Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Bairro de São José de Imbassaí, em Maricá, comemora 337 anos

Texto: Fernando Uchôa | Fotos: Clarildo Menezes

Missa festiva homenageou o padroeiro São José (Foto: Clarildo Menezes)

Durante nove dias deste mês (10 a 19/03), o bairro de São José de Imbassaí, localizado no Município de Maricá, no Rio de Janeiro, comemorou 337 anos de fundação e um ano como paróquia independente. Uma extensa programação religiosa e social foi realizada para homenagear o padroeiro que dá nome ao bairro e à igreja mais antiga do município.

Em todos os dias da festa, a partir das 19h, aconteceram novenas e missas. Na sexta-feira (16/03), foi realizado um festival de caldos, com um show ao vivo de música católica. No sábado, 17, foi a vez de um jantar com música ao vivo, apresentada pelo cantor Nélio Silva; e, no domingo (18/3), as comemorações começaram pela manhã, com missa às 10h30min, e, às 12h, almoço com leilão; às 18h30, novena, procissão e missa em louvor a São José, celebrada pelo pároco Pedro de Oliveira Moraes.

Na segunda-feira,19, dia de aniversário do padroeiro, foi realizada alvorada festiva às 6h; às 7h, café compartilhado no salão social da igreja, e, às 10h, missa festiva. Às 20h, foram encerrados os festejos religiosos, com missa solene e aniversário da paróquia.

Histórico

A igreja de São José do Imbassaí é a mais antiga de Maricá, sendo inclusive marco inaugural do município. Inicialmente capela de uma fazenda de monges beneditinos, arrendada à sesmaria de Antônio Mariz (ou Marins), foi promovida a igreja em 1765. Conta-se que o Padre Anchieta por ali passou em 1584, quando realizou a famosa “pesca milagrosa”.

Foto: Clarildo Menezes

Foto: Clarildo Menezes

Foto: Clarildo Menezes

Março 20, 2012 Posted by | jornalismo, Maricá, religioso | | Deixe um comentário

Ambiente comemora readaptação de ave da espécie urutau devolvida à Mata Atlântica em Maricá

Texto: Marcelo Ambrosio | Fotos: divulgação – Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo de Maricá

  Na imagem, a ave urutau e o filhote

Os técnicos da área ambiental da Prefeitura de Maricá, estão comemorando uma ação bem sucedida de resgate e reintrodução de uma espécie animal em seu habitat. Uma ave da espécie urutau (também conhecida como Mãe-da-Lua), foi salva por um morador de Inoã, que a entregou aos cuidados da secretaria do Ambiente e Urbanismo. Com nome científico de Nyctibius griseus , o urutau é uma ave de hábitos noturnos, que se alimenta de insetos e pequenos animais. Sua característica mais conhecida é a da plumagem capaz de mimetiza-la em troncos secos de árvore e galhos, protegendo-a dos predadores. Mede, em média, 37 cm de altura e, também como parte da defesa, costuma ficar imóvel, não se assustando facilmente.

Depois de uma avaliação do estado geral de saúde e de um período em recuperação de um mês, o urutau foi dirigido para soltura em área de mata nativa, selecionada pela secretaria. “Escolhemos a dedo o local e tivemos uma surpresa”, conta a subsecretária de Ambiente, Deborah Dias. “Depois de alguns meses o proprietário da área nos trouxe a notícia da total readaptação do animal, inclusive com a reprodução. Ele teve um filhote!”, comemora. A subsecretária recebeu a imagem da mãe com sua cria no ambiente natural.

O caso tem várias implicações importantes, especialmente quando se trata da fauna de um dos biomas mais ameaçados do país e da conscientização da população em termos da importância da preservação. “É uma notícia ótima porque fizemos um resgate de uma ave de ocorrência da Mata Atlântica, com o auxílio da população e obtivemos muito sucesso”, completa Deborah.

  O urutau quando foi trazido à secretaria

Animal não se assusta facilmente

Março 20, 2012 Posted by | jornalismo, Maricá, meio ambiente | | Deixe um comentário

Exposição no Forte de Copacabana traz imagens inéditas das Ilhas Cagarras

Foto: AGENCIA PETROBRAS / Projeto Ilhas do Rio

O projeto Ilhas do Rio, da ONG Instituto MarAdentro, com patrocínio da Petrobras por meio do Programa Petrobras Ambiental, promoverá sua primeira exposição sobre o Monumento Natural das Ilhas Cagarras (MoNa Cagarras), no Forte de Copacabana. Entre os dias 21 e 25, o público poderá ver fotos e vídeos sobre o resultado das pesquisas do projeto, que tem como objetivo a elaboração de um plano de manejo para o arquipélago.

A exposição vai contar com cartazes explicativos e cerca de 100 fotos tiradas durante as saídas de campo dos biólogos. São imagens raras que trazem flagrantes e curiosidades da fauna e flora da região, até hoje praticamente desconhecida pela população. Além de fotos, também estarão expostas amostras de algumas espécies coletadas que hoje fazem parte do acervo zoológico do Museu Nacional. Serão promovidas, ainda, palestras gratuitas sobre as atividades do projeto e curiosidades sobre o MoNa Cagarras, a primeira unidade de conservação marinha do litoral carioca.

No sábado (24/03), a primeira palestra vai apresentar as linhas gerais do projeto Ilhas do Rio. Em seguida, haverá apresentação sobre as aves encontradas no arquipélago, considerado o segundo maior ninhal da América do Sul. No domingo, a temática será sobre golfinhos, seguida de uma palestra sobre as atividades que o projeto Ilhas do Rio promove no Centro de Visitantes da colônia de pescadores Z13, em Copacabana. O evento também terá um espaço com recreação reservado para crianças.

O projeto Ilhas do Rio foi criado pela ONG Instituto MarAdentro, com patrocínio da Petrobras, e tem como objetivo elaborar um plano de manejo para a região, tombada como Monumento Natural e única unidade de conservação marinha do litoral carioca. Pesquisadores do projeto estão fazendo visitas periódicas às três ilhas principais que compõe o arquipélago – Comprida, Redonda e Cagarra – para coletar espécies da fauna e flora, tanto marinha quanto terrestre. O projeto, iniciado em junho de 2011, tem duração de 24 meses.

Serviço

Exposição Projeto Ilhas do Rio
Data: 21 a 25 de março
Local: Forte de Copacabana
Horário: 10h às 18h
Preço: R$ 4 – ingresso de entrada no forte
Praça Cel. Eugênio Franco – Copacabana. Tel: (21) 2521-1032

Março 20, 2012 Posted by | Exposições, jornalismo | Deixe um comentário

Banho de asfalto nas principais ruas do Centro de Maricá

Texto: Sérgio Renato | Fotos: Fernando Silva

Operários trabalham na drenagem da Rua Clímaco Pereira

O Centro de Maricá começa a receber um banho de asfalto que irá transformar a realidade de importantes vias da região – calçadas até hoje com paralelepípedos. O pacote de obras, que também inclui serviços de drenagem para evitar o acúmulo de água em locais que historicamente alagam quando chove, começou pela Rua Clímaco Pereira, próximo ao Hospital Conde Modesto Leal.

A empresa responsável pelas obras iniciou hoje (20/03) a drenagem na via, no trecho entre as ruas Domício da Gama e Padre Arlindo Vieira. Para não comprometer o andamento das intervenções, o trânsito será interditado diariamente, até às 17 horas, por aproximadamente duas semanas. Até lá, quem segue em direção ao centro ou aos bairros da Amizade, Caju e Jacaroá deve acessar a Rua Padre Arlindo Vieira.

De acordo com o engenheiro Vilar de Carvalho, o trabalho vai evitar o acúmulo de água em frente a um dos acessos ao Hospital. “Esse local fica na parte baixa da rua e, historicamente, é um dos que mais acumula água quando há enchentes. Depois de concluída, a obra vai permitir o escoamento necessário para não encher mais”, explicou o engenheiro, informando que, ao final da drenagem, terá início a pavimentação da via, que vai da esquina com a Domício da Gama até o entroncamento com a Prefeito Joaquim Mendes.

Também serão asfaltadas a Avenida Nossa Senhora do Amparo e as ruas Álvares de Castro e Barão de Inoã. Segundo Vilar, as equipes seguem para essas ruas logo após a conclusão das obras na Rua Clímaco Ferreira.

Banho de asfalto irá modernizar as principais ruas do Centro

Obras vão resolver problema de alagamento próximo ao Hospital Conde Modesto

Março 20, 2012 Posted by | jornalismo, Obras em Maricá, Urbanização | Deixe um comentário

Emoção na noite de casamento comunitário em Maricá

Texto: Fernando Uchôa | Fotos: Paulo Polônio

Para os 25 casais, que participaram da solenidade do casamento comunitário, em Maricá, foi uma noite especial

Vinte e cinco casais realizaram um sonho dourado na última sexta-feira (16/03), no ginásio do Colégio Cenecista (Centro), em Maricá. A confirmação dos votos de fidelidade no casamento comunitário foi marcada pela emoção. O evento teve início às 19h, com a chegada dos noivos e convidados, em um ginásio decorado com cortinas leves e uma infinidade de rosas em buquê e guirlandas. Um tapete vermelho foi estendido até o altar. Conforme iam sendo chamados, os casais entraram um a um, antecedidos por seus pajens mirins e pequenas damas de honra, anunciados pelo cerimonialista Leonardo Dantas.

Uma cerimônia religiosa ecumênica, ministrada pelo pastor Arnaldo Jr. e pelo ministro católico da Eucaristia, Walmir Martins, obteve dos 25 casais, e a um só tempo, o sim tão esperado. Houve a troca das alianças e buquês foram atirados ao ar. João Pinto da Silva, 70 anos, e Erotildes Lucas de Oliveira, 72 anos, naturais da Paraíba (PB), estavam entre os mais felizes. Com 52 anos de vida em comum e há mais de 30 anos vivendo em Maricá, o casal recebeu o apoio também da Casa da 1ª a 3ª Idade, que entrou com a produção de maquiagem, cabeleireiro e roupa para Erotildes, em um verdadeiro “Dia da Noiva”. O casal tem 10 filhos, 21 netos e quatro bisnetos.

Por toda parte, compromisso e alegria. Waldir de Souza Jr. e Juquiara Ribeiro dos Santos estavam juntos há um ano mas fizeram questão de formalizar seus votos. O autônomo Francisco Martins, 47, e a funcionária municipal Maria do Amparo Barbosa, 48, também estavam radiantes. O casal tem três filhos e está junto há 24 anos. O inspetor da Guarda Municipal Azevedo, 38, casou com Itaele Jane Quinthan, 30 anos, que exibiu um belo
vestido de noiva. O casal está junto há 16 anos. O noivo, emocionado, agradeceu a Deus, pelo evento: “Tenho certeza que seremos todos felizes, na paz do Senhor. Quero agradecer pela oportunidade desta cerimônia mágica e única”, afirmou.

O casamento comunitário foi promovido pela Prefeitura de Maricá, através da Secretaria de Assistência Social e Participação Popular, que ofereceu também um bufê onde não faltaram doces, salgados, refrigerantes, champanhe e o bolo tradicional. Uma valsa inaugurou o espaço para a dança dos noivos, que tiraram fotos com autoridades presentes – o prefeito de Maricá, Washington Quaquá, a primeira dama Rosângela Zeidan, o secretário de Assistência Social Jorge Castor e a subsecretária de Ação Social, Nancy Soeiro, entre outros. Um CD com as fotos também será entregue aos 25 casais pela Secretaria de Assistência Social do município.

O festa marcou o auge de um processo de duas etapas, iniciado com a entrega dos documentos exigidos por cartório, efetivando juridicamente o estado civil dos nubentes. Todo o processo foi gratuito para os noivos, inclusive a cerimônia social. “Estamos dando um passo à frente em termos de serviço social. Muitos dos casais não têm condição econômica de arcar com todo o processo de casamento. A Secretaria assumiu todas as despesas, menos a roupa dos noivos”, avaliou o secretário Jorge Castor, agreadecendo também o apoio do Poder Judiciário – “Promotores e juízes atenderam à nossa solicitação para execução do projeto”, disse – bem como ao diretor do Colégio Cenecista, professor Mauricy Rodrigues, por ter cedido o espaço. A secretaria planeja repetir a ação no ano que vem.

Segundo o prefeito, que comemora este ano 15 anos de união com a primeira dama Rosângela Zeidan, a proposta do casamento comunitário não é somente de inclusão, mas de uma ação universal. “Queremos propiciar a estes casais, independentemente de sua condição econômica, a oportunidade de formalizarem suas uniões em uma festa em que não falte também beleza e alegria. Somos pela união da família, por uma sociedade mais justa e igualitária”, declarou.

O prefeito, a primeira-dama e vários secretários prestigiaram a cerimônia

Para os noivos, um momento inesquecível

Março 20, 2012 Posted by | Ação Social, jornalismo, projeto social | | Deixe um comentário

Termina amanhã o prazo para pedido de isenção para cursos do Prominp

Municípios do entorno do Comperj e Rio de Janeiro contam com 3.514 vagas no Prominp

Encerra-se nesta quarta-feira (21/03) o prazo para pedido de isenção da taxa de inscrição para o processo de seleção pública do 6º ciclo de cursos do Prominp (Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural) para área de petróleo e gás. Os municípios do entorno do Comperj e o Rio de Janeiro contam com 3.514 vagas, de um total de 11.671 vagas em todo o País, para cursos gratuitos, nos níveis básico, médio e superior.

  As 3.514 vagas estão assim distribuídas: 2.928 para cursos gratuitos de nível básico; 520 para os de nível médio; e 66 para as categorias de nível superior.

  A participação nos cursos não garante emprego aos alunos. Esta ação faz parte do Plano Nacional de Qualificação Profissional (PNQP) do Prominp que tem como objetivo melhorar a qualificação dos profissionais que serão aproveitados pelas empresas fornecedoras de bens e serviços do setor de petróleo e gás natural.

  Os candidatos aprovados que estiverem desempregados durante as aulas receberão uma bolsa-auxílio mensal no valor de R$ 300,00 (cursos de nível básico), R$ 600,00 (nível médio) e R$ 900,00 (nível superior).

  As inscrições podem ser feitas no site do Prominp (www.prominp.com.br) ou no site da Fundação Cesgranrio (www.cesgranrio.org.br) até o dia 12 de abril. Para se inscrever, o candidato deve pagar a taxa de inscrição de R$ 25,00 para os cursos de nível básico; R$ 42,00 para os de nível médio; e R$ 63,00 para os de nível superior. As pessoas inscritas no Cadastro Único de Programas Sociais que possuem o Número de Inscrição Social (NIS) poderão solicitar isenção da taxa até amanhã, dia 21 de março.

  Mais detalhes podem ser obtidos nos sites do Prominp, da Cesgranrio ou nos locais de inscrição. Os interessados poderão tirar suas dúvidas também por meio do telefone 0800 701-2028.

Informações adicionais:

– Cronograma estabelecido no edital:
  Pedido de isenção de inscrições: até 21/3
  Inscrições: até 12/4
  Provas: 13/5
  Prazo para recurso: 14 e 15/5
  Divulgação dos resultados: 6/6

– Locais de Inscrição:
Niterói:
Endereço: Rua Aurelino Leal, 25 – Loja e Sobreloja 201 – Centro
Posto de Atendimento: Microlins

São Gonçalo:
Endereço: Rua João de Souza, 30 – Sala 206 Centro (R. do colégio Santa Teresinha)
Posto de atendimento: Alpha e Omega Cyber Café & Design

Itaboraí:
Endereço: Avenida 22 de maio, 5277 – sala 103 – Centro
Posto de Atendimento: Mircolins

Rio de Janeiro: Avenida Rio Branco, 173 – Centro
Posto de Atendimento: Microlins

 

 

 

Gerência de                 Imprensa/Comunicação Institucional

Março 20, 2012 Posted by | cursos, jornalismo, Petroleo e Gás | | Deixe um comentário

Traineira encalha em Guaratiba e expõe presença irregular de pesqueiros no litoral de Maricá

Traineira irregular encalhada em Guaratiba - Maricá RJ

Técnicos da Secretaria do Ambiente, da Defesa Civil e integrantes do Batalhão Florestal encontraram uma traineira encalhada n amanhã desta terça-feira(20/03) na praia de Guaratiba, em Maricá. Segundo a secretaria, a embarcação Apache, de Macaé, havia descarregado no mercado São Pedro, em Niterói, e retornava vazia ao porto de origem quando, segundo os tripulantes, uma pane no motor acabou fazendo com que fosse lançada pelas ondas sobre a praia. Na avaliação dos técnicos, no entanto, o incidente foi provocadopelo fato de o barco, de pouco mais de 20 metros, ter ficado fundeado durante a noite muito perto da praia. É proibido navegar a menos de 20 metros da arrebentação, mas muitos desrespeitam a norma.

1 Técnicos da Secretaria do Ambiente, da Defesa Civil e integrantes do Batalhão Florestal encontraram uma traineira encalhada terça-feira 20 de março de 2012 na praia de Guaratiba,Maricá RJ2 Técnicos da Secretaria do Ambiente, da Defesa Civil e integrantes do Batalhão Florestal encontraram uma traineira encalhada terça-feira 20 de março de 2012 na praia de Guaratiba,Maricá RJ3 Técnicos da Secretaria do Ambiente, da Defesa Civi le integrantes do Batalhão Florestal encontraram uma traineira encalhada terça-feira 20 de março de 2012 na praia de Guaratiba,Maricá RJ

A secretaria do Ambiente vem acompanhando com grande preocupação a presença de traineiras de outros municípios pescando no litoral de Maricá. A repressão do Inea contra práticas predatórias na Baía de Guanabara e proximidades fez com que vários desses barcos se deslocassem para atuar na região. Durante o período do defeso, encerrado no dia 15 de fevereiro, Guaratiba e outras praias acabaram poluídas com restos da pesca lançados pelas tripulações após a lavagem de barcos e depósitos. Avaliações de técnicos indicam que a atividade está causando impacto direto, por exemplo, na população de sardinhas.

Um sobrevôo foi realizado com o intuito de localizar e identificar outras traineiras além da que encalhou. As imagens obtidas foram enviadas à Capitania dos Portos, ao Inea – Comissão integrada de combate a crimes ambientais (Cicca) – e ao Batalhão Florestal, com o pedido urgente de fiscalização e punição para os transgressores. Ao mesmo tempo a secretaria de Ambiente avalia os eventuais danos provocados pelo encalhe. A traineira Apache foi mais tarde puxada por outra embarcação, maior, e voltou a navegar.

Fotos: Secretaria Municipal de Ambiente

Março 20, 2012 Posted by | Defesa Civil, jornalismo, Maricá, meio ambiente, Pesca | | Deixe um comentário

Prefeitura de Maricá promove encerramento de cursos

Texto: Leandra Costa e Marcelo Moreira

Entrega de certificados para formandos de diversos cursos. Foto: Clarildo Menezes.

Com foco na qualificação de jovens e adultos, a Prefeitura de Maricá realizou na noite da última sexta-feira (16.03) o
encerramento e a entrega dos certificados de conclusão para 169 estudantes de cursos executados pelas subsecretarias da Cidade Educadora e de Desenvolvimentoda Educação Básica.

Realizado no Centro Educacional Municipal Joana Benedicta Rangel, no Centro, o evento contou com a
presença de formandos dos cursos de preparação dos instrutores do projeto MPB nas Escolas; do curso de Arrais Amador e, em parceira com o SENAI, de cursos profissionalizantes de Instalação Elétrica Residencial, Instalação Hidráulica
Residencial, Técnicas de Impermeabilização e Técnicas de Execução e Revestimento com Placas Cerâmicas (ladrilheiros).

Os 30 instrutores (oficineiros e professores da rede) do Projeto MPB nas Escolas, uma parceira entre as secretarias de Educação, Cultura e o Instituto Cultural Cravo Albin, estavam entre os formandos da noite e comemoraram a conclusão desta importante etapa para a implementação do projeto, que irá ensinar MPB nas escolas municipais de
Maricá. Uma das instrutoras formadas, Tatiana Silva Barroso é psicóloga contratada pela rede municipal de ensino e já fazia planos durante a cerimônia para aplicar o programa de forma lúdica e despertar o interesse dos alunos.
“Minha proposta será falar a linguagem do aluno”, antecipa, acrescentando que fará “releituras de músicas antigas por cantores contemporâneos”.

Entre os formandos dos cursos profissionalizantes do SENAI estava o jovem Guilherme Fernando da Silva,
de 15 anos. Paulista, ele mora há dois anos em Maricá e está em busca de qualificação profissional. “Essa oportunidade foi excelente. Além de reparos feitos em casa, já estou fazendo serviços extras que contribuem para aumentar
minha renda familiar. Meu objetivo é continuar fazendo outros cursos para aumentar minhas chances no mercado de trabalho”, frisou Guilherme, que cursa o 1º ano do Ensino Médio na Escola Estadual Caio Francisco de Figueiredo.

Com o objetivo de prestar capacitação teórica sobre navegação para que os alunos possam obter a carteira específica para pilotar pequenas embarcações, a secretaria de Educação, em parceria com a Capitania dos Portos de Niterói, realizou durantetrês meses o curso de Arrais Amador. Na cerimônia, os 30 participantes comemoraram a conclusão das aulas. Entre eles, Júlio César Cardoso Silva, de 40 anos, aluno da segundo turma, que fez questão de comparecer à cerimônia. “Esse é um dos momentos mais importantes da minha vida. O curso ofereceu todas as ferramentas necessárias para um bom desempenho profissional. Quero ter um diferencial no meu currículo. Além disso, com a construção do Porto de Jaconé, a área aquaviária é muito promissora em nossa região”, declarou.

Presente à formatura, o secretário municipal de Educação, Marcos Ribeiro, comemorou o aumento das oportunidades de capacitação profissional de qualidade aos moradores de Maricá.
“Cada vez mais estamos buscando para os nossos jovens e adultos novas oportunidades de qualificação voltadas para o mercado de trabalho. Fico feliz ao ver o sonho de cada um de vocês sendo realizado”, declarou o secretário.

Cursos gratuitos oferecidos pela secretaria de Educação. Foto: Clarildo Menezes.

Secretário de Educação parabeniza os formandos pela qualificação obtida. Foto: Clarildo Menezes.

Formandos do curso de Instalação Elétrica Residencial felizes com os certificados. Foto: Clarildo Menezes

Março 20, 2012 Posted by | cursos, Educação, jornalismo, Maricá | Deixe um comentário