Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Após tempestade Sandy, costa leste dos EUA tenta voltar à vida normal

Alguns ônibus começam a funcionar e Bolsa de valores reabre em NY, mas normalizar metrô e restabelecer eletricidade deve levar dias

iG São Paulo | 31/10/2012 09:21:01– Atualizada às 31/10/2012 12:28:19

Moradores da costa leste dos Estados Unidos, onde a tempestade Sandy deixou um rastro de destruição, começaram a tentar voltar à vida normal mesta quarta-feira, com a reabertura de alguns dos serviços que permaneceram fechados desde domingo.

Mas em Nova York, apesar de alguns ônibus terem voltado a circular e a Bolsa de valores ter reaberto após dois dias fechada, moradores e autoridades têm a certeza de que levará dias até que a cidade volte ao ritmo frenético de sempre. Recuperar as comunidades mais atingidas e as redes de transporte que ligam umas as outras deve levar ainda mais tempo.

Antes e depois: Compare imagens e veja o impacto de Sandy em Nova York

Galeria: Veja imagens da passagem da tempestade Sandy pelos EUA

TV iG: Veja todos os vídeos sobre a tempestade Sandy nos EUA

Reuters

Moradores de Nova York cruzam a Brooklyn Bridge (31/10)

"Vamos sobreviver a cada dia fazendo o que fazemos em tempos difíceis: permanecendo juntos, ombro a ombro, prontos para ajudar nossos vizinhos, confortar um estranho e colocar a cidade que amamos de pé novamente", afirmou o prefeito de Nova York, Michael Bloomberg.

Nesta quarta-feira, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, visitará Nova Jersey, onde a tempestade Sandy tocou a terra na noite de segunda-feira, antes de causar mais de 40 mortes e deixar mais de oito milhões sem energia na costa leste. A seis dias da eleição presidencial, Obama cancelou eventos de campanha pelo terceiro dia consecutivo. Seu rival, o republicano Mitt Romney, deve retomar a campanha normalmente nesta quarta-feira, na Flórida.

Na noite de terça-feira, os ventos causados pela tempestade diminuíram e a água que inundou várias ruas começou a baixar. Sandy seguiu em direção à Pensilvânia e perde força conforme se aproxima do Canadá. Ainda assim, áreas do sul das províncias de Québec, Nova Escócia e Nova Brunswick devem ter 50 milímetros de chuva nesta quarta-feira.

Tempestade Sandy deixa ruas de Nova York alagadas. Veja o vídeo:

Em meio ao desespero causado pela passagem da tempestade por Nova York, o coração econômico da região, moradores tentam encontrar forças para recomeçar. "Ver sua casa demolida é difícil", disse Barry Prezioso, morador de Point Pleasant, Nova Jersey, à AP. "Mas ninguém ficou ferido e ainda é possível morar no andar de cima. Então vamos morar no andar de cima e limpar tudo isso. Tenho certeza de que muita gente está pior. De certa forma, até me sinto sortudo."

Bloomberg afirmou que levará quatro ou cinco dias para que o metrô volte a funcionar, após ter sofrido os maiores danos de seus 108 anos de história. Todos os dias, cerca de 5 milhões de pessoas usam o metrô em Nova York, que ficou com túneis inundados na terça-feira.

A empresa de energia Consolidated Edison afirmou que serão necessários quatro dias para normalizar o abastecimento de energia para 337 mil clientes em Manhattan e no Brooklyn. No Bronx, Queens, Staten Island e no condado de Westchester, o trabalho pode durar uma semana. Enchentes causaram explosões em uma usina elétrica na noite de segunda-feira, contribuindo para os cortes de energia.

O governador de Nova Jersey, Chris Christie, disse que a recuperação da região levará meses e que será preciso uma semana para normalizar os serviços de energia. "Temos uma tarefa enorme diante de nós e temos de fazê-la juntos", afirmou o governador.

Estrada que passa Carolina do Norte ficou totalmente destruída pela passagem de tempestade Sandy . Foto: APNavio é visto na baía de Staten Island, em Nova York. Foto: APCaminhão precisa ser rebocado em Garrett, no Oeste de Maryland: fortes nevascas atingem alguns estados na costa leste. Foto: APEnchente invadiu uma construção e destruiu casas em East Haven, Connecticut. Foto: ReutersMoradores do bairro de Rockaways tiveram casas queimadas após passagem de Sandy. Foto: ReutersHomem analisa estragos causados pela cheia do rio Mantoloking, em Brick, Nova Jersey. Foto: APTrabalhadores tentam remover postes e semáforos danificados em Filadélfia, capital da Pensilvânia. Foto: APÁrvore cai em Sea Cliff, no Estado de Nova York (30/10). Foto: APMulher beija sua filha de 17 anos, resgata de inundação em Little Ferry, Nova Jersey (30/10). Foto: APDanos causados por incêndio durante a passagem da tempestade Sandy por Breezy Point, Nova York (30/10). Foto: APIncêndio destrói casas e Breezy Point, no Queens, durante passagem de tempestade Sandy por Nova York (30/10). Foto: APEstacionamento cheio de táxis inundado em Hoboken, Nova Jersey (30/10). Foto: APCarros são vistos boiando no distrito financeiro de Nova York (30/10). Foto: Getty ImagesBarcos ficam empilhados em cais de West Babylon, Nova Jersey (30/10). Foto: APHomem observa loja inundada em Nova York (30/10). Foto: Getty ImagesMoradora observa região ao redor de seu apartamento em Atlantic City, Nova Jersey (30/10). Foto: Getty ImagesDetritos enchem rua do Brooklyn, em Nova York (30/10). Foto: Getty ImagesBarreiras temporárias são vistas no distrito financeiro de Nova York (30/10). Foto: Getty ImagesBombeiros observam danos causados a prédio em Nova York (29/10). Foto: APEmpire State é um dos poucos pontos iluminados em Manhattan, Nova York, durante corte de energia causado por tempestade (29/10). Foto: ReutersBarco naufraga no Oceano Atlântico em região próxima a Hatteras, na Carolina do Norte (29/10). Foto: APÁguas invadem estação de trem em Nova Jersey (29/10). Foto: ReutersTrabalhador anda por rua inundada de Nova York (29/10). Foto: Getty ImagesRuas ficam inundadas embaixo da ponte de Manhattan, em Nova York (29/10). Foto: APInvasão de ondas na região de Atlantic City (29/10). Foto: APÁgua invade obras no Marco Zero, local onde ficavam as torres do World Trade Center, em Nova York (29/10). Foto: APEquipes médicas colocam paciente em ambulância durante evacuação de hospital em Nova York (29/10). Foto: APAbrigo montado pela Cruz Vermelha no bairro de Deer Park, em Nova York, para pessoas que deixaram suas casas (29/10). Foto: AP

Estrada que passa Carolina do Norte ficou totalmente destruída pela passagem de tempestade Sandy . Foto: AP

Estrada que passa Carolina do Norte ficou totalmente destruída pela passagem de tempestade Sandy . Foto: APNavio é visto na baía de Staten Island, em Nova York. Foto: APCaminhão precisa ser rebocado em Garrett, no Oeste de Maryland: fortes nevascas atingem alguns estados na costa leste. Foto: APEnchente invadiu uma construção e destruiu casas em East Haven, Connecticut. Foto: ReutersMoradores do bairro de Rockaways tiveram casas queimadas após passagem de Sandy. Foto: ReutersHomem analisa estragos causados pela cheia do rio Mantoloking, em Brick, Nova Jersey. Foto: APTrabalhadores tentam remover postes e semáforos danificados em Filadélfia, capital da Pensilvânia. Foto: APÁrvore cai em Sea Cliff, no Estado de Nova York (30/10). Foto: APMulher beija sua filha de 17 anos, resgata de inundação em Little Ferry, Nova Jersey (30/10). Foto: APDanos causados por incêndio durante a passagem da tempestade Sandy por Breezy Point, Nova York (30/10). Foto: APIncêndio destrói casas e Breezy Point, no Queens, durante passagem de tempestade Sandy por Nova York (30/10). Foto: APEstacionamento cheio de táxis inundado em Hoboken, Nova Jersey (30/10). Foto: APCarros são vistos boiando no distrito financeiro de Nova York (30/10). Foto: Getty ImagesBarcos ficam empilhados em cais de West Babylon, Nova Jersey (30/10). Foto: APHomem observa loja inundada em Nova York (30/10). Foto: Getty ImagesMoradora observa região ao redor de seu apartamento em Atlantic City, Nova Jersey (30/10). Foto: Getty ImagesDetritos enchem rua do Brooklyn, em Nova York (30/10). Foto: Getty ImagesBarreiras temporárias são vistas no distrito financeiro de Nova York (30/10). Foto: Getty ImagesBombeiros observam danos causados a prédio em Nova York (29/10). Foto: APEmpire State é um dos poucos pontos iluminados em Manhattan, Nova York, durante corte de energia causado por tempestade (29/10). Foto: ReutersBarco naufraga no Oceano Atlântico em região próxima a Hatteras, na Carolina do Norte (29/10). Foto: APÁguas invadem estação de trem em Nova Jersey (29/10). Foto: ReutersTrabalhador anda por rua inundada de Nova York (29/10). Foto: Getty ImagesRuas ficam inundadas embaixo da ponte de Manhattan, em Nova York (29/10). Foto: APInvasão de ondas na região de Atlantic City (29/10). Foto: APÁgua invade obras no Marco Zero, local onde ficavam as torres do World Trade Center, em Nova York (29/10). Foto: APEquipes médicas colocam paciente em ambulância durante evacuação de hospital em Nova York (29/10). Foto: APAbrigo montado pela Cruz Vermelha no bairro de Deer Park, em Nova York, para pessoas que deixaram suas casas (29/10). Foto: AP

Barreiras temporárias são vistas no distrito financeiro de Nova York (30/10). Foto: Getty

Algumas boas notícias foram dadas pelas autoridades, como a reabertura, ainda que com serviço limitado, dos aeroportos John F. Kennedy e Newark. O La Guardia segue fechado. Estima-se que, desde domingo, mais de 13 mil voos tenham sido cancelados.

A volta de parte do serviço de ônibus e os planos de empresas de retomarem os trens que ligam cidades na costa leste podem permitir a reabertura das escolas na quinta-feira, ainda que nenhuma decisão oficial tenha sido anunciada.

O impacto financeiro da tragédia é incerto, mas especialistas estimam danos entre US$ 10 bilhões e 20 bilhões para os cofres públicos (aproximadamente R$ 20,6 milhões e R$ 41,2 bilhões).

Com AP

Outubro 31, 2012 Posted by | Ecologia, jornalismo, meio ambiente, Planeta Terra | , , , , , | Deixe um comentário

Prefeitura de Maricá facilita quitação de dívidas em até 100 prestações

Texto: Marcelo Ambrosio

Para quem deve, a hora é agora. A partir do próximo dia 1º de novembro, e até o dia 28 de dezembro, contribuintes que tenham alguma dívida junto à Prefeitura de Maricá poderão contar com condições especiais para quita-las. As facilidades incluem, entre outras medidas, o parcelamento em até 100 prestações.

Desenvolvido pela secretaria municipal de Fazenda, o Programa Pague Fácil Maricá pretende adequar os débitos ao orçamento de cada contribuinte e permitir que o município recupere créditos devidos da ordem de R$ 105 milhões. Destes, pelo menos R$ 70 milhões são referentes apenas ao IPTU em atraso. O montante reúne processos em fase administrativa, já inscritos na Dívida Ativa e até mesmo os que foram encaminhadas para a execução.

Segundo o secretário municipal de Fazenda, Roberto Santiago, o objetivo da medida não é pressionar os devedores, mas abrir possibilidades concretas de negociação. “O Pague Fácil permite fazer a análise dos pedidos caso a caso e encontrar a melhor solução para que todos sejam bem atendidos”, afirma. Ainda segundo Santiago, o volume maior dos créditos em atraso se refere ao IPTU.

No ano passado, o programa de georeferenciamento implantado pela Prefeitura permitiu um mapeamento por satélite de toda a área do município, corrigindo metragens e identificando construções, novas ou não, ou mesmo ampliações, que ainda não possuíam cadastro. Os proprietários estão sendo convocados para serem informados de que precisam se regularizar para efeito do IPTU – a ser cobrado só a partir do ano que vem.

Ao mesmo tempo, a Prefeitura espera recuperar débitos de ISS do setor da construção civil relativos à obras não regularizadas. “O contribuinte tinha um terreno cadastrado e vimos, pelas imagens, que nele foi erguida uma construção. Tanto a base de cálculo do IPTU muda, quanto é necessário que o proprietário pague o imposto sobre serviços relativos ao processo da construção em si”, explica o secretário. O Programa Pague Fácil Maricá propõe condições especiais para essa quitação, que incluem o pagamento em até 100 parcelas.

Em um terceiro aspecto, a informatização dos processos também revelou empresas que emitem nota fiscal eletrônica e não estariam recolhendo o imposto referente ao que foi emitido. Como a prefeitura tem acesso a cada nota emitida, fica fácil saber quem sonega.

A negociação será sempre presencial, e dentro de um modelo de atendimento rápido, seja nas centrais de atendimento na própria prefeitura ou no Terminal Rodoviário de Itaipuaçu, seja nos postos itinerantes da Fazenda Volante – o cronograma de visitação desses postos ainda será divulgado. “Para atender melhor a todos, a secretaria passará a trabalhar também aos sábados, das 10h às 15h, em todos esses locais”, adianta o secretário. As condições especiais, no entanto, tem prazo determinado para acabar. “A partir de janeiro de 2013 todas as dívidas que não foram renegociadas serão encaminhadas para execução. Não haverá anistia”, alerta Roberto Santiago.

Os documentos necessários para dar entrada no pedido de renegociação variam: no caso da dívida de pessoa física, basta apresentar identidade, comprovante de residência e o CPF. No caso de pessoa jurídica, são aceitos documentos que comprovem alguma vinculação, ou uma procuração. Para mais informações, basta telefonar para 2637-2052.

Outubro 31, 2012 Posted by | Habitação, jornalismo, Maricá, moradia | , | Deixe um comentário

Agência Agape apresenta Desfile Moda Verão, neste sábado em Maricá

A agência de Modelo Agape apresenta neste sábado, dia 3 de novembro, o Desfile Moda Verão, às 16h, no Cordeirinho Futebol Clube, localizado na Rua 170 s/n, Cordeirinho – Maricá/RJ.

Na passarela serão apresentadas as tendência da moda das Grifes Crystal Wear e B&M.

Divulgação

 

Agencia Agape

250818_104050669684678_3895653_nDSCF0317 (FILEminimizer)

Outubro 31, 2012 Posted by | jornalismo, Lazer, Maricá, Moda, social | , , , , , | Deixe um comentário

Mundo Verde chega a Maricá

(Redação – Agência IN) Ter, 30 de Outubro de 2012 15:37

A Mundo Verde, maior rede com foco em bem-estar da América Latina, inaugura a primeira unidade em Maricá, cidade litorânea do Rio de Janeiro. A região faz parte do complexo Comperj – Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro. “O projeto é do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal e tem desenvolvido as cidades que contempla, trazendo novas empresas, altos investimentos no setor imobiliário, na rede hoteleira, entre outros setores”, constata Marcos Leite, diretor de expansão e operações da Mundo Verde.

DSC02084Em Maricá, a loja  “Mundo Verde” está localizada no Centro, ao lado do Banco Bradesco

A unidade de Maricá será operada por Sergio Flávio, responsável por mais três franquias da rede no Rio de Janeiro. “Tenho muito respeito pela marca e grande satisfação em vestir sua camisa. Faço parte da família Mundo Verde há tempos. Sou um dos primeiros franqueados da rede. Opero as lojas de São Gonçalo-RJ – Alcântara Verde e Itaboraí-RJ . Assim como Itaboraí, Maricá é uma cidade em expansão”, afirma Sergio.

A marca tem forte presença no Rio de Janeiro. Até 2009, 80% das operações da rede era no estado. “Temos mais de 90 lojas no Rio e mais três contratos já assinados para inaugurações até o fim do ano”, completa Marcos.

Nas prateleiras de todas as novas unidades, os consumidores encontrarão uma variedade de produtos que inclui alimentos naturais, funcionais, orgânicos, diet, light, sem glúten, sem lactose, além de diversos tipos de chás, suplementos para atletas, fitoterápicos, cosméticos, livros, CDs de relaxamento e presentes artesanais e ecologicamente corretos.

Outubro 31, 2012 Posted by | jornalismo, Maricá, Qualidade de Vida, saúde, social | , | Deixe um comentário

Sine de Maricá oferece vaga de emprego para Leroy Merlin no Barreto

Texto: Leandra Costa (edição: Marcelo Ambrosio)

O Sistema Nacional de Emprego (Sine) de Maricá disponibiliza uma vaga de emprego para auxiliar de logística para a franquia da loja Leroy Merlin, localizada no Barreto, em Niterói.

A vaga é para pessoas do sexo masculino e, como pré-requisito, é necessário possuir 2º grau completo e ter entre 18 e 40 anos. O salário é de R$ 818,00, além do benefício de vale transporte, alimentação no local e cesta básica.

Os interessados devem levar currículo atualizado na agência do Sine, localizada na Rua Domício da Gama 391, no Centro. O telefone de contato é (21) 3731-1466.

Administrado pela secretaria municipal de Trabalho, o Sine de Maricá, implantado há 14 meses na cidade, já prestou mais de 6.500 atendimentos à população que busca, principalmente, oportunidades profissionais na cidade e na região.

Outubro 31, 2012 Posted by | jornalismo, oportunidade de emprego, trabalho e renda | | Deixe um comentário

Mundeiro, viagem por culturas que partiu de Maricá

Texto: Jorge André

Ele nasceu em Ponte Nova (MG) e vive há 18 anos em Maricá. Jornalista, produtor, diretor de cinema e televisão, artista plástico, etnomusicólogo, Délcio Teobaldo apresenta nesta quinta-feira (01/11), no Teatro Municipal de Niterói, o espetáculo “Mundeiro”. A apresentação será única, com o lançamento de um CD referente ao projeto, que existe há 15 anos e faz incursões em culturas orais e rítmicas do Brasil e do mundo. Nele Délcio exibe sua herança musical, passeia pelas literaturas oral e escrita e pelo diálogo intercultural que já o levou dos lugares mais remotos do Brasil ao The Vortex Jazz Club, em Londres e a Maharashtra, na Índia.

Maricá estimulou a criatividade do artista

A pesquisa não se restringe à música. Desde a chegada a Maricá, Délcio já escreveu 10 livros. Um deles, “Pivetim”, recebeu em 2008 o Prêmio Barco a Vapor de Literatura Infantil e Juvenil pelo Grupo SM de São Paulo. “Minha produção intelectual foi praticamente desenvolvida aqui. com mais tempo escrevi todos os meus livros e comecei o Projeto Mundeiro”, comenta o artista.

Acompanhado pelos percussionistas Pedro Lima, Lucá Rodrigues e Toni Nogueira; pelas cordas de Alexandre Guichard, vozes de Aline Paes e danças de Ana Paula Dias, Délcio mostra em “Mundeiro” como os cantos de fé, de trabalho e de folia organizam seus sotaques e harmonias, em todas as culturas populares do mundo, já que a palavra se refere aos peregrinos e aos libertários. “O fato de abrir o Mês da Consciência Negra, no dia 1º de novembro, dia de “Todos os Santos” e véspera de “Finados”, condiz com a ideia do trabalho que faz um diálogo entre o sagrado e o profano”, conclui.

O espetáculo começou a ser formatado em 1997, segundo Délcio Teobaldo, durante temporada no Rio Jazz Club, no Rio de Janeiro. “Na época já tinha um desenho de produção do espetáculo, com as vozes múltiplas e percussões dos batuques de rua da cidade, em conexão com os ofícios de fé de Minas, onde nasci”, conta o artista.

Outubro 31, 2012 Posted by | cultura, jornalismo, Lazer, Teatro | , | Deixe um comentário

Cemitério de Maricá estende horário no Dia de Finados

Texto: Fernando Uchôa | Fotos: Fernando Silva

Cemitério de Maricá se prepara para o Dia de Finados

Devido à previsão de maior visitação no Dia de Finados (02/10), o Cemitério Municipal de Maricá ficará aberto na data por mais duas horas, das 6h às 18h. Segundo o administrador do serviço funerário, Walmir Martins, espera-se que em torno de 1.500 pessoas compareçam ao local para prestar homenagens os mortos. “Nem todos se preocupam em visitar seus entes queridos, mas em Maricá a tradição ainda permanece”, afirma, lembrando que o número de visitantes é similar ao recebido nos dois últimos anos.

Quem for ao cemitério e quiser assistir missas, serão celebradas duas. A primeira, com o pároco de Maricá, padre Marcos Drummond Calixto, será às 10h. A segunda, com o pároco de São José do Imbassaí, padre Pedro de Oliveira Moraes, será às 16h.

A prefeitura providenciou limpeza, capina e caiação nos meios fios das ruas internas e do muro. A Guarda Municipal, por sua vez, montou um esquema especial de segurança, onde oito agentes, inclusive patrulheiros, estarão monitorando o trânsito e o movimento de visitantes.

O Cemitério Municipal de Maricá possui três mil túmulos, entre sepulturas de família, carneiros, gavetas e covas comuns, além de quatro capelas funerárias. Walmir Martins pede que as pessoas levem flores artificiais para deixar nos túmulos, lembrando os riscos de as flores naturais se transformarem em criadouros de larvas do mosquito da dengue. “Se forem flores naturais, então que não usem água nos vasos, mas areia”, pediu Walmir. Ainda assim, a Secretaria Municipal de Saúde informou que, após o feriado de Finados, equipes de Controle de Zoonoses farão uma vistoria no local. O cemitério fica na Rua Soares de Souza, s/nº.

  Cemitério Municipal de Maricá possui três mil túmulos

Outubro 31, 2012 Posted by | jornalismo, Maricá, religioso | , , | Deixe um comentário

Secretaria de Educação de Maricá divulga calendário escolar

Texto: Jorge André

A secretaria de Educação divulgou o calendário para as renovações e matrículas para a rede municipal de ensino. Os alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental, EJA (1º Semestre / 2013), além do Ensino Médio, terão até o dia 9 de novembro para renovarem a matrícula. Para os que ainda não estão matriculados na rede pública de ensino municipal, as inscrições serão abertas a partir do próximo dia 21.

O resultado dessa etapa inicial será divulgado a partir de 17 de dezembro. A matrícula acontecerá de 7 a 15 de janeiro de 2013. Os interessados que não participaram de nenhuma das fases anteriores poderão se inscrever no período de 21 a 25 de janeiro nas unidades escolares onde pretendem estudar.

Outubro 31, 2012 Posted by | Educação, jornalismo, Maricá | , , | Deixe um comentário

Contratação para Casa & Vídeo comprova eficácia do Sine de Maricá

Texto: Leandra Costa (edição: Marcelo Ambrosio)

O recente processo de seleção e aprovação de funcionários para atuar na loja Casa & Vídeo, realizado na tarde desta segunda-feira (29/10), comprova a eficiência do Serviço Nacional de Emprego (Sine), administrado pela secretaria municipal de Trabalho de Maricá. Das 36 pessoas cadastradas, 23 foram selecionadas e aprovadas para trabalharem como operador de venda na franquia da loja a ser implantada no Centro. A inauguração está prevista para o dia 1º de dezembro. De acordo com a secretária municipal de Trabalho, Patrícia Villela, todos os empregadores da loja iniciam como operadores de venda, mas possuem grandes oportunidades de ascensão dentro da própria empresa.

Sine de Maricá

O Sine de Maricá, já prestou mais de 6.500 atendimentos à população que busca, principalmente, oportunidades profissionais na cidade e na região. Com a parceria da secretaria de Estado de Trabalho, o volume de atendimentos está dividido em três tipos principais de serviço: emissão de carteira de trabalho; busca de vagas de emprego e orientações para acesso ao seguro desemprego. “Já encaminhamos mais de 2500 pessoas para o mercado de trabalho e, dessas, pelo menos 870 foram contratadas”, destacou a secretária Patrícia Villela, citando como exemplo de sucesso a parceria com a maior rede de fast food árabe do mundo, o Habib´s, para a contratação de funcionários da lanchonete aberta em maio em Inoã.

Os interessados em se cadastrar devem levar currículo atualizado na agência do Sine, localizada na Rua Domício da Gama 391, no Centro. O telefone de contato é (21) 3731-1466.

Outubro 31, 2012 Posted by | emprego e oportunidade / vagas temporárias, jornalismo, Maricá, oportunidade de emprego, trabalho e renda | | Deixe um comentário

Prefeitura de Maricá instala cerca de 5 mil lâmpadas na cidade

Texto: Rafael Zarôr | Fotos: Divulgação

Orla de Araçatiba recebeu nova iluminação com peças metálicas de multivapor de 150 watts de potência

Um balanço da subsecretaria municipal de Energia e Iluminação Pública de Maricá mostra que 4.600 novas luminárias foram instaladas em diversas ruas do município este ano. A prefeitura investiu R$ 6 milhões para aumentar a segurança e beneficiar milhares de moradores. No total, são 26.744 lâmpadas nas vias públicas da cidade.

De acordo com a subsecretaria, os locais mais críticos que receberam a nova iluminação (peças metálicas de multivapor de 150 watts de potência, que emitem luz branca) foram Estrada dos Cajueiros, avenidas Um, Gilberto de Carvalho e Itaocaia, em Itaipuaçu; Estrada de Bambuí e Rua 27 (Bambuí); Rua 107 (Cordeirinho); ruas Antônio Eduardo e Abreu Sodré, no bairro Mumbuca; Estrada Real e Avenida Guarujá (São José do Imbassaí); Farol de Ponta Negra, além de vias de Itapeba, Ubatiba e Araçatiba.

Prefeitura instalou este ano mais 4.600 luminárias nas vias públicas

Dentro do total de 4.600 novas luminárias a prefeitura também reforçou a iluminação na Estrada de Cassorotiba (Spar); Rua Professor Cardoso de Menezes, conhecida como Rua Um, em Itaipuaçu; ruas 29 e 30, em Guaratiba; Centro de Inoã; Praça Orlando de Barros Pimentel e Rua Álvares de Castro, no Centro, entre outras vias.

Além das novas lâmpadas, a subsecretaria faz a manutenção por mês de 1.000 pontos da rede de iluminação pública, já que em muitos locais o material instalado em gestões anteriores não era adequado e apresenta desgaste por conta da corrosão marinha. A prefeitura trabalha com um caminhão – adquirido em 2010 com recursos da Contribuição para o Sistema de Iluminação Pública (Cosip) – e uma equipe e contratou, por licitação, uma empresa que dispõe de dois caminhões e quatro equipes (quatro eletricistas e quatro motoristas).

O serviço é realizado em dois turnos (6h às 15h e das 14h às 22h) de segunda a sexta-feira. A subsecretaria fica na Rua Álvares de Castro, 394, Centro. O serviço também pode ser solicitado ao ligar gratuitamente para o telefone 0800 0380704.

Outubro 31, 2012 Posted by | jornalismo, Maricá, vias públicas | | Deixe um comentário