Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Programação do Carnaval 2012 no Maria do Céu & Maria da Praça em Maricá

16/02 – QUINTA FEIRA : BEER SAMBA – ENSAIO DO BLOCO FOLIA DA MARIA COM CERVEJA LIBERADA a partir das 22h as 4h

GRUPO TÔ KERENDO – BATERIA BATUCADA BOA –

LOCAL : MARIA DA PRAÇA

CLASSIFIÇÃO 18ANOS

17/02 – SEXTA FEIRA : PRÉ CARNAVAL – COM  WAGUINHO DO CUBANGO  – GRUPO TÔ KERENDO – BATERIA BATUCADA BOA COM MESTRE SAPÃO

LOCAL : MARIA DO CÉU -  a partir das 22h

CLASSIFICAÇÃO 18ANOS

18/02 – SÁBADO : MATINÊ DE CARNAVAL – VENHA PULAR COM SEU FILHO -  a partir das 16h – COM DJ PHILLIPE RICARDO EM RITMO DE CARNAVAL

CLASSIFICAÇÃO LIVRE

19/02 – DOMINGO : BLOCO FOLIA DA MARIA – BATERIA BATUCADA BOA com MESTRE SAPÃO – DJ PHILLIPE RICARDO  – CERVEJA LIBERADA – TRIO   ELÉTRICO

CONCENTRAÇÃO : MARIA DO CÉU as 16h

SAÍDA : COM TRIO ELETRICO – CERVEJA NO TRAJETO – as 20h

CHEGADA : NA MARIA DA PRAÇA

20/02 – SEGUNDA :MATINÊ DE CARNAVAL – VENHA PULAR COM SEU FILHO -  a partir das 16h – COM DJ PHILLIPE RICARDO EM RITMO DE CARNAVAL

CLASSIFICAÇÃO LIVRE

beer sambaFOLIAMATINEprecarnaval

Anúncios

Fevereiro 15, 2012 Posted by | cultura, jornalismo, Lazer, Maricá, shows e eventos, turismo | Deixe um comentário

Prefeito de Maricá acerta detalhes para implantação do Campus Maricá do Instituto Federal Fluminense

dsc_7919Prefeito de Maricá Washington Quaquá e o reitor do IFF, Prof. Luiz Augusto Caldas

dsc_7926A instalação do novo campus Maricá do Instituto Federal Fluminense começou a ser discutida nesta quarta-feira (14/02) em uma reunião na reitoria, em Campos, entre o prefeito Washington Quaquá e o reitor do IFF, Prof. Luiz Augusto Caldas, com participação dos pró-reitores de Ensino e Administração, Carlos Márcio Lima e Amaro Falquer. Entre outras ações, ficou decidido que uma equipe do IFF virá a Maricá no próximo dia 7, para avaliar as duas áreas disponibilizadas pela Prefeitura para a construção da primeira escola técnica federal do município.

As duas áreas possuem 60 mil m2 e 130 mil m2 respectivamente. A mais provável fica na estrada que liga Maricá a Itaboraí, próximo à igreja histórica de Nossa Senhora da Saúde. A intenção da Prefeitura, no entanto, é de disponibilizar uma escola pública ou alugar um espaço para instalar provisoriamente o IFF. "Paralelo a isso, começaremos a construção", diz o prefeito. Até o fim do ano, o objetivo é de que já existam cursos técnicos instalados no campus de Maricá.

A chegada de uma instituição desse nível à cidade é a realização de um sonho antigo, de todo maricaense. “A construção de um campus do IF Fluminense é um fato histórico para Maricá, pois estamos há três anos trabalhando para incluir a cidade no plano de expansão da rede federal e conseguimos essa mobilização junto ao Ministério da Educação. Graças a Deus estou vendo mais um resultado desse meio trabalho se concretizar”, disse o prefeito, acrescentando: "Saio desse encontro com a alma lavada, pois Maricá, enfim, tem sua Escola Técnica Federal".

A comemoração é justificada pela proximidade do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro – Comperj, em Itaboraí, e agora pela viabilização do Pólo Naval de Jaconé, outra vitória importantíssima para o desenvolvimento econômico sustentável da região. Em ambos os cenários, a formação de mão-de-obra especializada é essencial.

Para o reitor Luiz Augusto Caldas, a presença do IF Fluminense vai garantir a qualificação da população para que seja participante desse crescimento e deve se antecipar para promover a inclusão das pessoas. “Iremos visitar a área, conversar com a equipe de educação do município fazendo o nosso dever de casa para que essa instalação seja feita no menor prazo de tempo possível”, afirmou.

O reitor enfatizou que Maricá está inserido em um cenário de desenvolvimento local que irá alterar a sua dinâmica econômica. “Por isso a importância do Instituto Federal Fluminense estar presente, promovendo a capacitação e a inclusão das pessoas nesse novo contexto”, disse o prof. Luiz Augusto Caldas. O IF Fluminense já conta com sete campus em funcionamento, dois em fase de implantação, em Itaboraí e Santo Antônio de Pádua. O de Maricá será o terceiro.

Fevereiro 15, 2012 Posted by | Educação, jornalismo, Maricá | | Deixe um comentário

Atletas do CBTARCO disputam vaga para Olimpíadas de Londres

As três atletas disputarão uma vaga para representar o Brasil nas Olimpíadas de Londres

A Confederação Brasileira de Tiro com Arco (CBTarco) está treinando três atletas classificadas nos últimos campeonatos brasileiros e sul americanos para disputarem a Qualificatoria Continental, na Colômbia, em abril. A prova servirá como etapa classificatória para as Olimpíadas de Londres.

As atletas deverão treinar até o dia 15 de abril, quando embarcarão para Bogotá. Sarah de Oliveira Nikitin, paulista, 23 anos, estudante de Letras da USP; Monique Evellin Rodrigues Gomes, maricaense, 18 anos, Ensino Médio; e Ane Marcelle Gomes dos Santos, 18 anos, ex-aluna do C.E. Elisiária Matta, competirão pela vaga que representará o Brasil nas Olimpíadas. Cada país tem direito apenas a uma vaga para a competição.

Sarah tem oito anos como arqueira e foi campeã no último Torneio Sul Americano, em setembro de 2011, em Santiago do Chile. Treina em Campinas, onde mora, com o instrutor da Seleção Brasileira de Tiro com Arco, o coreano Lim Heesik. “Estou praticando a raia de 70 metros, que é a distância oficial das Olimpíadas. Lutaremos para que uma de nós seja classificada para o campeonato”, diz.

Monique dedica sete horas por dia ao esporte, assim como suas companheiras. Maricaense do Espraiado, pratica tiro com arco há três anos e já foi incluída no Master Plan, programa de treinamento de arco e flexa direcionado para campeonatos. “Fomos inseridas na categoria adulto (Master), e temos de treinar bastante para acertarmos o alvo no menor tempo possível. São seis baterias de seis flexas, com o tempo máximo de quatro minutos por bateria. Acho que estamos em condições de competir pelo país, e, até, internacionalmente. Estamos sendo treinadas para isso”, completa.

Já Ane Marcelle, a mais nova do grupo, treina arco e flexa há apenas dois anos, mas já se destacou como arqueira. Sua pontuação maior foi em campeonatos locais, chegando ao escore de 1.324 pontos como cadete. Ane diz que se apaixonou pelo esporte, assim que teve contato com o arco. “Os jovens deveriam se dedicar mais ao esporte”, diz ela, que usa uma pulseirinha branca com uma legenda em inglês: “I Love archery” (“Eu amo arco e flexa”). ”É para dar sorte. Na verdade, o esporte para mim é uma paixão. Acredito que o Brasil se sairá bem em 2012 e se classificará para 2016”, conclui.

O Centro de Treinamento do Tiro com Arco fica no bairro de Itapeba, Maricá. Com 27 mil metros quadrados, diversos estandes de tiro, sala de musculação, sala de recreação, alojamentos e administração, é o espaço reconhecido pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB), como sede do esporte no país. A treinadora Dirma Miranda, que trabalhou as atletas no treinamento base, adianta que o treinador coreano Lim Heesik é um dos melhores do mundo. “Eu dei o lustro e ele dará o brilho final”, completou.

Texto: Fernando Uchôa
Foto: Fernando Silva

(*) Secretaria Municipal de Comunicação

Fevereiro 15, 2012 Posted by | esportes, jornalismo, Maricá | | Deixe um comentário