Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Setrab: 2.249 vagas de emprego somente nesta esta semana

Região Metropolitana é a que tem mais ofertas: 1.026

A Secretaria de Estado Trabalho e Renda (Setrab) dispõe esta semana de 2.249 vagas de emprego. Uma das áreas que mais chama a atenção é a construção civil, em razão dos grandes eventos, como Copa das Confederações, este ano, Copa do Mundo-2014 e os Jogos Olímpicos-2016, além do setor de serviços, também por conta da Jornada Mundial da Juventude e do Rock in Rio. O candidato pode comparecer a um dos 62 postos do Estado do Rio, das 8h30min às 16h, para fazer o seu cadastro e ser encaminhado para entrevista nas empresas.

Além do salário, o trabalhador (dependendo da empresa), terá direito ainda a assistência médica e odontológica, vale-transporte, auxílio refeição e alimentação. O pessoa que possuir cursos de qualificação tem chances de entrar no mercado com mais rapidez. Mas para determinadas funções a demanda é grande, como pedreiro, marceneiro, ajudante e servente de obras, basta ter concluído o Ensino Fundamental.

A Região Metropolitana é que mais oferece oportunidades: são 1.026 vagas de emprego. Somente no posto de Niterói são 172 vagas disponíveis esta semana, sendo 45 para operador de telemarketing, com salário inicial de R$ 672,00; e 30 para estocador, pedreiro e ladrilheiro, com salário de R$ 1.250,00.

No setor da construção civil, o que mais se destaca na Região Metropolitana é a oportunidade para pedreiros, com média salarial de R$ 1.250,00. Há ainda ofertas no mesmo setor para marceneiro e serralheiro, ambos com um salário de R$1.300,00, e servente de obras, ganhando R$ 952,00. Para o atendimento aos turistas, a função de garçom também estará em alta, com salário em torno de R$ 780,00, além de benefícios.

Baixada Litorânea conta com 225 vagas para atendente de telemarketing

Também na Região da Baixada Litorânea (572 vagas no total), há chances para pedreiro, servente de obras e ajudante de obras, com salários que variam entre R$680,00 (ajudante de obras) e R$ 1.062,00 (pedreiro). Existem ainda 225 oportunidades para atendente de telemarketing, em Casimiro de Abreu, com um salário de R$ 670,00, sendo esta uma ótima opção para o primeiro emprego, já que não exige experiência.

A Região Serrana, por sua vez, possui 248 empregos para Petrópolis e Teresópolis, em que 15 são para vendedor de serviços e 14 para técnico de enfermagem, por exemplo. No setor de construção civil existem chances para pedreiro, com um salário de R$1.100,00, e marceneiro – podendo ganhar R$ 1.400,00.

No Médio Paraíba, 231 oportunidades são oferecidas, em que há 30 para oficial de serviços gerais e 53 para ajudante de cozinha, com um salário de R$ 729,00. Já a Baixada Fluminense possui 89 ofertas, em que 30 são para recepcionista de crediário e 20 para auxiliar de estoque e em ambas as funções a média de salário é de R$730,00.

No Norte e Noroeste Fluminense, 83 vagas são disponibilizadas. Para Campo dos Goytacazes, 10 são para auxiliar de limpeza, ganhando R$800,00, e em Itaperuna, 50 para auxiliar de linha de produção, recebendo R$ 750,00.

Mais informações – A Setrab conta com 62 postos em todo o Estado do Rio e para o candidato saber qual o mais próximo da sua residência, basta ligar para (21) 2332-9999 ou acessar o site: http://www.rj.gov.br/web/setrab. É necessário que a pessoa apresente, na ocasião, carteira de trabalho, currículo, PIS/PASEP, RG, CPF e comprovante de residência.

Anúncios

Janeiro 8, 2013 Posted by | emprego e oportunidade / vagas temporárias, jornalismo, trabalho e renda | , | Deixe um comentário

Prefeito de Maricá apresenta equipe de trabalho para novo mandato

  "Vamos mostrar a nossa diferença em relação aos outros governos". (Washington Quaquá, prefeito de Maricá)

O prefeito de Maricá Washington Quaquá, reuniu-se na manhã desta segunda-feira, dia 07/01, com a equipe de secretários municipais que compõe seu governo para apresentar algumas das prioridades para o próximo mandato (2013-2016).

Texto: Leandra Costa (edição: Marcelo Ambrosio) | Fotos: Fernando Silva

"Esses encontros servirão para garantir o pleno funcionamento de nossas ações".

De acordo com Quaquá, o vice-prefeito Marcos Ribeiro irá assumir, como coordenador do governo, grande parte das funções administrativas, permitindo ao prefeito buscar recursos e investimentos para o município. “Uma de nossas maiores metas é permitir a transferência de investimentos da iniciativa privada, assim como dos governos federal e estadual, para serem desenvolvidos em projetos de melhoria da qualidade de vida da população”, destacou o prefeito. O foco principal do segundo mandato, segundo o prefeito, será a eficiência. "Vamos mostrar a nossa diferença em relação aos outros governos", completou.

Dentre alguns assuntos abordados, o prefeito pediu prioridade para as secretarias envolvidas viabilizarem atrações de qualidade para o carnaval, além de se mobilizarem para programar o apoio do governo municipal à Jornada Mundial da Juventude, evento da Igreja Católica a ser realizado em julho e que contará com a ajuda da prefeitura para viabilizar a hospedagem na cidade de mais de três mil jovens de diversos países, como Portugal, Europa, Itália e Espanha.

O prefeito anunciou ainda que, a cada dez dias, fará encontros com toda a equipe de secretários, permitindo acompanhar o atendimento das metas estabelecidas pelo governo. “Esses encontros servirão para garantir o pleno funcionamento de nossas ações. Não irei permitir funcionários que não estão engajados com o crescimento de nossa cidade”, acrescentou Quaquá.

A equipe de secretários foi convocada para participar de um seminário nos dias 02 e 03 de fevereiro com o objetivo de delimitar a linha política do governo. Após esse encontro, cada secretário irá apresentar seu próprio seminário para os funcionários.

Equipe de novos secretários municipais.

Secretários que irão compor sua equipe de trabalho: Kleber Ottero (Chefia de Gabinete); Maria Inez Pucello (Procuradoria); Jorge Castor (Ouvidoria); Max Aguiar (Administração); Alessandro Terra Paes (Ambiente); Paulo Fatigati (Articulação Política); Laura Maria Vieira da Costa(Assistência Social); Fabiano de Mello Filho (Assuntos Federativos); Paulo Maurício Duarte de Carvalho (Conservação); Joab Santana (Controle Interno); Sérgio Mesquita (Cultura); Lourival Casula Filho (Desenvolvimento); Direitos Humanos (Miguel Moraes); Marta de Mello Quinan (Educação); Shirlene de Barros (Energia); Leonardo Souza da Silva (Esportes); Márcio Leite (Executiva); Roberto Ataide Santiago (Fazenda); Conceição Denise Fortes (Idoso); Fernando Rodovalho (Obras); Rubem Pereira (Pesca); Sérgio Luis de Souza (Religiosidade); Janete Valadão (Saúde); Fabricio Soares Bittencourt (Segurança); Rosana Horta (Trabalho); Leandro Costa (Transporte); Amaury Vicente (Turismo); e Urbanismo (Celso Cabral Nunes).

Janeiro 8, 2013 Posted by | jornalismo, Maricá | , , | Deixe um comentário

Prefeito de Maricá confraterniza com metalúrgicos e anuncia subsecretaria de Indústria Naval

Texto: Fernando Uchôa | Fotos: Paulo Polônio / Fernando Uchôa

Prefeito discursa durante encontro.

O prefeito de Maricá, Washington Quaquá, participou neste domingo (06/01) do encontro de fim de ano dos funcionários da Cooperativa dos Trabalhadores Metalúrgicos do Estado do Rio de Janeiro (COOTRAMERJ). Quaquá esteve acompanhado da primeira dama, Rosangela Zeidan, do senador Lindberg Farias e da filha do ex-presidente Lula, Lurian Silva, além do deputado federal Luiz Sérgio (PT).

O evento, realizado no bairro dos Cajueiros, contou com a participação de centenas de metalúrgicos e suas famílias. O presidente da COOTRAMERJ, Miguel Moraes, que assumiu recentemente a secretaria municipal de Direitos Humanos de Maricá, apresentou os convidados, ressaltando “a honra de termos em nosso encontro pessoas que fortalecem a causa metalúrgica”. A criação do Polo Naval de Maricá, que aumentará a oferta de emprego para a indústria naval, também foi destacada pelo novo secretário. “Serão construídos mais navios e plataformas, gerando milhares de postos de trabalho para o setor”, adiantou Miguel Moraes.

Indústria Naval

O prefeito Washington Quaquá declarou que a participação dos metalúrgicos é essencial para o crescimento do país. “Em Maricá, criaremos em breve a subsecretaria municipal de Indústria Naval, que companhará de perto todos os assuntos relacionados ao Polo Naval, que terá área construída de 450 mil m2 e que contará com um dos maiores estaleiros do país”, declarou. O prefeito também antecipou que um profissional técnico será designado para ser uma espécie de ponte entre o sindicato dos trabalhadores e o Sinaval (sindicato patronal), como suporte para as políticas públicas de governo.

O senador Lindberg reiterou seu apoio aos investimentos na área. “Em Brasília, faremos o possível para aprovar projetos navais para Maricá, pois sabemos o quanto o setor é importante para o desenvolvimento do país. Basta considerar que nos anos 70 o Brasil foi o segundo maior produtor de navios no mundo, e o Estado do Rio voltou a ocupar lugar de destaque nesta área, depois de uma recessão de mais de 20 anos”, declarou. O deputado federal Luiz Sérgio também fez questão de parabenizar os presentes e ressaltar a importância do fomento à indústria naval de Maricá.

O pintor naval Carlos Fernando, 49 anos, 17 deles dedicados ao COOTRAMERJ, disse que frequenta as festas de fim de ano da cooperativa há cerca de 10 anos. “Venho sempre à colônia de férias com a família. O ambiente é de confraternização e também uma oportunidade de fortalecer nossas causas”, concluiu.

Encontro também teve a presença do senador Lindberg Farias.

Novo secretário de Direitos Humanos (e presidente da cooperativa dos metalúrgicos), Miguel Moraes (à direita) participou do evento.

Janeiro 8, 2013 Posted by | jornalismo, Maricá, setor naval | , , , , , | Deixe um comentário

IPTU 2013 do Município de Maricá: carnês disponíveis na internet

Texto: Rafael Zarôr e Marcelo Ambrosio (edição: Marcelo Moreira) | Fotos: Marcelo Ambrosio

Guias do IPTU já podem ser retiradas pela internet ou na central de atendimento na prefeitura e em Itaipuaçu

Distribuição pelo correio começa no dia 10 e desconto é de 15% para pagamentos em cota única até o dia 31 deste mês

A Prefeitura de Maricá inicia nesta quinta-feira (10/01) a distribuição dos 75 mil carnês do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) 2013, referentes aos imóveis cadastrados no município. No entanto, a guia de recolhimento pode ser acessada a partir de hoje (07/01) na internet (www.marica.rj.gov.br), na Central de Atendimento no Paço Municipal ou no posto da secretaria municipal de Fazenda localizado no terminal rodoviário de Itaipuaçu. Mais de 50% dos carnês serão enviados para outras cidades, como Niterói e Rio de Janeiro, – já que são comuns no município as construções de veraneio.

Com o recadastramento imobiliário realizado pela prefeitura no último ano, 7 mil novas propriedades foram incluídas no cadastro da secretaria de Fazenda, totalizando 124.439 imóveis. A previsão da secretaria é que este número aumente em mais 2 mil imóveis, quando a migração dos dados do recadastramento for concluída. A estimativa da prefeitura é arrecadar cerca de R$ 25 milhões com o IPTU 2013.

Este ano, serão permitidas duas formas de pagamento do imposto: por cota única (com diferentes faixas de desconto de acordo com a data de quitação) ou em até seis vezes sem juros, com primeiro vencimento em 20/03/13. Em cota única, o contribuinte poderá ser beneficiado com desconto de 15%, se pagar até o dia 31/01, de 10% (até o dia 20/02) ou de 5% (se quitar até o dia 20/03). O pagamento pode ser feito pela internet ou qualquer agência ou correspondente bancário, casa lotérica e caixa eletrônico.

Segundo o secretário municipal de Fazenda de Maricá, Roberto Santiago, não houve aumento de IPTU na cidade, já que a única correção (de 5,58%) se refere à variação do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), que considera o índice de inflação no período de outubro de 2011 a setembro de 2012.

Apesar de contar com mais de 124 mil cadastros imobiliários, a Prefeitura de Maricá só poderá emitir 75 mil carnês, já que os demais cadastros estão desatualizados. A atualização cadastral deve ser feita na Central de Atendimento ao Contribuinte, na secretaria municipal de Fazenda. Os contribuintes que precisam atualizar seus dados devem entregar cópias do RG, CPF, comprovante de endereço e documento do imóvel (RGI, Ônus Reais, promessa ou recibo de compra e venda). Aqueles que não receberem os carnês podem retirar no site da prefeitura.

Prefeitura passa a cobrar taxa de coleta de lixo

Seguindo uma determinação legal, a secretaria municipal de Fazenda de Maricá passou a incluir, nos carnês do IPTU emitidos para o exercício de 2013, a Taxa de Coleta de Lixo. A contribuição foi estabelecida pela Lei Complementar Municipal 202, de 21/12/2009, mas não vinha sendo cobrada. Nesse período, a prefeitura arcou com todos os custos anuais da coleta e do transporte do lixo, estimados em R$ 15 milhões por ano.

A decisão de passar a cobrar a taxa a partir deste ano foi tomada em função de a prefeitura considerar que o sistema de coleta de lixo já se encontra montado e em operação – exigência da lei – necessitando, agora, deste aporte de recursos para a manutenção do custeio, a melhoria dos serviços e a estruturação de um sistema de coleta seletiva na cidade.

Segundo o secretário municipal de Fazenda, Roberto Santiago, a receita oriunda da taxa será obrigatoriamente usada na coleta e nas ações associadas a ela, o que certamente trará ganhos ao contribuinte. “Mesmo com o valor da taxa, o que arrecadarmos continuará não sendo suficiente para cobrir todos os custos. A previsão é de chegarmos a algo em torno de R$ 5 milhões por ano com a taxa, o que representa apenas 30% do necessário. Ainda assim, haverá melhorias significativas na qualidade do serviço”, explica Roberto Santiago.

Entenda como a taxa será cobrada

De acordo com a lei, a cobrança se dará através de um índice de 6% calculado para cada metro cúbico de lixo produzido pelo imóvel, segundo a metragem correspondente construída. No entendimento consagrado pelo Superior Tribunal Federal (STF), imóveis com maior área construída produzem, proporcionalmente, maior volume e, consequentemente, terão valores mais elevados.

Ainda assim, segundo a secretaria municipal de Fazenda, os contribuintes de Maricá terão incidência mínima em cada uma das faixas de metragem estabelecidas pela lei (veja a tabela). “O objetivo é a melhoria do serviço”, explica o secretário de Fazenda, Roberto Santiago. “Cobramos pelo menor valor possível e assim uma residência de até 70 metros quadrados pagará cerca de R$ 32,12, enquanto uma casa com área acima de 150 metros quadrados terá uma taxa de R$ 64,24”, completa. Os valores também variam de acordo com a finalidade do imóvel (comércios e indústrias, por exemplo, têm taxas específicas).

Confira abaixo as faixas de cobrança

Para RESIDÊNCIAS:

Até 70 m² – R$32,12

De 71 a 150 m² – R$ 64,24

Mais de 150 m² – R$ 128,47

Para SERVIÇOS:

Até 100 m² – R$ 64,24

Mais de 100 m² – R$ 192,71

Para COMÉRCIOS:

Até 100 m² – R$ 128,47

De 101 a 300 m² – R$ 128,47

Mais de 300 m² – 642,36

Para INDÚSTRIAS:

Até 100 m² – R$ 160,59

De 101 a 300 m² – R$ 481,77

Mais de 300 m² – R$ 1.927,08

Janeiro 8, 2013 Posted by | jornalismo, Maricá | | Deixe um comentário

Iniciado em Maricá o Curso de Formação e Capacitação Técnica em Teatro do Grupo Milongas

As oficinas do curso são gratuitas, e irão acontecer de 07 a 11 de janeiro de 2013, das 13h às 19h, na Cia Vida de Teatro e Dança – Avenida Senador Francisco Sabino da Costa, 1043. Inscrições Abertas no local, até amanhã as 13h, com vagas limitadas. Vale lembrar que o curso também inclui oficina para produção teatral.

Maricá foi um dos municípios do Estado selecionados para receber o Curso de Formação e Capacitação Técnica em Teatro como parte das ações do 5º Circuito Estadual das Artes – programa da secretaria estadual de Cultura.

Em parceria com a Prefeitura Municipal de Maricá , por meio da secretaria municipal de Cultura, o Grupo Milongas de Teatro deu inicio nesta segunda feira 07/01, no espaço da Cia Vida de Teatro e Dança, as oficinas abertas a população para os interessados no fortalecimento artístico e a motivação e independência na produção teatral por meio de aulas aprimoradas de interpretação, dança e música.

No final do curso haverá uma apresentação dos alunos.

DSCF2458

Além das oficinas, o Grupo Milongas está realizando um intercâmbio com Ponto de Cultura da cidade de Maricá, Cia Vida de Teatro e Dança. Essa experiência permitirá a troca de experiências com o grupo de artistas locais para a apresentação final de um trabalho em conjunto.

Janeiro 8, 2013 Posted by | arte, cultura, cursos, jornalismo, Maricá, projeto cultural, Teatro | | Deixe um comentário