Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Maricá sedia neste domingo final do Campeonato Estadual de Corrida de Aventura

Cerca de 70 atletas disputam o Campeonato Estadual de Corrida de Aventura em Maricá – Foto: Hudson Malta

Maricá recebe neste domingo (27/11) a final do Campeonato Estadual de Corrida de Aventura. Cerca de 70 atletas de quatro estados disputam o título do Unimed Rio Terra Fast, na Fazenda Itaocaia. Os atletas percorrerão 39 quilômetros de bicicleta, 18 quilômetros correndo e 100 metros de escalada pelas trilhas e estrada de terras da Restinga de Maricá e Vale do Itaocaia. A última etapa do Estadual conta com apoio da prefeitura.

A largada será às 8 horas na Fazenda Itaocaia e a previsão de chegada do primeiro colocado é por volta das 12 horas no mesmo local. A grande emoção da etapa será a escalada ao cume da Pedra de Itaocaia, que exigirá técnica e força para vencer os 383 metros de desnível.

O município foi escolhido porque, segundo o organizador Philipe Campello, reúne todos os requisitos necessários para um grande evento.

– Maricá tem montanhas escarpadas com trilhas perfeitas para mountain bike, trekking e escalada. Além de lagoas perfeitas para a prática de canoagem. E o melhor, isso tudo próximo ao Rio. Com certeza, a cidade tem potencial para virar um centro de treinamento de esportes de aventura – explicou Campello, que destacou o apoio da prefeitura, da Unimed Rio e Bike Amazonas para a realização do evento.

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação: 25/11/2011

Anúncios

Novembro 26, 2011 Posted by | esportes, jornalismo | | Deixe um comentário

Parte da estrutura da nova ponte chega à Barra de Maricá

Antigo sonho dos moradores, nova Ponte da Barra começa a ser construída em 5 de dezembro – Foto: Fernando Silva

Guarda Municipal e Secretaria de Transportes realizaram operação de trânsito para deslocar peças, trazidas numa carreta

O antigo sonho da ponte sobre a lagoa da Barra de Maricá começou a virar realidade nesta sexta-feira (25/11), com a chegada de parte das vigas que vão dar sustentação à nova estrutura. A construção da ponte está prevista para começar no próximo dia 5 dezembro. Na véspera, haverá o lançamento oficial das obras, com um show do sambista Dudu Nobre, a partir das 16 horas.

O tamanho das vigas exigiu que elas forssem transportadas numa carreta até Maricá. A Secretaria de Transportes montou um esquema especial de trânsito na área do centro da cidade, para facilitar o deslocamento das peças. Equipes da Guarda Municipal escoltaram o veículo desde a rodovia RJ-114, na altura de Ubatiba, até o local onde a ponte será erguida.

Por onde passava, a carreta chamava a atenção da população. Um grupo de pescadores da colônia Z-7 acompanhou e saudou a chegada da estrutura ao local da montagem.

“Nossa preocupação é com o trânsito, que fica interrompido sempre que algo acontece aqui no canal. Para nós, a abertura do mar e a renovação das águas da lagoa também serão muito importantes”, afirmou Moacir José Rodrigues, de 52 anos.

Para o também pescador Wilson Monteiro Filho, a nova ponte simboliza a realização de um sonho de seu avô, falecido há cerca de dez anos.

“Seu Américo vivia dizendo que queria ver uma ponte erguida aqui, que seria ótimo para todos. Ele morreu com 82 anos e é uma pena que ele não esteja aqui pra ver isso, mas acho que ficou feliz onde estiver”, declarou.

Canal será aberto a cada três meses

A construção da ponte, que terá 172 metros de extensão, está prevista para durar seis meses e vai garantir o acesso definitivo dos moradores dos bairros de Guaratiba, Cordeirinho e Ponta Negra ao centro da cidade, independentemente da abertura do canal. Atualmente, quando há rompimento da barreira natural entre o mar e a lagoa, os moradores dessas localidades ficam isolados.

O trajeto terá início no cruzamento da Avenida Central com a Rua João Joaquim da Costa. Às margens das duas pistas de rolamento, com largura de 7,20 metros, haverá os chamados "guarda-corpos" (barreira de proteção) para travessia de pedestres.

A ponte terá altura máxima de sete metros, com vãos de 34,8 metros de largura e três metros de altura, para a passagem de barcos. Por orientação do Departamento de Hidrografia e Navegação da Marinha do Brasil, somente pequenas embarcações poderão circular pelos vãos.

Após a construção, a prefeitura vai urbanizar o entorno com calçamento, instalação de quiosques, postes, lixeiras, bancos e plantio de árvores. Também está prevista a abertura periódica do canal a cada três meses para renovação da água e das espécies que vivem na lagoa e no mar.

Para marcar o início da obra, o prefeito determinou a retirada de uma estrutura metálica que está no local desde o fim dos anos 90. Segundo ele, isso vai simbolizar a realização definitiva do anseio da população e dos turistas.

Texto: Sérgio Renato
Foto: Fernando Silva

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação: 25/11/2011

Chegada das estruturas da futura ponte exigiram esquema especial de trânsito – Foto: Fernando Silva

O trajeto da ponte terá início no cruzamento da Avenida Central com a Rua João Joaquim da Costa – Foto: Fernando Silva

A carreta chamou a atenção da população nas ruas de Maricá – Foto: Fernando Silva

Novembro 26, 2011 Posted by | jornalismo, Obras em Maricá, transporte, turismo, vias públicas | | 1 Comentário