Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Papai Noel recebe criançada no Vagão do Turismo, no Centro

Texto: Jorge André | Fotos: Jorge André

Papai Noel existe e está no Vagão Turístico, na Praça Conselheiro Macedo Soares, no Centro de Maricá. A poucos dias do Natal, o bom velhinho deixou o pólo norte e em seu novo endereço recebe as crianças para tirar fotos, além das tradicionais cartinhas com os pedidos de presentes. A secretaria municipal de Turismo e Lazer (Sectur), responsável pela iniciativa, deixou o local com clima natalino, enfeitando a praça com uma grande árvore decorada.

Dentro do vagão, a magia do Natal é contagiante. Moradora do bairro Flamengo, Daiana Guimarães, de 22 anos, levou seu filho Kauã Guimarães, de três anos, para tirar fotos com o "bom velhinho’. Tímido, Kauã disse que pediu de presente um carrinho. A mãe do menino disse que o ajudou a escrever a cartinha.

O Papai Noel do Vagão Turístico, na verdade, chama-se Manoel Carlos Ribeiro Rodrigues Filho. Aos 56 anos, se diz muito satisfeito por desempenhar este papel. Funcionário da prefeitura, afirma que foi convidado pelo secretário de Turismo, Amaury Vicente, e que aceitou imediatamente. “Fico muito contente em ver a alegria da criançada. Quando fui convidado nem pensei duas vezes”, afirmou.

O Papai Noel fica até sábado em seu endereço provisório. Até sexta-feira (21.12) recebe as crianças das 17h às 20h, além de distribuir brindes. No sábado(22), ele ficará no Vagão das 9h às 14 h.

Dezembro 20, 2012 Posted by | jornalismo, Maricá, turismo | Deixe um comentário

Prefeito de Maricá e vice recebem diplomas do TRE

Texto: Marcelo Ambrosio | Fotos: Fernando Silva

Reeleito com mais de 40% dos votos válidos, o prefeito Washington Quaquá recebeu nesta quarta-feira, 19/12, das mãos da juíza titular da 55ª Vara Eleitoral de Maricá, Juliane Mosso Beyruth de Freitas Guimarães, o diploma do Tribunal Regional Eleitoral referente ao mandato 2013-2016. O vice-prefeito e novo coordenador geral do governo, Marcos Ribeiro, também recebeu da juíza o documento oficial da vitória.
A cerimônia foi realizada na sala do Tribunal do Júri, no Fórum Municipal, em Araçatiba. Além do prefeito e do vice, a representante do TRE diplomou também os vereadores eleitos para o mesmo período na Câmara Municipal e suplentes. Na abertura da cerimônia, após a apresentação do Hino Nacional, a juíza fez algumas considerações sobre a importância da diplomação, considerada por ela a última etapa do processo eleitoral. “A história brasileira registrou períodos sem a participação popular. O voto é uma conquista, uma importante forma de inclusão social”, afirmou, antes de completar: “a esperança é uma maneira de traduzir os sonhos em realidade. Todos aqui não podem perder de vista que estão assumindo mandato por conta da esperança do povo de Maricá”, declarou.
Diplomado pela juíza, o prefeito Washington Quaquá reafirmou o compromisso consagrado pelas urnas. “Essa cidade era dominada por coronéis e agora é dominada por todo o povo. Esse diploma”, continuou, “mostra a importância da confirmação da vontade popular. Pode parecer pouco, mas hoje isso significa muito”, completou o prefeito, encerrando com um recado à população: “esse segundo mandato terá uma característica de mudança mais forte ainda que o primeiro”, prometeu o prefeito, que estava acompanhado da primeira-dama Rosangela Zeidan.
Ao lado, o vice-prefeito e coordenador geral do governo, Marcos Ribeiro, também comemorou o diploma do TRE e deixou claro seu compromisso de mudanças. “Digo que não é o que esperamos de 2013, mas o que 2013, 2014, 2015 e 2016 esperam de nós. Sabemos a resposta e estou ajudando Quaquá a avançar com as nossas propostas”, afirmou Marcos Ribeiro.

Dezembro 20, 2012 Posted by | Eleições 2012, jornalismo, Maricá | | Deixe um comentário

Coordenação do CAPS Maricá confirma que incêndio foi causado por paciente

Texto: Sérgio Renato

A coordenação do Centro de Atendimento Psicossocial (CAPS) de Maricá confirmou que o incêndio que atingiu sua sede na Rua Clímaco Pereira, no Centro, foi provocado por um paciente da própria unidade, que estava em estado de surto. Ele tem 50 anos e terá sua identidade preservada a pedido dos profissionais responsáveis pelo local. O fogo começou na madrugada desta quarta-feira (19/12) e atingiu, principalmente, a recepção e as salas de medicação e atendimento, além de corredores. O Corpo de Bombeiros de Maricá debelou as chamas rapidamente e ninguém se feriu.

A casa onde funciona o CAPS havia sido recentemente reformada e o prejuízo causado ainda não foi calculado. Pela manhã, o cheiro de fumaça ainda era forte, assim como a sensação térmica dentro da casa. Segundo relatos, o paciente entrou em surto e já havia depredado a própria casa pouco antes de incendiar a unidade de tratamento, onde ele vinha sendo atendido há cerca de dois anos. A psicóloga Camila Silva, coordenadora do local, se disse surpresa com o ocorrido e informou que o paciente apresentava vestígios de ingestão de bebida alcoólica.

– “Trata-se de uma paciente autônomo, que ajuda a todos lá dentro, mas que certamente acreditou que podia beber e não cumpriu a nossa orientação de não fazê-lo. Cremos que o álcool potencializou o surto. É importante frisar que não se trata de um criminoso, mas de uma pessoa que toma medicamentos fortes e que precisa receber cuidados”, avaliou a coordenadora na 82ª DP (Maricá), onde o caso foi registrado. Ela disse ainda que os serviços do CAPS não serão interrompidos e devem funcionar em um local provisório, que ainda será definido.

Dezembro 20, 2012 Posted by | jornalismo, Maricá | | Deixe um comentário

Centro Educacional Joana Benedicta Rangel forma primeira turma em edificações

Texto: Jorge André | Fotos: Fernando Silva

65098_497006213672946_1813509948_n[1] A hora de jogar o capelo para o alto certamente é um dos momentos mais emocionantes em uma formatura. Na última terça-feira (18/12), a Quadra Poliesportiva Matheus Martins Rodrigues, no Centro Educacional Municipal Joana Benedicta Rangel, foi tomada pela emoção durante a cerimônia de entrega dos diplomas para os formandos nos cursos de formação Geral e de Técnico Profissional em Edificações.

Representando a Secretária de Educação, Marta Quinan, a subsecretária de Gabinete, Mariane Mary da Fonseca, falou da importância do evento. “A cerimônia de hoje foi também para celebrar o resgate do curso técnico no Joana. Estamos trabalhando para trazer muitos outros”, afirmou.

Nos cursos profissionalizantes, o centro formou sua primeira turma com 35 estudantes. Aos 51 anos, Carlos Ribeiro saiu da festa de encerramento com a sensação de dever cumprido. “Foi muito bom. O curso abre grandes possibilidades, temos um mercado em expansão”, comentou. Formada aos 18 anos, Caroline Santos ainda era muito pequena quando a última turma de Edificações recebeu seu diploma.

Segundo a diretora do Centro Educacional Joana Benedicta Rangel, Adriana Mataruna, resgatar os cursos profissionais sempre foi um dos objetivos do prefeito Washington Quaquá. “Atingimos nossa meta que foi de qualificar profissionalmente os alunos em Maricá. Sinto-me de alma lavada por fazer parte desta história de sucesso na vida de cada um dos alunos aqui hoje”, destacou.

O ritual de passagem da vida acadêmica para a profissional marcou também o término do curso de formação geral. Adriana comentou ser aquela a penúltima turma a formar-se no Joana, e acrescenta: “Embora o curso capacite para a vida, não direciona para uma profissão especifica. Vamos oferecer outros cursos de especialização”.

Representantes dos alunos fizeram discursos emocionados. Lembraram momentos marcantes durante os quatro anos. A emoção aumentou quando exibiram um vídeo produzido por eles dos vários momentos do curso

Dezembro 20, 2012 Posted by | Educação, jornalismo, Maricá | Deixe um comentário

Fórum Interconselhos promove reunião na Casa de Cultura

Texto: Fernando Uchôa | Fotos: Clarildo Menezes

A Casa de Cultura de Maricá sediou hoje (19/12) mais uma reunião do Fórum Interconselhos, instituição paritária que envolve o setor público e a sociedade civil com a finalidade de discutir questões de interesse das diversas áreas sociais, atenção básica às comunidades e o desenvolvimento do município.

Presentes o superintendente de Articulação de Políticas Públicas de Maricá e presidente do Interconselhos, Carlos Alves; os professores Sonia Freire, subsecretária de Educação Infantil, e Hermes Ferreira, presidente do Conselho Escolar de Maricá; a artista plástica Meg Carvalho, a escritora Nádia Chaia e as escritoras e produtoras culturais Patrícia Custódio e Maria Regina Moura (ACLM, Conselho de Assistência Social e CMDCA); a professora Maria Aparecida Carvalho (Pestalozzi, CMDCA, Conselho de Saúde), além das representantes Ana Maria Quintanilha (Conselho Comunitário de Segurança – CCS, Conselho de Saúde e Conselho dos Direitos da Mulher) e Mônica Coutinho (Conselho dos Direitos da Mulher).

Rol de demandas

Foi apresentado um breve resumo das atividades de cada conselho, suas reivindicações e demandas. A subsecretária de Educação Infantil falou sobre os avanços da Pasta, com a construção de mais três creches – Inoã (Bosque Fundo), Itaipuaçu e Cordeirinho, que atenderão cerca de 240 crianças em cada unidade. “Estamos buscando atender o maior número possível de crianças com os critérios exigidos. A demanda é grande, pois Maricá vem crescendo muito nos últimos anos”, ponderou.

O presidente do Conselho Escolar, Hermes Ferreira, acrescentou que “o trabalho aumentou com o crescimento do número de unidades escolares neste governo. Temos um mínimo de 10 representantes por escola e fazemos reuniões constantes para discutirmos as questões de cada comunidade escolar”.

A escritora Regina Moura, representando o setor de Cultura, colocou a importância e necessidade da transversalidade de setores como Educação, Saúde, Assistência Social, Comunicação e outros, em parceria com a sociedade civil organizada. “Quero informar que o Conselho de Cultura já teve sua lei aprovada pelo Legislativo e pelo Executivo, o que agilizará o nosso Plano Municipal de Cultura. As culturas tradicionais precisam ser pesquisadas e preservadas como identidade do município, e isto não se faz sozinho. É preciso parceria com muitos outros setores, inclusive a participação efetiva da sociedade. Em nosso ponto de cultura trabalhamos com o programa Mais Educação com Mais Cultura, parceria do Minc com o MEC. A cultura não existe de forma isolada na sociedade”, disse.

A presidente da Pestalozzi, professora Maria Aparecida Carvalho, adiantou que é imprescindível a criação do Conselho da Pessoa com Deficiência. “Represento o CMDCA e outros vários conselhos, mas o deficiente ainda não está representado em suas reivindicações”, enfatizou.

Discussão sobre violência

A representante dos Direitos da Mulher, Mônica Coutinho, comentou sobre a posse dos novos conselheiros do Centro do Direito da Mulher. “Atendemos 260 mulheres em 2012, a maioria vítima de violência doméstica. Temos algumas albergadas, fora do município. Estamos avançando na implementação das políticas da mulher. Em janeiro, entraremos com obras para ampliar nosso espaço físico”, frisou.

A representante da Segurança Pública, Ana Maria Quintanilha, lembrou que Maricá está crescendo e precisa de “UPPs sociais”. “Temos cerca de 20 condomínios de médio e grande porte, sendo construídos no município. É preciso haver articulação da sociedade e dos órgãos públicos, para um planejamento eficaz de segurança e desenvolvimento sustentável, para que possamos crescer com qualidade de vida”, declarou.

O presidente do Fórum Interconselhos, Carlos Alves, que mediou a reunião, informou que será realizado em 2013 o Fórum das Cidades, que incluirá todos os municípios fluminenses, e que será essencial a participação do Interconselhos para representar Maricá no evento. “Estamos lutando para que todos os setores sejam devidamente representados. Uma das conquistas de Maricá é a da cidadania, refletida através das ações do governo e da participação social, discussão que o Fórum Interconselhos pretende continuar incentivando. Votamos pela extinção do antigo Conselho da Cidade, que teve uma atuação lamentavelmente sectária e precária em nosso município. Por fim, sugerimos que a agenda de todos os conselhos da cidade seja atualizada e divulgada.

Dezembro 20, 2012 Posted by | jornalismo, Maricá | , | Deixe um comentário

Prefeitura de Maricá decreta ponto facultativo nos dias 24 e 31 de dezembro

Em razão dos feriados de Natal (25/01) e do Dia da Confraternização Universal (01/01), a Prefeitura de Maricá decreta ponto facultativo nas repartições públicas municipais nos dias 24 e 31 de dezembro, destacando que ambas datas caem numa segunda-feira.

O decreto municipal nº 141, de 17 de dezembro de 2012, segue o decreto estadual nº 43.995/2012, de 17 de dezembro, assinado pelo governador do estado, Sérgio Cabral (PMDB) e publicado no Diário Oficial, que institui pontos facultativos nesses mesmos dias nas repartições públicas estaduais.

Com a medida que considera a tradição das família para a reunião da Ceia Natalina e para a chegada do Ano Novo, o expediente nas repartições públicas do município será encerrado na sexta-feira, dia 21/12, às 17 horas, e retomado na quarta-feira seguinte, dia 26/12, às 9h, com exceção da Central de Atendimento da Secretaria de Fazenda, no Paço Municipal, que vai funcionar no dia 21/12, das 9h às 12h.

Já para a semana que antecede o novo ano, as atividades se encerram no dia 28/11, às 17h, e serão retomadas no dia 02/01, também às 9h. No entanto, durante esse período, serão mantidos em pleno funcionamento os serviços considerados essenciais, como o Hospital Conde Modesto Leal, a UPA, os plantões 24h da Defesa Civil e da Guarda Municipal e os serviços de coleta de lixo, entre outros.

Dezembro 20, 2012 Posted by | jornalismo, Maricá | Deixe um comentário