Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Prefeito inaugura mostra na Casa de Cultura

O fotógrafo da mostra, Ricardo Pook (E) com o secretário de Cultura de Maricá, Ricardo Cravo Albin, e o prefeito Washington Quaquá

Cerca de 80 pessoas compareceram ao coquetel de lançamento da mostra “Vozes de Nelson Cavaquinho” que apresenta 34 registros do fotógrafo Ricardo Pook. Imagens de vários intérpretes do compositor mangueirense – de Nélson Sargento a Teresa Cristina – foram apreciadas pelos convidados após se deliciarem com as vozes de Tânia Malheiros e do Quinteto Novos Chorões cantando músicas do mestre do samba.

“A exposição representa uma expressão maior de nossa cultura, como foi Nelson Cavaquinho, com fotos de grandes cantores do samba e da MPB que o interpretaram com talento e sensibilidade. Não posso deixar de ressaltar também expressões da música em nossa cidade, como o trombonista Raul de Barros e o cantor e compositor Valentim”, disse o prefeito Washington Quaquá.

Visivelmente emocionado com o sucesso da abertura da mostra, Pook não escondia a alegria de poder mostrar seus trabalhos na Casa de Cultura: “para mim, é uma honra muito grande estar aqui em Maricá”, frisou.

Já o secretário municipal de Cultura, Ricardo Cravo Albin, lembrava que a iniciativa de trazer “Vozes de Nelson Cavaquinho” para o município era o prenúncio do lançamento do projeto “MPB nas Escolas”, em parceria com a Secretaria de Educação.

A exposição fica na Casa de Cultura até 31 de outubro, das 9h às 17h, com entrada franca. O endereço é Praça Orlando de Barros Pimentel, s/n, no Centro.

Texto: Valéria Vianna
Foto: Clarildo Menezes e Rosely Pellegrino

Convidados minutos antes do show que abriu a exposição

DSC02640 Quaquá e Cravo Albin no descerramento da faixa

O público observava atento as fotos de Ricardo Pook

Anúncios

Outubro 5, 2011 Posted by | arte, cultura, Exposições, jornalismo, musica, shows e eventos | | Deixe um comentário

Alunos de escolas de Itaipuaçu recebem netbooks

Prefeito Washington Quaquá conversa com crianças que ganharam netbooks na E.M. Marquês de Maricá

Fim de semana contemplou seis unidades da região com 2,5 mil novas máquinas

Terminou neste domingo (02/10) a segunda etapa da entrega de 14 mil netbooks aos alunos da rede municipal de ensino de Maricá. Neste fim de semana, seis escolas de Itaipuaçu foram contempladas com 2,5 novas máquinas. O local de entrega do segundo dia foi a E.M. Marquês de Maricá (no Jardim Atlântico) onde, além dos que lá estudam, também receberam os equipamentos estudantes das escolas Rita Sampaio Cartaxo (em Itaocaia) e Oswaldo de Lima Rodrigues (Cajueiros). No sábado, foi a vez dos alunos das escolas Mata Atlântica, João Monteiro (ambas no Recanto) e Ataliba Domingues, que receberam 1,5 mil máquinas.

Os alunos e seus pais, que tiveram ainda à disposição brinquedos e um lanche, não escondiam a satisfação por recebem os computadores que eram, muitas vezes, o primeiro da casa. Era o caso de Tainá Almeida Bidu, de 9 anos, que cursa o 3º ano na unidade de Itaocaia, onde mora. “Vai ser legal, vai ajudar bastante” disse ela na saída ao lado do pai, o caseiro Carlos Ramos Bidu.

Em outra sala, a dona de casa Lucinéia dos Santos Rosa levava dois netbooks para casa. Segundo ela, os filhos Evelyn (de 12 anos) e Jeferson (de 11) – ambos do 3º ano da Marquês de Maricá – não vão mais precisar dividir o, até então, único computador da família. “Os dois gostam muito de usar o computador e acho que isso vai ser bom para os estudos deles”, acredita a mãe.

Estudante da mesma escola, Gabriele Brito da Silva, de 12 anos, também comemorava na saída o novo netbook que acabara de receber. “O melhor é que vou poder usar dentro da sala de aula, pesquisar ali mesmo, ser ter que ir até uma lan house”, diz ela, apontada como a melhor aluna do 6º ano da unidade.

Emocionada, a mãe da menina exaltou a iniciativa do governo maricaense. “Isso fez um bem enorme à minha família, e a Gabriele merece porque é muito esforçada”, revelou Jussara Brito de Souza, que é cozinheira da unidade.

Alguns começavam a se conectar logo depois de receber o equipamento, ainda no pátio da escola, que está integrada ao programa Cidade Inteligente e transmite a internet pública gratuita. “Já estou acessando aqui e o netbook é bem fácil de manusear”, elogiou Pablo da Conceição, de 14 anos, aluno do 9º ano.

Para o secretário municipal de Educação, Marcos Ribeiro, todo esse sucesso tem explicação: “Isso é resultado da percepção que teve o nosso prefeito, de integrar a rede de educação à uma rede de informação já existente. O que estamos testemunhando é uma inclusão digital na acepção da palavra”, garantiu.

Sem barreiras sociais

Já o prefeito dá uma amplitude ainda maior a este momento. “O mais interessante é que esta inclusão digital não tem barreiras sociais. Seja o pobre, o rico ou a classe média, toda a população se beneficia com o que estamos reaizando na cidade. Hoje já temos 65% de cobertura pela nossa internet e vamos chegar em breve a outros locais”, afirma Washington Quaquá, reiterando que os equipamentos têm garantia de um ano e, portanto, o responsável que perceber qualquer avaria ou defeito pode procurar assistência técnica com auxílio da escola.

Quem está recebendo o equipamento vai poder utilizá-lo tanto em sala de aula quanto em casa, mas também irão poder ficar com eles nas férias de dezembro e, desta forma, continuar tendo acesso à ferramenta. E para o próximo ano, mais notícia boa. Quem for aprovado no ano letivo de 2012 fica com o computador, isso porque nesse primeiro momento, os alunos estão recebendo os equipamentos em regime de comodato, quando no ato da entrega os pais assinam um termo se comprometendo em cuidar do aparelho.

O calendário de distribuição dos netbooks continua no próximo fim de semana. No sábado (08/10), o pólo de entrega será na E.M. Darcy Ribeiro, em Inoã, onde receberão as escolas Aniceto Elias, Ciep Robson Lôu, Casa da Criança de Inoã (todas no mesmo bairro), Vereador Osdevaldo Marins da Mata (Santa Paula), Ministro Sparano (Spar) e Rodrigo Monteiro (Serra do Camburi).

No domingo (09), será a vez do C.E.M. Joana Benedicta Rangel servir como pólo para os seus alunos e os das escolas Marcus Vinícius Santana, Recanto da Amizade (ambas no bairro da Amizade), Maurício Antunes de Carvalho (Saco das Flores), Ondina de Oliveira Carvalho (Centro) e Antônio Lopes da Fontoura (Itapeba). Cabe lembrar que os estudantes contemplados são aqueles a partir do terceiro ano da Educação Infantil até a Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Texto: Sérgio Renato e Izabel Oliveira
Foto: Fernando Silva e Clarildo Menezes

Segundo o secretário de Educação, Marcos Ribeiro, o sucesso da iniciativa é resultado da perspicácia do prefeito.

Os estudantes tiravam suas dúvidas com os técnicos de plantão…

…e já podiam acessar a internet ainda no pátio da escola, através das antenas da rede pública

Outubro 5, 2011 Posted by | Educação, jornalismo | 1 Comentário

Secretária Executiva encerra audiência pública sob aplausos

 

secretária Executiva de Maricá, Maria Helena Alves Oliveira respondendo aos legisladores

A secretária Executiva de Maricá, Maria Helena Alves Oliveira, encerrou a audiência pública na Câmara dos Vereadores sob aplausos do público que lotou a galeria do plenário na noite desta segunda-feira (03.10).
Interrogada pelos parlamentares da casa sobre aplicação de verba dos royalties, implantação da farmácia popular e sobre seu suposto envolvimento com as empresas Lumar e DSF, Maria Helena foi exemplo de lisura e profissionalismo, não se furtando a esclarecer quaisquer pontos obscuros ou que suscitassem dúvidas aos presentes.

“Não me nego a prestar esclarecimentos sobre o que quer que seja, porque sei que não é fácil fazer mudanças de gestão. Mas deixo aqui na casa certidões negativas criminal, cível e administrativa que comprovam que não devo nada a ninguém nem a nenhum órgão. Minha vida pública é pautada pelo trabalho”, disse.

Após ser arguida pelos vereadores, jornalistas e pessoas presentes no recinto puderam fazer perguntas à secretária que, sempre disposta, respondeu a todos de maneira solícita e segura.

O vereador Helter Ferreira (PT) aproveitou para se retratar publicamente com Maria Helena ao afirmar “que não tinha uma boa imagem da senhora”, mas diante do inequívoco talento e seriedade profissional, passou a ser “um fã”. Já Uiltinho Viana (PSB) ressaltou várias vezes que o prefeito Washington Quaquá acertou ao contratar Maria Helena. ”São de pessoas competentes como a senhora que a prefeitura precisa”.

Maria Helena agradeceu a oportunidade, ressaltando sua obrigação pública de prestar contas aos legisladores e moradores de Maricá e pediu para ser convidada mais vezes: “não precisa nem dos trâmites formais de uma convocação, basta telefonar, que eu venho com o maior prazer”, finalizou, acompanhada de calorosa salva de palmas.

Texto: Valéria Vianna
Foto: Clarildo Menezes

Outubro 5, 2011 Posted by | jornalismo | | Deixe um comentário