Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Alunos do CAIC Elomir Silva fazem caminhada ecológica em São José de Imbassaí

Texto: Sérgio Renato e Jorge André

Munidos de luvas e sacolas para retirar sujeira, alunos ouvem as explicações dos técnicos – Foto: Fernando Silva

Um grupo de alunos do 6º ano do ensino fundamental da Escola Municipal CAIC Elomir Silva, no Marine, em São José de Imbassaí, participou nesta terça-feira (16/10) de uma caminhada ecológica guiada por professores e ambientalistas. A trilha escolhida fica na região onde nasce o rio Imbassaí, que dá nome ao bairro, com acesso pela Rua João Cunha Abreu. O evento faz parte do calendário da Semana de Ciência e Tecnologia, que ocorre até domingo (21) em toda a cidade.

Os estudantes tiveram a oportunidade de ver, por exemplo, espécies de animais em seu habitat natural, como os sagüis, muito comuns em toda a região, além de peixes e anfíbios. Pouco antes do início da trilha, um grande lagarto foi visto e fotografado. Os alunos receberam ainda explicações sobre a formação da bacia do rio Imbassaí e sobre as plantas nativas. A equipe teve o auxílio de agentes ambientais do Instituto Estadual do Ambiente (INEA), que distribuíram materiais como luvas e sacolas plásticas para recolher o lixo jogado na mata.

Um dos guias da trilha foi o biólogo da Universidade Federal Fluminense (UFF) Dacio Vivas, que também coordena a ONG Rede de Reservas Legais das Nascentes do Imbassaí, cujo objetivo é a consolidação da preservação da área de grota onde nasce o rio. “Esta é uma área já incluída no projeto das unidades de conservação municipais, mas é preciso que tenham respaldo junto à população. Este será o nosso foco nesta parceria com a prefeitura”, ressaltou Dacio. Para o coordenador de Educação Ambiental da Secretaria Municipal de Educação, Marcos Lacerda, o trabalho deve servir de referência para a região.

Mais ações ambientais

Outras escolas também programaram ações voltadas à sustentabilidade no âmbito da Semana de Ciência e Tecnologia. Nesta quarta-feira (17/06), a Escola Municipal Joaquim Eugênio, na Mumbuca, fará um plantio de mudas com a utilização de garrafas pet. A atividade é parte da pesquisa realizada sobre formas de reciclagem desse material e os alunos vão apresentar e discutir questões de sustentabilidade em torno do que conseguiram levantar.

“As escolas estão empenhadas em desenvolver o que há de melhor em projetos envolvendo esse tema tão importante para a formação de um cidadão consciente de sua responsabilidade com o meio ambiente”, afirma a secretária de Educação, Marta Quinan. Em outra escola, a João da Silva Bezerra, na Barra de Maricá, a programação será aberta às 9h com a orquestra juvenil da unidade. Ali, cada sala escolheu um tema, como água ou a criação de brinquedos e outros objetos à base de materiais reciclados. Os trabalhos serão abertos à comunidade, uma forma de trazer a população e conscientizá-la.

Já na E.M. Alfredo Nicolau, no bairro Marquês de Maricá, a ação será focada no lixo doméstico. Segundo a direção, contêineres serão instalados permanentemente para a coleta seletiva de plástico, vidro, metal e papel. Também nesta quarta-feira a programação inclui oficinas nas quais se aprende a transformar caixas de leite tipo longa vida em obras de arte, produção de mini horta e mini jardim, uso de jornais e garrafas pet, produção de jogos ecopedagógicos, apresentação de livros de receitas com reaproveitamento de alimentos, gibis com temas ambientais e a produção de sabão reciclado, entre outras atividades.

O biólogo Dacio Vivas e coordenador de Educação Ambiental Marcos Lacerda (ao fundo)acompanham a caminhada – Foto: Fernando Silva

Dacio Vivas mostra a estudantes como natureza funciona – Foto: Fernando Silva

Um grande lagarto foi flagrado pela equipe logo no início da trilha – Foto: Marcos Lacerda

Anúncios

Outubro 16, 2012 Posted by | Educação, jornalismo, Maricá, meio ambiente | Deixe um comentário

CRAS de Maricá faz Outubro Rosa no Parque Nanci

Texto: Valéria Vianna

Com o objetivo de sensibilizar as mulheres sobre a importância do exame de toque para se prevenir contra o câncer de mama, a equipe do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de São José do Imbassaí promoveu, na tarde desta terça-feira (16.10), uma ação no Parque Nanci, dentro do movimento “Outubro Rosa”. O evento, com material informativo e distribuição de preservativos, aconteceu no restaurante Varandão, e é fruto da parceria com a Associação de Moradores do Parque Nanci e com a Assembleia de Deus do Retiro.

O câncer de mama é o segundo tipo mais frequente no mundo e o mais comum entre as mulheres, respondendo por 22% dos casos novos a cada ano. Segundo estimativas do Instituto Nacional do Câncer (Inca), 52 mil pessoas, entre homens e mulheres, deverão morrer vítimas da doença só este ano no Brasil. Se detectado no início, mais de 90% dos casos têm cura. A partir dos 40 anos, recomenda-se fazer o exame clínico das mamas regularmente, para que o médico possa detectar alguma anormalidade. Já a partir dos 50, a mamografia deve fazer parte da rotina das mulheres a cada dois anos.

Um estilo de vida saudável é outro fator de prevenção importante: alimentação saudável, prática de atividades físicas, não fumar e não abusar de bebidas alcoólicas são tão fundamentais quanto a ida regular ao médico. O movimento “Outubro Rosa” começou nos Estados Unidos, na década de 90, e logo chegou a outros países, incluindo o Brasil, onde Estados e municípios como Maricá realizam ações no sentido de ajudar as pessoas a se prevenirem contra a doença.

Outubro 16, 2012 Posted by | assistencia social, jornalismo, Maricá, projeto social | | Deixe um comentário

Alunos da Benvindo Taques Horta são medalhistas em olimpíada escolar nacional

Texto: Jorge André e Marcelo Ambrosio

A Escola Municipal Benvindo Taques Horta, no bairro Ubatiba, teve cinco de seus alunos entre os premiados na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) realizada no dia 11 de maio. A disputa contou com a participação de 785 mil estudantes de todo o país, divididos em quatro categorias, tanto do ensino público quanto do particular. Os representantes de Ubatiba obtiveram duas medalhas de prata e três de bronze na Categoria 2 do certame – que envolve alunos da 3ª e 4ª séries do ensino fundamental e reuniu 196.720 aspirantes ao prêmio. Ao todo, cerca de 8.717 participantes receberam medalhas nessa faixa em uma competição muito acirrada. Para se ter uma ideia da dificuldade – e do valor simbólico dessa conquista – as medalhas de prata só foram concedidas a quem obteve notas entre 9,99 e 9,32. O intervalo das de bronze ficou entre 9,3 e 8,9.

O resultado foi divulgado no começo desta semana. Organizada anualmente pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) e pela Agência Espacial Brasileira (AEB), a competição tem financiamento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico (CNPq), vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. Os cinco campeões maricaenses premiados são: Bruno Nascimento Alexandre (5ºano – prata), Gabrielly de Figueiredo Cardim (4ºano – prata), Lorrany Batista da Rosa (5ºano – bronze), Thiago Santos Nunes Figueiredo (5ºano – bronze) e Danyel de Souza Muniz do Nascimento (5ºano – bronze).

A edição 2012 da OBA contou com a participação de 63.925 professores de 8.968 escolas participantes. Sob a orientação da secretária Municipal de Educação, Marta Quinan, a diretora do Taques Horta, Solange Maria Peixoto Rodrigues, inscreveu a unidade e contou com a equipe formada pela professora Vanessa de Paula Sarto pelo auxiliar de secretaria Paulo Henrique da Silva para desenvolver o projeto. A secretária entregará pessoalmente as medalhas aos participantes em solenidade realizada no próximo dia 25, a partir das 9h, na Secretaria de Educação.

A OBA é executada por uma comissão de Astrônomos profissionais pertencentes à Sociedade Astronômica Brasileira que trabalham na Universidade Federal Fluminense (UFF), Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e na Universidade da Cidade do Rio de Janeiro (UNIRIO). Também atuaram na elaboração de provas profissionais vinculados à Agência Espacial Brasileira (AEB) e o Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE).

Evento aberto a escolas públicas ou privadas, urbanas ou rurais, não possui exigência quanto ao número mínimo ou máximo de alunos, que devem participar, preferencialmente, de forma voluntária. Podem disputar estudantes do primeiro ano do ensino fundamental até os do último ano do ensino médio. A competição ocorre dentro da própria escola, em uma única fase e ao longo de um ano letivo. Assim, os certificados e medalhas são recebidos pela escola no mesmo período. Alunos, professores, diretores e até a escola recebem certificados de participação.

Outubro 16, 2012 Posted by | Educação, Maricá | , | Deixe um comentário

Mercado das Artes de Maricá, volta a funcionar nesta quarta-feira

Texto: Rafael Zarôr

A Prefeitura de Maricá informa que o Mercado das Artes vai abrir normalmente nesta quarta-feira (17/10), a partir das 14 horas. O espaço funciona toda semana de quarta a domingo, das 14h às 22h, mas abriria excepcionalmente na última segunda-feira (15/10, Dia do Comércio). Um problema no fornecimento de água, no entanto, impediu que o espaço fosse utilizado no feriado. O fornecimento já foi normalizado e, por isso, as atividades poderão ser retomadas.

O Mercado das Artes, construído pela prefeitura, é destinado aos artesãos locais e fica na Praça Orlando de Barros Pimentel, no Centro, em frente à Casa de Cultura.

Outubro 16, 2012 Posted by | arte, Lazer, Maricá | Deixe um comentário

CRAS Maricá com novas turmas de oficinas

Texto: Fernando Uchôa

Os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) de Maricá estão com novas turmas em cursos e oficinas de Panificação, Aproveitamento de Alimentos, Jardinagem e Horticultura, Corte de Cabelo, Manicure, Pintura em Tecido, Tricô e Crochê, Biscuit, MDF e Ginástica. As unidades Zacarias, Centro, São José I e II, Inoã (Associação de Moradores de Inoã) e Itaipuaçu (Subprefeitura de Itaipuaçu) estão com 80% das vagas preenchidas.

O CRAS-Centro, por exemplo, atende na parte da manhã (9h às 11h) e na parte da tarde (14h às 16h), com a seguinte programação: Segunda-feira: Manhã – Corte de Cabelo; Tarde – Biscuit (14h às 16h); Terça-feira – Manhã – Padaria/Jardinagem/Horticultura/Ginástica; Tarde – Jardinagem/Horticultura/Ginástica; Quarta-feira – Manhã: Manicure – Tarde: Bijuteria/Aproveitamento de Alimentos; Quinta-feira – manhã: Ginástica; Tarde: Ginástica/Tricô e Crochê/Pintura em Tecido (15h às 17h); Sexta-feira – Tarde: MDF.

Os CRAS são fruto de uma parceria do Ministério de Desenvolvimento Social e a secretaria municipal de Assistência Social e funcionam como posto avançado no atendimento às comunidades através do CADÚNICO, cadastrando a população em projetos como o Bolsa Família, Renda Melhor e Renda Melhor Jovem, entre outros serviços. Mais informações pelo telefone 2637-3648.

Outubro 16, 2012 Posted by | cursos, jornalismo, Maricá, projeto social | | Deixe um comentário