Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Petrobras vai investir R$ 320 milhões em 5 mil bolsas de graduação e doutorado

 

Arquivado em ANP, Bolsas de Estudo, Governo Federal, Petrobrás

Petrobras recebeu autorização da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) para investir R$ 320,9 milhões na concessão de 5 mil bolsas de estudo, sendo 2.754 de graduação e 2.246 de doutorado, no âmbito do programa Ciência sem Fronteiras, do governo federal. Das bolsas de doutorado, 1.901 são para a modalidade sanduíche, em que o aluno estuda no exterior por 12 meses e retorna ao país para completar o curso, e 345 para modalidade plena, com duração de até 48 meses.

Os recursos são referentes a 1% da receita bruta que a empresa obtém nos campos de grande produção ou de alta rentabilidade, segundo estipulado na Cláusula de Investimentos em Pesquisa e Desenvolvimento, prevista nos contratos de concessão. De 1998 a 2011 a cláusula garantiu geração equivalente a R$ 6,2 bilhões, sendo R$ 3,1 bilhões aplicados em instituições de pesquisa de 21 estados brasileiros, e R$ 569 milhões na formação de mão de obra, por meio do Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural.

Fonte: Agência Brasil

Anúncios

Março 7, 2012 Posted by | Educação, Maricá, Petroleo e Gás | | Deixe um comentário

Prominp oferece cerca de 11 mil vagas em cursos gratuitos para o setor de Petróleo e Gás

Começam nesta quarta-feira, dia 7 de março, as inscrições para o processo de seleção pública que o Prominp (Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural) vai realizar com o objetivo de atender a demanda futura por mão de obra da indústria nacional de petróleo e gás.
         
         Serão oferecidas 11.671 vagas em 14 estados, para cursos gratuitos em categorias profissionais de níveis básico, médio, técnico e superior. Os estados incluídos no 6º ciclo de seleção pública do Prominp, com o respectivo número de vagas, são: Amazonas (562), Bahia (920), Ceará (212), Espírito Santo (387), Maranhão (130), Minas Gerais (180), Mato Grosso do Sul (708), Pernambuco (384), Rio de Janeiro (4.602), Rio Grande do Norte (485), Rio Grande do Sul (1.192), Santa Catarina (524), Sergipe (364) e São Paulo (1.021).
           
         O edital, que será publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, estende até 12 de abril o prazo para inscrição dos candidatos. Para os cursos de nível básico, a inscrição custará R$ 25,00. Nos níveis médio e técnico, R$ 42,00. Para as categorias de nível superior, o valor será de R$ 63,00. 
         
         Para concorrer a uma das vagas oferecidas, o candidato deve ter idade igual ou superior a 18 anos, além de preencher os pré-requisitos do curso desejado. As inscrições podem ser feitas no site do Prominp (http://www.prominp.com.br), ou nos postos de inscrição credenciados, listados no edital. O processo será executado pela Fundação Cesgranrio.

         Existe a possibilidade de isenção da taxa de inscrição para candidatos portadores do Número de Identificação Social – NIS que declararem não possuir recursos financeiros para pagamento do valor. Para fazer jus à isenção da taxa de inscrição, os candidatos devem atender às condições listadas no edital e encaminhar a solicitação, até 18 de março, pelo site do Prominp.

         As 11.671 vagas estão assim distribuídas: 7.335 para cursos gratuitos de nível básico; 3.706 para os de nível médio e técnico; e 630 para as categorias de nível superior. Em categorias específicas dos níveis médio e superior, há oferta de vagas para pessoas com deficiência (63).

         Os candidatos aprovados que estiverem desempregados durante o curso receberão uma bolsa-auxílio mensal no valor de R$ 300,00 (cursos de nível básico), R$ 600,00 (níveis médio e técnico) e R$ 900,00 (nível superior).

         A participação nos cursos não garante emprego aos alunos. Esta ação faz parte do Plano Nacional de Qualificação Profissional (PNQP) do Prominp que tem como objetivo melhorar a qualificação dos profissionais que serão aproveitados pelas empresas fornecedoras de bens e serviços do setor de petróleo e gás natural. Até o momento foram realizados cinco ciclos de qualificação com mais de 80 mil pessoas qualificadas.

         Todas as informações sobre os cursos oferecidos nesta etapa de seleção podem ser obtidas no edital, que estará disponível para consulta e download nos sites do Prominp (http://www.prominp.com.br) e da Cesgranrio (http://www.cesgranrio.org.br).

Clique aqui para ver a apresentação realizada pela presidente da Petrobras sobre o novo ciclo do Prominp  

Veja as vagas por estado, cidade, nível e categoria profissional

Veja as vagas para pessoas com deficiência

Cronograma estabelecido no edital:

6/3 – Publicação do Edital
7/3 a 12/4 – Inscrições
7/3 a 18/3 – Inscrição de isentos
13/5 – Provas
14 e 15/5 – Prazo para recurso
6/6 – Divulgação dos resultados

Resultados do PNQP (Programa Nacional de Qualificação Profissional) do Prominp (fev 2012)
 
Alunos qualificados: 80.463 pessoas
Investimento realizado: R$ 218,5 milhões
Distribuição geográfica: 17 estados (34 cidades)
Entidades de ensino: 77
Distribuição por nível de escolaridade: Básico (57.579); Médio/Técnico (16.931);   Superior (5.953)
Empregabilidade formal: Antes do curso (32,8%) – Após o curso (67,1%)
 
 
Previsão até 2015:
 
Necessidade de qualificação adicional: 212.600 pessoas
Investimentos adicionais: R$ 564 milhões

 

 

Gerência de Imprensa/Comunicação Institucional

Março 7, 2012 Posted by | cursos, jornalismo, Petroleo e Gás | | Deixe um comentário

Prefeitura de Maricá lança projeto Saúde na Escola

Crianças de 6 a 11 anos dos colégios municipais de Maricáserão avaliadas por médicos e dentistas; objetivo é prevenir doenças e melhorar aprendizado

Um projeto pioneiro em Maricá vai beneficiar os alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. Em parceria com a secretaria municipal de Educação, uma equipe da secretaria de Saúde – formada por dois pediatras, um dentista, um fonoaudiólogo e profissionais técnicos – vai atender, dentro das escolas da rede municipal de ensino, crianças com idades entre 06 e 11 anos, com o intuito de prevenir ou diagnosticar doenças que dificultem o aprendizado.

Iniciado nesta terça-feira (06/03), na Escola Carlos Magno, no Centro, a iniciativa vai contemplar 7.400 estudantes só este ano. Na E.M. Carlos Magno, 600 crianças serão avaliadas.

Segundo o secretário municipal de Educação, Marcos Ribeiro Martins, também serão realizados nas escolas testes de qualidade da visão e audição. “Muitas vezes as crianças têm problemas de visão ou audição, por exemplo, e não sabem. Isso prejudica o aprendizado. Com este projeto, teremos o diagnóstico preciso dos alunos e poderemos ajudá-los a melhorar o desempenho escolar”, explica. “Decidimos fazer essas avaliações nos alunos do 1º a 5º ano porque geralmente as dificuldades para aprender a ler ou escrever começam nesta fase”, avalia. Caso seja necessário, as crianças serão encaminhadas para analises especializadas.

Os estudantes também vão receber tratamento odontológico e um kit de higiene dental (um estojo com escova, pasta de dente e fio dental). Técnicos de saúde vão ensinar aos participantes como limpar corretamente os dentes e reforçar a importância de escová-los após as refeições, por exemplo.

O secretário de Saúde, Carlos Alberto Malta Carpi, ressaltou que o "Saúde na Escola" também vai auxiliar no combate à evasão escolar. “Os alunos com dor de dente ou de ouvido não vêm à escola. Muitas das vezes os pais não identificam o problema”, destacou.

A estudante Raylla Kariny de Paula da Silva, de 6 anos, que está no 1º ano do Ensino Fundamental na Escola Carlos Magno, estava ansiosa para fazer a primeira avaliação dentária. “Não escovava os dentes após o almoço, mas agora aprendi que é muito importante estar com os dentes limpos. Vou usar fio dental e sempre escovar os dentes depois de comer”, contou, sorridente.

Fonte: Rafael Zarôr

FSB COMUNICAÇÕES

Prefeitura de Maricá

Março 7, 2012 Posted by | Educação, jornalismo, Maricá, saúde | Deixe um comentário