Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Demanda habitacional do Município de Maricá será tema de audiência pública

Texto: Valéria Vianna

Resultado de estudo realizado pela empresa Urbes, que mapeou a cidade investigando a demanda de casas para famílias com renda de zero a três salários mínimos, o Plano Local de Habitação e Interesse Social (PLHIS) de Maricá será tema de audiência pública no dia 8 de maio. A consulta aos moradores pretende confirmar a procura habitacional na cidade e os possíveis locais de moradia que a pesquisa apontou.

“Esse estudo vai ser pré-requisito para que o município consiga recursos junto ao Ministério das Cidades com o propósito de construir casas populares. Daí a importância da participação de todos no debate”, explicou a subsecretária municipal de Assuntos Federativos, Clesirlene de Oliveira.

O prazo para enviar o PLHIS ao ministério termina em dezembro, mas a prefeitura quer encaminhá-lo no final de junho. “Trata-se de um plano, como o nome já diz, de interesse social, e que precisa da colaboração dos moradores para identificarmos, juntos, se as áreas indicadas são de fato para construções ou para regularização fundiária”, finalizou. A audiência acontece, às 18h, na Casa Digital, que fica na Praça Orlando de Barros Pimentel, s/nº.

Texto: Valéria Vianna

Abril 25, 2012 Posted by | Habitação, jornalismo, Maricá | Deixe um comentário

Bilhete Único de Maricá: créditos devem ser liberados em ônibus

Texto: Rafael Zarôr

A Secretaria Municipal de Assistência Social informa que todos os 435 cartões do Bilhete Único entregues aos universitários estão com créditos. A liberação dos créditos deve, obrigatoriamente, ser realizada nos ônibus da viação Nossa Senhora do Amparo ou em postos de atendimento do Riocard – terminais rodoviários de Itaipuaçu e Niterói ou na estação de trem da Central do Brasil, no Rio de Janeiro.

Os bilhetes são recarregados mensalmente pela prefeitura com créditos de R$ 217,80. Com os cartões, duas passagens no intervalo de até duas horas e trinta minutos custam apenas R$ 4,95 – desde que uma delas seja em transporte municipal.

A criação do programa substituiu os antigos ônibus universitários que transportavam os estudantes para cidades da Região Metropolitana e garantiu maior mobilidade aos alunos que moram em Maricá.

Abril 25, 2012 Posted by | Educação, Maricá, transporte | | Deixe um comentário

Casa da 1ª à 3ª Idade de Maricá promove caminhada cultural com idosos em Ponta Negra

Texto: Marcelo Moreira

Os benefícios da caminhada não são novidade. Se ela estiver acompanhada de um passeio cultural, melhor ainda. Pensando nisso, a Casa da 1ª à 3ª Idade organiza neste sábado (28/04) um encontro com cerca de 100 idosos atendidos pelo projeto, numa caminhada coletiva em que os participantes poderão conhecer ou revisitar os principais pontos históricos e turísticos de Ponta Negra, uma das localidades mais antigas e tradicionais da cidade.

Um guia da secretaria de Turismo – que apoia a iniciativa juntamente com a secretaria de educação – será o responsável por explicar os detalhes e curiosidades dos locais visitados, enriquecendo ainda mais a experiência vivida pelos idosos. “Essa caminhada é uma forma de fazer com que a terceira idade de Maricá conheça melhor a cidade em que vive. Muitos moraram a vida inteira aqui, mas nunca não tiveram a oportunidade de fazer esse tipo de passeio”, revelou. “Queremos repetir a caminhada mais vezes, porque faz muito bem para a saúde e serve como um momento de distração, de lazer”, ressaltou.

O passeio começa às seis e meia da manhã, quando dois ônibus (um saindo do Centro e outro de Itaipuaçu, bairros onde ficam as unidade do projeto) seguirão rumo à Ponta Negra. A caminhada inclui as áreas próximas ao Farol e ao Canal do bairro, além da praia. No fim, um piquenique de confraternização será realizado numa casa preparada pela prefeitura especialmente para o encontro.

Abril 25, 2012 Posted by | Ação Social, jornalismo, Maricá, projeto social, saúde, turismo | Deixe um comentário

Festa de Santa Sarah na Tenda Cigana Maanur do Oriente será no dia 25 de Maio em Itaipuaçu- Maricá/RJ

540366_199764576810067_100003295799069_302187_1531923479_n[1]

Abril 25, 2012 Posted by | jornalismo, Maricá, religioso | , | 1 Comentário

RIO RECEBE MAIS OITO NOVOS TRENS CHINESES PARA MODERNIZAR FROTA FERROVIÁRIA DO ESTADO

533058_436594583021612_100000132224066_1837628_51044383_n[2] Já são 16 composições em solo carioca, e mais 14 estão a caminho
Chegaram na última sexta-feira (20/04) oito novos trens chineses comprados pela nossa Secretaria para modernizar o sistema ferroviário do Rio de Janeiro. As novas composições se juntam a outros oito trens que já haviam desembarcado no Porto do Rio… desde o ano passado.
Ao todo, serão 30 novos trens, que entrarão em operação até setembro deste ano. Todas as composições possuem capacidade para 1.300 passageiros cada, e são equipadas com circuito interno de TVs, câmeras de segurança, painéis de LED, amplo espaço interno, e um moderno sistema de comunicação entre o Centro de Controle da concessionária e os passageiros.
Até julho, todos os 30 trens comprados pelo Governo do Estado já estarão na cidade. O primeiro, que chegou em 2011, já está circulando com passageiros, e sete se encontram em fase de testes. Os oito novos que acabaram de chegar já se encontram na garagem da SuperVia para iniciar os testes, e até setembro, todos os 30 estarão operando regularmente.
A compra dos 30 trens fazem parte de um pacote de investimentos do Governo do Estado, em conjunto com a concessionária SuperVia, que somam R$ 2,4 bilhões. Além da aquisição dos 30 trens chineses, a Secretaria Estadual de Transportes já iniciou processo licitatório para compra de mais 60 novas composições, com ar condicionado. Em contrapartida, a concessionária também vai adquirir outros 30 novos trens, além de modernizar 73 composições da frota atual. Também fazem parte dos avanços a reforma das 98 estações e do Centro de Controle Operacional, já finalizada.

Abril 25, 2012 Posted by | jornalismo, transporte | Deixe um comentário

Maricá reduz risco de epidemia de dengue em 2012

Apesar do Rio de Janeiro ter ligado o sinal vermelho com uma nova epidemia de dengue, o risco do mesmo ocorrer em Maricá diminui diariamente. De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), a epidemia acontece quando há 300 casos confirmados para 100 mil habitantes. Realidade bem diferente de Maricá, que registrou de janeiro a abril deste ano 33 casos, sem nenhum óbito.

No total, o número de notificações de janeiro até esta quarta-feira (25/04) é de 322 casos. Para se ter uma ideia da proporção desta queda, no mesmo período do ano passado foram 1.959 notificações com 1.690 casos confirmados. Esta redução nos casos confirmados mostra o acerto das estratégias de prevenção adotadas pela Prefeitura na área de vigilância epidemiológica.

Diariamente, 180 agentes de saúde visitam residências e conscientizam moradores a não deixar água parada em recipientes, como vasos de plantas, pneus, garrafas, latas e calhas de telhados. A prefeitura também realizou mutirões semanais no município, de outubro de 2011 até o Carnaval deste ano, para identificar focos e exterminar larvas do mosquito aedes aegypti, transmissor da doença.

De acordo com a coordenadora de Vigilância Epidemiológica do município, Fernanda Spitz, foram realizadas ações em residências, escolas, associações de moradores e igrejas. "A população se conscientizou que esta luta é de todos", destaca a coordenadora.

Rafael Zarôr

FSB COMUNICAÇÕES

Abril 25, 2012 Posted by | jornalismo, Maricá, saúde | 2 comentários

DTA espera licenças para oferta pública de ações

Empresa de engenharia utilizará recursos da Bovespa nos Terminais de Ponta Negra, no Rio

A DTA Engenharia está aguardando a liberação de licenças do projeto de construção dos Terminais Ponta Negra (TPN), na praia de Jaconé, região dos Lagos fluminense, para então fazer uma oferta pública de ações. João Melo, socio da DTA explicou que o projeto é erguer no local um pólo naval para manutenção e reparos de embarcações e uma unidade de tancagem.

Das liberação de licenciamento a empresa também depende para que possa lançar uma oferta pública de ações.

Os investimentos chegam a R$ 1,5 bilhão em infraestrutura e mais R$ 3,5 bilhões em estaleiro e áreas industriais, com previsão de conclusão das obras em 2015. Ele explicou que o local tem um desenho único, que garante uma profundidade de 30 metros, o que permite a entrada de navios de grande porte.

Enquanto não chega à Bovespa, o projeto se viabilizará com a captação de recursos em bancos. O BNDES é uma das instituições que faz parte da lista. O sócio da DTA disse ainda que a empresa vai preparar mão de obra com a criação de um centro de treinamento na região. Um dos grandes entraves ao projeto tem relação com questões ambientais.

Há uma preocupação das comunidades da região com o impacto queum empreendimento deste porte poderá trazer à região.

Nota desta editora – Para falar sobre este assunto, será marcada em breve, uma reunião com os jornalistas e a apresentação do projeto a população do Município de Maricá , oportunidade onde será discutido o impacto e esclarecidas as medidas que serão tomadas em prol da população. Um mercado que irá gerar mais de 12 mil empregos, com bons salários, e que irá oferecer entre outras contrapartidas, cursos técnicos ao jovens do município, para que este mercado seja absorvido por nossos jovens, já é um bom motivo para que se páre e pense realmente a importância da vinda deste investimento. Se fosse ruim Angra dos Reis, que também é um paraíso terrestre, não iria lutar e se mobilizar para tirá-lo de Maricá. (Rosely Pellegrino)

A DTA Engenharia é uma empresa que se destaca e qualifica pela sua Criatividade e Excelência em Engenharia Portuária e Ambiental no Desenvolvimento de projetos de engenharia nas mais diversas áreas, buscando sempre a melhor solução de implantação sob os aspectos técnicos, econômicos e ambientais.

Abril 25, 2012 Posted by | jornalismo, mercado financeiro, Petroleo e Gás, pré-sal, setor naval, transporte | , , | Deixe um comentário

Seresta da Casa da 1ª à 3ª Idade de Maricá é sucesso de público em sua primeira edição

Texto: Fernando Uchôa | Fotos: Paulo Polônio

Vários músicos participaram da 1ª edição do projeto Seresteiros

Com a presença de cerca de 200 pessoas, entre participantes e ouvintes, o projeto Seresteiros, que a Casa da 1ª à 3ª Idade realizou na última sexta-feira (20/04), foi sucesso de público já em sua primeira edição. O evento, montado no espaço em frente à Igreja N.Sª do Amparo, no Centro, contou com os músicos Celestino, Colatino, Mirene Alves e Isabel, e com o Coral Alegria de Viver. Alguns integrantes do grupo fizeram apresentações solo e em dupla.

Segundo a subsecretária municipal de Políticas para o Idoso, Denize Fortes, que coordenou o evento junto com a regente do coral “Alegria de Viver”, Simone Figallo, a iniciativa contou com parcerias indispensáveis e que garantiram o sucesso do encontro. “A Secretaria de Educação colaborou com um ônibus, que buscou idosos na Casa da 1ª à 3ª Idade de Itaipuaçu, Bambuí e São José, levando-os de volta aos seus núcleos. Contamos também com a colaboração dos músicos e amigos, que ajudaram a organizar o evento", anunciou. "Agradecemos ao prefeito Washington Quaquá, que deu a partida em todas as atividades da Casa e que foi o mentor do programa. Se hoje a Casa da 1ª à 3ª Idade é conhecida fora do município, com a frequência de quase 2.500 idosos e jovens, o maior responsável é ele”, acrescentou.

Dia das Mães

A próxima edição do projeto Seresteiros está marcada para o dia 11/05, às 18h, em frente à Casa de Cultura, na Praça Orlando de Barros Pimentel, Centro, Maricá. A apresentação é uma homenagem ao Dia das Mães, que este ano será comemorado no domingo, 13 de maio.

O evento contou com a participação do Coral "Alegria de Viver"

Um público aproximado de 200 pessoas prestigiou a seresta

Abril 25, 2012 Posted by | Ação Social, jornalismo, Lazer, musica | Deixe um comentário

Campanha contra gripe no Município de Maricá começa em maio

Texto: Valéria Vianna

A partir de cinco de maio, começa a campanha de vacinação contra a gripe em todos os postos de saúde de Maricá. Com estimativa de imunizar 22 mil pessoas (a maioria idosa – 16 mil), o município espera alcançar pelo menos 80% desse total. Pessoas maiores de 60 anos, gestantes, crianças de seis meses a menos de dois anos de idade e indígenas devem procurar, até o dia 25, a unidade de saúde mais próxima de sua casa para se vacinarem.

O objetivo da campanha, de âmbito nacional, é reduzir a mortalidade, as complicações e internações em consequência de infecções pelo vírus da influenza. Profissionais da área médica que fazem atendimento a pacientes com gripe, população prisional e pacientes com comorbidade também serão vacinados.

Abril 25, 2012 Posted by | jornalismo, Maricá, saúde | | Deixe um comentário

Prefeitura de Maricá amplia procedimentos de fiscalização urbana

Texto: Marcelo Ambrosio | Fotos: Divulgação – Secretaria do Ambiente e Urbanismo

A autuação fica presa no portão

A Secretaria de Ambiente e Urbanismo ampliou a fiscalização urbana com um novo processo de monitoramento das ruas e de autuação dos responsáveis. As equipes da Limpeza Urbana passarão a trabalhar munidas de câmeras fotográficas, com as quais estão encarregadas de registrar qualquer irregularidade. Ocupação ilegal de espaços públicos, construções em beiras de canais e poda irregular de árvores estão entre os focos dessas equipes de vigilantes da cidade. Seis máquinas fotográficas digitais serão adquiridas pela secretaria com esse fim. Uma vez flagrada a irregularidade, a secretaria recebe as imagens e vai ao local para fazer a autuação, que também é registrada em fotografias para que conste no processo.

Para o secretário de Ambiente e Urbanismo, Celso Cabral, a medida amplia o alcance da fiscalização normal da Prefeitura e, em alguns casos, é capaz de detectar a infração muito pouco tempo depois de ter sido cometida. Foi o que ocorreu com uma poda irregular de árvores na rua Vereador Francisco Sabino da Costa, no Centro. Ali, o morador de uma casa não só promoveu a poda completa e irregular – não havia licença da prefeitura para isso – como deixou todos os galhos e pedaços de troncos na calçada, obstruindo a via pública.

Segundo o secretário, o caso foi tratado como um exemplo. “A partir desse fato, viemos ao local, fotografamos as árvores deixadas na calçada e emitimos um auto de infração. A novidade é que o autuado é a pessoa cujo CPF aparece como a responsável pelo imóvel no cadastro da Prefeitura”, relatou o secretário. Isso significa que, no caso de o imóvel ser alugado, é o proprietário que arcará com a multa. Por segurança, o auto de infração é afixado no portão do imóvel e o local é também fotografado para que o ato administrativo conste no processo.

Galhos deixados na rua depois de poda irregular

Abril 25, 2012 Posted by | jornalismo, Maricá, meio ambiente, Urbanização | 1 Comentário