Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Ressaca em Maricá

A Prefeitura de Maricá avalia desde o último domingo (29/5) os estragos causados pela forte ressaca que atingiu o litoral da cidade na madrugada daquele dia. De acordo com a Defesa Civil municipal, o local mais atingido foi a praia da Barra, onde o canal entre o mar e a lagoa foi praticamente reaberto e interditou o trecho da rodovia RJ-102 que liga o bairro a outros como Guaratiba, Cordeirinho e Ponta Negra.
Também na Barra, entre as ruas Dois e Três, o muro de um terreno foi derrubado pela força da água do mar, que ainda levou uma grande quantidade de areia, pedras e sujeira para outras vias próximas. Em Itaipuaçu, a água chegou a invadir a altura da Rua Um, mas foi logo escoada para o canal que passa ao lado. Equipes da Secretaria de Obras retirar o acúmulo de areia na orla local.
No entanto, a Defesa Civil informou que não houve maiores danos ao patrimônio público ou particular em nenhum ponto da cidade. Equipes do órgão, ao lado da Secretaria Municipal de Transportes, estão na Barra de Maricá na manhã desta segunda-feira (30/5). O trânsito no local invadido pela água no domingo foi reaberto no início da tarde para carros e ônibus, restabelecendo a ligação entre os bairros.

Mesmo com o mar alto, e a lagoa cheia, a Barra de Maricá fechou na manhã desta segunda 30 de maio

DSC09925Duas maquinas trabalharam no local nesta segunda (30/05) refazendo a estrada de acesso, aos bairros de Guaratiba, Cordeirinho e Ponta Negra, que foi liberada a tarde.

A Defesa Civil pede que os motoristas tenham atenção, com a maré alta, a barra poderá ser aberta novamente pelo mar.

DSC09928

Imagens da Rua 10, na Barra de Maricá no Quisque da Ritinha, na ressaca da tarde de segunda (30/05), fotos Rosely Pellegrino

DSC09929DSC09930 no quiosque felizmente, apenas algumas plantas foram reviradas

DSC09931DSC09935DSC09934o mar chegou até a rua

DSC09937

Anúncios

Maio 31, 2011 Posted by | jornalismo, meio ambiente | | Deixe um comentário

Petrobras financiará obras de saneamento em Itaboraí e Maricá

RIO DE JANEIRO (O REPÓRTER) – O secretário de Estado do Ambiente, Carlos Minc, anunciou durante a audiência pública da Comissão Especial do Comperj da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), nesta segunda-feira (30/05), que a Petrobras ficará responsável pelos investimentos em saneamento básico dos municípios de Itaboraí e de Maricá.

A empresa também se responsabilizará pelo plantio de mais quatro milhões de árvores, que vão proteger as margens dos Rios Macacú e Caceribú, além de dobrar a disponibilidade de água para a região. O secretário anunciou também que a água industrial do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj) virá da Estação de Tratamento de Esgoto Alegria.

"O objetivo da audiência pública de hoje foi saber em que ponto está a negociação sobre os acordos de compensação. Estamos falando de um investimento de R$ 15 bilhões, dos quais R$ 1 bilhão será para compensações socioambientais. Queremos saber como esse dinheiro será aplicado e em que pé se encontram esses investimentos", comentou o presidente da comissão, deputado Robson Leite (PT).

Segundo Minc, os acordos que foram anunciados nesse encontro deverão ser assinados até o final desse semestre. "A gente quer que o Comperj não só gere emprego, mas que também cause o mínimo de impacto possível no meio ambiente, na Baia de Guanabara, nos manguezais e ainda ajude a resolver os problemas crônicos, como o saneamento. Nós garantimos que a Petrobras vai financiar 100% do saneamento de Itaboraí e 50% de Marica.

O restante virá através do PAC. São mais de quatro milhões de árvores que vão proteger as margens dos rios Macacú e Caceribú. A disponibilidade de água para a região também será dobrada. O material orgânico da Estação de Tratamento de Esgoto Alegria, depois de tratado, servirá como água industrial para o Comperj. Com isto, não será preciso jogar esgoto na Baia de Guanabara", comemorou Minc.

O deputado Robson Leite lembrou, no entanto, que os municípios precisam fazer sua parte para que moradores e meio ambiente não sofram. De acordo com o parlamentar, a Petrobras não deve resolver sozinha os problemas de estrutura e desenvolvimento da região.

"Não queremos só cobrar da Petrobras, mas também dos municípios envolvidos. Temos planos diretores que precisam ser revistos. É um impacto grande e as cidades têm que refazer seus planos ambientais, sociais e urbanos. Essa é uma compensação que deve ser dada aos moradores", avaliou o deputado, que também não poupou os vereadores locais.

"A Petrobras tem que dar suporte para isso, mas os municípios precisam ser envolvidos. As câmaras municipais precisam deliberar e votar esses planos diretores, e é fundamental a participação da sociedade civil. A experiência do Comperj precisa ser diferente da experiência de Macaé, onde, há 30 anos, ouve uma tragédia social, ambiental e urbana", lembrou o petista.

Secretaria faz mapeamento para futuras habitações

Segundo a Petrobras, o Complexo Petroquímico do Rio marca a retomada da companhia no setor petroquímico e vai transformar o perfil socioeconômico da região. Previsto para entrar em operação em 2014, o Comperj promoverá uma transformação ainda mais completa do petróleo.

A construção ocupará uma área de 45 milhões de metros quadrados. Minc anunciou ainda que já estão pré-aprovados os locais em que serão construídas as casas para os moradores das áreas desapropriadas.

"Essas áreas são ótimas, disponíveis e planas. Podem receber 400 mil pessoas. Nós antecipamos e definimos essas áreas como pré-licenciadas. Assim, não fica parecendo que somos contra os projetos de habitação", disse o secretário. Participaram do evento os representantes da Transpetro e da Petrobras, além de diversos líderes locais.

Maio 31, 2011 Posted by | COMPERJ, jornalismo, meio ambiente, Petroleo e Gás, Qualidade de Vida | Deixe um comentário

Minc elogia Quaquá no Dia Nacional da Mata Atlântica

O prefeito Washington Quaquá participou, na sexta-feira (27.05), da apresentação do mapa de crescimento da Mata Atlântica no Estado do Rio de Janeiro em comemoração ao Dia Nacional da Mata Atlântica, que duplicou de 2009 até agora. No evento, o Secretário de Estado do Ambiente, Carlos Minc, foi só elogios ao Governo Quaquá e também à equipe da Secretaria Municipal de Ambiente e Urbanismo da cidade.
 
A presidente do Instituto Estadual do Ambiente (INEA), Marilena Ramos, fez coro com o secretário, que ressaltou o trabalho criterioso realizado pelo município ao criar as novas Unidades de Conservação (UCs) que somam 13 mil hectares.
 
“O Minc deu muita evidência ao Quaquá na entrega dos 19 certificados de reservas municipais do Estado. Tanto que ele foi foi o primeiro prefeito a ser condecorado. Fiquei muito satisfeito com a visibilidade dada por Minc ao desempenho e dedicação de nosso governo”, diz Celso Cabral, secretário de Ambiente e Urbanismo do município.
 
Com a criação das áreas de conservação, a cidade passa a ter a maior área contínua de preservação da Mata Atlântica no país. “Isto é de extrema relevância e vai nos trazer significativo montante de ICMS Verde”, frisa Cabral.
 
A partir de 2012, Maricá deverá receber cerca de R$ 3 milhões do imposto que, atualmente, rendeu ao município R$ 250 mil a serem investidos no setor turístico.
 
“É importante que as pessoas saibam que quem mora nestas áreas não estão impedidas de investir e crescer, desde que seus empreendimentos não destruam à Mata e estejam, de alguma forma, relacionados ao ambiente ou turismo ecológico”, exemplifica Cabral.
 
A certificação de 19 novas UCs no Estado aconteceu no Teatro Tom Jobim, no Jardim Botânico.

Maio 31, 2011 Posted by | jornalismo, meio ambiente | | Deixe um comentário

Secretario discute futuro do turismo em Maricá

O Secretário de Turismo, Wagner Medeiros, se reuniu na manhã do dia 25, na Casa Digital, com empresários do ramo de hotéis, pousadas, agência de viagem, com representantes de outras secretarias do município e também do Governo Estadual para discutirem os caminhos a serem tomados para alavancar o setor em Maricá. Segundo Wagner, a cidade vai dar um salto de qualidade em pouco tempo, e é necessário que haja, por parte destes empresários, uma qualificação para poderem competir no mercado em expansão.
A intenção do encontro foi apresentar aos empresários as vantagens de se ter uma empresa legalizada. Entre os pontos principais está a possibilidade do cadastro na TurisRio, e com isso, uma visibilidade muito maior.
Segundo o assessor da diretoria da TurisRio, Amilton Vianna, é importante fazer o cadastro de todos os hotéis e pousadas da cidade. ?Além de uma exibição no site, o empresário receberá comunicações de cursos, palestras e encontros realizados pela TurisRio?.
Para Amilton este encontro é uma mão estendida para os proprietários de hotéis e pousadas. ?Queremos conhecer os empresário do setor aqui em Maricá. Oferecer qualificação, dar oportunidade para que o hotel ou a pousada cresçam, possam se desenvolver, assim o empresário ganha, a cidade ganha e influencia outros setores também relacionados ao turismo como agencia de viagens, taxistas, formação de guias, aluguéis de carros, por exemplo?.
Um dos grandes problemas do setor hoteleiro e justamente a falta de profissionalismo, segundo o representante da TurisRio. Para ele falta qualificação, e o turista é muito mal atendido. Amilton acrescenta que campanhas informativas e motivacionais devem ser feitas para o setor.

DSC_0046DSC_0047DSC_0053DSC_0057

Para a empresária Sabina Lux, da agencia de viagens Lux Tour, este encontro é muito importante e a iniciativa deve ser feita com mais frequência.
O projeto Rio Competitivo objetiva a gestão, acompanhamento, auxílio no desenvolvimento e execução de planos que levem ao desenvolvimento do setor de turismo no Estado do Rio de Janeiro, priorizando políticas que foquem a competitividade no mercado dos destinos. Ele é baseado nas seguintes premissas: necessidade do Estado atrair um número maior de turistas, destacando seus atrativos e serviços; destinos com capacidade de induzir o desenvolvimento regional; ampliar o número de destinos com padrão de competitividade e diversificação de produtos e serviços turísticos do Estado do Rio de Janeiro.
O proprietário da Pousada Luau de Maricá, Ney Passos, achou muito proveitoso o encontro. Segundo ele o cadastro das pousadas e hotéis será muito importante para o turismo em Maricá. ?Minha pousada é registrada no TurisRio e acho que todos deveriam participar. Se algum turista procurar por pousadas em Maricá no site vai encontrar a luau de Maricá?.
Secretaria facilita abertura de empresas
Representantes da secretaria de fazenda aproveitaram o encontro para orientar os empresários na abertura da empresa. Com o Projeto Seja Legal com Maricá, a burocracia foi deixada de lado e em menos de 48 horas já é possível abrir seu próprio negocio. No site da Prefeitura Municipal de Maricá o empresário encontra o link onde há explicações detalhadas de tudo que o empresário deve fazer para regularizar seu negócio. Também estiveram presentes representantes das Secretarias de Meio Ambiente, Subsecretaria de Vigilância Sanitária, e de Tributos.

Fotos: Felipe Teobaldo

Alguns link
http://www.turismo.gov.br/
http://www.turisrio.rj.gov.br/
http://www.marica.rj.gov.br/portalturismo/index.php
http://www.olaturista.org.br/
http://www.bemrecebercopa.com.br/

Maio 31, 2011 Posted by | jornalismo, turismo | Deixe um comentário

Universidade de Michigan quer trazer programa de mobilidade sustentável para o Rio

As obras e expansões em curso no setor de transportes público no estado do Rio de Janeiro levantaram o interesse da Fundação Ford e a Universidade de Michigan, responsáveis pelo programa Smart Mobility. A iniciativa desenvolve soluções em acessibilidade e deslocamento urbano em diversas regiões do mundo, como Colômbia, Índia, México e China. Segundo Suzan Zielinski, coordenadora do programa, o Rio de Janeiro está num momento de franco desenvolvimento urbano, e deve estar atento a questões entorno da acessibilidade e da integração intermodal.
 
Em reunião com técnicos e engenheiros da Secretaria Estadual de Transportes, Suzan Zielinski elogiou os projetos de sustentabilidade desenvolvidos pelo Governo, como os testes com diversos tipos de combustíveis limpos. Também foi apresentado a americana, ações como a instalação de equipamentos que facilitem a acessibilidade nas estações de metrô e trens da Região Metropolitana, além de testes com ônibus de piso baixo e das plataformas de embarque e desembarque que farão parte dos sistemas de BRT projetados pela Prefeitura.
 
O Programa Rio-Estado da Bicicleta, que estimula o uso do veículo como meio de transportes, foi um dos destaques da reunião. Para a Smart Mobility, a substituição de automóveis por veículos leves e não poluentes, como as bicicletas, são uma tendência mundial, e que todos os esforços neste sentido são bem vindos e importantes para o desenvolvimento da qualidade de vida da sociedade.
 
– É preciso que os cidadãos sejam conscientizados de que a mudança na questão da mobilidade, não se aplica apenas à melhorias nos transportes fisicamente, mas também às estruturas por onde passam esses veículos. Um bom exemplo são os equipamentos utilizados para o fluxo de passageiros nos corredores expressos para ônibus, que facilitam o acesso dos passageiros. Além disso, é vital ter em mente a questão da sustentabilidade e suas derivações. As futuras gerações devem enxergar isso de forma habitual e incluir tais práticas em seu cotidiano – afirma Suzan.
 
A coordenação do programa Smart Mobility, vai apresentar ao Governo do Estado uma proposta de convênio, a fim de intensificar políticas e promoção de sustentabilidade e acessibilidade.

Maio 31, 2011 Posted by | jornalismo, meio ambiente, transporte | Deixe um comentário

Maricá realiza capacitação dos conselheiros tutelares

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), em parceria com a Secretaria de Direitos Humanos de Maricá, Programa Escola de Conselhos e Fundação Bento Rubião, está realizando no período de 30 de maio a 01 de junho, uma capacitação para os conselheiros tutelares do município.
Vinte e dois alunos participam do curso, entre eles, os conselheiros tutelares eleitos no último dia 15 de maio para o biênio 2011/2014, membros do CMDCA, e pessoas integrantes do sistema de direitos da criança e do adolescente em Maricá. Além da legislação vigente, os conselheiros aprendem suas funções e atribuições junto à população e ao público-alvo. São aulas sobre Organização e Métodos das Instituições, Legislação, Ética e Metodologia, e Atribuição e Funcionamento, entre outras, ministradas das 8h às 17h, com intervalos para almoço e lanche.
Políticas públicas
Segundo a assistente social Tereza Maria, professora do curso “o sistema é um só em todo país, mas falta articulação e vontade, para que as políticas públicas sejam mais  efetivas, como, por exemplo, condições de trabalho para os Conselhos. Não adianta fazer campanha só nas eleições. É preciso uma abordagem contínua e educativa, para que a violação de direitos contra o menor deixe de ser uma prática permanente”, declarou. 
Direitos e deveres

DSCF5837

A também assistente social Nanci Torres, coordenadora do Projeto Escola de Conselhos, da Fundação Bento Rubião, organizadora do evento, adiantou que existe uma falta de informação generalizada da população em relação à atuação do Conselho Tutelar e do Conselho de Direitos, para o trabalho de apoio à infância e juventude nos municípios.  "Os cursos estão sendo dados em dez regiões indicadas pela Associação de Conselhos Tutelares (ACETERJ) do estado, e, em todas, constatamos questões semelhantes de violência doméstica, violação de direitos e desconhecimento dos papéis sociais. A missão do Conselho Tutelar é acompanhar e orientar a comunidade nessas questões, contribuindo para uma melhor articulação entre os órgãos públicos e a sociedade”, disse.
O presidente do CMDCA, Wallace Bretas, também aluno do curso, afirmou que pela primeira vez o Conselho Tutelar de Maricá teve um processo de escolha transparente e preciso, até nas eleições, realizado pelo sistema de urnas eletrônicas. “Todo o processo foi divulgado em editais e controlado por órgãos de competência como o Ministério Público, o Juizado da Comarca, e o próprio TRE. Cabe aos conselheiros, devidamente instruídos, trabalhar de acordo com o ECA e com as funções que o cargo requer”, comentou.

Maio 31, 2011 Posted by | jornalismo | | Deixe um comentário

Ressaca abre o Canal da Barra de Maricá

Fotos: Maricá Info e Revista Atual

Ressaca deixa Maricá em estado de alerta

A Defesa Civil de Maricá encontra-se em  estado de alerta desde sábado (28/05), quando uma frente fria trouxe para o estado um  ciclone extratropical,  que provocou grandes estragos.  No município, a ressaca formou ondas de 4 metros. Equipes da Defesa Civil estão monitorando toda a orla. Os locais mais atingidos são Barra de Maricá, Guaratiba, Cordeirinho, Ponta Negra e Itaipuaçu, onde a força da ressaca levou água do mar para a Rua Um.  Algumas  casas tiveram os muros destruídos e donos de quiosques perderam mesas e cadeiras. Por medida de segurança, um trecho da RJ 102, que liga Barra de Maricá a Cordeirinho, foi interrompido. A força das ondas também invadiu a Lagoa.
O subsecretário de Defesa Civil, Emerson Jefferson Serafim, encaminha, nessa segunda-feira, ao Governo do Estado uma notificação preliminar dos danos.
Na manhã desse domingo, uma traineira de Niterói naufragou na Ilha de Maricá. Os quatro pescadores  foram  resgatados pelo helicóptero do Corpo de Bombeiros.
A previsão dos metereologistas é que, somente na terça-feira, a ressaca dê uma trégua.

Fotos: Maricá Info e Revista Atual

A ressaca reabriu ontem (domingo 29 de maio), o Canal da Barra de Maricá, na altura da rua 13

Em abril do ano passado o Canal, por decisão do prefeito Washington Quaquá, foi aberto por máquinas para escoar as águas da chuva que inundaram a cidade.

Naquela ocasião a “Barra ficou aberta” (termo usado pelos pescadores e moradores), por 15 dias.

Os moradores de Guaratiba, Corderinho, Bambui e Ponta Negra, estão sem acesso a cidade via Barra de Maricá

Com a Barra aberta, os veículos ficam impossibilitados de atravessar e o percurso para os moradores do outro lado do canal, fica mais longo para chegar ao Centro.

Os transtornos causados pela ressaca são muitos, mas por outro lado, a lagoa já estava cheia e a abertura natural do Canal da Barra de Maricá, evita mais uma enchente. Somado a isto, a entrada do mar na lagoa, significa vida e renovação para o sistema lagunar do município.

O mesmo mar que abre, fecha a barra. De acordo com informação de pescadores a barra quando aberta naturalmente permanece em média 5 dias. Mas, só a natureza sabe esta resposta.

Vejam como a Lagoa em Araçatiba, já estava cheia,

fotos: Rosely Pellegrino

DSC09912

DSC09913

DSC09916

DSC09922

DSC09919

DSC09917(Bola de cimento, marco do nível da lagoa em Araçatiba, já estava submerso na tarde de sexta feira 28 de maio).

Maio 30, 2011 Posted by | jornalismo, meio ambiente, Pesca, Planeta Terra, Uncategorized | | Deixe um comentário

Ricardo Cravo Albin assume Secretaria de Cultura de Maricá

Fonte: Redação O TERMINAL

O Musicólogo Ricardo Cravo Albin, um dos maiores pesquisadores da Música Popular Brasileira é o novo Secretário de Cultura de Maricá. O Prefeito Washington Quaquá fez sua apresentação nesta segunda, 23 de maio.

DSC09768

A vinda de Albin, de acordo com Quaquá, inicia uma nova fase na história de Maricá.

– A figura, o trabalho dele vai agregar um valor muito grande a essa nova etapa -, afirmou o prefeito acrescentando que em breve a Secretária de Cultura será extinta dando lugar a Fundação Cultural.

O pesquisador, que já foi morador de Maricá, afirma estar muito satisfeito por contribuir com o trabalho desenvolvido pelo prefeito e que a ideia central será agregar cultura com respeito à natureza.

DSC09781DSC09785

– Eu nunca podia imaginar que voltaria depois de 20 anos para abrigar e liderar um projeto cultural sustentado na preservação ambiental. E o que me comove na administração atual é que há um respeito à sustentabilidade do desenvolvimento a partir do meio ambiente – disse Ricardo destacando que o trabalho tem tudo para dar certo.

– Nós vamos ter o apoio da respeitabilidade e da consciência crítica sadia do município, do Estado do Rio de Janeiro e do país – afirmou.

O trabalho em conjunto com outras secretarias é uma das prioridades do prefeito e do novo secretário.

– A partir do projeto cultural, com a fundação promoveremos uma convergência de produtividade com a educação, turismo, entre outras secretarias. Quaquá quer unir forças para fortalecer e melhorar o município – assegurou Albin.

DSC09788Durante a reunião que contou também com a presença da primeira dama Rosângela Zeidan, do Secretário de Turismo Wagner Medeiros e da Subsecretária de Cultura Rosely Pellegrino, o prefeito relembrou os tempos áureos vividos pela cidade nos 70 e 80.

– Maricá no passado teve um glamour, um charme todo especial. Uma série de personalidade da cultura do Brasil como Maysa, João Saldanha, Darcy Ribeiro, Antônio Calado, Beth Carvalho e o próprio Ricardo Albin, moravam, e mais do que isso, amavam Maricá e fizeram parte da história dessa cidade – comentou Quaquá, acrescentando que o projeto tem como objetivo reviver esse glamour e divulgar a imagem de Maricá internacionalmente.

Maio 28, 2011 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

Linha 4 aberta para visitação pública

Está aberta a temporada de visitas públicas às obras de construção da Linha 4 do metrô. 90 alunos da Escola Técnica Silva Freire, ligada à FAETEC, participaram do passeio inaugural e percorreram os 900 metros de túneis já escavados. Os estudantes, com idades entre 15 e 30 anos, matriculados em cursos na área de transporte e logística, conheceram os métodos de engenharia utilizados na obra e seu sistema de reaproveitamento de água, responsável pela economia de 40 mil litros diários.
 
O secretário de Transportes, Julio Lopes, recebeu os estudantes e anunciou a data da segunda visita, marcada para o próximo dia 19 de junho. Os interessados em participar devem se inscrever através do telefone 2236-2928, ou pelo endereço eletrônico visitaguiada@ccrblinha4.com.br.
 
– As visitas públicas são uma tradição nas obras de metrô, desde 1978. Acreditamos que as inscrições para conhecer os túneis da Linha 4 superem todos os números registrados. Este equipamento beneficiará diretamente 240 mil pessoas todos os dias, é natural que haja expectativa e vontade da população em saber mais sobre os rumos da obra – explicou o secretário Julio Lopes.

Maio 26, 2011 Posted by | jornalismo, transporte | | Deixe um comentário

VOTAÇÃO E POSSE DA NOVA DIRETORIA DA SOCIEDADE TREME TERRA – BIÊNIO 2011/2013

A Sociedade Treme Terra, cujo objetivo primeiro é de promover e estimular o reencontro dos integrantes da Polícia Militar do antigo Estado do Rio de Janeiro, cognominados Treme-Terra, reuniu-se no dia 17 de maio de 2011, das 14 às 19:00 horas, em sua sala gentilmente cedida pelo cmdo da Corporação, situada no 4º Comando de Policiamento de Área, em Niterói, para votação da nova diretoria, biênio 2011/2013, sendo eleita a chapa verde (única), composta dos seguintes membros:

Eleições TT2 Em pé – Cel Paulo Rubens, Cel Furtado, Cel Diniz e Cel Gilberto; sentado – Cel Muniz e Cel Laurílio.

Eleições TTCel Muniz (cortado), Cel Laurilio, TCel Paulo Sérgio, Cel Furtado e o Empresário Renato Cerqueira.

Diretoria Executiva: Presidente – Cel PM Ricardo da Silveira Furtado, Vice Presidente – Ten Cel PM Paulo Sergio Rodrigues

Além do Conselho Deliberativo: Cel PM Wilton Soares Ribeiro, Cel PM Geraldo José Piancó, Cel PM Laurílio José da Silva, Cel PM Raimundo Antonio Muniz, empresário Renato cerqueira, Tem Cel PM Sergio Roberto Nunes Peixoto e Cel PM Sidney Coutinho Teixeira.

A solenidade de posse da nova diretoria acontecerá no dia 24 de agosto de 2011, no Restaurante Família Paludo, em São Francisco, Niterói e será presidida pelo Cel PM Laurílio, presidente substituído.

Maio 26, 2011 Posted by | eleições, jornalismo, segurança pública | | Deixe um comentário