Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Fórum Popular Permanente pelos Direitos da Criança e Adolescente de Maricá convoca para Reunião Ordinária

BOA TARDE MILITANTES DOS DIREITOS DA CRIANÇA E ADOLESCENTE DE MARICÁ.

A Diretoria Executiva do Fórum Popular Permanente pelos Direitos da Criança e Adolescente de Maricá vem comunicar sua primeira Reunião Ordinária de 2013, na terça-feira dia 22 de janeiro às 14 horas na sede da LBV – LEGIÃO DA BOA VONTADE – situada à Avenida Francisco Sabino da Costa, 259 – Centro – Tel.: 2634-2027.

Para quê a existência de um Fórum DCA MARICÁ?

Após a Constituição Cidadã de 1988, um novo modelo de administração pública inclui a Sociedade Civil com uma participação política-resolutiva, ampliando assim o conceito de Estado.

A proposta não é só de Controle Social (acompanhamento das políticas e programas de Atendimento), mas assim como de Deliberador de políticas públicas junto com membros do Governo, a partir de diagnósticos e propostas dos diversos segmentos profissionais das áreas pertinentes ao bem estar de crianças e adolescentes e de outros agentes sociais como o cidadão maricaense.

O FDCA Maricá nasceu em 8 de novembro de 2005 com essa visão de integração das diversas áreas dos direitos humanos à criança e ao adolescente do município, procurando a mobilização e participação efetiva desses agentes sociais dentro dos espaços políticos de discussão municipais.

Um modelo democrático para as soluções da vida cotidiana da população ainda não compreendida sua metodologia de funcionamento por muitos do governo e da Sociedade Civil.

O apelo e esforço no presente do FDCA MARICÁ é integrar e articular a Rede dos Direitos da criança e do adolescente Municipal na direção de uma vida adulta saudável e produtiva dos maricaense no presente e no futuro através do conhecimento do Estatuto da Criança e do Adolescente e das resoluções vigentes aos Direitos Humanos, Sociais e Civis de Crianças e Adolescentes.

PAUTA DA REUNIÃO

1) Importância do FDCA MARICÁ (avanços administrativos e políticos e os novos desafios)

2) Agenda do FDCA MARICÁ (interno, externo e com o CMDCA)

Interno – garantia das reuniões mensais

Externo – criar estratégias para mobilização e articulação da rede de atendimento

CMDCA – garantir uma agenda pública e a presença dos membros da Sociedade Civil

3) AGENDA DO CMDCA

a) Renovação e Inscrição dos Registros de Funcionamento dos Programas Sociais e das Entidades Sociais

b) Garantir a utilização do Fundo Municipal

c) Garantir a qualidade nas Resoluções dos Planos de Ação e Aplicação Municipal dos DCA (priorizando a aplicação significativa dos recursos no Orçamento Municipal, bem como criair estratégias de acompanhamento)

Divulguem essas informações acreditando que só com seu entendimento e participação política se é capaz de mudar uma realidade.

Maria Aparecida Siqueira

Secretaria Executiva do Fórum Popular Permanente pelos DCA MARICÁ pela Associação Pestalozzi de Maricá

Anúncios

Janeiro 17, 2013 Posted by | direitos humanos, jornalismo, Maricá | | Deixe um comentário

Prefeito de Maricá convoca população para abaixo-assinado

Quaquá convoca população para lançamento de abaixo-assinado

Texto: Marcelo Moreira | Fotos: Imagem de Divulgação e foto de Paulo Polônio

População foi convocada pelo prefeito a participar da campanha.

Documento lista três reivindicações: construção de Batalhão da Polícia Militar, investimentos da Cedae em água e a quebra do monopólio do transporte público rodoviário

Três antigas reivindicações da população de Maricá deram origem a um abaixo-assinado encabeçado pelo prefeito reeleito Washington Quaquá. O documento, que lista a necessidade de um Batalhão da Polícia Militar na cidade, de mais investimentos da Cedae em água e da quebra do monopólio no transporte rodoviário, será lançado nesta sexta-feira (18/01), num ato público, às 17h, no Terminal Rodoviário do Centro.

As exigências que formam o abaixo-assinado – intitulado “3 motivos para você que AMA MARICÁ fazer parte desta luta” – foram declaradas bandeiras de governo pelo prefeito Quaquá. Como as três reinvindicações não dependem exclusivamente de ações da prefeitura – mas principalmente de outras esferas de poder – o governo municipal fará do abaixo-assinado um instrumento de pressão popular. “Esse ato só faz sentido com o engajamento dos moradores para resolvermos, juntos, problemas históricos do município. O nosso governo fará o que estiver ao seu alcance para que a população de Maricá vença essa luta”, declarou o prefeito.

Ainda segundo Quaquá, a intenção não é atacar ninguém, mas legitimar as reivindicações da população. “Estamos dispostos a doar o terreno onde o Governo do Estado poderá construir o batalhão da PM. Estamos construindo oportunidades de diálogo e parceria”, explicou.

Sobre a quebra do monopólio de ônibus, é preciso, segundo o prefeito, que o Detro licite novas linhas de ônibus intermunicipais. “Já consultamos empresas interessadas em participar e oferecer um serviço de qualidade”, antecipou. Quanto à Cedae, Quaquá ressaltou que participou esta semana de uma reunião com representantes da companhia. “A Cedae me apresentou uma solução em curto prazo para a falta de água em Maricá. Estamos acompanhando os projetos e cobrando prazos”, destacou.

Terminal Rodoviário no Centro será o local de apresentação do abaixo-assinado.

Janeiro 17, 2013 Posted by | jornalismo, manifestação popular, Maricá | | Deixe um comentário

Prefeitura de Maricá inicia retomada do Terminal Rodoviário

Texto: Leandra Costa (edição: Marcelo Ambrosio e Marcelo Moreira) | Fotos: Fernanda Venâncio

 Ato simbólico marcou a retirada do busto de Jacinto Luiz Caetano, que dava nome ao local

14959_296434930459585_702007004_n[2]

A Prefeitura de Maricá, por meio da secretaria municipal de Transporte, iniciou nesta quinta-feira, (17/01), o processo de retomada da administração do Terminal Rodoviário do Centro. Em um ato de forte caráter simbólico, funcionários da secretaria de Obras e de Transportes removeram do terminal o busto do antigo patrono do local, Jacintho Luiz Caetano. A ação marcou o início da nova gestão, cujo objetivo é o de garantir mais conforto e segurança aos usuários da rodoviária, bem como o de restabelecer a relação econômica adequada entre o poder público e as empresas usuárias do terminal, que futuramente passarão a pagar pela utilização, como ocorre em qualquer outra cidade.

O secretário de Transporte, Leandro da Costa, explicou o motivo da decisão. “A rodoviária faz parte do patrimônio público do município e por isso deve ser administrada pela prefeitura”, afirmou. Sobre os planos para melhorar o terminal, o secretário afirmou que todo o local será remodelado, para adequar o atendimento à demanda de crescimento.

A administração do terminal rodoviário estava sob a responsabilidade da empresa de ônibus Viação Nossa Senhora do Amparo, que fazia a manutenção do espaço, controlava pessoal, a limpeza e a vigilância. Com a mudança, acordada com a empresa, o terminal receberá o nome de "Rodoviária do Povo de Maricá" em substituição a "Terminal Rodoviário Jacintho Luiz Caetano". O busto retirado do pátio externo foi transportado intacto para a sede da secretaria municipal de Transporte, em São José do Imbassaí, onde ficará à disposição dos representantes da empresa – comunicada oficialmente pela Prefeitura em ofício enviado aos responsáveis.

Administração da Rodoviária do Povo
O secretário antecipou que fará uma grande campanha de conscientização para transformar totalmente o espaço e o seu entorno. Além disso, seis funcionários da Prefeitura já estão responsáveis pela limpeza, manutenção e vigilância da rodoviária. “Pretendemos implementar ações de remodelação das guaritas dos ônibus, da área de estacionamento e do comércio próximo ao local. A ideia do prefeito é transformar o espaço num grande centro comercial para oferecer mais serviços para a população e para quem utiliza o espaço”, explicou Leandro.

Recadastramento e ordenamento de táxis
O secretário de Transporte informou ainda que já está em andamento o recadastramento dos táxis que possuem concessão para prestar serviço na cidade, inclusive no ponto localizado em frete ao Terminal Rodoviário. Esse cadastramento também será feito com os demais serviços do transporte complementar, como vans e mototáxis. “Iniciamos pelo táxi, mas todos os tipos de transporte serão cadastrados e vistoriados. Temos que verificar se a legislação está sendo cumprida quanto ao número de permissionados e de autonomias concedidas, se os veículos estão em prefeito estado. Essas ações são para garantir a segurança do passageiro”, concluiu o secretário.

Janeiro 17, 2013 Posted by | jornalismo, Maricá, transporte | Deixe um comentário

Nova empresa já está coletando lixo em Maricá

Texto: Marcelo Ambrosio

Contratada em caráter emergencial, a empresa Kat Entulho Transporte de Entulhos, de Niterói, assumiu a coleta de lixo em Maricá. A empresa já está operando nas ruas, em substituição à Thalis, cujo contrato foi rescindido no último dia 4/01 pela má qualidade do serviço. A Kat ficará atuando em Maricá durante a vigência do contrato emergencial, válido por 180 dias.

A empresa foi uma das três companhias que apresentaram propostas para assumir a gestão desse serviço – conforme prevê o artigo 26 da lei 8.666, que trata de licitações públicas – e o contrato inclui ainda a varrição das ruas e a limpeza das praias. O preço oferecido para a Prefeitura foi o menor, para proporcionalmente o mesmo volume de lixo coletado total contemplado no contrato anterior, que era em torno de 30 mil toneladas. O valor novo, vale ressaltar, é inferior ao que a Prefeitura vinha pagando à empresa anterior, e vai gerar uma economia mensal para os cofres públicos de cerca de R$ 60 mil. O contrato também conta com uma cláusula resolutiva, que prevê o encerramento imediato assim que a licitação pública, já em processo de preparação, for concluída.

A Kat entrou em ação de imediato e seus veículos já podem ser vistos rodando no município. Ao todo, a frota contará com 12 caminhões em operação diariamente, com mais dois de reserva técnica – como exige o contrato. Além disso, 12 motoristas e 36 ajudantes atuarão no serviço, em turnos de segunda a sábado, das 6h às 21h. Para o lixo residencial, as rotas de coleta serão mantidas e o cronograma continuará prevendo o recolhimento em três dias da semana. A frota é composta ainda de dois basculantes, uma retroescavadeira, um trator de esteiras, uma pá carregadeira e três caminhões de sucção, conhecidos como Vacol – além de outros equipamentos.

Janeiro 17, 2013 Posted by | jornalismo, Maricá | , | 1 Comentário

Prefeitura de Maricá abre inscrições para Projeto Verão de esportes

Texto: Rafael Zarôr | Fotos: Clarildo Menezes

Torneio de futevôlei será disputado dia 3 de fevereiro, na praia de Ponta Negra – Foto: Clarildo Menezes

Estão abertas as inscrições para o Projeto Verão 2013 de Maricá. Na edição deste ano, a secretaria municipal de Esportes realizará torneios futevôlei e beach soccer em fevereiro. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia 28 de janeiro na secretaria, localizada no primeiro andar do prédio da prefeitura (Rua Álvares de Castro, 346). Os interessados precisam levar um documento de identificação com foto. O atendimento é realizado no horário do expediente, das 9h às 17h. Mais informações pelos telefones 2634-1446 ou 3731-1756.

O torneio de futevôlei será disputado no dia 3 de fevereiro, na praia de Ponta Negra. Serão inscritas 16 duplas que irão se enfrentar em jogos simples (quem perder estará eliminado). Os campeões e vices serão conhecidos no mesmo dia e a secretaria irá premiá-los com troféus e medalhas. Já a competição de beach soccer será disputada por 10 times nos dias 17 e 24 de fevereiro. O local e o regulamento ainda serão definidos pela secretaria.

Janeiro 17, 2013 Posted by | esportes, jornalismo, Maricá | Deixe um comentário

Prorrogadas inscrições para cursos do ProJovem Trabalhador em Maricá

Texto: Leandra Costa (edição: Marcelo Moreira) | Fotos: Fernando Silva

Há disponiveis 500 vagas para cursos de qualificação profissional.

Ainda há 500 vagas para qualificação nas áreas de Administração, Beleza, Construção e Turismo, entre outras

Foram prorrogadas até o dia 28 de fevereiro as inscrições para os cursos gratuitos do ProJovem Trabalhador em Maricá – programa de qualificação do governo federal, realizado em parceria com a prefeitura. Ao todo, 500 vagas ainda estão disponíveis para qualificação nas áreas de Administração, Beleza e Estética, Construção e Reparos e Turismo. As aulas terão início no dia primeiro de março.

Inscrições
Destinado a jovens de 18 a 29 anos que sejam alunos da rede pública, o ProJovem é destinado para pessoas que estejam desempregadas ou em situação de vulnerabilidade social. Para se inscrever, os interessados devem procurar a secretaria municipal de Trabalho situada na sede da prefeitura (Rua Álvares de Castro, 346, 3º andar, Centro), das 9h30 às 16h; o posto do Sine (Rua Domício da Gama, 391, Centro), das 9h às 15h30; no Centro Paroquial Sal da Terra, das 9h30 às 16h30 (Rua Alvares de Castro, s/nº – Centro de Maricá) ou o escritório da Acazo (Associação Comunitária de Assistência Social da Zona Oeste), empresa executora dos cursos, localizada na Rua Roberto Silveira, 1978 sala 1, no Bairro Flamengo, das 9h às 17h.

Os documentos necessários (originais e cópias) são RG, CPF, título de eleitor, comprovante de residência, declaração escolar, duas fotos 3×4, carteira de trabalho e certificado de reservista (homens). Mais informações pelo telefone 2637-2052, ramal 242.
Com o adiamento do fim das inscrições, o início das aulas foi remarcado, para o dia 01 de março. Os cursos têm duração de seis meses e 350h de carga horária total, sendo 100 delas voltadas para um currículo comum que inclui noções de inclusão digital, cidadania e ética, educação ambiental, segurança do trabalho e empreendedorismo.

As aulas acontecerão em Inoã, Itaipuaçu, Centro, Ponta Negra, São José do Imbassaí e Barra de Maricá. Os alunos receberão bolsa-auxílio de R$ 600, divididos em seis parcelas de R$ 100, além de alimentação, passagem de ida e volta e material didático. A formação no ProJovem é uma oportunidade para quem já concluiu o ensino médio e busca uma formação técnica ou ainda não decidiu que carreira seguir, mas quer se preparar para os primeiros desafios do mercado de trabalho.

Reunião de confirmação de inscrição

Na manhã desta segunda-feira, dia 14/01, a equipe da secretaria de Trabalho reuniu os alunos inscritos até o momento, cerca de 400, no salão de eventos Sal da Terra para o processo de confirmação dos documentos necessários e também para efetuar a inscrição dos interessados. Michelle Gomes dos Santos, de 25 anos, trabalha por conta própria como manicure e quer aperfeiçoar sua qualificação. “Estou muito interessada na área de Beleza e Estética que tem tudo a ver com minha profissão. Vou me dedicar muito para aumentar minha renda”, frisou Michelle.

A subsecretária municipal de Trabalho, Patrícia Villela, solicitou aos alunos que divulguem as vagas para que outros interessados possam aproveitar a oportunidade. “Estamos prorrogando as inscrições por mais um mês para permitir que outras pessoas conheçam o programa. O ProJovem é excelente para aqueles que buscam o primeiro emprego ou qualificação profissional. O momento econômico em nossa cidade é excelente e temos que oferecer mão-de obra qualificada”, ressaltou a subsecretária de Trabalho, acrescentando que no dia primeiro de março haverá uma aula inaugural para todos os alunos, em local e horário que ainda serão definidos.

Além de representantes da prefeitura, também participaram do encontro membros da empresa Acazo, executora dos cursos. A presidente da instituição, Amarilis Taciel do Nascimento, garantiu que mesmo que não sejam preenchidas todas as vagas oferecidas (964) o curso terá início para os alunos inscritos. “Os cursos serão realizados, mas é importante preenchermos todas as vagas ociosas porque isso ajuda a cidade a conseguir novos cursos futuramente junto ao Governo Federal, que controla o programa", explicou Amarilis.

O coordenador educacional e pedagógico do ProJovem, Manoel Augusto Filho, considera que o imediatismo de quem necessita do emprego seja um dos motivos para desestimular a busca de capacitação. “Muitas pessoas querem entrar no mercado de trabalho, mas não se atentam à necessidade de qualificação profissional. Oferecemos essa oportunidade e incentivos para que os cursos sejam concluídos”, destacou o coordenador.

Uma das alunas inscritas, Fernanda Brito, de 27 anos, fez questão de comparecer à reunião para verificar a documentação necessária. “Me inscrevi em outubro para a vaga de administração na parte da manhã. Já fiz quatro períodos de faculdade à distância nessa área e acho que esse curso irá complementar e aprimorar o meu currículo”, destacou a moradora de Inoã, que pretende no próximo ano retomar suas aulas na universidade.

A subsecretária de Trabalho solicitou aos alunos que divulguem as vagas para outras pessoas.

Encontro permitiu a inscrição de alunos intessados.

Reunião com os alunos inscritos até o momento para a confirmação dos documentos.

Janeiro 17, 2013 Posted by | cursos, jornalismo, Maricá, projeto educacional, projeto social, trabalho e renda | | 1 Comentário