Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Procon-Maricá atende 360 casos por ano

Texto: Fernando Uchôa

O Programa de Orientação ao Consumidor (Procon) de Maricá, está desenvolvendo um trabalho que tem recebido elogios da população, de um modo geral. Mais de 80% dos assistidos têm resolvido suas pendências sem ter de recorrer à segunda ou terceira instância dos tribunais.
Para ser atendido no Procon-Maricá, o reclamante precisa apresentar Xerox do comprovante de residência, identidade, CPF, e documentos que comprovem a reclamação (notas fiscais, recibos com CNPJ, cheques, duplicatas, entre outros).   
São casos via de regra decididos pelos trâmites administrativos, através de acordo entre as partes. O Procon-Maricá é coordenado pela Dra. Bianca Marques Migon e conta ainda com a orientação do advogado Adilson da Costa e das atendentes Carolina Lopes e Suzane Izahías, ambas estudantes de Direito.
“A maior parte dos usuários tem sido de Itaipuaçu, embora atendamos pessoas de todo o município. Quando o caso não é passível de resolução pelo Procon, ou quando as partes não chegam a um acordo, encaminhamos o processo para a Defensoria Pública e para o Juizado Especial de Pequenas Causas, onde as ações são gratuitas. Um dos critérios para a gratuidade é a isenção do imposto de renda, que delimita a faixa salarial do usuário. Para outras faixas, é cobrado um valor, dependendo do tipo e complexidade do processo. O Fórum de Maricá tem duas Varas que atendem a todos os tipos de ações, cível, familiar, e criminal. Conseguimos solucionar grande parte do atendimento através do Procon, o que agiliza e descentraliza o processo judicial e burocrático”, conclui a coordenadora.
Os campeões de reclamações são a Ampla, Oi, Telemar, tarifa bancária indevida, cobrança de cartões de crédito, aparelhos celulares, eletrônicos e eletrodomésticos com defeito, e demora na montagem de móveis comprados em lojas como Casas Bahia, Ricardo Eletro, Competição Móveis, e compras on-line.

Prefeitura Municipal de Maricá

Outubro 20, 2010 Posted by | Defesa do Consumidor, jornalismo | Deixe um comentário

Feira das Américas 2010 está maior e reúne um pedaço do mundo no Riocentro

Bem colorido e com mais empresas participantes, nacionais e internacionais, o evento vem para trazer novas oportunidades de negócios visando um objetivo: o consumidor
Começou hoje e vai até sexta-feira, dia 22, a Feira das Américas – ABAV 2010. O presidente da ABAV Nacional, Carlos Alberto Amorim Ferreira (Kaká), abriu a feira, descerrando a fita ao lado do ministro do Turismo, Luiz Barreto, da secretária de Estado de Turismo, Márcia Lins, do secretário de Turismo do Rio, Antônio Pedro Filgueira de Melo, e de outras autoridades. O evento acontece no Riocentro, Rio de Janeiro.
Para Barreto, a Feira das Américas e o Congresso da ABAV são importantes para o mercado. “O evento traz oportunidades de negócios fundamentais. Além disso, mobiliza o Rio de Janeiro, uma vez que são gerados novos negócios na cidade”, disse. O presidente da ABAV deu destaque o tema desta edição. “O trabalho para o cliente é o foco da Feira. Durante o evento, teremos a oportunidade de passar aos profissionais informações de como servir melhor nossos consumidores.”
Este ano, o evento está maior e conta com 800 empresas – no ano passado foram 631 -, sendo 62 novos expositores, distribuídos num espaço de 17.090 metros quadrados de área. Estão sendo esperados 24 mil visitantes, 3 mil a mais que em 2009.  Desses, 61% são agentes de viagens e 19% são operadores.  A participação internacional também aumentou. Ao todo, estão participando 48 países, consolidando o processo de internacionalização do evento, considerado o maior do setor nas Américas.
Importância para o setor
A Feira é uma grande oportunidade de negócios e de troca de experiências e informações. Para os Estados, que reconhecem esse papel, o evento ajuda a alavancar o turismo regional e a firmar parcerias. “Eventos de grande porte como esse nos permite criar uma interface entre o público e o privado, mostrando a importância de fazermos essas parcerias para alcançar resultados. A ABAV é fundamental para o turismo”, disse o presidente da Parátur, Luiz Souto.  A secretária de Turismo de Minas Gerais concorda. “É nesse evento da ABAV que as políticas são consolidadas e continuadas”, afirma.
A Feira está bem colorida e dinâmica. Logo na entrada, no Pavilhão 1, fica o estande com o tema da Copa de 2014. Fotos de jogadores e uma bola de futebol enorme enfeitam o teto. No estande do Rio de Janeiro é possível tirar fotos em uma miniatura do Pão de Açúcar e do Cristo Redentor. No de Minas Gerais, os congressistas podem experimentar a tão famosa gastronomia regional. Já o Nordeste concentrou todos os Estados em uma só área e cada um deles trouxe diferentes novidades.
No Pavilhão 2 estão os estandes dos países da América e outros continentes. Paraguai, Argentina, México, EUA, entre outros apresentam os seus melhores destinos turísticos durante o evento. No Pavilhão 3 tem duas novidades da Feira. A primeira é o Business Lounge, espaço reservado para conversar e fechar possíveis negócios. O outro é a Varanda Gastronômica, onde o visitante poderá experimentar as culinárias japonesa, árabe e italiana. Também estão presentes nesse pavilhão o SENAC e o SEBRAE, além de um minicinema patrocinado pela cidade de Curitiba. No Pavilhão 4, encontram-se  empresas aéreas, locadoras de carro, hotéis e outros prestadores de serviços. 
38º Congresso Brasileiro de Agências de Viagens e Feira das Américas – ABAV 2010
20 a 22 de outubro
Riocentro – Rio de Janeiro/RJ
Twitter: http://twitter.com/feiraamericas

Assessoria de Imprensa
Capta Comunicação & Promoções

Outubro 20, 2010 Posted by | Feiras e Eventos, jornalismo, turismo | Deixe um comentário

Maricá terá campus avançado e Escola de Pesca em 2011

A Prefeitura de Maricá, através da Secretaria Municipal de Pesca, Aquicultura, Agricultura, Pecuária e Abastecimento, marcou mais um tento ao anunciar, para 2011, a implantação de um campus avançado na área de Pesca e Aquicultura, e que deverá ser construído na Barra de Maricá.
A proposta foi formalizada com a vinda do coordenador nacional de Portos, Navegação e Pesca do Ministério da Educação (MEC), professor Edmar Almeida de Moraes, que esteve visitando o município entre os dias 18 e 20 de outubro. No primeiro dia, o professor ministrou palestra na Casa da Cultura sobre o ensino profissionalizante para pescadores artesanais. No dia 19, o acadêmico, juntamente com o diretor do Núcleo Sudeste I do IFRJ, professor Vicente de Paula Santos de Oliveira, acompanhados do secretário de Agricultura, Claúdio Jorge, e do subsecretário de Pesca, Luiz Damasco, o Luizão, foram recebidos pelo prefeito Washington Quaquá.
Durante a reunião, o chefe do Executivo municipal assinou uma carta de intenções solicitando a  implantação de um campus avançado do IFRJ para Maricá, direcionado às áreas de Pesca e Aquicultura, projeto que também inclui a Escola de Pesca. O documento será apresentado pelo professor Edmar a Brasília, ao secretário de Ensino Tecnológico do MEC, professor Eliezer Moreira Pacheco.

DSC02397  Secretário de Agricultura e Pesca, Claudio Jorge, o prefeito Quaquá, o professor Edmar, o vereador Hélter Ferreira- líder do governo na Câmara e o professor Vicente de Paula

DSC02398 Camarão pescado em Maricá

Organização do projeto está sendo elaborado em conjunto com o Instituto de Ciência e Tecnologia do Estado do Rio de Janeiro (IFRJ), cuja contrapartida será a construção do prédio pela Prefeitura, na Barra de Maricá. Na região será também construído o Entreposto da Pesca, que inclui a Usina de Beneficiamento do Pescado, a ser instalada em frente ao bairro de Zacarias, que será também beneficiado com um projeto de urbanização. Segundo o subsecretário de Pesca, Luiz Damasco, o setor da Pesca em Maricá está avançando. “Conseguimos trazer a Colônia Z-7, de Itaipu (Niterói) para Maricá. Ingressamos na diretoria do Colegiado do Território da Pesca no Estado do Rio de Janeiro, podendo votar e ser votados. Aumentamos o número de pescadores artesanais cadastrados, de 150 para 450 filiados. Em parceria com a Secretaria de Assuntos Federativos, estamos implantando, através de assembléias com a categoria e a comunidade de Zacarias, o projeto de urbanização do bairro, que inclui a nova Associação de Pescadores, o Entreposto da Pesca e a Usina de Beneficiamento do Pescado. Todos esses projetos contam com o incentivo do prefeito Washington Quaquá, que apoia integralmente a organização do setor”, concluiu.

Texto: Fernando Uchôa

Outubro 20, 2010 Posted by | jornalismo, Pesca, projeto social | Deixe um comentário

SECRETARIA DE CULTURA DE MARICÁ HOMENAGEIA DOMICIO DA GAMA

Brasão Preocupada com o resgate da história dos maricaenses ilustres que se destacaram no cenário nacional, a Secretaria Municipal de Cultura de Maricá irá  homenagear no próximo dia 27 de outubro, o aniversário de nascimento de Domício da Gama .

 

image Domício da Gama

Nascido em Ponta Negra,em 23 de outubro de 1862, Domicio da Gama se notabilizou como jornalista, tendo trabalhado na Gazeta de Noticias, ocasião em que escreveu contos, crônicas e críticas literárias, dos quais se destacam o “Contos a meia tinta”( 1891) e “Histórias curtas”(1901).

Apoiado pelo Barão do Rio Branco, Domicio exerceu várias funções na Chancelaria Brasileira, ocupando dentre outras os cargos de Embaixador do Brasil na Santa Sé, no Peru , nos Estados Unidos e na Inglaterra, culminando sua carreira diplomática como Ministro da Relação Exteriores .

Foi um dos membros fundadores da Academia Brasileira de Letras tendo ocupado a sua Presidência em 1919.

O Secretário de Cultura Emanuel de Melo Vieira, informou que será instalada no mesmo dia na Casa de Cultura ás 17 horas uma Mostra sobre a vida e a obra de Domicio, bem como sobre a história do estabelecimento de ensino que leva o nome do homenageado.

Enfatizou o Secretário que uma das prioridades da Secretaria de Cultura, por determinação do Prefeito Washington Quaquá, será o de resgatar a cultura nativa, o patrimônio material e imaterial do município e a história dos seus filhos ilustres.

Nesta mesma ocasião será reinaugurada na Casa de Cultura a sede da Academia de Ciência Letras e Artes de Maricá, cujo patrono é o homenageado.

images

Outubro 20, 2010 Posted by | arte, cultura, Educação, jornalismo, Maricá, social | Deixe um comentário

Operação Lei Seca terá aparelho para detectar uso de drogas

Fonte: Blog Alexandre Felipe

A partir do ano que vem, a operação Lei Seca vai contar com aparelhos que, além da presença de álcool, vão detectar o uso de outras substâncias como maconha, ecstasy e cocaína. A nova operação terá sete equipes e cada uma delas será acompanhada de um carro-laboratório, desenvolvido pela Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz.

Os carros utilizados nas operações serão equipados com um computador portátil que, a partir de uma amostra de saliva do motorista, pode detectar a presença de oito substâncias no sangue – anfetaminas, meta anfetaminas, derivados de cocaína e ecstasy, canabinóides, álcool, diazepínicos e opióides. O aparelho, que deve substituir o bafômetro, dá o resultado impresso em cinco minutos. O Governo do Estado do Rio está finalizando um acordo com a Fiocruz para a produção de seis veículos. Um carro-laboratório já foi produzido e testado na Ponte Rio-Niterói. No mês de novembro, funcionários da Fiocruz irão assistir a palestras sobre o funcionamento do novo veículo.

Segundo o coordenador da operação Lei Seca, Carlos Alberto Lopes, a partir das mudanças, cada equipe da operação irá contar com um médico e um perito para a realização dos exames.

Outubro 20, 2010 Posted by | campanha social, jornalismo | Deixe um comentário

Poço de Tupi entrará em produção no final de outubro

Estima-se que Maricá começe a receber os royalties do pré-sal em dezembro

Texto: Fernando Uchôa
Boa notícia. O Poço de Tupi, que se encontra na camada petrolífera do pré-sal e é  um dos mais promissores da Bacia de Santos, entrará em produção comercial ainda no final deste mês. A capacidade estimada é de cinco bilhões de barris e a produção de 100 mil barris de óleo/mês.
A declaração foi feita pelo presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli de Azevedo, durante a inauguração de novas unidades da Refinaria Henrique Lage (Revap), em São José dos Campos (SP). Ainda em maio deste ano, a companhia iniciou a prospecção experimental de petróleo e gás na Bacia de Santos.
Com a extração comercial, Maricá será  beneficiado com os royalties da produção direta, passando a receber, a partir de dezembro, cerca de R$ 20 milhões mensais, visto estar o Poço de Tupi, à distância de poucas milhas em frente à Jaconé, litoral de Maricá.
Investimentos e demanda
Segundo o prefeito Washington Quaquá, “os royalties serão aplicados conforme prescreve a legislação, em infraestrutura e desenvolvimento para o município, atendendo áreas básicas como saneamento e habitação, por exemplo. Maricá está crescendo ano a ano, e temos de prepará-la para o futuro, atendendo gradualmente sua demanda. Com os royalties, virão os investimentos em turismo, hotelaria, transportes, e outros, complementando a geração de emprego e renda. Investiremos mais no ensino técnico e profissionalizante, além de universidades.  A exploração comercial do Poço de Tupi  fortalecerá economicamente o município, além de ampliar a demanda de investimentos do Pólo Industrial Naval, da logística, através do Arco Metropolitano que ligará 20 municípios, e do Pólo Aeroviário, extensão do Aeroporto de Maricá, com heliportos e oficinas, a ser implantado brevemente. Todos esses recursos, portanto, são muito bem vindos e contribuirão grandemente para o progresso do município e da região”, declarou.  

Prefeitura Municipal de Maricá

Outubro 20, 2010 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

Prefeitura de Maricá e Sebrae abrem as portas para ingresso na economia formal

Aproveite. Neste sábado, 23 de outubro, no término da Semana Nacional do Empreendedor Individual, quem trabalha por conta própria, fatura até R$ 36 mil por ano e tem no máximo um empregado, deve aproveitar a oportunidade para legalizar o seu empreendimento no mesmo dia. Basta comparecer à sede da Prefeitura de Maricá (rua Álvares de Castro, 346, Centro) munido da documentação e retirar o seu alvará, que lhe dará direito, por exemplo, a requerer o CNPJ, licença maternidade, auxílio doença, aposentadoria, abrir conta bancária empresarial e emitir nota fiscal.
“A intenção é facilitar a vida do empresário, oferecendo a chance para ele formalizar o seu negócio de maneira mais ágil”, garante Alessandro Alexandre, da secretaria de Fazenda, superintendente de Desenvolvimento Municipal. A legalização é gratuita e o atendimento será das 10 às 17 horas. A taxa mensal para empreendimentos do setor de comércio e indústria é de R$ 57,10. Para a área de prestação de serviços, R$ 62,10. A Semana do Empreendedor Individual é uma promoção do Sebrae, com apoio da Prefeitura de Maricá, Associação Comercial e Industrial de Maricá, Associação de Empreendimento e de Serviços de Inoã e Itaipuaçu, Câmara de Dirigentes Lojistas e Rotary Club. Mais informações pelos telefones 08005700800, do Sebrae, e 2638-4982, da Prefeitura.
Texto: Odemir Capistrano

Outubro 20, 2010 Posted by | jornalismo | Deixe um comentário