Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

IBAMA fará audiência pública para discutir uso da lagoa de Maricá

O Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis – IBAMA -, fará realizar audiência pública no dia 25 de maio, às 15h, na Câmara de Vereadores de Maricá, sobre a utilização do sistema lagunar maricaense.
Na ocasião, serão discutidos temas como a liberação e normatização de atividades praticadas na lagoa como pesca e esportes náuticos, ou proibição de atividades ilegais em seu entorno, como caça e extração de recursos naturais, entre outros.
Participarão representantes do Ministério da Pesca e Aquicultura, Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), e Prefeitura de Maricá, através das secretarias municipais de Urbanismo e Meio Ambiente, Pesca e Aquicultura, Esportes e Lazer, e Turismo. 

Anúncios

Maio 4, 2011 Posted by | jornalismo, meio ambiente | Deixe um comentário

Comperj utilizará projeto inédito de reuso de água

Petrobras e Cedae assinam contrato para fornecimento de água de esgoto para operação do Comperj
A Petrobras e a Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro – Cedae assinaram hoje, dia 3, um contrato para reuso de água no Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj). A cerimônia de assinatura foi realizada no Palácio Guanabara com a presença do governador do estado do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, do secretário estadual do Ambiente, Carlos Minc, do diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, do presidente do Comperj, Nilo Vieira, e do presidente da Cedae, Wagner Victer.

O projeto inédito no país levará água de esgoto da Estação Alegria para tratamento e uso industrial no Comperj. A água fornecida servirá para os processos de geração de vapor e resfriamento de caldeiras, entre outros. A vazão prevista para o empreendimento pode alcançar até 1500 litros por segundo, quantidade equivalente ao consumo de uma cidade de 500 mil habitantes, como Niterói.

"O ganho ambiental é notável, pois, no processo industrial, o Comperj não vai usar um litro de água potável que seria utilizado para consumo humano. É um negócio fabuloso, que não existe em nenhum projeto hoje no Brasil", destacou diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa.

Será construída na Estação Alegria uma unidade de tratamento que produzirá a água industrial para o Comperj. A água chegará ao empreendimento por um duto submarino, que cruzará a Baía de Guanabara.

A Petrobras já realiza o reúso de água em outras unidades de refino. Em 2010, a Companhias alcançou, só na área de refino, uma economia de 16,5 bilhões de litros de água, através de ações de otimização do uso da água em seus processos. Um exemplo é o sistema de tratamento de água e efluentes da Refinaria de Capuava, em São Paulo, que se tornou a primeira refinaria da América Latina com descarte zero de efluentes.

O empreendimento

Maior empreendimento da história da Petrobras, o Comperj tem o início de operação da primeira fase da Refinaria previsto para o final de 2013, com capacidade de processamento de 165 mil barris de petróleo por dia. Na segunda fase da Refinaria, prevista para 2018, será atingida capacidade total de 330 mil barris de petróleo por dia. Estima-se que o empreendimento vai gerar mais de 200 mil empregos diretos, indiretos e por efeito renda.

 

Gerência de Imprensa/Comunicação Institucional

Maio 4, 2011 Posted by | água, COMPERJ, jornalismo, meio ambiente, Petroleo e Gás | | Deixe um comentário

Maricá é pré-selecionada para treinamentos das Olimpíadas Rio 2016

A cidade de Maricá está entre as pré-selecionadas para sediar um dos locais de preparação para as Olimpíadas de 2016, no Rio. A lista com os locais aprovados na primeira seleção foi divulgada nesta segunda-feira (02/5) e mostra a sede da Confederação Brasileira de Tiro com Arco (CBTARCO), em Itapeba, como um dos pontos que vai receber atletas olímpicos.
A próxima etapa será um seminário de orientação, no próximo dia 23. Em todo o país, foram pré-selecionados 340 locais que podem abrigar treinamentos antes das Olimpíadas. Deste, 84 ficam no Estado do Rio e 29 na cidade-sede. A lista completa está no site oficial do evento, através do link http://www.rio2016.com/treinamentoprejogos/sites/default/files/instalacoes_preselecionadas.pdf

Maio 4, 2011 Posted by | esportes, jornalismo | | Deixe um comentário

BNDES reconhece avanços no sistema de transporte público do Rio

Representante do Banco elogia construção da Linha 4 e compra de novos trens
 
O gerente de Desenvolvimento Urbano do BNDES, Charles Marot, afirmou na manhã desta quarta-feira, durante seminário no Clube de Engenharia, que o cenário para financiamentos de projetos voltados para o desenvolvimento dos transportes públicos nunca esteve tão favorável. Segundo Marot, que ressaltou a satisfação do Banco com o avanço em curso no sistema metroferroviário do estado do Rio, o BNDES está baixando os juros e estudando financiamentos de até 90% para obras ligadas ao setor de transportes.
– Estamos observando grandes progressos nas redes operadas pelas concessionárias Metrô Rio e SuperVia. Pela primeira vez o Rio está pensando a necessidade de adquirir material rodante. O aumento e atualização da frota, muitas vezes é mais importante até do que a extensão da malha. Outro ponto muito positivo é a inserção da Linha 4 na rede, que, alinhada a outros projetos em andamento, poderá ser o vertebrador do sistema de transporte de massa na cidade – previu o representante do BNDES.
A consideração foi feita durante o congresso “Operação, Manutenção e Desenvolvimento do Sistema Metroferroviário do Estado do Rio”, que reuniu engenheiros, políticos e representantes das operadoras de transporte sobre trilhos. O secretário de Transportes do Rio, Julio Lopes, participou do evento, e apresentou os números de crescimento de usuários dos transportes públicos. Segundo Julio Lopes, mais de 75% da população fluminense usa transportes coletivos para se locomover.
– O gerente do BNDES ressaltou que, mesmo com investimentos da ordem de R$20 bilhões no setor de transportes, a cidade de São Paulo padece com os infinitos congestionamentos. Estamos certos de que será diferente no Rio. Em conjunto com os governos Federal e Municipal e a iniciativa privada, estamos desenvolvendo uma infra estrutura de transporte capaz de convencer a população a deixar o carro em casa e optar pelo transporte coletivp. Isto já está acontecendo. Só no ano de 2010, registramos um crescimento de 170 milhões de novos deslocamentos. Com a expansão das linhas de metrô, a compra de novos trens para SuperVia e Metro, a construção de corredores expressos para ônibus, e diversas outras ações, em pouco tempo este número estará ainda mais expressivo – explica o secretário Julio Lopes.

Secretaria Estadual de Transportes

Maio 4, 2011 Posted by | jornalismo, transporte | , | Deixe um comentário