Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Operação Lei Seca na saída do feriadão em Maricá

Fonte Blog Alexandre Felipe

30 outubro, 2010 (16:39) | Notícias | Por: Redação

Larissa Lima

Quem saiu para aproveitar o feriado prolongado de Finados encontrou, na noite de ontem, a Operação Lei Seca, na RJ-106, em Marica. Mesmo com as estradas cheias, a operação foi realizada a fim de conscientizar os motoristas da importância de não dirigir depois de beber e assim poder minimizar os índices de acidentes de trânsito nesse feriado. A operação foi acompanhada pelo subsecretário de governo da Região Metropolitana, Alexandre Felipe.

“Nós entendemos que as estradas estão cheias, mas não podemos perder essa grande oportunidade de deflagrar uma ação educativa e de fiscalização, a fim de diminuir os acidentes nas estradas”, disse Alexandre Felipe.

Ontem, foram abordados 218 veículos, 17 deles foram multados e três carteiras de habilitação foram recolhidas.

[Mostrar slideshow]

[View with PicLens]

dsc09304 dsc09308 dsc09312 dsc09317 dsc09321

dsc09324 dsc09327 dsc09329 dsc09331 dsc09333

dsc09340

Outubro 31, 2010 Posted by | jornalismo, Lei Seca, Maricá, Polícia, segurança pública | Deixe um comentário

Secretário de Transportes, Julio Lopes, faz vistoria nas obras da Linha 4

Obras da Barra seguem em ritmo acelerado, e frente de trabalho é aberta em São Conrado
O secretário estadual de Transportes, Julio Lopes, passou a manhã deste sábado vistoriando as obras da Linha 4 do metrô, na Barra da Tijuca, onde acompanhou de perto a rotina das escavações na pedra do Focinho do Cavalo. Neste momento, mais de 230 funcionários trabalham nos três turnos das obras, onde acontecem duas detonações de explosivos todos os dias. O túnel avança cerca de dois metros e meio diariamente, e já chega a uma extensão de 123 metros. O secretário anunciou que a partir de novembro o número de detonações deverá aumentar, acelerando a velocidade das obras.
O canteiro central da Av. Armando Lombardi também fez parte da visita. Quem passa por ali pode observar as placas de metal instaladas em frente ao shopping Barra Point, sinalizado que já foram iniciadas as intervenções na região. Desde março estão sendo feitas sondagens de solo no local, onde será instalada a primeira estação de metrô da Barra, tornando realidade um dos principais projetos de transportes da cidade.

DSC_5188 DSC_5235
Os engenheiros não estão encontrando adversidades, e as obras estão seguindo totalmente dentro do planejado. Porém, de acordo com o secretário Julio Lopes, é fundamental que outros canteiros de obras comecem a ser abertos em regiões onde serão construídas outras estações da Linha 4. Por isso, o Governo do Estado já iniciou os trabalhos de implantação de canteiro no bairro de São Conrado, um dos bairros contemplados com estação pela Linha4.
– As obras estão avançando num ritmo excelente na Linha 4. Já estamos iniciando outra frente de trabalho, no bairro de São Conrado, que também será contemplado com uma estação de metrô, próximo á entrada da Rocinha, em frente ao supermercado Sendas. A exemplo do que aconteceu em Ipanema, na esquina das ruas Barão da Torre e Teixeira de Melo, a chegada do metrô a São Conrado, além da facilidade de transporte, vai agregar uma grande valorização imobiliária àquela área, que enfrenta problemas com a degradação – considerou o secretário Julio Lopes.
Na última quarta-feira, o Governador Sérgio Cabral assinou o decreto de desapropriação de 20 lotes que deverão fazer parte da área construída do metrô. A maioria dos lotes é formada por terrenos vazios, sem edificações. Já em novembro, a Secretaria de Transportes deve iniciar o processo de negociação com os proprietários dos terrenos, a fim de estudas as indenizações adequadas.
Ao todo, a Linha 4 terá seis estações, passando ainda pelos bairros de Ipanema, Leblon e Gávea. A nova linha beneficiará não somente a população que mora ou trabalha na Barra e no Recreio dos Bandeirantes. Com a chegada do TransOeste, corredor expresso para ônibus que ligará a Barra e Campo Grande, Zona Oeste da cidade, os moradores de todos os bairros do trecho poderão fazer a integração direta com o metrô. Com a extensão até a Barra, o metrô do Rio terá capacidade para transportar mais 230 mil passageiros diariamente, proporcionado mais agilidade, conforto de segurança às viagens da população.

Peter Barcelos
Secretaria Estadual de Transportes

Outubro 30, 2010 Posted by | jornalismo, transporte | Deixe um comentário

Encerrada a Campanha Eleitoral do Segundo Turno : Debate termina sem confronto entre Dilma e Serra

A petista e o tucano, que lideram as pesquisas, não debateram nenhum tema diretamente. Tentando ir ao segundo turno, Marina Silva (PV) se esforçou nos ataques aos dois rivais

Fonte: Redação Época

A expectativa era grande, mas o último debate entre os candidatos à Presidência da República, realizado na noite de quinta-feira (30) pela Rede Globo, deixou a desejar em termos de emoção e confronto. Líder nas pesquisas, Dilma Rousseff (PT) evitou a todo o custo o embate com o segundo colocado, José Serra (PSDB). O tucano, na única chance que teve de questionar a petista, preferiu ouvir o que Marina Silva (PV) tinha a dizer. A senadora, terceira colocada, foi a que mais atacou os adversários, enquanto Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) estava mais sério do que de costume.

Temas espinhosos como a quebra do sigilo fiscal de pessoas ligadas a Serra e a escândalo de corrupção na Casa Civil, que derrubou a ex-ministra Erenice Guerra – braço direito de Dilma no ministério –, não foram citados.

Saiba mais

O único momento em que os ânimos se acirraram foi o fim do quarto bloco. Marina questionou Serra sobre as críticas do PSDB e do DEM ao Bolsa Família e quis saber se o tucano “fazia uma autocrítica”. Serra rebateu afirmando que, enquanto ministro da Saúde do governo Fernando Henrique Cardoso (PSDB), criou o Bolsa Alimentação, uma das bases do Bolsa Família. O tucano disse que, por mais que afirmasse que ampliaria esses benefícios sociais, sempre era questionado sobre o tema. "Não fique irritado por eu fazer a pergunta novamente a você", afirmou Marina. Ela, então, rebateu Serra, dizendo que ele não respondeu e que, para ela, os programas sociais eram fundamentais. O tucano devolveu: "Não use sua régua para medir os outros. Se eu fosse usar a minha, diria que você e Dilma têm muito mais coisas parecidas do que os outros candidatos". Serra afirmou que havia mais semelhanças entre Marina e Dilma do que entre ele próprio e Dilma, como a candidata do PV vinha afirmando. “Você era do PT até há pouco e estava no governo do mensalão”, disse.

Nas considerações finais, os discursos de Marina e Serra reforçaram o pedido para que a eleição não termine no domingo (3). A candidata do PV foi a primeira a falar na última parte do debate. “Sou a única que depende do seu voto”, afirmou, dizendo que um eventual segundo turno seria uma demonstração de que, mesmo com um tempo de TV bem menor do que Dilma e Serra, foi possível conquistar os eleitores. Marina também destacou a ideia de um embate entre duas mulheres: “Que fiquem as duas mulheres no segundo turno”.
Serra pediu para que aqueles que já decidiram votar nele conquistem mais eleitores: "Se você já vota em mim, que conquiste um outro voto". Ele afirmou que espera um segundo turno para um confronto de ideias com Dilma. E destacou sua trajetória política, relatando sua participação no movimento estudantil, seus 14 anos de exílio e os cargos públicos que ocupou. “Ofereço a minha vida, a minha história”, disse.
Em suas últimas declarações no debate, Dilma falou como se a campanha estivesse chegando ao fim. Ela pediu o apoio dos eleitores, afirmando: "Estou preparada para ser a primeira presidente da repúlica, se puder, humildemente, contar com seu voto”.

Gabriel de Paiva / Agência O Globo

Dilma aposta na herança de Lula

Apesar das críticas de que vive à sombra do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Rousseff não se importou em relembrar sua participação no governo.
No início do debate, ao discutir a legislação trabalhista com Marina, Dilma falou apenas das conquistas do governo Lula, como a criação de 14,5 milhões de empregos formais. Mesmo depois que a senadora do PV afirmou que Dilma não respondeu sua pergunta, ela se manteve falando sobre o atual governo.
Na primeira oportunidade que teve para perguntar, Dilma evitou o confronto com Serra e direcionou sua questão para Plínio. Na segunda vez, a questionada foi Marina Silva. Desta vez, Dilma fez suas primeiras promessas – concluir as ferrovias Transnordestina e Integração Centro-Oeste.
Na primeira vez em que a plateia – formada apenas por convidados – se manifestou, Dilma conseguiu deixar a saia justa com rapidez. Ela debatia doações aos partidos com Plínio e afirmou que todas as doações ao PT “são oficiais”. Após as risadas altas dos adversários tucanos, Dilma rebateu: “Lamento os risos de quem tem outras práticas”, e foi aplaudida pelos colegas petistas.

Marcelo Carnaval / Agência O Globo

De forma indireta, Serra ataca o governo

Em seu arsenal, Marina criticou diversas vezes as promessas de Serra, mas mesmo diante desses comentários, o tucano não recuou. Serra voltou a prometer salário mínimo de R$ 600 em 2011 e o reajuste de 10% para os aposentados. Neste momento, foi ao ataque contra Dilma, dizendo que o governo Lula é contrário ao aumento.
No segundo bloco, Serra manteve a estratégia de atacar o governo. Afirmou que São Luiz do Paraitinga (SP), devastada por uma chuva no início do ano, foi “totalmente recuperada”, enquanto as obras que dependiam do governo federal no Rio de Janeiro e em Santa Catarina “vão se arrastando”. Em seguida, ao questionar Plínio, Serra disse que o governo Lula “não fez nada” para ampliar as linhas de metrô em cidades como Fortaleza e Belo Horizonte.
Serra voltou à carga ao debater a saúde com Plínio. Afirmou que o governo Lula obstruiu a tramitação de projetos que ampliariam os recursos para o setor e que “depois ficou reclamando” quando a CPMF foi derrubada pelo Senado. Em seguida, Serra chamou de “conversa fiada” os dados que Dilma apresentara sobre investimento em saneamento básico. “O governo não colocou R$ 40 bilhões nem aqui, nem na Lua”.

Marcelo Carnaval / Agência O Globo

Marina repete estratégia da terceira via

Marina procurou fixar a imagem de “terceira via” e voltou a atacar as administrações de FHC e Lula. No início do debate, ela afirmou que “nada foi feito” sobre o déficit da previdência social “nos últimos 16 anos”. Em seguida, atacou Serra, criticando o que seria, segundo ela, o “promessômetro” do tucano.
Marina disse ser a única que pensa o país “como um todo” e criticou os adversários afirmando que eles tratam a disputa presidencial como se fosse uma “eleição para a prefeitura”. Marina foi ao ataque também contra o governo Lula e trouxe à tona o escândalo envolvendo o ex-ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima (PMDB). Em abril, o Tribunal de Contas da União divulgou relatório afirmando que Geddel, candidato ao governo da Bahia, privilegiou municípios de seu Estado com recursos para prevenção de desastres naturais. Mesmo quando elogiou o governo Lula, Marina fez ressalvas. Ela afirmou que o programa de habitação Minha Casa Minha Vida “é bom”, mas “não ajuda quem ganha até dois salários mínimos”.
No terceiro bloco, Marina disse que Serra quer resolver as coisas como “passe de mágica”. Ela criticou a gestão do tucano na Prefeitura e no governo de São Paulo e disse que é uma “vergonha” o fato de o “Estado mais rico da federação” ter problemas de habitação.

Marcelo Carnaval / Agência O Globo

Plínio: mais sério, mas ainda irônico

O candidato do PSOL estava mais sério que de costume, mas foi irônico sempre que possível. Questionado por Dilma sobre a situação do funcionalismo público, ele disse que faria um governo sem “terceirização, arroxo salarial e privatização” e questionou a ex-ministra: “Não vi nunca você reclamar disso e agora você vem perguntar pra mim?”. Em seguida, Plínio ironizou Serra. Ao ser informado que deveria fazer uma pergunta sobre impostos, afirmou. “Disso ele gosta”.
No restante do debate, Plínio defendeu suas propostas socialistas, como a auditoria da dívida externa, o limite à propriedade rural e o aluguel compulsório de imóveis vazios. Em determinado momento, Plínou estendeu o horário eleitoral, e pediu votos aos candidatos do PSOL.

Outubro 30, 2010 Posted by | Brasil - Eleições 2010, Campanha Eleições 2010, jornalismo, política, Política Nacional e Internacional, SEGUNDO TURNO ELEIÇÕES 2010 | Deixe um comentário

Campeã de pesca desportiva é de Maricá

Texto: Odemir Capistrano   Foto: Paulo Polônio

Uma mulher maricaense é campeã onde os homens reinam

DSC02845 Marta Xavier Gonçalves, de Maricá, presidente da Federação de Pesca e Desportos Subaquáticos do Estado do Rio de Janeiro (Fepdsrj)

Nascida em Maricá, Marta Xavier Gonçalves, de Maricá, presidente da Federação de Pesca e Desportos Subaquáticos do Estado do Rio de Janeiro (Fepdsrj), pratica esse esporte há 30 anos, “desde que me conheço por gente”, registra ela, recuperando datas na memória. “Sempre gostei”, diz. “Acompanhava meu pai todo final de semana quando era criança”, recorda. “Depois, comecei a ir sozinha, de ônibus, e então uma pessoa de Maricá me convidou a ingressar no clube Barracuda, no Rio”, relata, resumindo uma longa história de relação com o mar, tradicionalmente um reino dos homens. E estão aí o brasileiro Amyr Klink para provar isso, além de um grande número de narrativas literárias. Por exemplo: “Os velhos marinheiros”, de Jorge Amado, e o clássico “O velho e o mar”, do norte-americano Ernest Hemingway.

Servidora municipal que trabalha na Saúde, Marta faz parte da seleção brasileira de pesca e desportos subaquáticos. Com apoio da Prefeitura de Maricá, ela disputa, em Cabo Verde, de 10 a 15 de novembro, o 28° campeonato mundial feminino da modalidade, competição já vencida cinco vezes pelo Brasil, aliás, o único país pentacampeão nesse esporte, exatamente como no futebol.

Marta, mãe de um atleta igualmente de esporte aquático, vai pagar as passagens do próprio bolso, enquanto a Prefeitura fornece o material esportivo. Bicampeã brasileira de água doce, campeã brasileira de seleções e por clube, várias vezes campeã estadual, entre tantos outros títulos, ela acredita que a equipe brasileira “tem boas chances de conquistar o hexacampeonato”. Se isso acontecer, nossa campeã maricaense, já uma personalidade esportiva por seu currículo de mulher no mar, vai se tornar também personagem de um feito histórico. 

Outubro 29, 2010 Posted by | agricultura e pesca, esportes, jornalismo, Pesca | Deixe um comentário

Maricá recebe plano diretor para uso da bicicleta

*texto: Sérgio Renato *fotos: Rodrigo Descovi

Maricá será um dos quatro municípios do estado do Rio a ser contemplado pelo Plano Diretor de Transportes Não Motorizados, que a Secretaria Estadual de Transportes vai implementar com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com investimento total de aproximadamente R$ 800 mil. A intenção do projeto é incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte mais comum entre os moradores, através da construção de bicicletários, calçadas e ciclovias.
Em reunião nesta sexta-feira (29/10), o secretário estadual de Transportes, Sebastião Rodrigues, se encontrou com o titular da pasta em Maricá, Rony Peterson Dias, e com a primeira dama do município, Rosângela Zeidan, que representou o prefeito Washington Quaquá. No encontro, a administração municipal se comprometeu a entregar um projeto com a concepção local para as instalações previstas no plano.

DSC05547
“O bicicletário inaugurado no Dia Mundial sem carro, em setembro, foi o ponto de partida para chegarmos a esse conceito. É uma oportunidade única para Maricá ter uma cultura que já é comum em países de primeiro mundo, principalmente da Europa”, ressaltou Sebastião Rodrigues, acompanhado de um grupo de técnicos e lembrado que, inicialmente, a secretaria estadual fará um estudo das condições da cidade.
De acordo com Rony Peterson Dias, o plano diretor vai ajudar a mudar a cultura de transporte em Maricá.
“A ordem lógica do trânsito seria o pedestre, a bicicleta e o carro, mas o que se vê atualmente é o carro predominando. É isso que precisamos mudar” avaliou o secretário de Transportes de Maricá, acrescentando que obras já em andamento, como o calçadão de Inoã, terão bicicletários e um espaço para a circulação desses veículos, além da acessibilidade.
“Participamos ativamente de processo e nosso empenho terá agora um incentivo a mais”, disse Rony.
Rosângela Zeidan afirmou que a cidade se sente privilegiada com esse investimento. “É algo que nos oferece uma alternativa de trânsito mais tranqüilo e sem poluição, além do mais, nossa natureza proporciona trajetos bem agradáveis. Vamos procurar valorizar isso em nosso projeto. Estamos felizes por estarmos entre os primeiros a ter esse plano”, disse a primeira dama.

Outubro 29, 2010 Posted by | jornalismo, Maricá, meio ambiente, transporte | Deixe um comentário

PREFEITURA DE MARICÁ SE REUNE COM A ARQUIDIOCESE DE NITERÓI PARA TRATAR DA REGULARIZAÇÃO E PRESERVAÇÃO DOS TEMPLOS CATÓLICOS NO MUNICÍPIO

Por determinação do Prefeito Washington Quaquá, o Secretário de Cultura Emanuel Vieira e o Consultor Jurídico Antonio Vieira Filho se reuniram na terça feira dia 26 de outubro com o Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Niterói Dom Roberto Angel Ferreria, para tratar da doação pelo proprietário da área onde se situa a igreja de N.S. da Saúde na localidade de Ubatiba, 2º distrito de Maricá.

DSC02720 Secretário de Cultura Emanuel de Melo Vieira, Diácono Arley Rangel da Silva, Bispo Dom Roberto Francisco Ferreria Paz e o Consultor Jurídico da Prefeitura de Maricá, Dtor. Antonio Vieira Filho (foto: Rosely Pellegrino)

O proprietário da referida área quer transferir a área da igreja para o povo católico do município de Maricá.

Este encontro serviu também para se discutir o Acordo firmado entre o Governo Brasileiro e a Santa Sé, relativo ao Estatuto Jurídico da Igreja Católica no Brasil, que estabelece no seu artigo 6º “que as partes reconhecem que o patrimônio histórico, artístico e cultural da Igreja Católica no Brasil, constituem parte relevante do patrimônio cultural brasileiro…”

O Secretário de Cultura, Emanuel Vieira enfatizou a importância daquela igreja para o patrimônio histórico de Maricá e afirmou que ela constará de um roteiro turístico/cultural/religioso do município, bem como todas as outras com importância histórica. O Secretário propôs ao Bispo Auxiliar uma parceria para promover ações para a preservação da Igreja de N.S. da Saúde e de todo patrimônio material de propriedade da Igreja Católica em Maricá, o que teve imediata anuência de Dom Roberto.

DSC02727 Secretário de Cultura Emanuel de Melo Vieira, Diácono Arley Rangel da Silva,  e o Consultor Jurídico da Prefeitura de Maricá, Dtor. Antonio Vieira Filho (foto: Rosely Pellegrino)

Por outro lado o Consultor Jurídico Antônio Vieira Filho afirmou ao Bispo Auxiliar que a Prefeitura irá contribuir com a Arquidiocese para a regularização das áreas onde se situam os templos católicos de Maricá. Dom Roberto agradeceu e informou que esta parceria em muito irá contribuir para o levantamento que a Arquidiocese vem realizando nas paróquias sob sua jurisdição.

Outubro 28, 2010 Posted by | Igreja Católica, jornalismo, Maricá, religioso | Deixe um comentário

Domício da Gama recebe homenagem na Casa de Cultura de Maricá

Um dos mais ilustres filhos de Maricá foi homenageado nesta quarta-feira (27/10) na Casa de Cultura da cidade. No local, foi aberta uma exposição sobre Domício da Gama (1862-1925), natural de Ponta Negra, que se notabilizou como jornalista, escritor e diplomata. No mesmo espaço, foi reinaugurada a Academia de Ciências e Letras de Maricá, da qual o homenageado é patrono.
A solenidade foi aberta com um apresentação do coral da Melhor Idade de Maricá, que interpretou os hinos Nacional Brasileiro e o Oficial de Maricá, encerrando com a canção “O Morro Não Tem Vez” (de Tom Jobim e Vinícius de Moraes).

DSC02730 DSC02733 DSC02741DSC02739 DSC02740  DSC02746 DSC02747 DSC02750

Após a abertura ao som do Coral da Melhor Idade de Maricá, o secretário Municipal de Cutura Emanuel de Melo Vieira, reinaugurou a Academia de Ciencias e Letras ao lado de sua presidente Maria Regina.

DSC02754 DSC02755

Na exposição fotográfica, além do próprio Domício da Gama, há imagens da escola estadual e da rua do Centro da cidade que levam seu nome. As fotos da escola mostram cidadãos ilustres que foram alunos do então grupo escolar, como a historiadora Maria Penha (curadora da mostra) e o próprio secretário de Cultura de Maricá, Emanuel Vieira.

DSC04619DSC02828 DSC02825DSC02775DSC02769 DSC02776  DSC02782 DSC02791

DSC02793 DSC02777  
“Minha passagem pela escola foi curta, mas marcante”, relembrou o secretário, reiterando que o órgão fará outras homenagens a maricaenses que despontaram em diversos setores.
“Trata-se de um passado ilustre e que a cidade desconhece. Queremos promover esse resgate histórico”, afirmou ele. Durante sua explanação sobre Domício, na abertura da exposição, Emanuel Vieira fez um breve relato sobre a vida do maricaense e disse que sua história é um grande incentivo aos cidadãos desta terra.
“Cada maricaense pode ser um Domício da Gama e ganhar o mundo como ele ganhou”, disse o secretário, ao lembrar que ele se tornou, aos 20 anos, correspondente em Paris do jornal carioca Gazeta de Notícias e, pouco tempo depois, tornou-se embaixador do Brasil na Santa Sé, no Peru, nos Estados Unidos e na Inglaterra, culminando sua carreira diplomática como Ministro das Relações Exteriores do governo de Delfim Moreira. Foi um dos membros fundadores da Academia Brasileira de Letras, tendo ocupado a sua presidência em 1919.

DSC02757 DSC02759 DSC02760 DSC02761 DSC02763 DSC02765 DSC02766 DSC02767 DSC02796  DSC02798DSC02753DSC02820 DSC02800 DSC02801 DSC02805 DSC02808 DSC02811 DSC02815 DSC02817

Outubro 28, 2010 Posted by | cultura, Educação, Exposições, jornalismo | Deixe um comentário

Encalhada desde segunda-feira, baleia jubarte morre no Rio

Animal estaria voltando do Nordeste, rumo à região da Antártida, após seu ciclo reprodutivo

27 de outubro de 2010 | 18h 55    ALITA FIGUEIREDO – Agência Estado

Morreu nesta quarta-feira, 27, a baleia jubarte que estava encalhada na praia de Geribá, em Búzios (RJ), desde a tarde da última segunda-feira. Por quase 36 horas, bombeiros e ambientalistas tentaram salvar o animal, que tinha 15 metros de comprimento e quase 40 toneladas.

De acordo com o médico veterinário Milton Marcondes, diretor de pesquisa do Instituto Baleia Jubarte, o mamífero entrou em choque e morreu por volta da 0h30. De acordo com biólogos, o animal estaria voltando do Nordeste, rumo à região da Antártida, após seu ciclo reprodutivo.

Uma tentativa de resgate estava programada para as 4 horas da madrugada, quando a maré estivesse cheia. Para a operação, a Petrobrás havia emprestado um rebocador, que estava no local desde a manhã de terça, além de cabos para que a baleia fosse puxada.

Uma tentativa anterior foi feita na terça à tarde com cordas, mas elas se romperam. A prefeitura de Búzios começou nesta quarta a operação de remoção da carcaça com uma retroescavadeira. O animal deverá ser levado para um aterro sanitário.

Outubro 28, 2010 Posted by | jornalismo, Planeta, Vida | Deixe um comentário

Prefeitos do Conleste participam do comício pró-Dilma em Itaboraí

A candidata à presidência da República, Dilma Rousseff, recebeu, no início da noite desta terça-feira, o apoio dos prefeitos e representantes dos 12 municípios que integram o Consórcio Intermunicipal da Região Leste Fluminense (Conleste), além de vereadores da região e dos senadores Francisco Dornelles e Lindberg Farias.

O anúncio foi feito durante um comício montado no Centro de Itaboraí, que reuniu mais de 500 pessoas. Alexandre Felipe, subsecretário de governo da Região Metropolitana, a primeira dama do Município de Maricá, Zeidan e vereadores, também participaram do ato em apoio e todos lembraram da importância da eleição de Dilma para a continuidade da parceria entre o Governo do Estado e a União.

“Esse é um momento importantíssimo para o Rio de Janeiro. No dia 31, precisamos fazer a escolha certa nas urnas para que o nosso estado continue recebendo recursos do governo federal e continue crescendo”, disse Alexandre Felipe.

Faltando quatro dias para as eleições, a prefeita de São Gonçalo, Aparecida Panisset, destacou a importância afirmou da continuidade nos investimentos recebidos.

“Todos os prefeitos do Consórcio Intermunicipal do Leste Fluminense estão com Dilma. É hora de agradecermos e defendermos as conquistas que tivemos nos últimos anos”, destacou Panisset.

O presidente do Conleste e prefeito de Tanguá, Carlos Pereira, reafirmou a união dos prefeitos a favor da candidatura da Dilma.

“Todos os 11 municípios estão engajados para defender a eleição da primeira mulher presidente deste país”, ressaltou Pereira.

Senador eleito no último dia 3, Lindberg Farias agradeceu a votação que teve em Itaboraí (foram cerca de 70 mil votos) e chamou atenção do povo em relação ao indecisos que votaram na candidata do PV a presidente, senadora Marina Silva, no primeiro turno. “O Governo Lula tirou milhões de brasileiros da situação de miséria e elevou vários à classe média. Temos que lembrar os indecisos da atuação do nosso presidente. O Brasil precisa seguir mudando”, disse.

DSC02571 P5200013           P5200014P5200037 P5200036

Outubro 28, 2010 Posted by | Brasil - Eleições 2010, Campanha Eleições 2010, eleições, Eleições 2010, jornalismo, política, SEGUNDO TURNO ELEIÇÕES 2010 | Deixe um comentário

Pesquisa Datafolha: Dilma soma 56% dos votos válidos e Serra tem 44%

26 de outubro de 2010 20h05

A candidata do PT à presidência da República, Dilma Rousseff, lidera a disputa do segundo turno contra seu adversário, José Serra, do PSDB, de acordo com pesquisa do Datafolha divulgada nesta terça-feira (26) pelo jornal Folha de S. Paulo. Dilma soma 49% das intenções de voto, enquanto José Serra tem 38%. Os votos brancos e nulos são 5% e não souberam ou não opinaram, 8%;

Considerando apenas os votos válidos (sem brancos e nulos), Dilma tem 56% contra 44% de Serra. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos porcentuais.

Na última pesquisa Datafolha, divulgada no último dia 22 de outubro, a petista aparecia com 50% das intenções de voto contra 40% de Serra. Nos votos válidos, Dilma somava 56% e o tucano, 44%.

Encomendada pelo jornal Folha de S. Paulo e pela Rede Globo, a pesquisa foi realizada no dia 26 de outubro, com 4.020 entrevistados em todo País, e registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 21 de outubro de 2010, sob o número 37404/2010.

Outubro 26, 2010 Posted by | Brasil - Eleições 2010, Eleições 2010, jornalismo, política, SEGUNDO TURNO ELEIÇÕES 2010 | 1 Comentário