Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Julio Lopes e Banco Mundial discutem Plano de Mobilidade Urbana para região Norte Fluminense

Os moradores da Baixada Litorânea estão contando os dias para substituir o transporte rodoviário pelo moderno sistema de VLT.

O Secretário Estadual de Transportes do Rio, Julio Lopes, e os prefeitos de Macaé, Riverton Mussi (PMDB), Carapebus, Amaro Fernandes (PRB), e representantes de outras cidades da Baixada Lintorânea, se reuniram nesta quarta-feira (15/12) com diretores do Banco Mundial para estudarem a possibilidade da criação de um Plano de Mobilidade Urbana Regional. Com o desenvolvimento do projeto, crescem as chances da implantação de um Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) para circular entre quatro cidades da região.

No encontro, realizado em Macaé e que teve a presença do secretário de Mobilidade Urbana da cidade, Jorjão Siqueira, foi proposto pelo Secretario Julio Lopes a criação de uma Câmara Técnica de Mobilidade Urbana. A idéia será apresentada na próxima reunião da Organização dos Municípios Produtores de Petróleo (Ompetro), da qual os prefeitos da região já são integrantes.

– Nosso objetivo é incrementar o transporte regional. Fazemos parte de uma região com 400 mil habitantes que cresceu 73,45% nos últimos dez anos. Precisamos articular soluções de planejamento e transporte de massa para facilitar o cotidiano da população – afirmou o prefeito de Macaé, Riverton Mussi.

Júlio Lopes reforçou a importância da recuperação ferroviária da linha em Macaé com a implantação do projeto do VLT, inédita no estado do Rio de Janeiro. Segundo Júlio Lopes, existe a necessidade de que as cidades em franco desenvolvimento como os municípios da Bacia de Campos realizem ações integradas de soluções em mobilidade urbana.

– A elaboração de um plano de Mobilidade Urbana da região metropolitana do petróleo será um norteador para conseguirmos mediar os impactos oriundos dessa economia dinâmica que é a exploração de petróleo. É fundamental que se pense as soluções para os problemas de congestionamentos antes que eles se estabeleçam definitivamente – disse Julio Lopes.

Segundo o prefeito, a região precisa de esforços em conjunto para que não se permita a evolução de congestionamentos que em dias mais movimentados, atinge proporções intermunicipais, retendo o trânsito de Campos até Rio das Ostras.

– Por dia, Macaé recebe 41 mil veículos vindos de outros municípios. Somente ampliando a visão de forma estratégica será possível a concepção de um planejamento que permita mais oxigenação viária e qualidade nos transportes públicos urbanos- afirmou o prefeito.

De acordo com o secretário de Mobilidade Urbana, Jorjão Siqueira, o encontro marca um importante passo para o interior do estado.

– Macaé está a quase dois anos trabalhando de forma pioneira no estado com a implantação do VLT, conseguimos por meio desse projeto a articulação de algo muito maior que é o de se pensar em mobilidade de forma integrada, o que, sem dúvida, trará avanços significativos para a nossa região- destacou Jorjão.

Segundo Julio Lopes com a elaboração do Plano de Mobilidade Urbana Regional o Banco Mundial deverá assumir o financiamento do projeto junto ao estado e cujos estudos devem ser iniciados já no primeiro bimestre de 2011.

Secretaria Estadual de Transportes

Dezembro 16, 2010 Posted by | jornalismo, transporte | Deixe um comentário