Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Emanuel Melo Vieira festejou em Maricá, mais uma primavera entre amigos

Completando 66 anos apimentados, como ele mesmo declara, o amigo Emanuel Melo Vieira, festejou seu aniversário domingo 09.12, no Sítio do Fraterno, em Maricá.

DSC03174DSC03176DSC03131DSC03129

Maninho, como é conhecido carinhosamente pelos amigos, ao som do Conjunto "CAÇULA", recebeu com carinho familiares e amigos de todas as fases de sua vida profissional: INPI, ANCINE, Secretaria Municipal de Cultura de Maricá e Secretaria de Cultura do Estado, que prestigiaram a data, e também dançaram e cantaram o melhor do samba, degustando as delícias preparadas pelo buffet "Picanha e Carvão".

DSC03115DSC03118

DSC03117Um presente muito especial foi o de sua irmã Belinha, uma apresentação de dança do ventre com a dançarina Angélica Surya, que encantou os presentes.

DSC03183DSC03185A festa foi super animada e recebeu elogios de todos que compareceram para abraçar e levar um carinho a Maninho, pessoa amiga muito querida e estimada por todos.

DSC03192DSC03195DSC03196DSC03197DSC03198DSC03199

Nos clicks da fotojornalista Rosely Pellegrino, editora deste blog, momentos da festa que agitou a tarde de domingo no Condado, em Maricá.

Anúncios

Dezembro 10, 2012 Posted by | jornalismo, social | , , | Deixe um comentário

Cia. Vida de Teatro e Dança apresenta em Maricá “O Quebra Nozes”

“O Quebra Nozes

A Fábula”

A Cia. Vida de Teatro e Dança – Ponto de Cultura “Arte e Cultura para Todos” está apresentando em Maricá, nos dias 21 e 22 de dezembro um dos Autos de Natal mais encenados pelas grandes Companhias de Dança dentro e fora do país.

cartaz quebra nozes

O Quebra Nozes foi escrito em São Petesburgo e apresentado pela primeira vez em 18 de dezembro de 1892, com música de Tchaikovsky e coreografia original de Marius Petipá. O Balé, mundialmente consagrado, está baseado num conto infantil de E.T.A Hoffmann.

A Cia. Vida de Teatro e Dança não tem a pretensão de apresentar o balé completo.

Nossa proposta é apresentar “O Quebra Nozes” no formato de uma fábula, unindo assim as duas linguagens que identificam essa companhia – o Teatro e a Dança.

Sob direção artística de Paulo Ernani, ator e bailarino do Theatro Municipal do Rio de Janeiro desde 1986 e produção executiva de Marília Danny, atriz, bailarina, escritora e produtora – atualmente presidente da Cia. Vida, “Quebra Nozes” promete ser uma das montagens mais arrojadas da Cia., reunindo, aproximadamente 120 pessoas entre atores e bailarinos.

A fábula é recheada de fantasia, magia e romantismo, mas a receita desta montagem vai contar com um ingrediente mais do que especial, a história será adaptada a nossa cidade, a cultura e os costumes do povo de Maricá.

Como uma proposta de unir simplicidade com criatividade, pretendemos que essa montagem seja assistida por, aproximadamente seiscentas pessoas e que possamos fazer deste, um Natal inesquecível.

Produção:

Cia. Vida de Teatro e Dança

Ponto de Cultura “Arte e Cultura Para Todos”

Av. Senador Francisco Sabino da Costa, 1043 salas 101, 102 e 103

Fone: 26385301

Blog: www.ciavida.blogspot.com

Facebook: CiaVida

Paulo Ernani

Marilia Danny

Dezembro 10, 2012 Posted by | cultura, Dança, jornalismo, Lazer, Maricá, musica, Teatro, turismo | , , | Deixe um comentário

Pague Fácil: faltam três semanas para renegociar dívidas municipais em Maricá

Texto: Rafael Zarôr | Fotos: Clarildo Menezes

Contribuintes têm até o dia 28 deste mês para renegociar as dívidas com a prefeitura – Foto: Clarildo Menezes

Faltam três semanas para o fim do Pague Fácil Maricá, programa da prefeitura de renegociação das dívidas municipais. Os contribuintes com débitos de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e Imposto Sobre Serviço (ISS) têm até o dia 28 deste mês para regularizar os atrasados. O programa garante o pagamento dos débitos com isenção das multas, caso a dívida seja integralmente quitada, ou o parcelamento do valor devido em até 100 prestações.

Mas os contribuintes precisam ficar atentos à data final do programa. “Quem não negociar até o dia 28 terá as dívidas executadas. Não vamos dar anistia e nem prorrogar o prazo”, alerta o secretário municipal de Fazenda, Roberto

Dívidas negociadas

Desde que o programa começou a funcionar, em 1º de novembro, 1920 pessoas já procuraram os balcões de atendimento nos três postos do Pague Fácil para efetuar o pagamento à vista. Do total de R$ 1,1 milhão emitido, mais de R$ 607 mil foram arrecadados pela prefeitura.

Segundo o secretário, o balanço até o momento é considerado positivo. “Estamos movimentando a dívida ativa e aumentando a arrecadação municipal. São condições muito favoráveis e que levam em consideração a capacidade do contribuinte de quitar o débito. As pessoas querem acertar as dívidas e a procura está mostrando isso”, destaca Santiago. Somados os débitos de IPTU e ISS, o município tem um estoque de aproximadamente R$ 105 milhões a receber.

Dezembro 10, 2012 Posted by | jornalismo, Maricá, moradia | | Deixe um comentário

Direitos Humanos de Maricá inaugura Casa Abrigo

Texto: Fernando Uchôa | Fotos: Clarildo Menezes

Inaugurada a primeira Casa Abrigo do município.

A Secretaria Municipal de Direitos Humanos de Maricá inaugurou nesta sexta-feira (07/12) a primeira Casa Abrigo do município, equipada para atender crianças e adolescentes de zero a 17 anos e 11 meses, vítimas de maus-tratos e conflitos familiares.

A Casa Abrigo tem como proposta a socialização e reintegração do menor à sua família. Uma equipe técnica especializada – composta por dois psicólogos, dois assistentes sociais, uma nutricionista, uma secretária administrativa, e dois casais de pais sociais – acompanharão o dia a dia das crianças abrigadas, ensinando noções de higiene e disciplina doméstica, levando-os à escola, ajudando nas tarefas escolares, e promovendo a interação entre eles, até que estejam emocionalmente protegidos para sua reintegração à família.

Inauguração
Com um discurso simples e emocionado, a secretária municipal de Direitos Humanos, Sylvia Cantuária, explicou o funcionamento da Casa Abrigo. “Tem um pedaço de cada setor da prefeitura, representados por vocês aqui. O dia de hoje é de alegria, pois, com muita determinação e sacrifício, conseguimos uma vitória para o povo de Maricá. Agradeço a equipe da secretaria e parceiros que contribuíram para que este sonho se realizasse. A partir de agora, declaro inaugurado o espaço que abrigará crianças carentes de ensino e afeto. Enquanto secretária, prometo que faremos o possível para que elas saiam daqui reintegradas e cidadãs”, destacou.

A casa possui quartos e banheiros separados (masculino/feminino), sala e cozinha comuns, além de área de recreação. Há tarefas domésticas que funcionam como regras a serem cumpridas, lembradas em avisos nas portas dos quartos, como em uma residência qualquer. “A própria família também será tratada, por meio de sessões terapêuticas com psicólogos, e reuniões para uma melhor convivência e ajuste social. Tivemos, eu e toda a equipe técnica, um treinamento de 90 dias pelos setores da secretaria e do Ministério Público, para que possamos desempenhar nossa função a contento. A adoção é sempre a última alternativa”, comenta o coordenador da Casa, Célio Augusto Bastos Siqueira.

A assistente social da Vara da Infância e Juventude, Hilda Regina, declarou que a função do Ministério Público é fiscalizar o cumprimento da normativa que rege a Casa: "Somos parceiros no apoio, porém temos a obrigação moral de acompanhar juridicamente o desenvolvimento desse trabalho, para que atinja seus objetivos", completou.

Presentes à cerimônia de inauguração, as secretárias: Sylvia Cantuária (Direitos Humanos), Luciana Andrade (Projetos Especiais), Alba Valéria Teixeira (Comunicação Social), Patrícia Vilella (Trabalho), a subsecretária de Políticas do Idoso, Denize Fortes, a presidente do Conselho Tutelar, Glória Maria Levy Cardoso, o subsecretário da Defesa Civil, Coronel Braga, o suplente a vereador, Ricardo Vianna, a coordenadora do SAREM (Serviço de Atendimento e Reabilitação Especial de Maricá), Sheila Azevedo, e a assistente social da Vara da Infância e Juventude, Hilda Regina, representando o promotor público da Comarca, Sérgio Luiz Lopes.

Quarto masculino destinada para os meninos.

Quarto feminino destinado para as meninas.

Espaço da Cozinha da casa.

Equipe técnica responsável pelo funcionamento da Casa Abrigo

Pais sociais acompanharão o dia a dia das crianças abrigadas.

Dezembro 10, 2012 Posted by | direitos humanos, jornalismo, Maricá | | Deixe um comentário

Prefeito e empresários italianos se reúnem em Maricá

Texto: Marcelo Ambrosio | Fotos: Fernando Silva

O cônsul italiano Pannaro e o prefeito e Maricá, Washington Quaquá.

Mais uma missão empresarial italiana, a terceira em menos de um mês, desembarca em Maricá. Liderado pelo cônsul italiano no Rio, Mario Pannaro, o grupo foi recebido nesta sexta-feira (07/12), no Paço Municipal, pelo prefeito Washington Quaquá e pelo secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Lourival Casula. Como nas ocasiões anteriores, o objetivo dos empresários era o de avaliar áreas e pontos de interesse para eventuais investimentos no momento em que o mercado europeu apresenta poucas oportunidades e risco elevado. Pannaro fez questão de deixar claro que o interesse de seu país pela cidade é real. "O Brasil precisa da Itália em termos de tecnologia e a Itália precisa do Brasil para aportar o que for necessário", destacou.

Em Ponta Negra, ideias para vários empreendimentos

Além do cônsul, que estava acompanhado pelo deputado italiano Maurizio del Tenno, participaram da missão empresários ligados à área de investimentos imobiliários, de segurança e de projetos náuticos – como a projetista Alice Paiotti, cujo escritório de arquitetura é responsável, entre outros projetos de vulto, pela nova marina de Shangai, na China. Alicia ficou impressionada com o potencial náutico de Maricá ao observar o complexo lagunar e a própria disposição geográfica das lagoas em relação ao mar. "Superou muito as minhas expectativas", afirmou, enquanto fotografava a lagoa de Ponta Negra do alto do farol.

Do alto do farol, a vista do futuro porto de Jaconé

Alice mostrou dois esboços do que imagine poder oferecer como a futura marina de Ponta Negra. As simulações preveem ou uma estrutura flutuante em forma de hélice, ou em outra versão, um formato helicoidal. Em ambos os casos a proposta engloba a construção também de um hotel com 250 quartos e de edifícios comerciais. “Nossa ideia ao pensar em uma marina aqui é a de fazer de Maricá a Miami brasileira, aproveitando os canais e trazendo toda a indústria ligada à atividade náutica para essa região”, explicou o prefeito, que saudou os visitantes destacando o excepcional momento que Maricá atravessa como um atraente polo de oportunidades. "Maricá os recebe com carinho e entusiasmo pelo interesse em conhecer melhor o município e as oportunidades que aqui não faltam. Afinal, brincou, "o papa fica na Itália, mas Deus é brasileiro”.

O grupo assistiu a uma apresentação em vídeo sobre Maricá e depois os empresários foram levados pelo prefeito, acompanhado pelo vereador eleito Fabiano Horta e pelo secretário, para conhecerem eventuais pontos de interesse. A primeira parada foi no aeródromo municipal, que em 2013, a prefeitura planeja licitar em regime de concessão remunerada. Depois, as visitas foram a áreas de Ponta Negra e do Espraiado. A parada no aeroporto não foi à toa: entre os italianos estava Francesco Moliterni – vice-presidente da Selex, gigante da área de defesa ligada ao grupo Finmecanica e voltada para construção e operação de equipamentos de controle e segurança aeroportuária. A Selex fatura 765 milhões de euros por ano, tem uma carteira de contratos de 1,6 bilhão de euros e emprega 4.400 pessoas em todo o mundo. "Estamos interessados em participar" disse Moliterni ao prefeito.

Visitas anteriores

O interesse italiano por investimentos em Maricá já havia ficado claro em ocasiões anteriores. Há um mês, uma missão da associação de construtores civis de Roma (Acer, entidade que reúne três mil empresas do setor) havia sobrevoado a cidade. Depois o município recebeu a visita de empresários da área de energia e saneamento, com propostas de construção de uma usina de queima de lixo. Além disso, o prefeito Washington Quaquá participou, na semana passada, de uma conferência para 80 dos maiores empresários da Itália em Roma. Na terceira visita, novo convite foi feito pelo cônsul Mario Pannaro para que o prefeito retorne a Roma e faça outra conferência para parlamentares.

No aeroporto municipal, a explicação sobre o projeto do novo terminal

Dezembro 10, 2012 Posted by | jornalismo, Maricá, social, turismo, Urbanização | , | Deixe um comentário