Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Greve dos rodoviários continua até segunda-feira

Quem tentou sair de casa na manhã da última sexta-feira encontrou dificuldades. No segundo dia da greve dos rodoviários, ainda houve muitos transtornos, obrigando a população a se deslocar com veículos particulares ou utilizar o transporte alternativo. Na Baixada Fluminense, os rodoviários, que pararam na quinta-feira à tarde, resolveram suspender a greve até segunda-feira, quando haverá reunião de conciliação no Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região.

 

Em Niterói, a paralisação fez aumentar o fluxo de carros nas principais vias e a faixa exclusiva para ônibus do corredor metropolitano foi liberada pela NitTrans. No Terminal Rodoviário João Goulart, muitos passageiros que tentaram pegar ônibus no fim da manhã foram impedidos depois que um grupo de aproximadamente 200 manifestantes bloqueou a passagem dos coletivos, impedindo que os veículos parassem nas baias de embarque e desembarque. Um manifestante chegou a ser detido pela PM, mas foi liberado em seguida.

Adesão – Segundo o Setrerj, no segundo dia de greve foi observado maior comparecimento de rodoviários e mais ônibus circularam. A frota é composta por 3.767 coletivos que atendem aos municípios de Niterói, São Gonçalo, Maricá, Itaboraí e Tanguá.

Para o Setrerj esse dado demonstra que os rodoviários estão percebendo que a oferta patronal é vantajosa e a greve é um contrassenso.

Audiência – A reunião conciliatória no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) terminou sem acordo. Uma nova assembleia dos rodoviários deverá ser realizada até o dia 2, para que eles decidam o rumo da greve, antes de nova audiência no TRT, marcada para as 13h de segunda-feira.

O sindicato patronal manteve a proposta de reajuste em 10% no salário e de aumento de 25% na cesta básica, caso os rodoviários colocassem fim ao movimento ainda ontem. Do contrário, o ponto de partida para as negociações volta a 5,6%; reajuste calculado com base na inflação de 2011. Além disso, perdem também a oferta de gratuidade no transporte e de ajuda de custo no uniforme.

O presidente do Setrerj, Marcelo Traça Gonçalves, argumentou que a proposta oferecida aos rodoviários está acima dos parâmetros da inflação.

"Fizemos uma sugestão honesta, estamos oferecendo uma proposta acima da inflação, um ganho salarial significativo para a categoria. O que está bem claro é que essa greve tem conotação política, devido às eleições do Sintronac que vão ocorrer no meio do ano. Acontece que eles não estão pensando na população, que é quem está sofrendo com isso tudo", declarou.

O vice-presidente do Sintronac, Rubem dos Santos, disse que a decisão agora cabe aos trabalhadores.

"A decisão fica por conta deles e nós vamos apoiar, mas vamos deixar claro para eles tudo o que foi discutido aqui, inclusive as perdas das conquistas que o sindicato já conseguiu e que estão sendo ameaçadas com o prosseguimento da greve", reconheceu.

Mediação – O desembargador que presidiu a audiência, Carlos Alberto Drumond, se posicionou em relação ao aumento que está sendo oferecido pelas empresas e propôs medidas conciliatórias.

"O valor oferecido pelos empresários está acima do INPC. No entanto, ainda assim os rodoviários continuam irredutíveis. Portanto, propus que as empresas ofereçam aos funcionários participação nos lucros, além de outras vantagens", pontuou.

A sugestão foi acatada pelo Setrerj.

"Nós aceitamos a proposta e vamos formar um grupo para estudar nos próximos 12 meses esta possibilidade", declarou Marcelo.

Impasse – Quanto a outro ponto abordado na audiência, a dupla função, o desembargador foi incisivo ao afirmar que a função do cobrador está em extinção e que não há como reverter esse quadro. Ele comparou o transporte coletivo de outros países para chegar à conclusão.

Mesmo diante de todas as propostas apresentadas, o motorista e representante da comissão da greve dos rodoviários, Samuel Gonzales, se manteve irredutível.

"Eles querem nos explorar, precisamos ser valorizados. Se depender de mim, a greve está mantida", afirmou.

Fonte: O FLUMINENSE

Anúncios

Março 31, 2012 Posted by | jornalismo, transporte | | Deixe um comentário

Justiça Federal inicia credenciamento de corretores de imóveis

Decisão do Judiciário traduz reconhecimento do trabalho dos profissionais da intermediação imobiliária

Em mais uma iniciativa de reconhecimento profissional dos corretores de imóveis, a Justiça Federal no Rio de Janeiro publicou, no último dia 19 de março, edital que inicia a abertura de inscrições para credenciamento de profissionais da intermediação imobiliária na alienação de bens por iniciativa particular, na área de avaliação de imóveis. O documento foi assinado pelo diretor do foro da Justiça Federal – Seção Rio de Janeiro, Marcelo Leonardo Tavares.

O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci-RJ), Casimiro Vale, comenta a importância para a categoria desse processo de credenciamento de corretores na esfera judiciária:

– Isso prova o amadurecimento, o preparo da categoria e o reconhecimento das diferentes esferas, como o Judiciário, do novo perfil do corretor de imóveis. Esta medida traz também uma grande responsabilidade para os profissionais da área.

Para realizar a inscrição, o corretor de imóveis deverá atender os seguintes requisitos:

– comprovação de regular inscrição no Creci-RJ, com apresentação da Cédula e do Cartão Anual de Regularidade Profissional;

– comprovação do exercício da profissão de corretor por não menos de cinco anos, aferidos por meio de certidão de inscrição no Creci-RJ, ou por outro meio idôneo nos demais casos;

– apresentação de certidão negativa ou com este efeito da distribuição civil, criminal e trabalhista na Justiça Federal e Estadual.

Para o vice-presidente do Creci-RJ, Edecio Cordeiro, a exigência do Carp no credenciamento é fruto das campanhas de valorização profissional realizadas pelo Creci-RJ:

– Este trabalho de valorização profissional realizado pela atual gestão em todo o Estado é fundamental para o reconhecimento da categoria. A exigência do Carp no credenciamento vai de encontro ao nosso lema de valorizar o corretor de imóveis e defender a sociedade.

A inscrição será realizada através de preenchimento do formulário “Ficha Cadastral de Corretores”, que deverá ser entregue na direção do Foro ou na direção das Subseções da Seção Judiciária do Rio de Janeiro (SJRJ).

O formulário de inscrição, os endereços das subseções da SJRJ e o edital completo do credenciamento de corretores de imóveis estão disponíveis no site www.jfrj.jus.br.

Março 30, 2012 Posted by | jornalismo, justiça, Mercado Imobiliário | Deixe um comentário

Prefeitura Municipal de Maricá inaugura terminal de Itaipuaçu com integração ao Bilhete Único intermunicipal neste sábado

Texto: Marcelo Ambrosio

Novo terminal representa um salto de qualidade no transporte público em Maricá. (Foto: Paulo Polônio)

O Prefeito de Maricá, Washington Quaquá, vai inaugurar, nesta sábado, dia 31, às 10h, o Terminal Rodoviário José Ferreira da Silva, em Itaipuaçu. Combinado à entrega, no mesmo evento, da Rua Um totalmente asfaltada, o funcionamento do terminal de integração no maior distrito da cidade representará um salto de qualidade de vida para os moradores de toda a região.

Projetado como ponto de alimentação, o espaço foi construído pela empresa Nossa Senhora do Amparo como contrapartida prevista em lei pela exploração das linhas e será administrado pelo município. Vai abrigar todas as frequências municipais e intermunicipais que atendem ao distrito e seus dez bairros, além de receber três novas linhas municipais. Como reflexo, os moradores terão maior mobilidade, com mais conforto e menor custo. Em um modelo inédito em todo o estado, o bilhete de integração vai permitir que as pessoas façam até três viagens pagando apenas uma passagem.

O ganho para a população de Itaipuaçu, segundo o secretário municipal de Transporte, Rony Petersen, será enorme. “Com esse sistema, que só existe em Maricá, quem mora em Itaipuaçu poderá usar o ônibus local para chegar ao terminal, embarcar em outro para Niterói ou Rio e ainda usar uma terceira etapa até outro destino, com uma só passagem”, explica o secretário. O Bilhete Único Intermunicipal prevê dois trajetos, mas em Maricá serão três trechos possíveis com um só pagamento. O intervalo para a utilização do cartão Riocard no ônibus local será de 60 minutos. No Bilhete Único Intermunicipal continua valendo o intervalo de duas horas.

Além dessa vantagem, a Prefeitura está criando novas linhas de ônibus associadas ao terminal, situado estrategicamente no centro do bairro. “Além das que já circulam por lá teremos três novas alimentadoras que vão ajudar as pessoas a se deslocar dentro da cidade”, afirma. A primeira liga o bairro do Recanto à Rua 126, na outra extremidade do distrito, passando pela Estrada de Itaipuaçu. A segunda liga o Recanto também à Rua 126, passando desta vez pela Rua 34. Já a terceira é uma linha circular, saindo também do Terminal para as ruas 34 e 66, passando pela Avenida 2 e retornando ao terminal. Os ônibus vão rodar das 5h30 às 22h05, em intervalos regulares de 30 minutos. “Fizemos um planejamento bastante cuidadoso e detalhado para esse funcionamento, mas poderemos fazer ajustes se observarmos qualquer necessidade”, acrescenta Rony.

Com arquitetura moderna e funcional, o prédio tem instalações confortáveis, adaptadas para portadores de necessidades especiais, inclusive nos banheiros. Oferecerá aos usuários até informações em tempo real sobre os ônibus em monitores de Led instalados no saguão. Com base em sistemas de GPS, será possível saber onde os coletivos se encontram e em quanto tempo chegarão. Além disso, o terminal terá uma loja do Riocard, um posto da própria secretaria Municipal de Transportes e uma Central de Atendimento da Secretaria Municipal de Fazenda. A previsão da secretaria é que aproximadamente 3 mil pessoas passem pelo terminal diariamente.

Rua Um foi completamente remodelada e será corredor de acesso ao Terminal

Para modernizar um dos principais acessos ao local e facilitar o deslocamento da população, outra obra importante será entregue no mesmo dia. A Prefeitura modernizou os 3 km da Rua Um, uma das vias mais importantes do distrito, utilizando tratamento de pavimentação semelhante ao de rodovias estaduais de São Paulo. Como a rua continuará recebendo o tráfego pesado, o asfalto – misturado com borracha – possui uma camada de 20 cm de concreto sob a massa asfáltica. O objetivo do uso desse material é elevar a durabilidade média do piso para algo em torno de 40 anos, deixando a avenida preparada para o crescimento econômico de toda a região. A obra foi inteiramente realizada com recursos da prefeitura. “Essa obra marca o início da construção de novos corredores viários para integrar a cidade. Não se trata de uma simples obra de recapeamento. Asfaltamos a Rua Um com alta tecnologia, além do calçamento, sinalização e paisagismo”, destaca o Secretário de Assuntos Federativos, Fabiano Filho. “Comparar o estado em que
essa avenida se encontrava quando assumimos o governo e como ela está agora nos deixa orgulhosos. Estamos resgatamos o direito de ir e vir com conforto e dignidade e isso valoriza ainda mais a região de Itaipuaçu, completa”.

Foram criadas três novas linhas municipais para facilitar o deslocamento no distrito de Itaipuaçu. (Foto: Paulo Polônio)

Moderno e funcional, espaço foi adaptado para acesso de pessoas com deficiência. (Foto: Paulo Polônio)

Rua Um foi completamente alfaltada e funcionará como o principal corredor viário para acesso ao terminal (Foto: Fernando Silva)

Março 30, 2012 Posted by | jornalismo, Maricá, transporte | Deixe um comentário

Prefeitura de Maricá faz convênio para qualificar 1000 jovens no setor offshore

Texto: Rafael Zarôr e Sérgio Renato | Fotos: Paulo Polônio

Prefeito e representante da Transpetro: acordo prevê qualificação e estágios para jovens de escolas públicas da cidade – Foto: Paulo Polônio

Vagas serão destinadas aos alunos do Ensino Médio de escolas públicas da cidade. Acordo também prevê estágio em plataformas da Transpetro

Com o objetivo de potencializar a mão-de-obra local, a prefeitura de Maricá acertou nesta quinta-feira (29/03) uma parceria com o Instituto de Ciências Náuticas (ICN), Senai e Transpetro para qualificar 1.000 estudantes de escolas municipais e estaduais da cidade. Pelo acordo, os jovens irão fazer o curso básico de Segurança em Plataforma e Saída de Aeronave Submersa no ICN e estagiar em plataformas da Transpetro. Os investimentos da ordem de R$ 1 milhão serão pagos integralmente pelo governo municipal. As aulas iniciam em maio e a previsão é que os jovens estejam formados em setembro. A carga horária total é de 88 horas. Pela legislação, as empresas devem ter cerca de 25% de mão de obra nacional.

Segundo o prefeito Washington Quaquá o Senai vai utilizar as instalações do ICN, no distrito de Itaipuaçu, para formar 200 jovens em cursos na área de elétrica e mecânica voltada para o setor naval.

– Estamos trazendo empresas para garantir oportunidades no mercado offshore. A Transpetro solicitou profissionais de eletricidade e mecânica do setor naval que serão formados pelo Senai – destacou o prefeito Washington Quaquá. As vagas serão destinadas aos alunos do Ensino Médio.

Acompanhados por representantes do ICN, o prefeito e o gerente de Recursos Humanos da Transpetro, Cláudio Negrão, conheceram as instalações do Centro de Treinamento Offshore, que pertence ao instituto, em Itaipuaçu. Em uma área de 50 mil metros quadrados, os alunos simulam situações do dia-a-dia nas plataformas com o máximo de realismo para que estejam preparados e possam atuar em qualquer eventualidade.

São realizados diversos exercícios como combate a incêndio em helicópteros, tanques e praça de máquinas; sobrevivência pessoal em plataformas de saltos e local para deflagrar balsas infláveis; embarcação de sobrevivência e resgate com guindaste, baleeira, bote de resgate e píer para atracação. O espaço também conta com alojamentos para 120 alunos, vestiários, auditório com capacidade para 250 pessoas, salas de aulas, refeitório e estacionamento.

Alunos aprendem a saltar de navios e plataformas – Foto: Paulo Polônio

Prefeito e representantes da Transpetro observam técnico acionar simulador eletrônico – Foto: Paulo Polônio

Alunos fazem exercícios de combate a incêndios – Foto: Paulo Polônio

Março 30, 2012 Posted by | cursos, jornalismo, Maricá, Petroleo e Gás, pré-sal | | Deixe um comentário

Prefeitura de Maricá investe R$ 11 milhões em São José do Imbassaí

Texto: Leandra Costa e Marcelo Moreira

Praça do Samba será construída na Avenida Guarujá, que também receberá obras de drenagem e pavimentação (Imagem de Divulgação)

Foco é na urbanização de vias e mobilidade urbana

A Prefeitura de Maricá inicia, a partir da próxima semana, uma série de obras de urbanização em São José do Imbassaí. Serão mais de R$ 11 milhões aplicados na remodelação das principais vias do bairro – Avenida Guarujá, Estrada Real e Estrada Velha de Maricá.

As duas pistas da Avenida Guarujá serão asfaltadas e receberão redes de drenagem, além de ciclovias e nova iluminação. Na Estrada Real e na Estrada Velha também serão executados serviços de pavimentação, assim como nos acessos a Lagoa das Amendoeiras.

O secretário municipal de Assuntos Federativos, Fabiano Filho, destaca a importância dos investimentos, que irão transformar as condições de mobilidade urbana no bairro. “Queremos garantir um acesso de qualidade a São José do Imbassaí. Essas obras são o início de um grande projeto de construção de corredores viários alternativos para permitir a ligação entre as áreas da cidade e diminuir a dependência dos moradores de circular pelas rodovias”, destacou.

Além da drenagem e pavimentação, a Avenida Guarujá ganhará também uma nova área de lazer: a Praça do Samba Alary Soares, em homenagem ao ex-subsecretário municipal de Saúde. Com 2,8 mil metros quadrados de área construída, o local será totalmente caracterizado em alusão a elementos musicais. O palco terá formato de pandeiro com a cobertura em forma de cartola. No chão, haverá um mosaico em pedra portuguesa, com a reprodução das cifras musicais que compõem o primeiro samba brasileiro, “Pelo Telefone”, do compositor Donga. A praça terá área de lazer com brinquedos para crianças, espaço de ginástica para a terceira idade e acesso para pessoas com deficiência.

Março 30, 2012 Posted by | jornalismo, Maricá, Obras em Maricá, Urbanização | Deixe um comentário

Terminal Rodoviário de Itaipuaçu em Maricá terá 80 ônibus circulando

Texto: Rafael Zaror

Terminal Rodoviário de Itaipuaçu começa a funcionar no domingo, dia 1º de abril – Foto: Paulo Polônio

A partir deste domingo (01/04), quando o novo Terminal Rodoviário de Itaipuaçu no Município de Maricá entrar em funcionamento, os passageiros poderão pegar três ônibus e pagar somente uma passagem com o Bilhete Único Intermunicipal. Cerca de três mil pessoas sairão diariamente em direção à Região Metropolitana do Rio. O terminal vai funcionar 24 horas e os ônibus vão rodar das 5h30 às 22h05, em intervalos regulares de 30 minutos. Cerca de 80 veículos vão circular pela cidade e fazer as integrações com cidades da Região Metropolitana.

Com o cartão de integração, a população poderá pegar qualquer ônibus dentro do distrito em direção ao novo terminal no período de uma hora e trinta minutos. De lá, terá mais duas horas e trinta minutos para utilizar outras duas passagens com o Bilhete Único, tudo isso pelo valor de R$ 4,95. Ao utilizar o BU, os passageiros vão economizar R$ 5,75 em cada viagem à Niterói e R$ 8,75 se o destino for o Rio de Janeiro. Esse modelo de integração é inédito no estado.

Junto à inauguração do terminal de integração, a prefeitura criou três novas linhas municipais, para facilitar e agilizar o deslocamento dentro do distrito de Itaipuaçu, que é considerado o maior loteamento do estado, com dez bairros e 170 ruas. Os ônibus vão fazer os itinerários Rua 126-Recanto (com rotas pela Rua 34 e Estrada de Itaipuaçu), Terminal-Inoã (via Itaocaia) e a linha circular, saindo do Terminal para as ruas 34 e 66, passando pela Avenida 2 e retornando ao terminal. A viação Nossa Senhora do Amparo foi responsável pela construção do terminal (uma exigência legal pela concessão das linhas que a empresa opera na cidade).

Março 30, 2012 Posted by | jornalismo, Maricá, transporte | | Deixe um comentário

Central de Atendimento da Prefeitura de Maricá, no Terminal de Itaipuaçu será aberto em dez dias

Texto: Marcelo Ambrosio

Prefeitura de Maricá vai instalar Central de Atendimento das secretarias de Fazenda e Trabalho no Terminal Rodoviario de Itaipuaçu – Foto: Paulo Polônio

Além de ampliar a oferta e melhorar a qualidade do sistema de transporte do município, o novo terminal rodoviário de integração de Itaipuaçu vai abrigar também uma central de atendimento da secretaria de Fazenda e um posto, também para atendimento ao público, da secretaria de Transportes. O objetivo da ação é o de descentralizar os serviços oferecidos ao contribuinte, facilitando a vida de quem mora em Itaipuaçu e em Inoã.

A Central de Atendimento da secretaria de Fazenda terá equipes formadas nos mesmos moldes das que atuam na sede da prefeitura. Ali será possível fazer a abertura de processos de IPTU (cadastro de imóvel, alterações de nome e endereço de correspondência, prescrição, imunidade e isenção de IPTU), a abertura e a legalização de empresas (com alteração de cadastro e reenquadramento fiscal), consulta de processos, parcelamento e reparcelamento de dívidas, emissão do carnê do IPTU, emissão de alvarás, ISS e emissão de tela de débito. A previsão da secretaria é a de começar a atender ao público dez dias após a entrada em operação do terminal, quando forem concluídas as obras na central.

Já o posto da secretaria de Transportes fará o atendimento a taxistas, mototaxistas e outros contribuintes ou profissionais que necessitem de consultas ou da abertura de processos no setor. Com isso, não será mais necessário que moradores do distrito tenham de se deslocar até o Centro

Março 30, 2012 Posted by | jornalismo, Maricá | Deixe um comentário

Educação Ambiental é tema de oficinas em Maricá

Texto: Sérgio Renato | Fotos: Fernando Silva

Os professores vão atuar em onze escolas

Um grupo de professores da rede municipal de ensino de Maricá começou nesta quinta-feira (29/3) a receber capacitação em Educação Ambiental, para atuarem nesta disciplina em onze escolas do 6º ao 9º ano na cidade. A primeira de uma série de oficinas sobre o assunto ocorreu no CAIC Elomir Silva, em São José de Imbassaí, e teve como palestrante uma das pesquisadoras do Laboratório de Investigações em Educação, Ambiente e Sociedade (LIEAS), da Faculdade de Educação da UFRJ.

A próxima oficina está prevista para a primeira quinzena de junho. O conteúdo inclui tópicos como conflitos sócio-ambientais em biomas da mata atlântica, bacia hidrográfica e educação ambiental. Todas são organizadas pela Subsecretaria da Cidade Educadora.

De acordo com a coordenadora de prática ambientais, Mariana Caruso, o próximo passo será iniciar eventos semelhantes nas escolas da rede municipal que estão inseridas nas Unidades de Conservação das Serras de Maricá, criadas pelo prefeito Washington Quaquá no ano passado. A primeira deverá ser a E.M. Pedro Augusto Costa, no Espraiado. “É um local onde já existe uma estrutura focada no setor ambiental. Creio que será interessante para iniciarmos esta fase”, disse Mariana.

Março 30, 2012 Posted by | jornalismo, Maricá, meio ambiente, Oficinas | Deixe um comentário

Maricá recebe etapa dos Jogos Abertos do Interior

Texto: Renata Cruz

O município de Maricá sedia neste domingo (01/04), a partir das 13h, mais uma etapa classificatória dos Jogos Abertos do Interior (JAI), campeonato organizado pela Superintendência de Desportos do Estado do Rio de Janeiro (Suderj) com o apoio da Prefeitura. As partidas acontecem no campo do Amparo, em Itapeba.

O objetivo do evento é promover a integração entre municípios fluminenses por meio de competições esportivas amadoras que revelem talentos em diversas modalidades, entre elas futebol, basquete e handebol. Cinquenta e um municípios estão inscritos.

Representando a cidade na competição, a equipe de futebol masculina do Amparo Esporte Clube vai jogar com o time de Rio Bonito às 15h30. E apesar de o campeonato ser direcionado a equipes amadoras, o presidente do Amparo Esporte Clube diz que a garra dos jogadores é de time profissional:

– Todos querem muito participar, porque há sempre olheiros nesses locais. Essa é uma oportunidade de mostrar o futuro do esporte, de ver um trabalho ganhar repercussão – disse o presidente, Gilmar dos Santos.

Para o secretário municipal de Esportes, Aldair Machado, a possibilidade de integrar os municípios do Rio através da prática esportiva é animadora e ajuda a levar o nome de Maricá para outros lugares.

– A secretária estadual de Esporte e Lazer, Márcia Lins, nos disse que Maricá é sempre um dos municípios mais bem representados nesse evento. É um orgulho para nós. Vamos continuar apoiando no que for preciso – afirmou.

Quem quiser torcer pela cidade pode chegar ao local do evento a partir das 13h. A primeira partida de futebol é entre as equipes de Armação dos Búzios e Araruama e começa às 13h30. Às 15h30 é a vez da disputa Maricá/Rio Bonito. O campo do Amparo fica na Rua B, número 28, em Itapeba.

Março 30, 2012 Posted by | esportes, jornalismo, Maricá | Deixe um comentário

Incidência da dengue despenca em Maricá: queda no número de casos foi de 98%

Texto: Marcelo Ambrosio

O verão acabou e com ele os riscos de epidemia de dengue começam também a serem reduzidos. Ainda que a situação seja sempre motivo de atenção constante por parte das autoridades, em Maricá o trabalho da Prefeitura e a colaboração da população trouxeram bons resultados no período mais crítico de infestação da doença.

Segundo dados oficiais enviados ao Ministério da Saúde, foram notificados 230 casos entre janeiro e março de 2012. Destes, apenas dez casos foram efetivamente confirmados como sendo dengue clássico, sem nenhum óbito. Outros 208 se encontram ainda em avaliação. Para se ter uma ideia da proporção dessa queda, no mesmo período do ano passado o número de notificações foi 736, ou seja, mais que o triplo do anotado agora. Entre janeiro e março de 2011, o município confirmou 652 casos da doença.

A redução de aproximadamente 98% (de 652 para 10) nos casos confirmados mostra o acerto das estratégias de prevenção adotadas pela Prefeitura na área de vigilância epidemiológica. A principal e mais bem sucedida foi a aposta na conscientização da população, com a campanha Dez Minutos Contra a Dengue sendo implementada por 180 agentes de saúde em todos os distritos sempre com grande cooperação. O efeito multiplicador das orientações fez com que se reduzissem drasticamente os locais possíveis de criadouro das larvas do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue.

Para o secretário municipal de Saúde, Carlos Alberto Malta Carpi, a redução expressiva foi obtida pelo engajamento da população. “Fizemos um trabalho forte de divulgação das medidas contra a dengue nos fins de semana. O objetivo era o de fazer com que nossas equipes pudessem conversar sempre com o trabalhador em casa”, conta o secretário.

Os mutirões começaram antes do período da epidemia e eram formados por equipes multidisciplinares, que incluíram agentes comunitários e trabalho de coleta de lixo, entre outras atividades importantes de prevenção. De acordo com a coordenadora de Vigilância Epidemiológica do município, Fernanda Spitz, foram realizadas ações em residências, escolas, associações de moradores e igrejas. "A população se conscientizou que esta luta é de todos", destaca a coordenadora.

Março 30, 2012 Posted by | Maricá, saúde | Deixe um comentário