Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Patrocinado pela Petrobras, Gonzaga – De Pai Para Filho estreia nos cinemas nesta sexta-feira

O aguardado filme Gonzaga – De Pai Para Filho, que tem o patrocínio da Petrobras, estreia nesta sexta-feira (26) nos cinemas de todo o país. Dirigido por Breno Silveira, de 2 Filhos de Francisco, o longa narra a trajetória de Luiz Gonzaga, uma das mais importantes figuras da música popular brasileira, e do filho Gonzaguinha. Sempre acompanhado de sua sanfona, Gonzaga, que completaria 100 anos em 2012, inventou o Baião e gravou mais de 600 músicas e participou de 266 discos. Seu grande sucesso, ‘Asa Branca’, tornou-se um hino para os sertanejos. Gonzaguinha seguiu os passos do pai e criou, entre outros sucessos, a música que é considerada um marco da MPB: ‘O que é, o que é?’.
Para retratar a vida de Gonzaga, desde sua infância em Exu, no sertão pernambucano, passando pelo início da carreira nas ruas do Rio de Janeiro, até sua histórica turnê ‘Vida de Viajante’ com o filho Gonzaguinha, foram gravadas cenas no Nordeste e recriado o Rio de Janeiro dos anos 40. O diretor Breno Silveira conta que o filme foi rodado com riqueza de detalhes. Foram mais de 200 atores e 600 figurantes.
Segundo Breno, o que o motivou a levar a história de Gonzaga para as telonas foi a emoção que sentiu ao conhecer os detalhes da relação entre pai e filho. "Não são biografias que me interessam, mas boas histórias, que emocionem e toquem em questões universais, sentimentos que digam respeito a todas as pessoas. Há sete anos, a Marcia Braga, produtora, e a Maria Hernandez, idealizadora do projeto, me procuraram com umas fitas cassetes gravadas pelo Gonzaguinha, em que ele tentava resgatar a história do pai. Quando eu comecei a escutar, em cada fita eu percebia a emoção deles e ia me emocionando também. Fiquei impressionado ao entender que pai e filho estavam se conhecendo ali. Até que, numa das últimas fitas, o Gonzaguinha dizia: ‘Estou entrando no sertão, sertão que era do meu pai. À minha direita tem uma lua… Deve ser ele, o Velho Lua me olhando… Eu não conheci meu pai direito e, amanhã, é o enterro dele’. Fiquei emocionado e com vontade de contar essa história", contou o diretor.
Petrobras
Maior patrocinadora da cultura brasileira, a Petrobras foi uma das principais responsáveis pela retomada do cinema nacional na década de 90. Essa parceria começou em 1994, com Carlota Joaquina, e se firmou com o patrocínio a grandes produções nacionais como O Quatrilho, Tieta, O Que É Isso, Companheiro?, Se Eu Fosse Você, Tropa de Elite, Saneamento Básico, Meu Nome Não É Johnny, entre outros. Hoje são mais de 500 filmes patrocinados pela Companhia.
O incentivo ao audiovisual tem como objetivo estimular a produção, formar novas plateias e privilegiar espaços de fomento e circulação da produção nacional. Desde 2003, o Programa Petrobras Cultural já destinou, por meio de seleções públicas, R$ 164,9 milhões ao audiovisual, contemplando 547 projetos.
Clique aqui para assistir ao trailer do filme

Gerência de Imprensa/Comunicação Institucional

Outubro 25, 2012 Posted by | cinema / produção, cultura, jornalismo | , | Deixe um comentário

Rede de distribuição de água avança em Maricá

Texto: Sérgio Renato | Fotos: Fernando Silva

Outro grupo realiza medições para a tubulação que vai passar sob a RJ-106 e levar a água que chega da estação do Laranjal, em São Gonçalo

A expansão do fornecimento de água potável em Maricá passa por um momento crucial, no qual importantes instalações encarregadas do abastecimento em lados opostos da cidade começam a ganhar corpo. É o caso de Bananal, onde a construção da estação de tratamento para a região de Ponta Negra foi iniciada e da instalação, já em estágio avançado, de dois reservatórios para servir a Inoã e Itaipuaçu.

A estação do Bananal está sendo construída em um terreno às margens da rodovia RJ-118, que liga Ponta Negra a Jaconé. No local, técnicos realizam sondagens de solo para iniciar a construção. De acordo com a Secretaria de Projetos Especiais de Maricá, a nova estação terá capacidade para processar 200 litros de água por segundo, volume que será captado na junção dos rios Padeco e Caranguejo e será capaz não só de atender a 100% dos bairros citados, como também eventualmente ao bairro de Guaratiba. No início do mês, operários da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) completaram a linha de tubulação de água junto à estrada, que começou a ser instalada em 2010. Com um investimento total de R$ 7,5 milhões, essa nova rede vai atender também os bairros de Cordeirinho e Bananal.

Tanques de Itaipuaçu

Localizados em partes altas nos dois bairros, ambos às margens da Estrada de Itaipuaçu, os tanques têm capacidade média para armazenar mais de 7 milhões de litros de água (2,5 milhões para Inoã e 4,8 milhões para Itaipuaçu).

Nas ruas de Inoã, outras equipes trabalham na instalação das redes que vão abastecer as residências. Nesta semana, os dutos foram colocados nas imediações do Destacamento de Policiamento Ostensivo (DPO) do bairro e na via marginal da rodovia RJ-106, na altura no quilômetro 13, no sentido Niterói. No lado oposto, outro grupo está realizando medições para a passagem de tubos por baixo do leito da estrada, que vão levar aos reservatórios a água que vem da estação de tratamento de Laranjal, em São Gonçalo, através de nove quilômetros de tubos instalados ao longo da RJ-106. O prazo de conclusão, segundo a Secretaria de Projetos Especiais, é julho de 2013.

Os trabalhos para levar água a Inoã e Itaipuaçu começaram em agosto de 2011. Entre os itens da estrutura do novo sistema estão a instalação de aproximadamente 250 quilômetros de rede, que vão possibilitar cerca de 12 mil ligações residenciais e comerciais nos dois bairros. O investimento é de R$ 70 milhões e vai beneficiar cerca de 50 mil moradores. As obras são contempladas pela segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2).

Equipes estão instalando redes nas ruas de Inoã nesta semana

O reservatório de Inoã pode armazenar 2,5 milhões de litros

Em Itaipuaçu, a capacidade será de 4,8 milhões de litros de água

Reservatórios de Itaipuaçu e Inoã estão em construção

Área onde será construída a estação de tratamento de Bananal, que vai abastecer a região de Ponta Negra

Outubro 25, 2012 Posted by | água, jornalismo, Maricá, Obras em Maricá | Deixe um comentário

História de Maricá retratada em Colégio Estadual Elisiário Matta

Texto: Leandra Costa (edição: Marcelo Moreira) | Fotos: Fernando Silva

O Colégio Estadual Elisiário Matta apresenta para seus alunos parte da Exposição “Dos Passos de Anchieta, Apóstolo do Brasil, à Nova Maricá".

Dando início ao projeto de itinerância nas escolas da exposição “Dos Passos de Anchieta, Apóstolo do Brasil, à Nova Maricá”, que retrata os 198 anos da cidade de Maricá, uma das instituições mais tradicionais do município, o Colégio Estadual Elisiário Matta, apresenta para seus alunos parte da mostra produzida pela historiadora Maria Penha de Andrade e Silva e pela arquiteta Renata Gama. A exposição faz parte de uma série de atividades realizadas desde segunda-feira, dia 22/10, em homenagem ao aniversário do patrono, o professor Elisiário Augusto da Matta, nascido em Maricá, no dia 23 de outubro de 1835.
A mostra, que será encerrada nesta sexta-feira (26/10) contempla nove painéis distribuídos pelo corredor do colégio, retratando alguns dos momentos mais marcantes da história do município, como a entrega da primeira sesmaria (faixas de terra dadas a terceiros pelo império português) em Maricá. A sesmaria foi doada em 1574 ao nobre Antônio de Marins Coutinho.
Também são exibidas imagens antigas do município, como a vista panorâmica do Centro, de 1889, quando Maricá foi elevada à categoria de cidade por Francisco Portela, presidente da Província do Rio de Janeiro. Na imagem, a lagoa de Araçatiba chegava até ao terreno da Igreja Nossa Senhora do Amparo. A mostra também traz fotos dos escravos na Fazenda da Serrinha (hoje bairro Manoel Ribeiro), em 1894; do primeiro calçamento da cidade na Rua Ribeiro de Almeida, no Centro, na década de 40; e do casamento do ex-vereador Francisco Sabino da Costa, que dá nome a uma via principal na região central da cidade.
A subsecretária municipal de Cultura, Rosely Pellegrino, destacou a importância dessa ação para divulgar a história da cidade. “É uma excelente oportunidade para resgatar os valores culturais do nosso município”, destacou.

A aluna Maiara Guimarães, de 17 anos e aluna do 3º ano do curso normal, achou muito interessante o conteúdo dos banners da exposição. “Desconhecia a história da cidade. Adorei ficar por dentro e ver algumas fotos antigas”, salientou a aluna. Outra formanda, Karina Santos, de 17 anos, considera muito importante o resgate histórico não somente da escola como também da cidade. "É bom conhecermos os valores de nosso município para podermos passar isso para nossos futuros alunos", destacou.
Semana em homenagem ao patrono
A coordenadora de eventos do colégio, Iara Salgado, destacou que além da exposição histórica, a prefeitura também ofereceu aos alunos o curso de Teatro do Oprimido como parte desta programação. “É a primeira vez que realizamos um evento de tamanha expressão sobre a história de nosso fundador da nossa cidade. Agradeço muito a prefeitura pela contribuição”, comentou a coordenadora.

Durante o evento foram realizadas, em parceira com Universidade Severino Sombra, oficinas de sucata, libras, psicomotricidade, contação de histórias, palestras sobre Educação Ambiental, Marketing Pessoal e Ambiente de Trabalho. Além disso, diversos painéis com fotos antigas ilustram o corredor principal da escola, como por exemplo, uma foto da década de 50, com a primeira normalista formada na escola, Luciene Rangel.

A escola hoje possui aproximadamente 2.500 alunos do 6º ano do Ensino Fundamental ao 4º ano do Ensino Normal.

A mostra contempla nove painéis distribuídos pelo corredor do colégio, retratando alguns dos momentos mais marcantes da história do município.

A exposição faz parte de uma série de atividades realizadas em homenagem ao aniversário do patrono, o professor Elisiário Augusto da Matta.

Diversos painéis com fotos antigas ilustram o corredor principal da escola.

Iara Salgada mostra história detalhada do colégio estadual.

A aluna Maiara Guimarães considerou muito interessante o conteúdo dos banners da exposição.

Outubro 25, 2012 Posted by | cultura, Educação, Exposições, jornalismo, Maricá, projeto educacional | | Deixe um comentário

Sob o Céu, Sob o Sol de Maricá encerra Outubro Rosa neste final de semana

Texto: Odemir Capistrano

Neste final de semana, o Projeto Sob o Céu, Sob o Sol de Maricá, da secretaria municipal de Turismo e Lazer será dedicado ao encerramento da campanha "Outubro Rosa", no Mês de Prevenção ao Câncer de Mama. O programa começa cedo: na sexta-feira (26/10), a praça Conselheiro Macedo Soares, onde fica a sede da pasta de Turismo, recebe às 17h os músicos Ronaldo Valentim e Blecaute Junior. “Faremos um trabalho com a secretaria de Saúde, a de Cultura, a de Direitos Humanos e a subsecretaria de Iluminação Pública”, avalia o subsecretário de Turismo e Lazer, Elson Ribeiro. Em Bambuí, na praça Lucas Peão, apresentam-se, no mesmo dia e horário, Raul Palmeira e Edy Baiano, com a presença dos integrantes do núcleo local da Casa da 1ª à 3ª Idade.

No sábado (27/10), às 19h, na praça Orlando de Barros Pimentel, Centro, será a vez da cantora Dalva Alves abrir o espetáculo, com a participação especial de Mirene Alves. Em seguida, às 21h, quem faz o show é Sérgio Dantas. “A ideia é iluminar de rosa a tenda onde se apresentarão os artistas na praça”, informa Sandra Caetano Figueira, coordenadora do Programa Saúde da Mulher, da secretaria municipal de Saúde. A iniciativa se juntará à iluminação especial, também idealizada pela coordenação do programa, para a casa de Cultura, toda no mesmo tom do evento. O “Outubro Rosa”, da Organização Mundial de Saúde, se utiliza em toda parte desse recurso como símbolo da campanha de prevenção ao câncer de mama.

Outubro 25, 2012 Posted by | jornalismo, Maricá, saúde | Deixe um comentário

Iluminação especial e show local integram comemorações do Outubro Rosa em Maricá

Texto: Leandra Costa (edição: Marcelo Ambrosio)

Inserida no movimento Outubro Rosa – que reúne em todo país ações de prevenção, conscientização e combate ao câncer de mama – a Casa de Cultura, localizada na Praça Orlando de Barros Pimentel, recebe nesta sexta-feira, dia 26.10, às 20h, uma iluminação especial com luz em tom de rosa, em alusão à importância da causa, que se estenderá até o dia 31.10. Além da iluminação em prol da campanha, quem passar pela praça poderá curtir o projeto “Sob o Céu, Sob o Sol de Maricá”, com a apresentação especial da artista Dalva Alves.

Numa ação conjunta das secretarias municipais de Cultura, Turismo e Lazer e Saúde, por meio do Programa de Saúde da Mulher, o objetivo da iniciativa é alertar a população sobre a necessidade de diagnóstico precoce deste tipo de câncer e os riscos em caso de demora. Para a coordenadora do programa, Sandra Caetano Figueira, ações como essa servem para despertar o interesse das pessoas e conscientizá-las sobre a necessidade de prevenção. “É um alerta para todos nós cuidarmos da nossa saúde. Vale destacar que o câncer de mama não ocorre apenas nas mulheres. Os homens também devem periodicamente ser examinados”, destacou a coordenadora.

Segundo estimativas do Inca (Instituto Nacional de Câncer), a doença será responsável por 52.680 novos casos até o fim do ano no Brasil. O câncer de mama é o segundo mais recorrente no mundo, perdendo apenas para o de pele, mas o mais comum entre as mulheres, respondendo por 22% dos casos novos a cada ano.

Outubro 25, 2012 Posted by | jornalismo, Maricá, saúde | | Deixe um comentário

Sine de Maricá oferece vaga de emprego

Texto: Leandra Costa

O Sine (Sistema Nacional de Emprego), mantido em Maricá pela Secretaria Municipal de Trabalho e Emprego, oferece uma vaga para estoquista de supermercado. A oferta é apenas para pessoas do sexo masculino, com mais de 18 anos de idade.

Não é necessário ter experiência profissional e o salário é de R$ 820,00, mais o benefício de vale transporte.

Os interessados devem levar currículo atualizado na agência do Sine, localizada na Rua Domício da Gama 391, no Centro. O telefone de contato é (21) 3731-1466.

Outubro 25, 2012 Posted by | jornalismo, Maricá, oportunidade de emprego, trabalho e renda | Deixe um comentário

Mercado das Artes de Maricá promove festa de Halloween

Texto: Jorge André e Leandra Costa | Fotos: Fernando Silva

O Mercado das Artes já está enfeitado com o tema

Dê asas à imaginação e prepare-se sua fantasia para participar da Festa do Halloween no Mercado das Artes na próxima quarta-feira (31.10), data na qual se comemora o dia das Bruxas, evento de tradição nos EUA e em países anglo-saxônicos. Realizado pela secretaria municipal de Trabalho e Emprego, com apoio da secretaria municipal de Turismo e Lazer, o evento contará com show, maquiagem gratuita e concurso de fantasia.

Marcado para começar às 18h30, os 29 boxes receberão ornamentação alusiva à festa com direito a muitas bruxas, abóboras e vela. Os comerciantes do local prometeram surpreender o público com algumas surpresas. No stand 4, “Ateliê de Delícias da Drê”, o público se encantará com os cupcakes (pequenos bolos individuais) caracterizados ao tema da festa criados especialmente pela artesã Andrezza Santos. No espaço Recanto do Bacalhau, Valéria Assis irá criar um prato especial para o evento: camarão na moranga e drinques variados. Já no box 3, normalmente destinado para fazer tatuagens, haverá maquiadoras para incrementar o visual dos participantes. E, detalhe, haverá concurso para a escolha da melhor maquiagem. Cinco pessoas da comunidade serão responsáveis pela escolha da melhor personificação que ganhará uma cesta com diversos produtos do Mercado das Artes.

E, durante toda a festa a cantora local Dalva Alves vai “tocar o terror” na plateia com muita música para ninguém ficar parado. Então, solte a bruxa que tenha em você e venha participar do Halloween no Mercado das Artes.

Construído e administrado pela prefeitura, por meio da secretaria municipal de Trabalho e Emprego, o Mercado das Artes tem o objetivo de valorizar os artistas locais e consolidar a Praça Orlando de Barros Pimentel como polo de turismo. Na mesma praça, está situada a Casa de Cultura, que oferece aos turistas um panorama sobre a história de Maricá.

A secretária municipal de Trabalho e Emprego, Patrícia Villela, afirmou que eventos assim são para fomentar ainda mais a visitação ao mercado. “Já comemoramos o Dia das Crianças e agora vem o Halloween. A intenção é de sempre realizar atividades no mercado para atrair um público cada vez maior”, comentou Patrícia.

O Mercado das Artes fica na Rua Álvares de Castro, na esquina com a Rua Barão de Inohan, em frente à Casa de Cultura, no Centro. O espaço funciona de quarta-feira a domingo, das 12h às 22h.

Decoração temática pelos corredores

Réplicas das tradicionais lanternas

As simpáticas bruxinhas

Outubro 25, 2012 Posted by | arte, jornalismo, Maricá | | Deixe um comentário

Minha Casa, Minha Vida inaugura Central de Atendimento em Maricá

Texto: Fernando Uchôa

O programa federal Minha Casa, Minha Vida, inaugura, amanhã sexta-feira (26/10), às 9h, uma Central de Atendimento que dará continuidade às inscrições e servirá para tirar dúvidas quanto às condições de cadastro dos novos candidatos. A central estará aberta ao público a partir de segunda-feira, (28/10), de 9h às 17h.

Implantado há dois anos em Maricá, o programa já conta com 15 mil inscritos. Na parte de construção dos imóveis, o primeiro conjunto de unidades, que deverá se chamar Residencial Carlos Marighella, está em fase de pré-construção (a etapa de terraplanagem já foi realizada) em Itaipuaçu. No terreno, com 126 mil metros quadrados, estão sendo construídas 1.072 unidades residenciais com 90 metros quadrados, que serão comercializadas a preços populares. A Central de Atendimento do Minha Casa, Minha Vida fica à Rua Dr. Milton de Souza Pacheco, nº 24, Parque Eldorado, Maricá.

A mesma empresa também fará mais 800 moradias em Inoã, mas os imóveis ali serão doados pelo município a famílias cadastradas com renda entre zero e três salários mínimos e moradores em áreas de risco, como margens de lagoas e valões. Os critérios de distribuição foram estipulados pela secretaria municipal de Assistência Social (SMAS) de Maricá. Após esta etapa, mais 600 unidades serão construídas no mesmo local.

Para a subsecretária municipal de Assuntos Federativos e coordenadora do Minha Casa, Minha Vida em Maricá, Lene Oliveira, o programa está sendo cumprido dentro do previsto e é acompanhado passo a passo. “Dentro de dois anos entregaremos mais de três mil moradias à população”, afirma ela. “O programa tem de ser ajustado às necessidades locais e a nossa secretaria, responsável pela execução do projeto, trabalha em parceria com a Assistência Social”, completa Lene. Ainda de acordo com a coordenadora, o levantamento social é feito de acordo com o cadastro Cadúnico, uma das prioridades para inscrição no programa

Outubro 25, 2012 Posted by | jornalismo, Maricá, moradia, projeto social | , | Deixe um comentário

Montado o penúltimo vão da ponte da Barra

Texto: Sérgio Renato (com Marcelo Ambrosio) | Fotos: Fernando Silva

Mais quatro vigas de sustentação foram colocadas sobre os pilares da ponte da Barra de Maricá

A ponte da Barra de Maricá está perto de ser concluída. O penúltimo vão da estrutura de concreto foi montado nesta quarta-feira (24/10) com a colocação de quatro vigas de sustentação sobre os pilares, cada uma com 34,8 metros de comprimento e em torno de 40 toneladas de peso. Dois grandes guindastes, que podiam ser vistos da ponte do Boqueirão, foram utilizados na instalação das peças. Como das etapas anteriores, cada viga foi instalada sobre reboques um dia antes e, uma a uma, foram posicionadas com o uso de grandes carretas. Em seguida, em uma ação coordenada, os operários amarravam os cabos de aço nas extremidades e, sob o comando de um dos técnicos, o material era erguido. A movimentação exigiu controle e precisão dos dois operadores de guindaste, que obedeciam às ordens passadas através de sinais. A cada manobra, o trânsito tinha de ser interrompido no local.

O movimento atraiu a atenção de pessoas que passavam ou de moradores das imediações do canteiro. “Estou acompanhando esta obra desde o começo e estou muito feliz porque creio que será a solução para quem vive na região de Guaratiba, como eu”, avaliou o militar reformado César Rogério da Cunha, de 59 anos, lembrando que a ocorrência de ressacas que forçavam a abertura de um canal para escoamento da água causava muitos transtornos.

“Tínhamos de dar a volta pelo Bambuí ou Ponta Negra para ir até a rodovia, pois não havia como passar por aqui. Com a ponte, tenho certeza de que isso não vai mais acontecer”, afirmou. Ao lado dele, o também militar reformado Mário César Bezerra, de 49 anos, disse que mora em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense e frequenta a cidade há dez anos. “Sempre conto aos amigos de lá sobre o que está sendo aqui e falo muito dessa ponte”, disse ele.

Postes – Para a etapa final, de conclusão junto às cabeceiras, a secretaria municipal de Ambiente e Urbanismo de Maricá aguarda um serviço já solicitado à concessionária de energia elétrica Ampla para a retirada de postes e linhas de transmissão que estão no trajeto da via de acesso de quem chega de Guaratiba. A ponte terá 172 metros de extensão e integrará os bairros de Guaratiba, Cordeirinho, Bambuí e Ponta Negra ao Centro. A previsão da secretaria de Urbanismo é de concluir a obra por inteiro em aproximadamente dois meses.

As secretarias municipais de Transportes e de Assuntos Federativos já iniciaram os estudos, também, para a elaboração, respectivamente, do esquema de trânsito para o acesso e da urbanização na área do entorno da nova ponte. Os acabamentos da obra incluem calçamento, instalação de quiosques, postes, lixeiras e bancos, além do plantio de árvores.

Há, ainda, estudo para a implantação de um canal com eclusa, de forma a permitir que a circulação e renovação da água do complexo lagunar seja possível e rápida, permitindo a oxigenação da água principalmente em períodos de estiagem.

Cada viga tem 34,8 metros de comprimento e pesa 40 toneladas

Operários montaram o penúltimo vão da estrutura de concreto com apoio de dois guindastes

A previsão da prefeitura é que a obra seja concluída em dois meses

Moradores aprovam a construção da ponte

Outubro 25, 2012 Posted by | jornalismo, Maricá, Obras em Maricá, Urbanização, vias públicas | | Deixe um comentário

Antonio Azevedo, presidente da ABAV, dá início à 40ª edição da Feira de Turismo das Américas

Maricá também está presente na ABAV, no estande da TurisRio

Cerimônia de abertura foi marcada pela presença de agentes de viagens e imprensa e contou com a presença de Gastão Vieira, atual ministro do Turismo

DSCF1808 Foi realizada, ontem, a cerimônia de abertura da 40ª edição da ABAV – A Feira de Turismo das Américas. (foto Rosely Pellegrino).

Na chegada o presidente Antonio Azevedo discursou pela primeira vez à imprensa e aos agentes de viagens. “Este é o palco ideal para que os players do setor, expositores e visitantes aproveitem para conquistar resultados, ampliar conhecimentos e contatos, identificar tendências de mercado e realizar ótimos negócios”, defendeu.
À frente da Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV Nacional) desde o ano passado, o executivo ressaltou a importância do evento para o setor como um todo, enfatizando que, atualmente, o turismo é essencial para o desenvolvimento econômico e social sustentável, o que o leva a classificar este encontro como a “principal feira internacional de turismo do Brasil”.
Depois de mencionar a parceria estratégica firmada com a ITB Berlim, considerada a maior feira de turismo do mundo, e com a Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), Azevedo destacou o apoio do Fórum das Associações das Agências de Viagens da América Latina e da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT), revelando, em seguida, os números do evento: são mais de 1.350 expositores espalhados por quase 450 estandes em uma área total de 45 mil m², espaço 15% maior em relação à edição do ano passado. Contando com a presença de 51 países, a expectativa é de que, até sexta-feira (27), circulem pelo Riocentro mais de 20 mil pessoas.
Apesar de, em 2013, a ABAV passar para a capital paulista, o presidente da associação não descarta a possibilidade de, no futuro, o evento retornar para a cidade do Rio de Janeiro. “Esta região muito será beneficiada pelos investimentos estruturais dedicados aos megaeventos esportivos, inclusive com a necessária ampliação de sua oferta hoteleira, tornando-a mais competitiva e atrativa”, disse.
Durante o discurso, Azevedo abordou a questão do Projeto de Lei 5.120, que regulamenta a atividade desempenhada pelas agências de viagens, e pediu especial atenção do ministro Gastão Vieira no que concerne à aprovação do PL. Além disso, revelou uma das novidades para a edição do próximo ano: a ABAV será aberta ao público final, visando estimular a compra pelas agências e a ampliação de roteiros, destinos e produtos brasileiros.
O presidente também citou o Fundo Garantidor de Serviços de Turismo, proposto pela entidade ao Ministério do Turismo e que tem como objetivo proteger os interesses dos consumidores, principais atingidos quando um fornecedor de serviços turísticos opta por suspender suas atividades repentinamente. Neste sentido, Azevedo alertou que a ABAV espera que a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) garanta a segurança e a credibilidade de todo o sistema, fiscalizando de perto os maiores aeroportos do país.
No que diz respeito às companhias aéreas, o executivo salientou que o relacionamento com a ABAV é o melhor possível, apesar de algumas divergências políticas. Como exemplo, Azevedo citou a resistência em efetuar a cobrança da DU em todos os seus canais, o que inclui a venda por meio da internet. Se adotada, esta medida seria extremamente favorável à agência, reforçando seu fluxo de caixa e reduzindo risco de interrupção de operações, além de permitir que a empresa minimize a cobrança de multas.
Antonio Azevedo finalizou seu discurso com um agradecimento especial a toda a equipe da ABAV e defendeu a relevância de a classe se manter unida e encerrou com os versos de Geraldo Vandré: “Vem, vamos embora, que esperar não é saber; quem sabe faz a hora, não espera acontecer”.
Autoridades presentes

DSCF1805 O Ministro do Turismo Gastão Vieira, durante seu discurso na solenidade de Abertura da ABAV 2012

Dentre as autoridades presentes à cerimônia de abertura, o grande destaque foi a presença de Gastão Vieira, ministro do Turismo. Depois de ressaltar o peso que a feira representa para o setor, Vieira aproveitou a oportunidade para divulgar alguns dados da quinta edição da pesquisa que estuda o comportamento dos turistas brasileiros entre 2007 e 2011.
De acordo com o estudo, que entrevistou 39 mil famílias, a quantidade de pessoas que realiza viagens dentro do país cresceu 18,5%, o que, em números, corresponde a um acréscimo de 9,2 milhões de viajantes. Apenas no ano passado, quase metade da população brasileira (48,5%) viajou pelo menos uma vez. Dos entrevistados, 44% optaram por percorrer o território nacional. A preferência por viagens domésticas subiu de 161 milhões, em 2007, para 191 milhões em 2011.
Apesar de a quantidade de viagens empreendidas por pessoas com renda de até quatro salários mínimos ter crescido mais de 21%, a falta de dinheiro apareceu como o principal motivo que impede os turistas de viajarem. Por sua vez, as famílias mais abastadas, que sobrevivem com mais de 15 mil reais, alegaram falta de tempo. A pesquisa apontou também que o lazer ainda é a grande alavanca do setor: saltou de 80,3%, em 2007, para 81,4% no ano passado.
Ao lado de Gastão Vieira, na mesa solene, estavam grandes nomes do turismo: Cecília Meireles, Secretário de Estado do Turismo de Portugal; Antonio Ribeiro de Melo, representando Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro; Ronald Ázaro, Secretário de Estado de Turismo, representando o governador Sérgio Cabral; Ronaldo Vieira Coutinho, governador do Estado da Paraíba; Edmar Bull, presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas (Abracorp) e Jackson Pitombo Cavalcante Filho, Secretário de Estado do Paraná, entre outros.
Corte da fita
Após a cerimônia de abertura na plenária da Vila do Saber, Antonio Azevedo e Gastão Vieira seguiram até a entrada do pavilhão 3 do Riocentro, onde, ao lado de Antonio Loureiro e Luis Carlos Vargas, diretor Geral para o Brasil, Portugal e Espanha e country manager da Travelport, respectivamente, procederam ao corte da fita, abrindo oficialmente o evento.
A exemplo do que ocorreu em 2011, a ação foi acompanhada do ato simbólico do plantio de uma árvore, dando início à campanha “Por um trade mais verde”, que consiste na compensação das transmissões de CO2 emitidos por conta da realização do evento. O objetivo de tal ato é reiterar a crença da entidade e da Travelport na importância do desenvolvimento sustentável do turismo.

Maricá está presente na ABAV Feira de Turismo das Américas,  no estande da TurisRio

ABAV 2012 (foto Marcelo Costa) Maricá participa da Feira de Turismo das Américas

Texto: Fernando Uchôa

Menos de um mês após participar do Salão de Turismo do Estado do Rio – Brite 2012, realizado no Cais do Porto, o município de Maricá volta a ser convidado para outro encontro do setor, desta vez, a Feira de Turismo das Américas, promovida pela Associação Brasileira de Agências de Viagem (ABAV), e que acontece até sexta-feira (24 a 26/10), das 11h às 18h, no Centro de Convenções do Rio de Janeiro (Rio Centro), na Barra da Tijuca. A feira, que teve seu espaço aumentado este ano para 40 mil m2, é uma oportunidade para negociações e relacionamento com profissionais do setor. É esperada a participação de mais de mil expositores, de mais de 50 países, em 350 estandes.

A secretaria municipal de Turismo e Lazer está representando Maricá em um estande da Riotur compartilhado com os municípios da Costa do Sol, no qual estarão funcionários durante os três dias do evento. Serão distribuídos mapas, revistas e material informativo sobre o município. Para a subsecretária Lezirée Rejane de Figueiredo, o evento é mais uma oportunidade de divulgar Maricá no cenário internacional. “Temos potencial turístico e estamos investindo em infraestrutura”, afirma ela, citando como exemplo desse potencial o projeto hoteleiro da Fazenda São Bento da Lagoa, na Restinga da Barra de Maricá, atualmente em fase de licenciamento ambiental. “Temos 46km das mais bonitas praias do estado, lagoas e serras, além de um rico artesanato regional e de manifestações culturais populares”, completa a subsecretária.

A subsecretária Municipal de Turismo Lezirée Rejane de Figueiredo, no estande da TurisRio distribuindo folders de Maricá A Subsecretária Municipal de Turismo de Maricá, Lezirée Rejane de Figueiredo distribuiu folders de Maricá aos visitantes da feira

Equipe da Secretaria Municipal de Turismo de MaricáOs representantes dos Municípios de Búzios, Maricá e Rio das Ostras divulgaram no estande da TurisRio. Na equipe de Maricá, Izabel Abreu (esq.), Camila Castinheira e o Subsecretário Municipal de Turismo de Maricá Elson Ribeiro.

Equipe de Maricá na ABAV 2012

Sabina da Lux Tour tb presente na ABAV 2012 Sabin Lux (dir), da agência de viagem Lux Tours de Maricá, elogiou a diversidade de roteiros apresentados na feira (foto Marcelo Costa)

229799_10151261829785600_1966487878_n O agente de viagens amigo de Maricá, Marcelo Costa, prestigiando os amigos no estande de Maricá na ABAV 2012, tendo ao lado a jornalista editora deste blog Rosely Pellegrino, da secretaria Municipal de Cultura de Maricá, e a equipe da Secretaria Municipal de Turismo com Lezirée Rejane de Figueiredo, Izabel Abreu, Camila Castinheira e Elson Ribeiro

Equipe da Secretaria Municipal de Turismo de Maricá com a atleta campeã Sandra Pires A atleta Sandra Pires campeã do vôlei brasileiro, recebeu com carinho a equipe da Secretaria de Turismo de Maricá, nas pessoas do Subsecretário Municipal de Turismo, Elson Ribeiro, e de Camila Castinheiras, e Izabel Abreu, e autografou camisetas para todos

Outubro 25, 2012 Posted by | cultura, Feiras e Eventos, jornalismo, turismo | , , | Deixe um comentário