Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Imperdivel… Papo de Compositor com Nélio Torres

O show será nesta terça-feira, 01/11/11, o Papo de Compositor será com o Compositor, Cantador e Pesquisador NÉLIO TORRES.

Papo de Compositor - Nélio Torres

Local: CEMUNI IV – Campus de Goiabeiras/UFES, ao lado do Teatro e do Cine Metrópolis
Horário: 20 horas
Entrada: Franca
Classificação: Livre
 
E lembrem-se quem não puder comparecer pode acompanhar o show  AO VIVO e ONLINE pelo link:  http://www.livestream.com/papodecompositor

Release:   Nélio Torres      

       NÉLIO TORRES, natural de João Pessoa (PB), radicado em Vitória (ES), conviveu desde cedo com a música. Ainda quando criança escutava o seu avô a tocar realejo, em Mata Redonda, distrito de Alhandra, e o seu tio Petrônio, que tocava violão em Santa Rita, na Paraíba, causando uma grande admiração pela música.  Seu Pai, o Vereador MÁRIO TORRES, nos finais dos anos 50/60, foi durante alguns anos, PRESIDENTE do Carnaval de João Pessoa (PB), “Com um trabalho muito positivo, e dando ordenamento jurídico as diversas agremiações, numa política de conciliações” (Wills Leal, Cineasta, autor do livro “Nos tempo do Lança-perfume”).  

Nos anos 80, Participou do I FLAAC (I Festival Latino Americano de Cultura), em Brasíla (DF), e do I Encontro da Cultura e Juventude, na Barra do Jucu, em Vila Velha (ES).
Morou de 1977 à 1979 em Catolé do Rocha (PB), de 1979 à 1987 em Recife/Olinda (PE), onde cursou o Conservatório Pernambucano de Música, tendo como professores José Gomes e HENRIQUE ANNES (Compositor e violonista Pernambucano), onde realizou diversos Shows. De 1987 à  setembro de 2007, morou no Rio de Janeiro, onde fez o curso básico de música na Escola Villa Lobos; realizou vários Shows, participou de vários eventos, ganhou Prêmios, como o CULTURAS POPULARES 2007 – MinC, com o Boi dos Cajueiros, de Itaipuaçu, Maricá (RJ); MOÇÃO DE CONGRATULAÇÕES da Câmara Municipal de Araruama (RJ), em 2006, etc, e gravou seus discos independentes.            
          O período em que morou no Rio de Janeiro foi o da sua maior produção, aonde lançou seu primeiro disco em 1990, intitulado “TAMBAU”.

Em 2000 lançou o CD “EM BUSCA DA INFÂNCIA ENCANTADA”, no SESC TIJUCA RJ, com a participação especial de BIA BEDRAN. Participou do programa Canta Conto com a apresentadora Bia Bedran na TV Educativa RJ; do Programa Daniel Azulay na TV Bandeirantes; dos Projetos Palco Sobre Rodas, Parques e Jardins, e Parque das Ruínas, da Prefeitura municipal do Rio de Janeiro.

Em 2001 lançou o CD “CANTO NOVO”, com a participação especial de Chiquinha do Acordeon, no RJ.

Em 2002 compôs e cantou ao vivo as músicas da peça “O CASAMENTO SUSPEITOSO”, de Ariano Suassuna, com direção geral de Niette de Lima, em temporada de sucesso, no Espaço Cultural Santa Rosa de Lima, Botafogo (RJ) 

Em 2003 lançou na Rádio MEC – AM / RJ, no Programa “Foleviola”, do apresentador e pesquisador Adelson Alves, o 4º CD, intitulado “JARDIM DAS CANÇÕES”, e também num grande Show no Museu da República, Catete (RJ).  
Em outubro de  2007 voltou a morar em João Pessoa (PB), onde realizou diversos eventos com o BOI DOS CAJUEIROS, pesquisou a Cultura Indígena e foi o Mestre do CAVALO MARINHO DA PARAÍBA, a convite da Comunidade do Centro de Tradições Populares do Cavalo Marinho da Paraíba de Bayeux, onde ganharam o SELO PRÊMIO CULTURA VIVA, edição 2010, idealizado pelo MinC, Coordenação Técnica do CENPEC (Centro de pesquisas em educação, cultura e ação comunitária) – SP.
Em Janeiro de 2011 mudou-se com a sua família para Vitôria (ES), onde desenvolve o seu trabalho musical com a Cultura Infantil, Popular e Folclórica. Algumas músicas suas foram DESTACADAS no CLUBE CAIUBI DE COMPOSITORES, como "ALMA TRANSPARENTE"  e  "NOS OITO PÉS DE QUADRÃO", em parceria com Jarlene Maria, e "INVISÍVEL FIO" no CLUBE CAPIXABA DE ARTES E CULTURA. A música "FORA À MALDADE", em parceria com Cristiano Oliveira, é FINALISTA do "V FESTIVAL PRATO DA CASA", do programa BANDEJÃO, da FM 104,7 Universitária, em Vitória (ES).  
Para o palco do Papo de Compositor terá como Participações Especiais, GIBA NASCIMENTO, nos Arranjos, Violão e Violão de 12 cordas, e  MARCELO SEIXAS na Percussão…
 

Não Percam.
 
Att,
Equipe Papo de Compositor.

Outubro 31, 2011 Posted by | arte, cultura, jornalismo, musica, Teatro | , | Deixe um comentário

Fla-Flu emocionante encerra o torneio RJ/SP de Showbol em Maricá

Enviado por 30/10/2011 20:19:37

Fonte: O São Gonçalo on line

Além da vitória do título, Flu ainda teve o artilheiro do torneio(Foto Divulgação)

O torneio Rio-São Paulo de Showbol terminou neste domingo, em Maricá, com um emocionante Fla-Flu, vencido pela equipe tricolor carioca por 7 a 6, com o gol do título marcado por Maciel na prorrogação. No tempo normal, os dois times se revezaram no placar, que terminou em 6 a 6 com gols de Bruno Reis (4) e Marco Brito (2) para o Fluminense, e Cleison (2), Piá, Emerson, Djalminha e André Cruz para o Flamengo. No apito, estava o ex-árbitro e atual comentarista Oscar Roberto de Godoy.
A arena montada na Avenida João Saldanha, próximo à praia da Barra, ficou lotada de torcedores que vibravam como se assistissem ao clássico em pleno Maracanã. O clima contagiou os jogadores, que fizeram um jogo muito disputado. No fim da partida, a festa tricolor foi completa. Além do título do torneio, o Fluminense teve ainda o artilheiro – Bruno Reis, com 18 gols – e o melhor jogador da competição, Válber, que já foi jogador dos dois times na década de 1990.
“Sempre torço pelos times do Rio no Showbol, mesmo atuando hoje pelo Fluminense. Nosso time veio bem este ano e conseguimos chegar ao título”, avaliou Válber, que aprovou a realização dos jogos em Maricá.
De acordo com o organizador do Showbol, o ex-zagueiro Ricardo Rocha, o sucesso dos dois fins de semana de outubro pode se repetir já em janeiro de 2012, quando o evento deverá fazer parte da programação de verão da cidade. “Vamos voltar ainda em maio do ano que vem, quando Maricá faz aniversário. Queremos ver essa arena lotada outras vezes”, celebrou o tetracampeão mundial.

Outubro 31, 2011 Posted by | esportes, jornalismo | | Deixe um comentário

Na prorrogação, Fluminense vence o Flamengo e leva o torneio Rio-SP disputado em Mricá

Showbol (Editoria de Arte / GLOBOESPORTE.COM)

Showbol

30/10/2011 13h24 – Atualizado em 30/10/2011 15h03

No último minuto do tempo extra, Maciel desempata partida diante do rival rubro-negro e garante primeiro título de showbol da equipe tricolor

Por SporTV.com Maricá, RJ

A final do torneio Rio-São Paulo de Showbol foi disputada, brigada e decidida quando faltavam apenas 50 segundos para terminar a prorrogação. A estrela que mais brilhou foi a do tricolor Maciel, autor do gol do título do Fluminense sobre o Flamengo por 7 a 6. Além do primeiro troféu de showbol da equipe, o Tricolor teve artilheiro e destaque da competição, Bruno Reis, que também ganhou um churrasco em uma aposta com o amigo rubro-negro Djalminha.

– Não é só o Djalminha não. O Júnior Baiano também apostou. Agora vão ter que pagar meu churrasco – brincou Bruno Reis, após a decisão.

O Fluminense abriu o marcador no segundo minuto de jogo, com Bruno Reis, que recebeu passe açucarado de Marco Brito e empurrou para o gol. Aos seis, o Rubro-Negro empatou com um chutaço de fora da área de André Cruz.

Bruna Reis e Maciel comemoram gol marcado no último minuto da prorrogação (Foto: Reprodução SporTV)Bruna Reis e Maciel comemoram gol no último minuto da prorrogação (Foto: Reprodução SporTV)

O jogo estava truncado no meio de campo, quando Marco Brito colocou o Tricolor novamente à frente, aos nove minutos. Pouco depois, Bruno Reis se livrou da marcação do Maurinho e finalizou com precisão, aumentando a vantagem do Flu: 3 a 1. O Flamengo começou a reagir no minuto seguinte. Djalminha diminuiu, Cleisson empatou no lance seguinte e Piá virou o placar, ao receber livre de Djalminha, aos 19 minutos do primeiro tempo. No último minuto do primeiro tempo, Marco Brito empatou para o Tricolor: 4 a 4.

Equilíbrio ainda maior no segundo tempo

Jogadores do Fluminense comemoram título no showbol (Foto: Reprodução SporTV)Jogadores do Fluminense comemoram título no
showbol (Foto: Reprodução SporTV)

A paritda continuou equilibriada no segundo tempo, com as duas equipes buscando o ataque a qualquer custo. Aos quatro minutos do segundo tempo, o artilheiro Bruno Reis fez o gol mais bonito da decisão, de bicicleta. No minuto seguinte, ele fez o sexto gol do Tricolor.

Mas aos 10, Djalminha passou para Emerson desviar para o gol, diminuindo a vantagem tricolor para 6 a 5. Nove minutos depois, Cleisson recebeu de Djalminha e, livre, empatou para o Flamengo.

Faltando dois minutos para o fim do jogo, os jogadores do Fluminense reclamaram um pênalti não marcado. Exaltado, Cadu foi suspenso pelo árbitro Oscar Roberto Godói nos minutos decisivos da final.

Maciel assume o papel de herói

Com o jogo empatado em 6 a 6, a decisão do torneio foi para a prorrogação. Faltando um minuto para o fim, quando as penalidades eram esperadas, Maciel marcou um gol chorado e deu a taça do Rio-São Paulo para o Fluminense.

Outubro 31, 2011 Posted by | esportes, jornalismo | | Deixe um comentário