Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Herança Feteira – Duarte Lima acusado da morte de Rosalina Ribeiro (vídeos)

Fonte : Expresso

O Ministério Público brasileiro acusou o advogado Duarte Lima de ter assassinado Rosalina Ribeiro, em 2009. (Veja vídeos da SIC)

20:07 Quinta feira, 27 de outubro de 2011

Segundo a acusação, a que a SIC teve acesso, Duarte Lima foi o autor dos disparos que mataram Rosalina Ribeiro. O Brasil quer a prisão preventiva do advogado português, e já pediu à Interpol para incluir o nome de Duarte Lima na lista dos criminosos procurados internacionalmente. Rosalina Ribeiro, companheira do milionário português já falecido Lúcio Tomé Feteira, foi morta em dezembro de 2009, em Maricá, no Rio de Janeiro, pouco depois de se ter encontrado com Duarte Lima. Duarte Lima era advogado de Rosalina Ribeiro há cerca de dez anos. A SIC tentou contactar o advogado de Duarte Lima, mas Germano Marques da Silva recusou fazer qualquer declaração alegando não ter sido ainda notificado da acusação. Desconhece-se o paradeiro de Duarte Lima. A acusação a Duarte Lima põe fim a quase dois anos de investigação, pela polícia brasileira. Brasileiras que ouviram os disparos (Rosalina foi alvejada com dois tiros, um no peito e outro na cabeça) e encontraram o corpo, prestaram declarações à SIC.

Ler mais: http://aeiou.expresso.pt/duarte-lima-acusado-da-morte-de-rosalina-ribeiro-videos=f683823#ixzz1c4pMS15L

Anúncios

Outubro 28, 2011 - Posted by | jornalismo, justiça, Polícia | , ,

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: