Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Partidas gratuitas de vôlei, futvôlei e futebol de praia no verão de Maricá

 

Beach soccer será um dos torneios do Projeto Verão da Secretaria de Esportes de Maricá – Foto: Clarildo Menezes

Atividades esportivas vão agitar a estação mais quente do ano em Maricá. A Secretaria Municipal de Esportes abre nesta segunda-feira (23/01) as inscrições para o Projeto Verão, que reúne competições de vôlei, futvôlei e beach soccer (futebol de praia) na cidade. Qualquer pessoa poderá participar dos torneios, abertos ao público e que acontecem de 29 de janeiro a 4 de março.

As inscrições serão realizadas até o dia 28 deste mês na própria secretaria (Rua Alvares de Castro, 346, Centro), de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. Mais informações pelos telefones 2634-1446 ou 3731-1756.

O Projeto Verão começa no dia 29 deste mês, com o vôlei de praia. As partidas da fase de classificação acontecem no Recanto e Rua Um, em Itaipuaçu. Já a final (05/02) será na praia de Barra de Maricá.

No dia 12 de fevereiro, acontecem os jogos de futvôlei na Praia de Ponta Negra. O campeão do torneio de duplas será conhecido no mesmo dia. Já o campeonato de beach soccer, que será realizado nas areias da Barra de Maricá, terá jogos de classificação no dia 26 de fevereiro e a final no dia 4 de março.

Texto: Rafael Zarôr
Foto: Clarildo Menezes

Anúncios

Janeiro 20, 2012 Posted by | esportes, jornalismo, Lazer, Maricá, turismo, Verão 2012 | Deixe um comentário

UPA já aparece na paisagem de Inoã no Município de Maricá/RJ

Obras UPA de Inoã estão dentro do prazo e devem terminar em março

A estrutura que vai abrigar a Unidade de Pronto Atendimento 24 horas (UPA) começa a despontar na paisagem de Inoã. A obra segue em ritmo acelerado e a construção ganha nova forma a cada dia no terreno da Rua Euclides Muniz de Andrade, no loteamento Bosque Fundo, às margens da RJ-106. A unidade que está sendo erguida é a chamada ‘UPA tipo três’, a de maior capacidade, para regiões com população entre 200 mil e 300 mil habitantes. Além da população de Maricá, moradores dos bairros vizinhos do Calaboca e do Rio do Ouro, em São Gonçalo serão diretamente beneficiados.

A obra começou no início de dezembro e, de acordo com os técnicos, transcorre dentro do cronograma, que prevê conclusão em 45 dias. Quando estiver em funcionamento, a UPA irá desafogar os atendimentos de urgência e emergência, atualmente concentrados no Hospital Municipal Conde Modesto Leal, no Centro. Serão seis médicos, vinte leitos de observação e capacidade média de 300 a 450 atendimentos por dia.
O distrito de Inoã concentra o maior contingente populacional da cidade e é responsável por 34% dos atendimentos. Para garantir a segurança no acesso dos usuários ao local, o prefeito Washington Quaquá solicitou ao presidente do Departamento de Estradas e Rodagens do Estado (DER-RJ), Henrique Ribeiro, a construção de uma passarela na altura do quilômetro 15 da rodovia.

Texto: Sérgio Renato
Foto: Paulo Polônio

Janeiro 20, 2012 Posted by | jornalismo, Obras em Maricá, saúde | | Deixe um comentário

Inscrições para ambulantes no carnaval de Maricá começam na segunda-feira

MaricA Secretaria Municipal do Ambiente e Urbanismo, inicia na segunda-feira (23/01) o cadastramento para comerciantes que queiram atuar em barracas pela cidade durante o Carnaval. Este ano, a Prefeitura de Maricá estabeleceu critérios para um ordenamento geral desse comércio temporário, para o qual técnicos de várias secretarias fizeram um mapeamento dos pontos disponíveis e da quantidade de barracas que poderão funcionar. O objetivo é permitir que o folião conte com serviços porém de forma mais organizada. As vagas serão ocupadas pelo critério de ordem de chegada, até que seja completado as autorizações disponíveis e só poderão se inscrever pessoas residentes em Maricá. A permissão tem validade apenas nos dias de carnaval.

As barracas terão dimensão máxima de 3mx3m, sendo sua aquisição, montagem e desmontagem de inteira responsabilidade do licenciado. A exceção fica para as que serão instaladas em alguns locais no Centro, cuja medida será de 2m x 2m. Ali, haverá espaço para 78 barracas, 53 com 3mx3m e as restantes menores. Em São José do Imbassaí serão dez autorizações, sete em Inoã, cinco em Cordeirinho, 20 em Ponta Negra, cinco em Barra de Maricá Divinéia e dez em Santa Paula, Estrada de Cassorotiba. Em Itaipuaçu serão 15 na Rua 1, dez no Recanto e dez na Avenida da Praia.
Os candidatos deverão preencher o requerimento na sede da Secretaria do Ambiente e Urbanismo (Rua Mario Vieira Dantas, 147, Centro) nos dias 23 (segunda-feira) e 24 de janeiro (terça-feira) das 10h às 16h, munidos dos seguintes documentos: originais e cópias da carteira de identidade, CPF, comprovante de residência no município de, no máximo, três meses antes da data em que se der a inscrição e foto no tamanho 3×4. A inscrição tem de ser feita pessoalmente, não sendo admitida a representação por terceiros, mesmo com procuração.
A permissão também dará direito ao comerciante contar com um auxiliar, que poderá substitui-lo ou representa-lo no momento da fiscalização, desde que seu nome conste no documento emitido pela secretaria. Os dados pessoais do auxiliar exigidos para a inscrição são os mesmos que deverão ser apresentados pelo titular. Cada candidato só poderá se cadastrar uma única vez, sob pena de exclusão. Os comerciantes autorizados a montarem barracas receberão crachás de identificação, cujo uso será obrigatório – e com validade apenas para o carnaval.

Caso seja inscrito, o interessado deverá procurar a Central de Atendimento, na sede da Prefeitura, nos dias 26 e 27 de janeiro. Lá deverá retirar as guias e pagar as taxas correspondentes às atividades, devendo apresentá-las pagas no mesmo setor até o dia 27. A licença será entregue a partir do dia 31, na Secretaria do Ambiente e Urbanismo.

Texto: Secretaria de Comunicação

Janeiro 20, 2012 Posted by | Campanha Eleições 2010, Carnaval 2012 em Maricá, jornalismo | Deixe um comentário

Maricá inscreve para Concurso de Rei Momo e Rainha do Carnaval

Estão abertas as inscrições para o concurso que vai eleger o Rei Momo e Rainha do Carnaval 2012 de Maricá. Realizado pela prefeitura, por meio da secretaria Municipal de Turismo, a iniciativa tem o objetivo manter a tradição dos grandes símbolos do Carnaval. O vencedor de cada categoria vai receber um prêmio de R$ 2 mil.

Simpatia, samba no pé, comunicação com o público e beleza são os principais requisitos do concurso, que só poderá ser disputado por moradores da cidade, que não sejam funcionários públicos municipais (nem concursados e nem comissionados). Para Rei Momo, a idade mínima é de 18 anos e para o cargo de Rainha do Carnaval, entre 18 e 30 anos.

Inscrições

As inscrições vão até o dia 27 de janeiro ou até que sejam preenchidas as 10 vagas para a disputa de Rei Momo e 20 para a de Rainha. Os interessados precisam apresentar cópia da identidade, do CPF e de um comprovante de residência.

As inscrições serão realizadas na sede da Secretaria Municipal de Turismo e Lazer, de segunda a sábado, das 9h às 17h. O endereço é Praça Conselheiro Macedo Soares, s/nº – Centro. Para outras informações, basta ligar para o número 3731-5094.

Premiação

O Concurso será realizado no dia 28/01, às 20h, na Praça Dr. Orlando de Barros Pimentel, no Centro. Os candidatos farão duas apresentações, uma com roupa de verão e outra com traje esporte fino.

Haverá uma comissão julgadora e os vencedores serão os que obtiverem o maior número de pontos. Para a categoria Rei Momo, haverá um prêmio (de R$ 2.000,00) para o primeiro colocado. Já na categoria Rainha, serão distribuídos prêmios para os dois primeiros lugares: R$2.000,00 para a vencedora da categoria e R$ 1.000,00 para a Princesa do Carnaval, com a segunda maior nota.

Janeiro 20, 2012 Posted by | Carnaval, CARNAVAL 2011 em Maricá, jornalismo, Lazer, Maricá, turismo | Deixe um comentário

Governo do Rio investe R$ 5,4 bilhões para levar Porto do Pré-Sal a Maricá

Fonte:Jornal do Brasil

O Estado do Rio vai ganhar um importante complexo com investimentos avaliados em R$ 5,4 bilhões. De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Julio Bueno, o empreendimento Terminais Ponta Negra (TPN), que será instalado na Praia de Jaconé, em Maricá, pela empresa DTA Engenharia, pode ser chamado de Porto do Pré-Sal, já que é destinado à tancagem do óleo a ser produzido naquela região.

Porto do Pré Sal, será construído nesta área de Jaconé, em Maricá.RJ (foto aérea Rosely Pellegrino)Nesta área em Jaconé, Maricá/RJ, será construído o o mega empreendimento, que poderá ter o nome de Porto do Pré-Sal, já que será destinado à tancagem do óleo a ser produzido naquela região. (foto aérea Rosely Pellegrino)

A área também tem vocação para se tornar uma das principais âncoras para escoar tanto o óleo do pré-sal para o Complexo Petroquímico do Estado do Rio de Janeiro (Comperj), em Itaboraí, como para abrigar de volta os derivados petroquímicos lá produzidos.

O porto terá capacidade para receber 850 mil barris de petróleo por dia, o equivalente a 40% da atual produção do país, e vai contar com uma nova tecnologia contra vazamento de óleo.

– Criamos uma tecnologia, que vamos patentear, que reduz o impacto de um eventual vazamento de óleo. Será uma cortina que liga os molhes (estruturas de pedra que cercam o porto, reduzindo as ondas no terminal). No caso de derramamento, ela subirá e deixará o óleo restrito à área do porto

– disse João Acácio Gomes de Oliveira Neto, presidente da DTA, empresa que planejou mais de 30 portos no Brasil e no exterior. O projeto tem total apoio do Governo do Estado, que vai criar acessos ao novo porto a partir do Arco Metropolitano do Rio e pela Estrada de Ferro Leopoldina. A previsão é que a obra seja concluída até 2015, a fim de coincidir com a inauguração do Comperj.

Terminal terá estaleiro de reparos

Além da infraestrutura portuária e terminais de armazenagem de combustíveis, o terminal vai contar também com um estaleiro de reparos offshore.

– Vamos ter um excelente aproveitamento da área, que oferece condições naturais para as embarcações, com calado de 30 metros muito próximo à costa – afirmou o secretário Julio Bueno.

Segundo Bueno, o porto pode ser o início da redução de uso do Tebig (o terminal mais usado pela Petrobras no estado, em Angra dos Reis).

– Podemos ter a chance de retirar a atividade de petróleo da Ilha Grande – disse o secretário.

Janeiro 20, 2012 Posted by | COMPERJ, jornalismo, Maricá, meio ambiente, pré-sal, setor naval, transporte | , | Deixe um comentário