Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Maricá e o Bicho foi um sucesso

ONG organiza evento em defesa de animais de rua

Texto: Secretaria de Comunicação | Fotos: Clarildo Menezes

No último sábado (03/11), a ONG MARICÁ E O BICHO organizou um evento na quadra poliesportiva Leonel Brizola, no Flamengo.

Segundo a Presidente da instituição, Jacqueline Patricia de Oliveira, a ação teve como objetivo mostrar a necessidade de cuidar dos animais de rua e preservar o meio ambiente. Durante o evento, foi apresentado ao público o cão Thor – um vira lata encontrado na rua, no bairro de Itapeba, com a orelha machucada, e que foi retirado das ruas e tratado graças à atuação da Ong.

Para animar o público, várias bandas se apresentaram: os cantores Dhara Pires e Joe Santana abriram os trabalhos, seguidos pelas bandas de Rock Indentidade Brauka e Euphoria, além do Dj Acqua, da Banda Genero e do show de encerramento da noite, com Jô Borges e Banda.

A iniciativa contou com o apoio do comercio local e da Prefeitura Municipal de Maricá.

Anúncios

Novembro 7, 2012 Posted by | jornalismo, Maricá | | 1 Comentário

Defesa Ambiental de Maricá encontra carvoaria clandestina

Texto: Fernando Uchôa | Fotos: Fernando Silva

A Defesa Ambiental da Guarda Municipal de Maricá, em operação realizada nesta quarta-feira (07/11) na área rural do Silvado, encontrou grande quantidade de madeira, cortada por motoserra, e que seria destinada à produção de carvão. Os carvoeiros não foram encontrados no local.

A carvoaria clandestina foi instalada cerca de 50 metros acima de uma passagem do Rio Silvado, em propriedade particular. O equipamento utilizado para a queima da madeira, popularmente chamado de “balão”, consiste em um retângulo escavado na terra, com cerca de quatro metros de comprimento por dois metros de largura e com um metro e meio de profundidade, onde a madeira cortada é depositada e queimada, com uma camada de terra por cima, para que não esfarele demais. A madeira queima de dois a três dias, formando o carvão, que é embalado em sacos de estopa de 25 quilos, e comercializado na região. A cada queima, são embalados de 50 a 100 sacos de carvão.

Crime ambiental

O coordenador da Defesa Ambiental, GM Moretti, ressaltou que as atividades de extração e queima de madeira para produção de carvão constituem crime ambiental, com citação em diversos artigos da legislação. “Em primeiro lugar, estão tirando madeira de forma clandestina, de uma propriedade particular. Em segundo, são árvores e arbustos da flora nativa, outro crime ambiental. Podemos ver troncos e galhos de madeira nova aqui. Em terceiro, estão utilizando motoserra, equipamento licenciado apenas pelo IBAMA, que não permite seu uso em reservas florestais. Nosso procedimento, no caso, é fazer o registro da situação e entregar um processo completo (relatório e fotos) ao fiscal da Secretaria de Meio Ambiente, que notificará o dono da propriedade.

Moretti explica também o que aconteceria caso os carvoeiros fossem encontrados no local. "No caso do flagrante, com os carvoeiros em atividade, o procedimento seria a detenção de todos. Eles seriam levados à delegacia local, para depoimento, e todo o material encontrado seria apreendido", declarou.

A população pode denunciar crimes ambientais pelo telefone da Defesa Ambiental da Guarda Municipal, que é o 2637-8737.

Carvoaria clandestina no Silvado em Maricá/RJ

Novembro 7, 2012 Posted by | Defesa Civil, jornalismo, Maricá, meio ambiente | 1 Comentário

Bolsa Família realiza mutirão de saúde no dia 10 em Maricá

Texto: Secretaria de Comunicação

O Bolsa Família em Maricá fará um grande mutirão para que os beneficiários possam fazer o acompanhamento de saúde e atualizar seus prontuários. Neste sábado (10/11), oito escolas do município estarão abertas, das 10h às 14h, para receber as famílias cadastradas. O acompanhamento acontece duas vezes ao ano e é considerado obrigatório para que as famílias continuem recebendo os benefícios do programa.

As unidades educacionais abertas para atender os usuários do Bolsa Família são:

E.M. João Monteiro, no Recanto – Itaipuaçu

E.M. Vereador Osdevaldo da Matta, em Santa Paula

Caic de São José de Imbassaí

Casa da Criança de Inoã

E.M. Joaquim Eugênio, na Mumbuca

E.M. Marcus Vincíus, no Bairro da Amizade

E.M. Marquês de Maricá, na Ponta do Francês

E.M. Profº Alcione Silva, em Bambuí

Novembro 7, 2012 Posted by | Ação Social, assistencia social, campanha social, jornalismo, Maricá, projeto social, saúde | Deixe um comentário

Prefeitura de Maricá oferece palestras que conscientizam sobre os perigos da dependência química

 

Texto: Fernando Uchôa

As drogas constituem um risco à saúde do usuário e à tranquilidade de famílias inteiras. Para alertar sobre esses perigos, a Subsecretaria Municipal de Combate e Prevenção à Dependência Química está realizando um ciclo de palestras direcionado ao público jovem.

Nesta quinta-feira (8/11), das 8h30min às 17h30min, a equipe técnica da subsecretaria irá conscientizar os alunos do 9º ano da E.M. Joana Benedicta Rangel. O evento terá a participação de comissários da Infância e da Juventude, e da Corregedoria, que forneceu cartilhas sobre o assunto.

No dia 10 de novembro, às 17h30min, a palestra será apresentada para a comunidade, na Capela do Sagrado Coração de Jesus, em Ponta Grossa. E, no dia 28/11, será a vez do Conselho Municipal de Segurança Pública sediar a palestra aberta ao público, às 15h.

A Subsecretaria de Combate e Prevenção à Dependência Química trabalha em parceria com instituições que visam a recuperação de dependentes químicos e promove fóruns mensais sobre o assunto. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 2637-3648 ou na própria subsecretaria, que fica na Rua Domício da Gama, 386, Centro.

Novembro 7, 2012 Posted by | Ação Social, assistencia social, direitos humanos, jornalismo, Maricá, palestra gratis, projeto social, segurança pública | Deixe um comentário

Contribuintes procuram Prefeitura de Maricá para negociar dívidas

Texto: Rafael Zarôr (edição: Marcelo Ambrosio)

O primeiro dia de atendimento do programa Pague Fácil Maricá em Ponta Negra foi considerado satisfatório pela Secretaria Municipal de Fazenda. No último sábado (03/11), o posto volante funcionou na unidade de saúde do distrito e atraiu um bom número de contribuintes que foram negociar as dívidas com a prefeitura. Da mesma forma, muitos contribuintes estão se dirigindo ao atendimento no Paço Municipal.
O Pague Fácil começou a funcionar na última quinta-feira (01/11) e será realizado até o dia 28 de dezembro. As dívidas são negociadas caso a caso e podem incluir até o desconto nas multas e pagamento em até 100 prestações.
Com este posto volante de Ponta Negra que funcionará somente aos sábados, das 10h às 15h, a secretaria amplia os atendimentos nas duas extremidades do município, já que o serviço também é disponibilizado no Terminal Rodoviário de Itaipuaçu, além da sede da prefeitura, no Centro. Nestes dois locais, o funcionamento é realizado de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, e aos sábados das 10h às 15h. “O volume de pessoas procurando a renegociação aumenta diariamente nos locais de atendimento”, destaca o secretário municipal de Fazenda, Roberto Santiago.
A unidade de Ponta Negra funciona no posto de saúde do distrito (Rua Alcebiades Teodoro Pereira, s/n), com dois guichês para atendimento de renegociação dos débitos municipais. No total, 15 funcionários da secretaria negociam as dívidas nos três pontos de atendimentos. O Pague Fácil Maricá foi idealizado para que o município recupere em torno de R$ 105 milhões em débitos, sobretudo de IPTU e ISS. No entanto, as condições especiais, alerta Santiago, tem prazo determinado para acabar. “A partir de janeiro de 2013 todas as dívidas que não foram renegociadas serão encaminhadas para execução. Não haverá anistia”, completa o secretário. Mais informações pelo telefone 2637-2052.

SERVIÇO:
– Posto Volante de Ponta Negra – Funciona aos sábados das 10h às 15h na Rua Alcebiades Teodoro Pereira, s/n (posto de saúde);
– Prefeitura de Maricá (Rua Álvares de Castro, 346, Centro) e Terminal Rodoviário de Itaipuaçu (Rua Professor Cardoso de Menezes, antiga Rua 1). O
atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, e aos sábados das 10h às 15h;
– Documentos: identidade, comprovante de residência e o CPF (pessoa física). No caso de pessoa jurídica, são aceitos documentos que comprovem alguma vinculação ou uma procuração.

Novembro 7, 2012 Posted by | jornalismo, Maricá, moradia | , | Deixe um comentário

Conheça histórias de contribuintes que já quitaram suas dívidas com o Pague Fácil

Texto: Rafael Zarôr

Atrasados podem ser pagos de uma só vez com isenção de multas e juros

As vantagens oferecidas pela prefeitura para que a população regularize débitos com a administração municipal têm atraído centenas de contribuintes para os postos de atendimento do programa Pague Fácil, no Terminal Rodoviário de Itaipuaçu e no Paço Municipal, no Centro. O programa de renegociação de dívidas foi iniciado na última quinta-feira (01/11) e garante o pagamento dos débitos com isenção das multas, caso a dívida seja integralmente quitada, ou o parcelamento do valor devido em até 100 prestações.

As condições especiais de regularização foram essenciais para o engenheiro aposentado João Batista, de 61 anos, quitar as dívidas de um terreno no Jardim Atlântico, em Itaipuaçu. Ele comprou a propriedade em 1972 e há seis anos está com o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) atrasado. “Vim na prefeitura antes da criação do Pague Fácil e parcelei a minha dívida. Mas li na semana passada, num jornal do Rio, uma matéria dizendo que a prefeitura criou este programa e, por isso, resolvi renegociar os atrasados. Estava devendo R$ 5.500 e vou pagar, à vista, R$ 2.700. O abono foi excelente e vou ficar sem dívidas”, afirmou o engenheiro, que mora na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. “É ótimo a prefeitura fazer esta negociação porque regulariza as dívidas e os contribuintes não correm o risco de perder o seu imóvel", acrescentou.

A oportunidade de pagamento à vista com isenção das multas e juros também fez a cozinheira Luzia Maria Barcelos, de 60 anos, procurar o posto de atendimento no Paço Municipal nesta quarta-feira (07/11) para quitar os valores devidos. Ela mora em Niterói, possui um terreno em Itaipuaçu e não pagava o IPTU desde 2007. “Estou devendo R$ 1.187, mas com o abono vou pagar à vista só R$ 448. Foi muito mais viável quitar de uma só vez e ficar com o terreno regularizado”, destacou Luzia.

Muito emocionada, a aposentada Iris Macedo Freire, de 70 anos, comemorou a negociação das suas dívidas após ser atendida, também nesta quarta-feira (07), na sede da prefeitura. Ela comprou dois terrenos no Parque Nanci há 20 anos e tinha débitos desde 2003. “Tinha uma dívida de R$ 6 mil e com os descontos vou pagar R$ 3.200 à vista. Sem este programa não teria como regularizar os débitos. Hoje é um dia muito feliz porque estou com a minha casa pronta e agora sem nenhuma dívida”, declarou, aliviada.

O Pague Fácil Maricá será realizado até o dia 28 de dezembro. As dívidas são negociadas caso a caso e podem incluir até o desconto nas multas e pagamento em até 100 prestações. O programa foi idealizado para que o município recupere em torno de R$ 105 milhões em débitos, sobretudo de IPTU e Imposto Sobre Serviço (ISS).

O serviço é realizado de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, e aos sábados das 10h às 15h, no posto da Secretaria Municipal de Fazenda no Terminal Rodoviário de Itaipuaçu e na sede da prefeitura, no Centro. Além disso, a secretaria disponibiliza, aos sábados, das 10h às 15h, um posto volante em Ponta Negra (Rua Alcebiades Teodoro Pereira, s/n, na unidade de saúde do distrito). Mais informações pelo telefone 2637-2052.

Novembro 7, 2012 Posted by | jornalismo, Maricá, moradia | , | Deixe um comentário

Projeto Histórias Cantadas com o tema Maricá Minha Terra encanta a criançada

O projeto Histórias Cantadas é sempre recebido com atenção e alegria pela criançada que estuda na rede municipal de ensino de Maricá

A secretaria municipal de Cultura de Maricá, está levando às escolas municipais o Projeto Histórias Cantadas que tem como tema Maricá Minha Terra, dedicado especialmente ao público infantil, dos quatro aos 12 anos de idade. O objetivo é despertar na criança o interesse pela leitura, além de ensinar curiosidades sobre a história de Maricá.

Baseados no trabalho de pesquisa da historiada Maria Penha de Andrade e Silva, os artistas Dalva Alves e Ronaldo Valentim idealizaram o projeto, e com apoio das secretarias de Cultura e Educação, estão se apresentando em unidades escolares municipais voltadas para o ensino da Educação Infantil.

DSC02094 Alunos da E.M do Retiro participaram do projeto com alegria. “Gostei de aprender cantado é muito mais fácil. Quando vai ter mais?”disse um dos alunos

Em apresentações curtas, com duração aproximada de 15 minutos, os artistas estão encantando os alunos por meio de estrofes rimadas sobre a tradição e cultura maricaense. “Usamos uma linguagem de fácil entendimento para as crianças, com um pouco da história da cidade em forma de cordel", destacou a cantora, acrescentando que também realiza brincadeiras interativas com a plateia. “Cantamos, contamos a história, visando ensinar e alegrar as crianças que precisam ser tratadas com respeito, carinho e amor”, declarou.

DSCF1854Em parceira com Dalva, o cantor e compositor Ronaldo apresenta as canções do palhaço Chapinha, um de seus personagens de grande sucesso junto ao público infantil na época em que trabalhava num grupo teatral comandado pelo teatrólogo Mauro Menezes, principalmente em festas de aniversário. “O palhaço Chapinha sempre teve grande apelo com as crianças. A proposta é apresentar para quem não conhece as músicas infantis, de minha autoria, e para quem já ouviu, quero resgatar esse personagem que faz parte da memória de muitas pessoas”, explicou Valentim.

As diretoras e professoras das escolas visitadas foram unanimes em elogiar e aprovar o projeto, e o desempenho dos artistas Dalva e Valentin.

Nas fotos de Rosely Pellegrino confira a alegria dos alunos da: Escola Municipal de Pindobas e Escola Municipal de Pindobas

Novembro 7, 2012 Posted by | cultura, Educação, jornalismo, Maricá | | Deixe um comentário

Samba di Buteco e paraquedismo animam Itaipuaçu

Texto: Clarildo Menezes | Fotos: Clarildo Menezes

Samba di Buteco levou alegria ao Recanto, em Itaipuaçu.

O projeto Samba di Buteco, criado pelas secretarias de Turismo e Lazer e Cultura, levou a alegria do samba ao Recanto, em Itaipuaçu, no fim de semana. O show foi apresentado pelo grupo Feijão com Arroz e pelo cantor Claudinho Guimarães. A cantora Dalva Alves também se fez presente e deu uma canja.

O bairro recebeu ainda, e pelo terceiro ano consecutivo, o Encontro de Paraquedistas organizado por Joel do Recanto e pelo cabo paraquedista Dantas. O público pode acompanhar oito saltos livres, inclusive um feminino – a paraquedista, mergulhadora e praticante de rapel Sônia Ferreira faz parte da equipe do Batalhão de Operações Especiais da PM de Brasília e saltou pela segunda vez em Maricá. Outro participante foi o veterano Roberto Gaúcho: aos 75 anos, Gaúcho, que é de Maricá, ainda faz saltos livres.

Paraquedista, mergulhadora e praticante de rapel Sônia Ferreira faz parte da equipe do Batalhão de Operações Especiais da PM de Brasília.

Pelo terceiro ano consecutivo, o bairro recebeu o Encontro de Paraquedistas.

Novembro 7, 2012 Posted by | esportes, jornalismo, Lazer, Maricá, musica, shows e eventos, turismo | Deixe um comentário

Concluída pavimentação da Avenida Guarujá em São José do Imbassaí, Maricá/RJ

Texto: Sérgio Renato (edição: Marcelo Moreira) | Fotos: Fernando Silva

Obras de asfaltamento beneficiaram os 700 metros da avenida Guarujá.

Após exatos sessenta dias, foi concluída nesta segunda-feira (05/11) a pavimentação da Avenida Guarujá, na localidade do Marine, em São José de Imbassaí. A intervenção beneficiou toda a extensão da via, entre o km 22 da Rodovia RJ-106 e a Estrada Real de Maricá. O último trecho a receber asfalto fica entre a Rua Ibiapina e a Estrada Real, na pista sentido lagoa.

Dois meses de obras mudaram inteiramente a avenida, que antes só permitia a circulação de carros em um sentido e sofria com o piso lameado nos dias de chuva. A região é movimentada principalmente por causa da Escola Municipal CAIC Elomir Silva e do acesso ao trecho de lagoa.

Além de melhorar a mobilidade de motoristas e pedestres, as obras de urbanização da Avenida Guarujá também impactaram positivamente o saneamento na região. Em toda a extensão da via, foi implementado um sistema primário de coleta e tratamento do esgoto que sai das casas – minimizando o impacto dos dejetos despejados na lagoa que fica próxima ao local.

De acordo com o engenheiro responsável pela obra, Rogério Monteiro, o método foi sendo adotado em razão de uma característica particular daquela área. Segundo ele, algumas casas da região têm dificuldade para instalar sumidouros em razão da proximidade do solo com o lençol freático.

A equipe responsável pela pavimentação dos 700 metros da Avenida Guarujá fará o mesmo trabalho na Estrada Velha de Maricá, onde as obras de drenagem já estão sendo concluídas. O trecho beneficiado fica entre o canal da Avenida Marajó e a Capela de São José.

Equipes trabalharam na conclusão das obras.

Último trecho fica entre a Rua Ibiapina e a Estrada Real de Maricá.

Antes do asfalto, avenida também recebeu drenagem e sistema de saneamento.

Novembro 7, 2012 Posted by | jornalismo, Obras em Maricá, vias públicas | Deixe um comentário

Centro Educacional Joana Benedicta Rangel, em Maricá, comemora 30 anos com festa

Texto: Jorge André

O Centro Educacional Municipal Joana Benedicta Rangel completa 30 anos na próxima segunda-feira (12/11). Para comemorar a data, a Secretaria municipal de Educação preparou uma programação com várias atividades já a partir de sexta-feira (09/11), quando acontece o concurso da “Mais bela e o mais belo estudante”, a partir das 19h.

No dia do aniversário, uma palestra será ministrada pela professora e historiadora Djenane Lessa, direcionada aos alunos do ensino médio. Com o tema “Política de Ações Afirmativas – Lei 11639/03” – está marcada para 13h. A partir das 18h haverá um culto ecumênico comemorativo com a abertura da Banda de Tambores do Joana Benedicta Rangel. O coral da EJA (Educação de Jovens e Adultos) também fará sua homenagem ao colégio.

No dia 13/11, os alunos participam do VI Seminário de Cultura Afrobrasileira, que faz parte do Projeto “Construindo Identidades e Cidadania”, coordenado pelo professor Floredyl Domingos. Uma palestra, com início às 13h, será apresentada pela assessora da Superintendência da Igualdade Racial do Estado do Rio de Janeiro, Professora Hildézia Medeiros, para professores de segundo segmento e Ensino Médio. O tema será “Igualdade Racial no Currículo escolar”. Às 19h a programação do dia se completa com a quadra da escola se transformando no palco do concurso “Caça Talentos”, onde os alunos apresentam suas potencialidades.

Na quarta-feira (14/11) alunos de várias escolas municipais apresentam, a partir das 9h, trabalhos que são resultado do projeto de cultura afro-brasileira “Construindo Identidades e Cidadania”. Para encerrar a programação dos 30 anos do Centro Educacional Municipal Joana Benedicta Rangel a direção da escola preparou show com Marinho Duka. O evento está marcado para começar às 19h.

História rica

O Centro Educacional Municipal Joana Benedicta Rangel foi construído com o objetivo de atender aos filhos de funcionários da prefeitura de Maricá, mas com a demanda crescente, acabou recebendo alunos de todo o município, entre eles o próprio prefeito Washington Quaquá. O centro contou inicialmente com Cursos Técnicos voltados para Construção Civil, Secretariado, Contabilidade, além do Ensino Fundamental II. A escola hoje conta com aproximadamente 1.500 alunos matriculados e 180 funcionários. O Joana Benedicta Rangel funciona com turmas de Ensino Fundamental II e ainda com o curso Técnico de Edificações.

Novembro 7, 2012 Posted by | Educação, jornalismo, Maricá | Deixe um comentário