Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Cabral: vamos continuar na direção que está dando certo

Fonte: Blog Alexandre Felipe

Publicada por: Redação | 29 de setembro de 2010 – 10:11 AM

Blog Sérgio Cabral

O governador Sérgio Cabral afirmou que, se reeleito, seguirá pacificando comunidades e implementando políticas públicas que melhorem a vida da população do Rio de Janeiro. Na noite desta terça-feira (28/09), Cabral participou, na TV Globo, do último debate do primeiro turno da eleição.

O governador e candidato à reeleição, Sérgio Cabral, no debate da Rede Globo. Foto: Nelson Perez/Divulgação

– Nós viramos uma página no Rio de Janeiro. E o nosso compromisso é continuar melhorando. Vamos avançar com a pacificação de comunidades e com políticas públicas que deem ao povo do nosso estado a qualidade de vida que ele merece. Vamos continuar nesta direção que está dando certo – disse o governador.

Cabral destacou a importância da segurança para o sucesso de outras políticas públicas. E reafirmou que pacificará todas as comunidades que ainda estejam dominadas por criminosos, nos próximos quatro anos.

– Sem paz, todas as demais conquistas ficam prejudicadas. Temos um plano de metas que reduziu crimes como homicídio e roubo a veículos em todo o estado, não apenas nas regiões em que existem UPPs. Posso garantir à população que, até 2014, não haverá nenhuma comunidade no estado do Rio de Janeiro sob o controle de bandidos, sejam eles traficantes ou milicianos – afirmou o governador.

Ele ressaltou ainda os avanços da sua gestão na área da saúde:

– O nosso governo mudou a trajetória da saúde no Rio de Janeiro, que vinha seguindo um caminho muito ruim. Estabelecemos práticas que o estado não tinha, como a compra por pregões eletrônicos, a maneira mais impessoal de se fazer aquisições, em qualquer área. Além disso, fizemos mais de 40 UPAs 24h, reformamos o Hospital Alberto Torres, em São Gonçalo, fizemos o Hospital da Mulher, em São João de Meriti, renovamos os tomógrafos de toda a rede estadual e compramos ressonância magnética – resumiu.

Durante uma hora e meia, Cabral prestou contas do seu governo e expôs propostas para um segundo mandato.

FINANÇAS

“Nós pegamos o estado com menos de R$ 100 milhões em caixa. Atualmente, temos R$ 10 bilhões, recebemos o grau de investimento de uma importante agência de risco internacional e pagamos em dia os servidores. Quando assumimos o governo, o servidor do estado recebia o seu salário no 15º dia do mês seguinte. Agora, no primeiro dia útil do mês, todos os aposentados do estado recebem e, no segundo dia útil, pagamos todos os servidores. Isso por conta do saneamento que fizemos nas contas públicas.”

SEGURANÇA

“A segurança é o nosso maior desafio desde o primeiro dia de governo. As demais políticas públicas, para serem implementadas com sucesso, precisam de investimentos na segurança. Sem paz, todas as demais conquistas ficam prejudicadas. Hoje, temos um plano de metas que reduziu crimes como homicídio e roubo a veículos em todo o estado, não apenas nas regiões em que existem UPPs. A polícia está motivada e a população reconhece. Eu posso garantir à população que, até 2014, não haverá nenhuma comunidade no estado do Rio de Janeiro sob o controle de criminosos.”

COMBATE ÀS MILÍCIAS

“No último ano do governo anterior, cinco milicianos haviam sido presos. Nós já prendemos mais de 500. Colocamos líderes de milícias na cadeia, inclusive em presídios de segurança máxima. Estamos enfrentando tanto o tráfico de drogas quanto a milícia.”

TRANSPARÊNCIA NA SAÚDE

“O nosso governo mudou a trajetória da saúde no Rio de Janeiro, que infelizmente vinha seguindo um caminho muito ruim. Estabelecemos práticas que o Governo do Estado não tinha, como a compra por pregões eletrônicos, que é a maneira mais impessoal de se comprar em qualquer área. Antes do nosso governo, não se comprava por meio dessa modalidade. Hoje, já são mais de quatro mil aquisições feitas dessa forma. Como funciona? O Brasil inteiro participa, na tela do computador, ninguém sabe quem está participando e é qualificado aquele que tem o menor preço.”

UPAS E HOSPITAIS

“Nós fizemos mais de 40 UPAs 24h, reformamos o Hospital Alberto Torres, em São Gonçalo, fizemos o Hospital da Mulher, em São João de Meriti, renovamos os tomógrafos de toda a rede estadual, compramos ressonância magnética. Mas ainda há muito o que fazer”.

TRENS E METRÔ

“Depois de mais de duas décadas de abandono, temos trens novos chegando para metrô e SuperVia. No próximo ano, teremos a frota da SuperVia renovada em mais de 40%. E, até 2014, ela será 100% nova. Vamos ainda reformar as estações. Tudo isso significa menos da metade do tempo atual de espera nos trens e no metrô.”

SANEAMENTO

“O Rio de Janeiro foi o terceiro estado do Brasil, nos últimos anos, a crescer em relação ao tratamento de esgoto. Estamos com mais de R$ 1,5 bilhão em investimentos, em todo o estado, para o abastecimento de água e o tratamento de esgoto. Hoje, somente a Estação Alegria, que fica perto da Linha Vermelha (no bairro do Caju), trata mais esgoto do que 18 capitais brasileiras, ajudando a diminuir a poluição na Baía de Guanabara.”

OLIMPÍADAS

“Nós vencemos um desafio que parecia impossível. No passado, por duas vezes o Rio de Janeiro tentou ganhar o direito de sediar as Olimpíadas e não conseguiu. Eu disse o tempo inteiro para os membros do Comitê Olímpico Internacional: mais importante do que fazer um grande evento é deixar um legado para a população.”

PARCERIA

“O conceito de parceria foi fundamental para termos conquistado o direito de sediar a Copa do Mundo e as Olimpíadas. Parceria com o governo federal, com as prefeituras… O povo precisa que o dinheiro público seja investido em saúde, educação e segurança. Precisa de união. Quando as autoridades brigam, quem perde é a população.”

Outubro 1, 2010 Posted by | eleições, Eleições 2010, jornalismo, política | Deixe um comentário