Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Universidade de Michigan quer trazer programa de mobilidade sustentável para o Rio

As obras e expansões em curso no setor de transportes público no estado do Rio de Janeiro levantaram o interesse da Fundação Ford e a Universidade de Michigan, responsáveis pelo programa Smart Mobility. A iniciativa desenvolve soluções em acessibilidade e deslocamento urbano em diversas regiões do mundo, como Colômbia, Índia, México e China. Segundo Suzan Zielinski, coordenadora do programa, o Rio de Janeiro está num momento de franco desenvolvimento urbano, e deve estar atento a questões entorno da acessibilidade e da integração intermodal.
 
Em reunião com técnicos e engenheiros da Secretaria Estadual de Transportes, Suzan Zielinski elogiou os projetos de sustentabilidade desenvolvidos pelo Governo, como os testes com diversos tipos de combustíveis limpos. Também foi apresentado a americana, ações como a instalação de equipamentos que facilitem a acessibilidade nas estações de metrô e trens da Região Metropolitana, além de testes com ônibus de piso baixo e das plataformas de embarque e desembarque que farão parte dos sistemas de BRT projetados pela Prefeitura.
 
O Programa Rio-Estado da Bicicleta, que estimula o uso do veículo como meio de transportes, foi um dos destaques da reunião. Para a Smart Mobility, a substituição de automóveis por veículos leves e não poluentes, como as bicicletas, são uma tendência mundial, e que todos os esforços neste sentido são bem vindos e importantes para o desenvolvimento da qualidade de vida da sociedade.
 
– É preciso que os cidadãos sejam conscientizados de que a mudança na questão da mobilidade, não se aplica apenas à melhorias nos transportes fisicamente, mas também às estruturas por onde passam esses veículos. Um bom exemplo são os equipamentos utilizados para o fluxo de passageiros nos corredores expressos para ônibus, que facilitam o acesso dos passageiros. Além disso, é vital ter em mente a questão da sustentabilidade e suas derivações. As futuras gerações devem enxergar isso de forma habitual e incluir tais práticas em seu cotidiano – afirma Suzan.
 
A coordenação do programa Smart Mobility, vai apresentar ao Governo do Estado uma proposta de convênio, a fim de intensificar políticas e promoção de sustentabilidade e acessibilidade.

Anúncios

Maio 31, 2011 - Posted by | jornalismo, meio ambiente, transporte

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: