Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Festa Solidária é sucesso em Maricá

A Prefeitura de Maricá, através da Secretaria Municipal de Assistência Social e Participação Popular, realizou na sexta-feira (11/2) a Festa Solidária, que teve como ponto alto a degustação de doces e salgados, com renda revertida para a cooperativa de panificação que será criada por ex-alunos dos cursos do Padaria-Escola.  Além da secretária de Assistência Social, Marilza Medina, que abriu o evento, estiveram presentes os também secretários Rony Peterson (Transportes), Janete Valadão (Gestão das Metas de Governo) e Alexandre Neto (Segurança), além da subsecretária de Cooperativismo e Economia Solidária, Flávia Rodrigues, coordenadora do Padaria-Escola em Maricá, líderes comunitários, e dezenas de outros convidados.

DSC05035

Sociedade civil 
Diversos representantes de instituições da sociedade civil organizada, como o presidente  da Associação Comercial e Industrial de Maricá (ACEIM), Jorge Factorine, estiveram presentes à festa na nova sede da Secretaria, à rua Domício da Gama, 386, Centro, atendendo ao convite do Executivo municipal. Assistentes sociais e psicólogos do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de São José de Imbassaí, deram apoio aos alunos do Padaria-Escola, no atendimento ao público. O evento contou ainda com música ao vivo apresentada por Ronaldo Valentim, e exibição de um vídeo sobre projetos desenvolvidos no município.

DSC05038
“Estamos inaugurando uma nova fase em Maricá, que é a do empreendedorismo individual e coletivo, gerado pela qualificação a partir de cursos alternativos. Vocês hoje vão provar salgados e doces fabricados por alunos dos cursos de Panificação, Confeitaria, Patisserie, e outros. Maricá está se tornando um grande celeiro de profissionais em diversas áreas. A própria formação econômica do município de comércio e prestação de serviços leva a esse direcionamento. Teremos em breve a primeira cooperativa de panificação fundada por alunos de cursos populares, gerando emprego e renda, exemplo que certamente será multiplicado em outras áreas da produção, o que só enriquece socialmente o município”, concluiu.
Texto: Fernando Uchôa
Fotos: Paulo Polônio

Anúncios

Fevereiro 17, 2011 Posted by | jornalismo | Deixe um comentário

Estrada que beira orla de Maricá recebe operação tapa buracos

A via mais movimentada de Maricá durante o verão, que margeia a orla da cidade, começou nesta quarta-feira (16/2) a receber uma operação “tapa buracos”. A equipe da Secretaria Municipal de Obras está recompondo o piso do trecho da RJ-102 desde a Barra de Maricá e deverá estender a operação até Cordeirinho.
O trecho recebe um intenso movimento de veículos neste período devido a procura pelas praias oceânicas e alguns trechos de lagoas da cidade, principalmente nos fins de semana. Nos pontos onde houver intervenção, agentes da Secretaria de Transportes vão ajudar a organizar o trânsito e orientar os motoristas.

Fevereiro 17, 2011 Posted by | jornalismo, turismo, verão 2011 | Deixe um comentário

Governo inicia primeira fase do Plano Estratégico de Logística e Cargas

Estudo vai mapear os principais gargalos logísticos e proporcionar integração entre as principais zonas econômicas do Estado

Representantes do setor logístico do Rio de Janeiro se reuniram na tarde desta quarta-feira (16.02), na sede da Firjan, para conhecerem a metodologia que será aplica no Plano Estratégico de Logística e Cargas. O estudo, encomendado pela Secretaria Estadual de Transportes à empresa de consultoria Logit – vencedora da licitação –, vai mapear os gargalos da infraestrutura fluminense para os próximos 30 anos. Também faz parte do projeto uma análise detalhada das áreas de influência: potenciais concorrentes e sistemas complementares, como Minas Gerais, Espírito Santo e São Paulo.

 IMG_2880_creditos_fabio_ferreira   IMG_2873_creditos_fabio_ferreira

Os trabalhos serão dividos em três partes complementares. A primeira etapa visa o mapeamento e as avaliações das capacidades operacionais, o que vai delinear a demanda já existente. Isso será feito em conjunto, principalmente, com os empresários do setor, responsáveis por subsidiar informações detalhadas de demanda. A Segunda parte do planejamento consiste na estruturação viária dos pólos regionais, principalmente nas regiões Serrana, Sul e Norte, produtora de Petróleo.

– O conjunto de indústrias de pequeno e médio porte existentes por exemplo, na Região Serrana do Estado, tem uma parte de seu mercado em Minas Gerais, em São Paulo, no Espírito Santo. O estudo vai nos dar a dimensão de como transportar as cargas produzidas por Petrópolis, Teresópolis, Friburgo, de maneira mais rápida, e a partir do menor custo – explicou o sub-secretário estadual de Transportes, Delmo Pinho.

Ao final destas duas pesquisas será desenvolvido um estudo ainda maior, que dará a dimensão de como todos os nichos de mercado analisados poderão trabalhar em conjunto, de forma eficiente. Ou seja, como será feita a integração destas regiões, proporcionando macro fluidez às cargas movimentadas no perímetro estadual.

IMG_2898_creditos_fabio_ferreira– O Rio de janeiro é um corredor logístico muito importante para o país. Temos uma rede de ferrovias de bitola larga de alta capacidade, grandes rodovias, o aeroporto do Galeão, o aeroporto de Cabo Frio. Só precisamos aperfeiçoar esta estrutura de logística já existente. O objetivo final do Plano é tornar o Rio de Janeiro ainda mais atrativo para novos empreendimentos logísticos – ressaltou Delmo Pinho.

A primeira fase do trabalho será finalizada dentro de cinco meses. Além de portos e aeroportos, também serão beneficiados portos secos aduaneiros, terminais de apoio offshore, e os armazém comerciais de grande porte.

IMG_2888_creditos_fabio_ferreira

O estudo contempla ainda uma visão estratégica do que os potenciais concorrentes dispões de melhor, e em que regiões o Rio poderá enxergar novas possibilidades positivas. O Rio de Janeiro é considerado uma potência logística de primeira grandeza no país. O Plano Estratégico de Logística e Cargas servirá como uma alanvanca para o setor, utilizando sinergias para contribuir com a manutenção do avanço econômico do Estado.

Secretaria Estadual de Transportes

Fevereiro 17, 2011 Posted by | transporte | Deixe um comentário

Parceria com o Senai garante novos cursos técnicos em Maricá

Texto Denilson Santos
Fotos Paulo Polônio

São 80 vagas para os cursos de hidráulica e instalação elétrica residencial
A prefeitura de Maricá deu mais um passo importante para ampliar a formação de mão de obra qualificada na cidade. Em parceria com o Senai, o município vai realizar vários cursos técnicos destinados aos estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental e da 8ª fase do Ensino de Jovens e Adultos (EJA), da rede municipal de ensino.  Os dois primeiros cursos são de instalação hidráulica residencial, que tem a aula inaugural na próxima segunda-feira (21/2), e instalação elétrica residencial.

 

Cada curso tem a duração média de 45 dias, com aulas de terça a quinta-feira, nos turnos da manhã, no horário das 8 ás 12 horas, e à tarde, das 13 às 17 horas. Estão sendo disponibilizadas, a princípio, 80 vagas no total, sendo 40 para cada curso. As inscrições estão sendo feitas diretamente nas escolas. Cada aluno só pode fazer um curso por vez.
Segundo o representante do Senai, Washington Luiz da Cruz, a qualificação da mão de obra local é um dos principais objetivos do prefeito Washington Quaquá,e que motivou o convênio com a instituição. Ele afirmou que esses novos cursos complementam o curso técnico em edificações, que funciona na escola Joana Benedita Rangel, no Centro. Esses profissionais são muito valorizados e requisitados pelas empresas, principalmente no setor de construção civil.
“Hoje há carência no mercado de profissionais de nível básico e nível básico, como pedreiro, eletricista, mecânico, entre outros. Com a implantação desses dois novos cursos, teremos profissionais mais completos, bem mais qualificados para disputar as milhares de oportunidades de emprego que estão surgindo com a implantação do Comperj, por exemplo, como idealizou o prefeito Quaquá”, afirmou o representante do Senai, que participou de uma reunião com os alunos do CAIC Elomir Silva, em São José, nessa quarta-feira (16/2).

Segundo o subsecretário de Educação, Luis Claudio da Silva, o objetivo é ampliar os cursos que serão ministrados em pólos montados em todos os distritos. As aulas do curso de instalação hidráulica residencial, que começam no próximo dia 22 de fevereiro, acontecerão no Centro de Referência e Assistência Social (CRAS), em São José de Imbassaí. Já o curso de instalação elétrica residencial, que tem início previsto para 23 de março, será montado na escola João Monteiro, pólo de Itaipuaçu. A aula inaugural desse curso acontece no dia 15 de março, na escola Darcy Ribeiro, em Inoã.
“Essa é uma idéia que está sendo desenvolvida como iniciação ao trabalho dos estudantes do 9º ano e da 8ª fase do Ensino de Jovens e Adultos (EJA). A meta que estamos buscando é termos pólos de ensino técnico em todos os distritos do município”, explica Luis Claudio.
Texto Denilson Santos
Fotos Paulo Polônio

Fevereiro 17, 2011 Posted by | cursos, educacão, jornalismo | Deixe um comentário

Maricá terá 2 linhas novas para o Comperj

Maricá vai ganhar duas novas linhas de ônibus intermunicipais para transportar trabalhadores do município para o Comperj, em Itaboraí. A projeção da demanda é de 967 passageiros ao dia e, mensalmente, esse número salta para pouco mais de 29 mil. A a estimativa é que este toal aumente com o início dos trabalhos do Compelxo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj). Cerca de 30 pessoas serão empregadas com as linhas.
“O valor da tarifa do projeto será de R$ 2,70. Os reajustes das linhas intermunicipais são anuais, baseados no Índice de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA). O projeto deteminou que sejam seis ônibus em circulação e que, havendo o aumento da demanda, o Detro reavaliará a frota e, consequentemente, mais empregos serão gerados”, explicou o presidente do Detro, Renato Onofre.
O número de empresas que vão participar da licitação é uma surpresa. O que já se sabe, também, é que os carros vão rodar diariamente e os horários de circulação já foram divulgados.
O pedido para a criação das linhas foi feito pelo prefeito de Maricá, Washington Quaquá. O documento de licitação prevê ainda que, com a entrada em operação do Comperj – prevista para daqui a três anos – o ponto final seja levado do Centro de Itaboraí para a entrada principal da refinaria, que deverá ser no bairro de Itambi, acrescendo mais 21 quilômetros do percursso. O valor da passagem estipulado em R$ 2,70, no entanto, não será alterado.
As novas linhas são uma antiga reivindicação da população dos dois municípios, que se tornou urgente com a chegada do Comperj. O pedido de ligação com o comperj inclui, também, outras linhas de ônibus ligando Maricá a cidades como São Gonçalo, Nova Friburgo (na Região Serrana), Nova Iguaçu (na Baixada Fluminense) e Macaé (no litoral norte do estado).
“A ligação com Itaboraí é muito importante, principalmente neste momento de construção da Refinaria da Petrobras, já que vai facilitar a vida de quem trabalhar lá e morar em Maricá. Ano passado, o Governo do Estado inaugurou a reforma e recuperação da Rodovia RJ 114, que, em poucos minutos, liga os dois municípios. Temos, também, outros pleitos, como a ligação Maricá-São Gonçalo. Muitas pessoas se deslocam entre as duas cidades tendo que fazer a chamada baldiação”, argumentou o prefeito de Maricá, Washington Quaquá.

As linhas irão circular por 30 km, na rodovia RJ-114, que liga Maricá a Itaboraí (Foto: Roberto Moreyra) ::

Confira os horários das saídas
Saídas de Maricá, dias úteis:
Às 5h e 5h40.
De 6h às 9h – intervalo a cada 20 minutos
De 9h às 17h – intervalo a cada 60 minutos
De 17h às 19h – intervalo a cada 40 minutos
De 19h às 23h – intervalo a cada 60 minutos
Sábado, domingo e feriado:
De 6h às 9h – intervalo a cada 60 minutos
De 9h às 17h – intervalo a cada 40 minutos
De 17h às 0h – intervalo a cada 60 minutos
Saídas de Itaboraí nos dias úteis:
De 5h40 às 9h – intervalo a cada 40 minutos
De 9h às 17h – intervalo a cada 60 minutos
De 17h às 20h – intervalo a cada 20 minutos
De 20h às 22h – intervalo a cada 60 minutos
Nos sábados, domingos e feriados:
De 5h às 8h – intervalo a cada 60 minutos
De 8h às 16h – intervalo a cada 40 minutos
De 16h às 23h – intervalo a cada 60 minutos
Detro adia data da licitação
Depois de já marcada a licitação para as linhas de ônibus que vão fazer a ligação entre Itaboraí e Maricá, que seria no próximo dia 2, o Departamento de Transportes Rodoviários (Detro) pediu revisão sobre os critérios para a definição da outorga, tarifa, prazo de concessão, critérios de reajuste de passagem e da seleção de duas empresas para operar a linha. As informações constam no Projeto Básico do edital e o órgão encaminhou os detalhes ao Tribunal de Contas do Estado (TCE).
A licitação, que será reagendada assim que o TCE se pronunciar em relação aos esclarecimentos prestados pelo Detro, previa que duas empresas operassem a linha 100R Maricá – Itaboraí, e a concorrência deveria ser na modalidade de maior oferta pela outorga, cujo valor mínimo seria R$ 705 mil. Foi vedado ainda a participação de consórcios entre empresas e o prazo da concessão será de 15 anos, renovável por, no máximo, o mesmo período. Em caso de empate na licitação, será realizado sorteio.


Fevereiro 17, 2011 Posted by | jornalismo, transporte | Deixe um comentário