Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Prefeito recebe Secretária Nacional de Habitação nas obras do Minha Casa Minha Vida em Maricá

Três mil unidades habitacionais serão construídas em Inoã e Itaipuaçu

O prefeito Washington Quaquá recebeu na manhã de hoje (22/06) em Maricá a Secretária Nacional de Habitação, Inês Magalhães. O motivo da visita é a aproximação do início das obras de construção de 3 mil unidades habitacionais do programa Minha Casa Minha Vida no município.

 

Juntos, eles vistoriaram os dois terrenos (um em Inoã e o outro em Itaipuaçu) onde serão erguidas as novas moradias. Os locais estão passando por estudos geográficos antes da instalação do canteiro de obras. A vistoria começou às 9h, em Itaipuaçu, na área de 126 mil metros quadrados onde haverá 1.472 apartamentos – cuja construção e comercialização caberá à empresa Sertenge. De lá, a comitiva seguiu para a área de 80 mil m² em Inoã, onde o projeto, também a cargo da mesma construtora, prevê 1.460 unidades para famílias de baixa renda que serão selecionadas pela Prefeitura.

 O intuito do empreendimento é reduzir o déficit habitacional e também ambiental da cidade – já que uma parcela dessa população vive às margens do complexo lagunar ou de córregos.

 A Secretária Nacional de Habitação demonstrou satisfação com o tamanho e a localização dos terrenos, ressaltando que o de Inoã já é plano, o que dará mais celeridade às obras. Inês também elogiou a atuação do Executivo na condução dos projetos. “A prefeitura de Maricá identificou corretamente áreas de maior potencial de expansão populacional, que exigem soluções para moradia. Inoã e Itaipuaçu são locais estratégicos.

Haverá impactos nessas áreas após o início das operações do Comperj em Itaboraí, por exemplo”, declarou. Depois de conhecer os locais das obras, Inês e o prefeito se reuniram na Secretaria de Assuntos Federativos, em Araçatiba, onde a secretária foi apresentada aos detalhes técnicos dos dois conjuntos habitacionais pelo gestor de negócios habitacionais da Sertenge, Daniel Roriz.

Roriz anunciou que em Itaipuaçu a terraplanagem está prevista para a primeira quinzena de julho.

Quaquá ressalta esforços para redução do déficit habitacional e a realização do sonho de famílias pobres.

O prefeito aproveitou a visita da secretária para destacar o salto de qualidade que o “Minha Casa Minha Vida” representa para a política habitacional de Maricá e, mais uma vez, reforçou que o projeto em Inoã vai priorizar famílias em risco social. “As pessoas que vivem em condições mais precárias de vida, identificadas pela secretaria de Assistência Social, terão prioridade no recebimento das primeiras unidades e vão realizar o sonho de viver com mais conforto e dignidade”.

Quaquá também deu detalhes das negociações com a Caixa Econômica Federal. “Já foram contratadas 2.072 unidades – as 1.472 previstas em Itaipuaçu e 600 das 1.460 de Inoã. Agora estamos finalizando as demais 860 do segundo projeto”, explicou, acrescentando que também já está em fase de negociação a compra de um terreno de 20 mil metros quadrados, em frente ao futuro condomínio de Itaipuaçu, onde a prefeitura vai construir uma escola de tempo integral, uma unidade do CRAS, uma creche e outros equipamentos públicos essenciais para os futuros moradores. “É um exemplo de planejamento”, completou.

O roteiro do encontro com a secretária incluiu ainda duas obras da prefeitura: uma creche em Inoã e a ponte da Barra de Maricá.

Uma solenidade no Esporte Clube Maricá, no Centro, encerrou a agenda oficial, com a presença de cerca de 600 pessoas, entre elas famílias cadastradas no programa Bolsa Família em Maricá e que são o público-alvo para o empreendimento de Inoã.

Rafael Zarôr FSB COMUNICAÇÕES

Anúncios

Junho 22, 2012 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário