, não houve um presidente da República que tenha trabalhado em harmonia com o governo do Rio de Janeiro como nós trabalhamos – afirmou o presidente.

Julho 23, 2010 Posted by | Campanha Eleições 2010, Eleições 2010, jornalismo | Deixe um comentário

CABRAL DEFENDE SUA REELEIÇÃO, ELEIÇÃO DE DILMA E DE SENADORES DA CHAPA

Em Saquarema, governador ressalta a importância da continuação da parceria pró-Rio de Janeiro
O governador e candidato à reeleição, Sérgio Cabral, destacou a união entre os governos federal e estadual como ponto forte para que todo o estado do Rio Janeiro continue no caminho do desenvolvimento. Ele participou de um comício na noite desta quinta-feira (22/07), em Bacaxá, distrito de Saquarema, na Região dos Lagos.
4819341561_b8ffabeb48

Data: 22-07-2010
Local: SAQUAREMA- RJ
Foto: NELSON PEREZ/DIVULGAÇÃO
Assunto: O candidato ao Governo do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, discursa em comício realizado  a noite no centro de Saquarema, junto do candidato a Deputado Estadual Paulo Melo e dos candidatos so Senado Lindeberg Farias e Jorge Picciani.

– Temos a oportunidade de dar continuidade a uma parceria que parecia impossível no Rio de Janeiro. O governo federal e o governo do estado pareciam não se entender. Em 2006, chegamos e dissemos ao povo do Rio: reelejam Lula e elejam a mim e ao Pezão, que nós vamos dar um novo tratamento à população. E foi o que nós fizemos – disse Cabral.
O governador afirmou que, nesta eleição, a manutenção dessa parceria está representada pela candidata à presidência Dilma Rousseff.
– Quem representa essa continuação é a Dilma, a primeira mulher que vai ser presidente do Brasil. Eu trabalho com ela há 3 anos e meio e é impressionante a capacidade dessa mulher para trabalhar, realizar e dialogar. Não brinquem com o seu voto. Para dar continuidade a esse trabalho, temos que eleger Dilma Roussef presidente do Brasil – declarou Cabral, acompanhado do candidato a vice-governador Luiz Fernando Pezão, dos candidatos da chapa ao Senado, Lindberg Farias e Jorge Picciani, e do deputado estadual Paulo Melo.
Cabral ressaltou o papel dos senadores para defender o estado e os seus municípios em Brasília.
– Nós temos uma chapa de senadores extraordinária. Eu fui senador e sei o que é estar em um gabinete, recebendo os prefeitos do estado, e poder abrir as portas e conseguir benefícios para as suas cidades. Temos os dois melhores candidatos ao Senado defendendo o Rio de Janeiro e o Brasil: Picciani e Lindberg. Picciani foi um grande deputado e levará para Brasília o seu trabalho e a sua experiência. Lindberg vai levar a sua ousadia e o seu trabalho – afirmou Cabral.
A prefeita de Saquarema, Franciane Melo, elogiou o trabalho do governador no município.
– Aqui está o que há de melhor para Saquarema e quem mais pode fazer por nós. Aqui está o nosso governador Sérgio Cabral. Todo mundo sabe que Saquarema melhorou e vai melhorar muito mais – discursou.
Sérgio Cabral disse que as realizações são fruto da aliança entre os governos, que precisa continuar.
– Por que Saquarema tem, hoje, a construção de um hospital que não deixa nada a desejar a nenhum outro no Brasil? Por que Bacaxá terá um colégio de formação técnica que vai formar milhares de meninas e meninos para o trabalho? Isso não vem do céu. Isso vem de uma parceria entre o governo do estado e o governo federal – afirmou.

Julho 23, 2010 Posted by | Eleições 2010, jornalismo | 1 Comentário