Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Ressaca abre o Canal da Barra de Maricá

Fotos: Maricá Info e Revista Atual

Ressaca deixa Maricá em estado de alerta

A Defesa Civil de Maricá encontra-se em  estado de alerta desde sábado (28/05), quando uma frente fria trouxe para o estado um  ciclone extratropical,  que provocou grandes estragos.  No município, a ressaca formou ondas de 4 metros. Equipes da Defesa Civil estão monitorando toda a orla. Os locais mais atingidos são Barra de Maricá, Guaratiba, Cordeirinho, Ponta Negra e Itaipuaçu, onde a força da ressaca levou água do mar para a Rua Um.  Algumas  casas tiveram os muros destruídos e donos de quiosques perderam mesas e cadeiras. Por medida de segurança, um trecho da RJ 102, que liga Barra de Maricá a Cordeirinho, foi interrompido. A força das ondas também invadiu a Lagoa.
O subsecretário de Defesa Civil, Emerson Jefferson Serafim, encaminha, nessa segunda-feira, ao Governo do Estado uma notificação preliminar dos danos.
Na manhã desse domingo, uma traineira de Niterói naufragou na Ilha de Maricá. Os quatro pescadores  foram  resgatados pelo helicóptero do Corpo de Bombeiros.
A previsão dos metereologistas é que, somente na terça-feira, a ressaca dê uma trégua.

Fotos: Maricá Info e Revista Atual

A ressaca reabriu ontem (domingo 29 de maio), o Canal da Barra de Maricá, na altura da rua 13

Em abril do ano passado o Canal, por decisão do prefeito Washington Quaquá, foi aberto por máquinas para escoar as águas da chuva que inundaram a cidade.

Naquela ocasião a “Barra ficou aberta” (termo usado pelos pescadores e moradores), por 15 dias.

Os moradores de Guaratiba, Corderinho, Bambui e Ponta Negra, estão sem acesso a cidade via Barra de Maricá

Com a Barra aberta, os veículos ficam impossibilitados de atravessar e o percurso para os moradores do outro lado do canal, fica mais longo para chegar ao Centro.

Os transtornos causados pela ressaca são muitos, mas por outro lado, a lagoa já estava cheia e a abertura natural do Canal da Barra de Maricá, evita mais uma enchente. Somado a isto, a entrada do mar na lagoa, significa vida e renovação para o sistema lagunar do município.

O mesmo mar que abre, fecha a barra. De acordo com informação de pescadores a barra quando aberta naturalmente permanece em média 5 dias. Mas, só a natureza sabe esta resposta.

Vejam como a Lagoa em Araçatiba, já estava cheia,

fotos: Rosely Pellegrino

DSC09912

DSC09913

DSC09916

DSC09922

DSC09919

DSC09917(Bola de cimento, marco do nível da lagoa em Araçatiba, já estava submerso na tarde de sexta feira 28 de maio).

Anúncios

Maio 30, 2011 - Posted by | jornalismo, meio ambiente, Pesca, Planeta Terra, Uncategorized |

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: