Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Prefeitura de Maricá faz convênio para qualificar 1000 jovens no setor offshore

Texto: Rafael Zarôr e Sérgio Renato | Fotos: Paulo Polônio

Prefeito e representante da Transpetro: acordo prevê qualificação e estágios para jovens de escolas públicas da cidade – Foto: Paulo Polônio

Vagas serão destinadas aos alunos do Ensino Médio de escolas públicas da cidade. Acordo também prevê estágio em plataformas da Transpetro

Com o objetivo de potencializar a mão-de-obra local, a prefeitura de Maricá acertou nesta quinta-feira (29/03) uma parceria com o Instituto de Ciências Náuticas (ICN), Senai e Transpetro para qualificar 1.000 estudantes de escolas municipais e estaduais da cidade. Pelo acordo, os jovens irão fazer o curso básico de Segurança em Plataforma e Saída de Aeronave Submersa no ICN e estagiar em plataformas da Transpetro. Os investimentos da ordem de R$ 1 milhão serão pagos integralmente pelo governo municipal. As aulas iniciam em maio e a previsão é que os jovens estejam formados em setembro. A carga horária total é de 88 horas. Pela legislação, as empresas devem ter cerca de 25% de mão de obra nacional.

Segundo o prefeito Washington Quaquá o Senai vai utilizar as instalações do ICN, no distrito de Itaipuaçu, para formar 200 jovens em cursos na área de elétrica e mecânica voltada para o setor naval.

– Estamos trazendo empresas para garantir oportunidades no mercado offshore. A Transpetro solicitou profissionais de eletricidade e mecânica do setor naval que serão formados pelo Senai – destacou o prefeito Washington Quaquá. As vagas serão destinadas aos alunos do Ensino Médio.

Acompanhados por representantes do ICN, o prefeito e o gerente de Recursos Humanos da Transpetro, Cláudio Negrão, conheceram as instalações do Centro de Treinamento Offshore, que pertence ao instituto, em Itaipuaçu. Em uma área de 50 mil metros quadrados, os alunos simulam situações do dia-a-dia nas plataformas com o máximo de realismo para que estejam preparados e possam atuar em qualquer eventualidade.

São realizados diversos exercícios como combate a incêndio em helicópteros, tanques e praça de máquinas; sobrevivência pessoal em plataformas de saltos e local para deflagrar balsas infláveis; embarcação de sobrevivência e resgate com guindaste, baleeira, bote de resgate e píer para atracação. O espaço também conta com alojamentos para 120 alunos, vestiários, auditório com capacidade para 250 pessoas, salas de aulas, refeitório e estacionamento.

Alunos aprendem a saltar de navios e plataformas – Foto: Paulo Polônio

Prefeito e representantes da Transpetro observam técnico acionar simulador eletrônico – Foto: Paulo Polônio

Alunos fazem exercícios de combate a incêndios – Foto: Paulo Polônio

Anúncios

Março 30, 2012 - Posted by | cursos, jornalismo, Maricá, Petroleo e Gás, pré-sal |

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: