Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Secretário de Segurança vai cobrar explicaçõe​s sobre atuação de delegado na prisão de Nem

Fonte: Jornal Gazeta

O secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, afirmou nesta segunda-feira (14) que vai cobrar explicações sobre a participação do delegado Roberto Gomes, de Maricá, na região metropolitana, na prisão de Antonio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, chefe do tráfico da Rocinha, favela ocupada pela polícia neste domingo.

Em entrevista a um telejornal, Beltrame contou que já conversou com o subchefe de Polícia Civil do Rio, Fernando Velloso, sobre o assunto. Porém, o secretário de Segurança Pública pretende ter acesso a uma cronologia da ação para obter detalhes da intervenção do delegado e de dois inspetores que estavam com ele na prisão do traficante.

Velloso afirmou que o delegado Roberto Gomes foi ao local para negociar a rendição de Nem. No entanto, após ser preso, o traficante negou, em depoimento à Polícia Federal, que pretendesse se entregar. O bandido afirmou que iria se manter em São Paulo com os cerca de R$ 200 mil que foram apreendidos com ele.

Segundo os PMs que prenderam o bandido, na noite da ação, os policiais civis chegaram ao local, após serem chamados pelos advogados do traficante. Ainda de acordo com eles, os policiais civis afirmavam que iriam levar o carro para a Delegacia da Gávea (15ª DP), unidade mais próxima da favela. Até então, Nem continuava no porta-malas do veículo e ainda não havia sido preso.

Os PMs queriam levar o veículo para a sede da Polícia Federal porque um dos homens que estavam com o traficante havia se apresentado como cônsul honorário do Congo, na África. Por isso, logo após a abordagem, chamaram a PF.

Diante da insistência dos policiais civis em assumir o caso, teve início uma discussão. Um policial civil chegou a atravessar o carro em que estava na rua, enquanto um policial militar rasgou o pneu do carro em que Nem estava para evitar que o veículo fosse levado.

Os agentes federais chegaram ao local em meio ao tumulto. O traficante só foi preso depois que um dos advogados confessou a um policial federal que Nem estava no porta-malas.

Anúncios

Novembro 15, 2011 - Posted by | jornalismo, Polícia, Policia Federal, segurança pública

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: