Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Domingo acontecem os jogos de futvôlei do Projeto Verão de Maricá

No domingo, dia 26, a Secretaria Municipal de Esportes de Maricá promove o Projeto Verão com jogos de futvôlei, na praia de Ponta Negra

O Projeto Verão de Maricá invade as areias de Ponta Negra, neste domingo (26/02), para a disputa de mais uma competição. Dezesseis duplas irão se enfrentar pelo título do futvôlei, em partidas que serão realizadas das 9h às 18h.

As inscrições gratuitas podem ser feitas na Secretaria Municipal de Esportes (Rua Álvares de Castro, 346, na sede da prefeitura), até amanhã (25), das 9h às 17h, e no dia do evento, às 8h. Apenas homens poderão participar das competições de futvôlei. Mais informações pelos telefones 2634-1446 ou 3731-1756.

O projeto iniciou em janeiro com os jogos de vôlei masculino e feminino. Neidson e Renato ganharam o título entre os homens, enquanto que Arari e Claudia conquistaram o primeiro lugar no feminino. Nos dois próximos domingos, dias 4 e 11 de março, acontecem às partidas de beach soccer (futebol de praia), em Barra de Maricá.

Fonte: Rafael Zarôr

Anúncios

Fevereiro 24, 2012 Posted by | esportes, jornalismo, Lazer, Maricá, Verão 2012 | | Deixe um comentário

Prorrogadas inscrições para Agente Jovem de Cultura

Os interessados em participar do Prêmio Agente Jovem de *CULTURA*: Diálogos e Ações Interculturais podem se inscrever até dia 29 de fevereiro. O prêmio é uma realização do *MINISTÉRIO DA CULTURA* em
parceria com o Ministério da Saúde, por meio da área técnica de Saúde do Adolescente e do Jovem, ligada ao Departamento de Ações Programáticas Estratégicas (Dapes), da Secretaria de Atenção em Saúde (SAS).

A iniciativa vai premiar 500 jovens entre 15 e 29 anos com valor de R$ 9 mil para ações já realizadas e concluídas. As inscrições para a premiação foram abertas no dia 15 de dezembro de 2011.

O prêmio é uma parceria entre o *MINC* – que investirá R$ 2,9 milhões – e os ministérios da Saúde (R$ 1 milhão) e do Desenvolvimento Agrário (R$ 600 mil), além da Secretaria-Geral da Presidência da
República/Secretaria Nacional de Juventude (R$ 500).

Podem concorrer ao prêmio iniciativas existentes e já concluídas nas áreas de comunicação, tecnologia, *PESQUISA*, formação cultural, produção artística, intercâmbio e sustentabilidade. Cada selecionado irá
receber premiação no valor de R$ 9 mil. Os premiados poderão se  inscrever de acordo com a faixa etária: serão 200 bolsas para jovens entre 25 e 29 anos, número igual para aqueles que têm entre 18 e 24 anos
e outras 100 para os jovens de 15 a 17 anos. As inscrições poderão ser feitas pela internet, por meio do SalicWeb, ou pelos Correios. O *MINC* lembra aos interessados que as inscrições online só serão efetivadas
depois que o inscrito clicar no botão “Enviar”.

O edital terá duas fases: habilitação das propostas (análise documental eliminatória) e seleção (eliminatória e classificatória). Os projetos serão avaliados a partir dos seguintes critérios: criatividade, inovação
e boas práticas; impacto social da iniciativa; comprovação da qualidade e efetividade das estratégias de comunicação e de estratégias que promovam o empoderamento para o autocuidado; sustentabilidade
valorização da cidadania e da *DIVERSIDADE CULTURAL* brasileira.

Fevereiro 24, 2012 Posted by | cultura, jornalismo, projeto cultural, projeto social | Deixe um comentário

Cerca de 500 mil pessoas aproveitaram Carnaval em Maricá

Prefeito Washington Quaquá pretende transformar a cidade é um destino alternativo da folia

O Carnaval de Maricá superou todas as expectativas. Aproximadamente 500 mil pessoas, entre moradores e turistas, circularam pela cidade durante os cinco dias de folia. Segundo dados da 82ª DP, foram registradas apenas três ocorrências a mais do que ano passado (82 em 2011 contra 85 em 2012), mesmo com o aumento de quase 100 mil foliões este ano. Nenhum óbito foi registrado.

Cento e vinte policiais militares trabalharam nas ruas durante o Carnaval. Por dia, 25 agentes de trânsito e guardas municipais atuaram no controle as vias públicas da cidade com sete motos e oito carros. Por conta deste efetivo, não houve acidentes graves ou tumultos.

Shows diários em seis palcos (Ponta Negra, Cordeirinho, Itaipuaçu, Inoã, Centro e São José do Imbassaí) animaram o público, com destaque para a programação do palco principal, no Centro, onde se apresentaram grandes atrações, como Preta Gil, Bangalafumenga, Sapucapeta e a bateria da Escola de Samba União da Ilha. Além disso, 76 blocos carnavalescos arrastaram milhares de foliões pelas ruas da cidade.

Até a Quarta-feira de Cinzas, as equipes de salva-vidas da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros resgataram 53 pessoas afogadas nas praias e lagoas do município. A Operação Carnaval vai até o próximo domingo (26/02). Cerca de 100 guarda vidas atuam em 32 postos de atendimentos na orla e sistema lagunar. As equipes têm apoio de dois barcos (em Itaipuaçu e Ponta Negra), cinco viaturas, dois quadriciclos e uma ambulância, que fica na sede do Corpo de Bombeiros (Rodovia Amaral Peixoto, km 29, em Itapeba). Outra iniciativa da Defesa Civil para garantir a segurança dos frequentadores foi a distribuição de 3 mil pulseiras de identificação (com nomes dos responsáveis e telefones de contato) para as crianças nas praias e lagoas.

No Hospital Municipal Conde Modesto Leal, no Centro, e no posto de saúde Santa Rita, em Itaipuaçu, que funcionaram 24 horas por dia, nenhum caso grave foi registrado. Seis ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência ficaram à disposição.

Nas ruas próximas aos palcos, o trânsito foi desviado pela Secretaria de Transportes para vias paralelas. Segundo o secretário Rony Peterson, equipes da prefeitura conseguiram fazer o transito fluir, mesmo com o grande número de veículos que circularam na cidade, graças à abertura de ruas do Centro em direção ao bairro Flamengo. Além disso, placas sinalizando as mudanças viárias foram instaladas em diversos pontos da cidade para facilitar o deslocamento de veículos.

Maricá no roteiro do Carnaval

Segundo o prefeito Washington Quaquá, os moradores de Maricá podem se acostumar com grandes atrações no Carnaval. O objetivo da prefeitura é tornar a cidade um Carnaval alternativo, o que já acontece em cidades como Paraty e as mineiras Ouro Preto e Diamantina, destino procurado por famílias que queiram curtir a tradicional folia nas ruas, com segurança e uma programação que inclua tradicionais blocos de rua e grandes shows.

– A ideia é fazer grandes apresentações musicais para todas as idades em diversos pontos da cidade, além dos tradicionais blocos de rua que a cada ano atraem mais foliões. Maricá virou "gente grande" e está no circuito do Carnaval no nosso estado – destacou o prefeito.

Coleta de lixo

A Secretaria de Ambiente e Urbanismo, responsável pela coleta de lixo no município, afirmou que o recolhimento nas ruas está sob controle, mas disse também que as equipes trabalham mantendo o esquema montado no Carnaval.

“Uma parte desta população flutuante ainda está na cidade e vai ficar pelo menos até domingo. Nesse período, temos de manter a atenção especial que tivemos nos dias de folia”, declarou o secretário Celso Cabral.

Fonte: Rafael Zarôr FSB Comunicações

Fevereiro 24, 2012 Posted by | Carnaval, Carnaval 2012 em Maricá, jornalismo, Maricá | Deixe um comentário

Lurian Cordeiro Lula da Silva, filha do ex-presidente Lula, prestigiou o carnaval de Maricá e concedeu coletiva a imprensa, ao lado do prefeito Washington Quaquá e da primeira-dama Rosangela Zeidan

Após ter participado no domingo, do carnaval no Sambódromo em São Paulo, e na segunda feira na Passarela do Samba no Rio de Janeiro, Lurian Cordeiro Lula da Silva, encerrou o carnaval em Maricá ao lado do Prefeito Washington Quaquá e da primeira dama Rosangela Zeidan

A primeira-dama Rosangela Zeidan, o prefeito de Maricá Washington Quaquá e Lurian Cordeiro Lula da Silva

Lurian Silva: “Quem sabe um dia venho ajudar o prefeito Quaquá em Maricá”

Encantada com o carnaval de Maricá – “foi a primeira vez que passei o carnaval no Rio, e a primeira vez na cidade” – Lurian Silva, filha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, não descarta a possibilidade de no futuro fixar residência para eventualmente trabalhar com o prefeito Washington Quaquá. No momento, segundo ela, a possibilidade é mínima, já que, licenciada do PT desde 2008 para integrar o staff de campanha de um candidato de outro partido da base às eleições em São José dos Campos (SP), agora atua com o candidato do PMDB à prefeitura de São Paulo, Gabriel Chalita. “Depois da eleição vamos pensar sobre isso, mas até lá estou disposta a ajudar naquilo que for possível”, afirmou ela, em uma entrevista coletiva na casa do prefeito, na praia da Barra de Maricá.

Lurian aproveitou os dias de carnaval para descansar e, ao lado dos anfitriões, contou como se prepara para atuar na campanha pela maior prefeitura do país em um partido diferente do seu e do próprio pai. Segundo ela, não houve qualquer dificuldade com o indicado pelo PT, no caso o ex-ministro da Educação Fernando Haddad, “já que com algumas pessoas a relação é mais pessoal que política”. “Conversei com ele no camarote do desfile em São Paulo, é uma pessoa que respeito muito e tive a bênção. Ele sabe que o Chalita foi e é uma pessoa importante, da base aliada do governo, e que teve um papel fundamental na eleição da presidente Dilma”, disse. “Foi quem deu a cara a tapa na campanha nas questões da Igreja e do aborto e o PT tem uma dívida com ele, mas o Haddad também é um ótimo nome. São Paulo ganha muito com esse debate dos dois, já que são candidatos bem preparados”, emendou.

A filha do ex-presidente disse também ter conversado com a própria Dilma a esse respeito. “Expliquei a ela e também recebi a bênção”, completou, antes de avaliar que o sucesso da presidente também é o sucesso de seu pai. “Ela é um orgulho para as mulheres do Brasil como a eleição de um operário à Presidência da República também foi. Está mostrando a cara dela e a continuidade do governo é a continuidade dele também”, comentou Lurian.

Hóspede do prefeito e da primeira-dama Rosângela Zeidan, Lurian Silva não poupou elogios à forma de administrar de Washington Quaquá, especialmente no empenho em gerar soluções que tragam desenvolvimento econômico permanente e sustentável para o município, como o projeto do Polo Naval e a implantação, anunciada por ele na semana passada, de uma Escola Técnica Federal ligada à Universidade Federal Fluminense. “Um líder você não cria, é uma vocação igual a de ser um padre. Se não tiver isso, não adianta e o Quaquá é hoje uma liderança forte também fora do Estado do Rio. Vejo isso não só aqui, a população quer tudo, escola, creche, saneamento, e é preciso estabelecer prioridades porque demanda tempo para serem obtidas. Pelo que percebi circulando pela cidade, as pessoas em Maricá já tem esse entendimento pelo que já foi feito”, avaliou, antes de brincar. “A Zeidan que não é primeira-dama, mas uma dama de primeira, e o prefeito, sabem que podem contar comigo. Eu gosto de me misturar com o povo e adorei ter vindo aqui”.

Se depender dela, não vai demorar. Na próxima vez, prometeu trazer o casal de filhos Beatriz, de 16 anos e João, de 7. “O primeiro mergulho na Lagoa e o menor não vai querer mais sair daqui”, brincou o prefeito, elogiando Lurian. “É uma militante, uma pessoa simples, generosa e que tem compromisso com o povo”, afirmou, seguido pela primeira-dama. “Maricá está de portas abertas para a Lurian”. O casal já convidou o próprio ex-presidente para visitar também a cidade.

Feliz com a experiência de ter desfilado na escola de samba Gaviões da Fiel, que homenageou seu pai, Lurian contou como está o ânimo do ex-presidente, que se recupera do tratamento de um câncer na laringe. “Estive com ele na segunda-feira e o achei um pouco debilitado pelos efeitos da radioterapia, com dor de garganta. Queria ter ido ao desfile, mas está com a imunidade baixa. Mesmo durante o tratamento ele se dedicou muito ao instituto, ficava lá dez horas por dia”, contou ela, que chegou a ser candidata em 1996 a um cargo eletivo em São Bernardo do Campo e fez comícios ao lado do pai. “Meu primeiro discurso com ele nunca esqueci. Mas hoje meu negócio é trabalhar nos bastidores”, completou.

Texto: Marcelo Ambrosio
Foto: Paulo Polônio e Vídeos: Jornalista Rosely Pellegrino

Fevereiro 24, 2012 Posted by | Carnaval 2012 em Maricá, jornalismo, Lazer, Maricá | , , , , | Deixe um comentário