Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Zeca Pagodinho é a estrela do aniversário de 199 anos de Maricá

Texto: Leandra Costa (edição: Marcelo Ambrosio) | Fotos: Divulgação

Zeca Pagoginho se apresenta neste domingo, dia 26 de maio. Foto: Guto Costa

No mesmo dia, às 12h30, haverá show da banda Sinfônica Ambulante e da Grande Rio
As comemorações pelo aniversário de 199 anos de Maricá, no dia 26 de maio, terão como ponto alto o show de um artista que dispensa apresentações. A partir das 22h, Zeca Pagodinho estará no palco da Praça Dr. Orlando de Barros Pimentel apresentando seus sucessos.

Sob direção musical de Paulão Sete Cordas, o show inclui canções do último CD "Vida da Minha Vida" como, "Poxa", de Gilson de Souza, resgatada por Pagodinho; o samba “Orgulho do Vovô”, de Zeca e Arlindo Cruz, feito em homenagem ao neto Noah; “Pela Casa Inteira”, de Almir Guineto, Magalha e Fred Camacho; “Hoje Eu sei que te amo”, de Nelson Rufino, e outras. Além dessas, sambas que não poderiam ficar de fora como, “Verdade”, “Deixa a Vida me Levar”, “Samba pras Moças”, “Coração em Desalinho” e muito mais. Zeca Pagodinho terá o acompanhamento da banda Muleke, que está com o artista desde o início de sua carreira.

Considerado um grande nome do gênero samba e pagode, Zeca começou sua carreira nas rodas de samba dos bairros de Irajá e Del Castilho, subúrbio do Rio de Janeiro. Em 1983, fez sua primeira gravação com o samba "Camarão que dorme a onda leva", de sua autoria e de Arlindo Cruz, a partir do convite de sua madrinha Beth Carvalho. Ao longo de sua carreira, Zeca gravou mais de 20 discos e recebeu o Troféu Imprensa de melhor cantor, nos anos de 2003, 2004 e 2005; em 2009, ganhou o Vídeo Music Brasil, na categoria Melhor Samba e também o Prêmio da Música Brasileira de melhor cantor, disco e canção.

O artista está animado para a apresentação. “É uma honra participar deste evento de aniversário da cidade, afinal o povo de Maricá sempre nos recebeu muito bem. Eu e a banda Muleke faremos uma festa com muito samba e alegria para comemorar a data", destacou o sambista.

DVD “Vida Que Segue”
Após o espetáculo de Maricá, Zeca se prepara para ensaiar o show do mais novo trabalho, o DVD “Vida Que Segue”, onde faz uma releitura de clássicos do samba que marcaram época, que tem sua estreia marcada para os dias 28 e 29 de junho, no Credicard Hall, em SP. No DVD, Zeca contou com as participações especiais de músicos como Roberto Menescal, Zé Menezes, Yamandú Costa e com as vozes de Marisa Monte, Paulinho da Viola e do coral do Instituto Zeca Pagodinho, formado por crianças de Xerém. O novo show chega ao Rio de Janeiro em agosto.
Orquestra Ambulante também é uma das atrações do aniversário da cidade
Inserida na programação de 199 anos de emancipação político-administrativa da cidade, a Prefeitura de Maricá apresenta no domingo, dia 26/05, às 12h30, na Praça Dr. Orlando de Barros Pimentel, o show da banda Sinfônica Ambulante, que promete incendiar a plateia com um repertório que vai desde marchinhas até o rock and roll, passando por outros ritmos, como funk, forró, maracatu e até jazz. O grupo, de Niterói, recentemente se apresentou na cidade (no Dia do Trabalho – primeiro de maio) e foi muito elogiado pelo público maricaense.

Formada por 20 integrantes, desde 2011, a banda reúne repiques, saxofones, flautas, surdos e trompetes numa inusitada mistura musical. Com duração de 1h20, o repertório do show tem funky music de James Brown; o suingue de Jorge Benjor e Simonal; a soul music de Amy Winehouse, sambas como os do mestre Zé Keti e Niltinho Tristeza e até rock dos Beatles e Jimi Hendriz. Em dois anos de carreira, a banda se apresenta quase sempre em ensaios gratuitos em praça pública, para a alegria do público.

O saxofonista e um dos fundadores da Sinfônica Ambulante, Edison Matos, falou sobre a expectativa de se apresentar no dia do aniversário da cidade. “Estamos muito felizes com esse convite para o show no dia do aniversário da cidade. Será um enorme prazer levar a alegria e energia da nossa música para uma plateia tão empolgante!”, destacou o músico.

Grande Rio
Às 21h, será a apresentação da Escola de Samba Grande Rio. Ritmistas e passistas irão apresentar sambas-enredo consagrados da escola de samba Acadêmicos do Grande Rio e de outras agremiações do Carnaval carioca. Em 2014, a escola da Baixada Fluminense vai contar na “avenida” os 200 anos de história de Maricá.

Banda Sinfônica Ambulante se apresenta às 12h30 do dia 26 de maio.

Ritmistas e passistas irão apresentar sambas-enredo consagrados da escola de samba Acadêmicos do Grande Rio. Foto: Fernando Silva

Anúncios

Maio 23, 2013 Posted by | jornalismo, Lazer, Maricá, shows e eventos | | Deixe um comentário

Aniversário de Maricá – 199 Anos de Emancipação Política Administrativa

ANIVERSÁRIO DE 199 ANOS DE MARICÁ – RJ
DIA 26/05 BRINQUEDOS GRÁTIS PARA CRIANÇADA DURANTE TODO O DIA.

Programação Completa:

954901_3145073162241_432399692_n[1]

Dia 24/05 – Sexta-feira
7h às 14h – Lançamento da Feira do Agricultor e do Artesanato
… Local: Praça Conselheiro Macedo Soares
20h – Show Evangélico com Davi Sacer
Local: Praça Dr. Orlando de Barros Pimentel – Centro
Dia 25/05 – Sábado – Dia Municipal do Evangélico
14h – Festival Gospel de Músicas e Artes
19h – Abertura oficial do Evento em Comemoração ao Dia do Evangélico
Lançamento do Projeto Canto de Todos os Cantos
20h – Show evangélico com Aline Barros
Local: Praça Dr. Orlando De Barros Pimentel – Centro
Dia 26/05 – Domingo – Dia de Aniversário da Cidade – 199 Anos
6h – Alvorada com a Banda C.E.M. Joana Benedicta Rangel no “Trem Bão” circulando pelas ruas da cidade;
7h – Missa em Ação de Graças presidida pelo Padre Marcos Drumond na Paróquia de Nossa Senhora do Amparo;
8h30 – Ato cívico com Hasteamento das Bandeiras e cântico dos Hinos de Maricá pelo Grupo Musical Alegria de Viver da Casa da 1º 3ª Idade; e Nacional Brasileiro pela cantora Dalva Alves, acompanhada de Dalbert no Violino e Pedro no Violoncelo;
9h – Abertura da Exposição Portinari – Arte e Meio Ambiente – na Casa Digital e Atelier Portinari (Tenda) – Oficinas de Artes.
Local: Praça Dr. Orlando de Barros Pimentel – Centro
Atividades de palco
9h – Atividades educativas, apresentações culturais, de danças e sociais das escolas da secretaria municipal de Educação e secretaria de Ações para o Idoso;
9h – Banda Marcial do Joana Benedicta Rangel;
9h20 – Coral E. M. Amanda Peña;
9h40 – Banda Tambores de Ouro e atividades circenses da E. M. Vereador João Da Silva Bezerra;
10h20 – Apresentação de percussão da E. M. Professor Darcy Ribeiro;
10h40 – Dança criativa da secretaria de Ações para Idosos;
11h – Dança de rua e hip hop da E. M. Professor Darcy Ribeiro;
11h35 – Teatro com o Grupo Sem Sentido da E. M. Marcus Vinícius C. Santana;
11h55 – Apresentação de Dança da E. M. Carlos Magno Legentil De Mattos;
12h15 – Teatro da E. M. Carlos Magno Legentil De Mattos;
12h30 – Apresentação da Sinfônica Ambulante;
9h às 13h – Exposições, em tendas, dos trabalhos desenvolvidos pelas secretarias de Educação, Cultura, Trabalho, Pesca e Agricultura, Direitos Humanos, Assistência Social, Assuntos Religiosos;
9h30 às 16h – Caravana do Trabalho – Emissão de Carteira de Trabalho, Balcão de Emprego, divulgação dos serviços disponibilizados pelo Sine (Sistema Nacional de Emprego) e orientação ao trabalhador na Questão Trabalhista;
9h às 17h – Recreação e brinquedos grátis para criançada com coordenação da secretaria de Esportes;
12h30 – Final da Taça Cidade de Maricá de Futebol 2º Quadro – Local: E. C. Maricá;
14h30 – Final da Taça Cidade de Maricá de Futebol 1º Quadro – Local: E. C. Maricá;
13h30 – Feijoada da Grande Rio nos Restaurantes e ambulantes autorizados em torno da Praça Dr. Orlando de Barros Pimentel, com apresentações de rodas de samba;
17h – Samba Di Boteco com Claudinho Guimarães;
21h – Apresentação da Escola de Samba Grande Rio e
22h – Show com Zeca Pagodinho

Maio 23, 2013 Posted by | Lazer, Maricá, shows e eventos, social, turismo | | Deixe um comentário

Prefeitura de Maricá abre espaço para os agricultores locais

Texto: Rafael Zarôr | Fotos: Secretaria Municipal de Turismo / Elaine Ribeiro

Agricultores locais irão expor e comercializar seus produtos em uma feira na Praça Conselheiro Macedo Soares, no Centro

Feira do Agricultor e do Artesanato acontece pela primeira vez na sexta-feira (24/05), reunindo somente produtos produzidos no município

Um café da manhã nesta quarta-feira (22/05) com os produtores locais e a prefeitura de Maricá definiu a programação da Feira do Agricultor e do Artesanato. O evento acontece nesta sexta-feira (24/05), na Praça Conselheiro Macedo Soares, no Centro, e marca o início das comemorações pelos 199 anos do município. O projeto é realizado pelas secretarias municipais de Turismo e de Pesca, Aquicultura, Agricultura e Pecuária.

Das 7h às 14h, os agricultores e artesões da cidade irão expor e comercializar produtos feitos em Maricá. A população poderá comprar produtos da cidade e totalmente orgânicos (sem agrotóxico) como queijo de cabra, linguiça caseira, ovos caipiras, aipim, laranja, tangerina, banana, mel e limão. Nas barracas também serão expostas peças feitas com fibra de bananeira, artesanato com conchas, tapeçaria, entre outros.

A ideia do secretário municipal de Pesca, Agricultura, Aquicultura e Pecuária, Rubem Pereira, é realizar a feira todas as sextas-feiras. “É um projeto piloto. Vamos ver aceitação do público e a nossa intenção é realizar toda semana sempre convidando agricultores locais a comercializarem seus produtos”, adiantou Rubem, acrescentando que o projeto também será levado para o Mercado do Produtor Rural, no Centro. “Estamos licitando a reforma daquele espaço, que terá boxes com mais espaço e conforto para os produtores. Nossa ideia é criar uma área para abrigar a feira”, completou.

Somente serão vendidos produtos produzidos em Maricá, como banana, ovos caipiras, aipim, tangerina, mel …

Maio 23, 2013 Posted by | jornalismo, Lazer, Maricá | Deixe um comentário

Prefeitura de Maricá oferece nova área no Caxito e índios rejeitam proposta

Texto: Leandra Costa (edição: Marcelo Ambrosio) | Fotos: Fernando Silva

Prefeitura oferece nova área no Caxito e índios rejeitam proposta

A tribo indígena guarani M´Byá rejeitou, nesta quarta-feira (22/05), a oferta da prefeitura Municipal de Maricá de uma área de 687 mil m2 no bairro Caxito para instalar sua aldeia no município. Em abril, outras duas áreas, uma em Bambuí e outra em Ponta Negra, também não foram aceitas pelos índios, que hoje ocupam um terreno privado dentro da área do futuro resort São Bento da Lagoa. Representados pelo cacique Darci Tupã e acompanhados pelo antropólogo e diretor de Proteção Territorial (DPT) da FUNAI (Fundação Nacional do Índio), Miguel Vicente Foti, parte da tribo visitou, com representantes do Executivo, o novo local oferecido pela prefeitura, que embora não seja parte envolvida na questão, está interessada em garantir a cultura e a manutenção das tradições indígenas na cidade.

Representando o prefeito Washington Quaquá, que enxerga como prioridade o respeito pelos costumes indígenas, os secretários municipais de Assuntos Federativos, Fabiano Filho, e de Direitos Humanos, Miguel Moraes, acompanharam os índios em visita ao local. Fabiano Filho destacou que estava otimista com novo espaço oferecido no Caxito. “Cumprimos as exigências feitas por eles, que nos solicitaram um espaço amplo, sem vizinhança e com córrego. Todas essas características existem nessa nova área”, destacou Fabiano. O secretário apresentou o RGI (Registo Geral de Imóvel) do local, comprovando que a área é pública e pertence à prefeitura.

O secretário de Direitos Humanos, Miguel Moraes, destacou que o município não mediu esforços para manter os povos indígenas em Maricá. “Temos o interesse em organizar na cidade a aldeia, dando a ela, inclusive, uma característica cultural e turística, como a instalação do Centro de Tradições Indígenas, mas eles não aceitaram”, afirmou Miguel Moraes. O plano do prefeito Washington Quaquá incluía a criação de uma bolsa-auxílio, a instalação do centro de tradições e até a contratação dos índios para que apresentassem seus rituais aos alunos da rede municipal de ensino nas escolas. “A partir de agora, a negociação terá de ser feita por eles diretamente com os donos do terreno onde eles instalados”, destacou, Miguel Moraes.

O antropólogo Miguel Vicente Foti explicou que os índios consideraram que a área “não era espiritualmente boa” para a aldeia, que engloba 30 famílias (em torno de 65 indivíduos). Assentada em Camboinhas, Niterói, parte da tribo se mudou provisoriamente para a área da Restinga de Maricá onde será implantado o Complexo Turístico da Restinga, um projeto de desenvolvimento voltado para a geração de empregos com sustentabilidade e preservação. Em abril, no processo de negociação, os índios haviam solicitado um espaço em Maricá para o deslocamento da tribo. Na ocasião, foram apresentadas duas outras áreas, uma com 77 mil m2 em Bambuí e outra com 10 mil m2 em Ponta Negra. Uma reunião entre o representante da Funai e a empresa proprietária da área onde os índios estão instalados será marcada.

A tribo indígena guarani M´Byá em visita a área do Caxito

A prefeitura, que embora não seja parte envolvida na questão, está interessada em garantir a manutenção das tradições indígenas na cidade

Maio 23, 2013 Posted by | direitos humanos, jornalismo, Maricá | , , , | Deixe um comentário

Bairro da Amizade, Itaipuaçu e Bananal recebem pavimentação

Texto: Sérgio Renato | Fotos: Fernando Silva

O programa de pavimentação de ruas conduzido pela secretaria municipal de Obras de Maricá continua em ritmo acelerado. Nesta semana, os bairros beneficiados com o asfalto e a drenagem são Itaipuaçu, Bananal e Bairro da Amizade. Neste último, equipes da secretaria de Obras finalizaram nesta terça-feira (21/05) a pavimentação da via no entorno do campo de futebol da localidade e, também, do trecho da Rua 53 até a parte da lagoa, no sentido do Saco das Flores. A intervenção, com 1,5 km de extensão, é parte do programa ‘Asfalto na Porta’ (parceria com o governo do Estado), e foi bem recebida. “Agora acabou a lama por aqui. Vai dar para andar sem se sujar”, comemorou o comerciante Valdemiro Azevedo Faria, de 72 anos.

Outra ação semelhante ocorre nas vias que ficam em volta da Escola Municipal Amanda Pena, em Bananal. As ruas C, Ermílio Ferreira da Silva e Thomaz José Forte (no trecho ao lado da escola) receberam pavimentação, e esta última começa a ganhar também uma rede de drenagem em toda a sua extensão. Na outra ponta da cidade, outra equipe pavimenta a Rua Professor Cardoso de Menezes no entorno do Terminal Rodoviário José Ferreira da Silva, no sentido da praia de Itaipuaçu. Nos próximos dias, o trabalho deverá estar finalizado com o asfaltamento do lado oposto.

 

Maio 23, 2013 Posted by | jornalismo, Maricá, Obras em Maricá, Urbanização, vias públicas | Deixe um comentário

Nadador maricaense disputa brasileiro de maratonas

Texto: Fernando Uchôa (edição Marcelo Ambrosio)

20508_533268623351323_1933475218_n[1](foto de arquivo) O nadador maricaense Pedro Tatuí, que compete com o apoio da Prefeitura de Maricá, vai representar o Estado do Rio na etapa de Vitória (ES), do campeonato brasileiro de maratonas aquáticas, no próximo dia 2 de junho.

Pedro é irmão da nadadora Mariana Mello, especialista em provas de longa distância e que também compete apoiada pela Prefeitura. A nadadora está em fase de treinos para representar o Brasil no campeonato mundial de maratonas aquáticas de longa distância (Open Water Grand Prix Long Distance), em julho, no Canadá, nos lagos Saint Jean e Mangoc. As provas terão 36 km. e 32 km., respectivamente. Em abril, os dois irmãos participaram e venceram, em suas categorias, da prova de dois km de extensão Piratininga Cross Bell, em Niterói.

Maio 23, 2013 Posted by | esportes, natação | , | Deixe um comentário

Exposições contam a história de Maricá na Câmara Municipal

Em comemoração aos 199 anos do Município, o Presidente da Câmara de Vereadores Fabiano Horta está abrindo as portas da Câmara Municipal de Maricá, nesta quinta, dia 23/05, às 15h para a comunidade com três Exposições: “Maricá em fotos” (César Brum), “Dos Passos de Anchieta, Apóstolo do Brasil, à Nova Maricá” (Renata Gama e Maria Penha) e uma Mostra de Pinturas da artista Meg Carvalho. As exposições ficarão até o dia 10 de junho de 2013 na Câmara.

A Nova Exposição da Historiadora Maria Penha e da arquiteta Renata Gama: “Das Simbólicas Sesmarias aos atuais Distritos Municipais de Maricá” está agendada para o dia 17 de junho de 2013, às 17h, na Casa de Cultura de Maricá.

Aguardamos vocês lá!

Maio 23, 2013 Posted by | arte, cultura, Exposições, jornalismo, social | , , | Deixe um comentário

Templo do Vale do Sol e da Lua comemora 25 anos

clip_image002 Templo do Vale do Sol e da Lua 25 anos

Casa umbandista sediada em Itaipuaçu – Maricá / RJ, chega ao seu Jubileu de Prata como uma das mais respeitadas do Rio de Janeiro

Templo do Vale do Sol e da Lua No próximo dia 25 de maio (sábado) a partir das 16h, será comemorado o Jubileu de Prata do Templo do Vale do Sol e da Lua. A festa será na sede da instituição, Rua Ubiratan, lote 5, quadra 62, Itaocaia Valley, Itaipuaçu – Maricá / RJ. Estão previstas na programação, uma série de atividades para comemorar a data como homenagens aos orixás e médiuns fundadores, dança e música.

Os convidados, primeiramente, vão assistir a uma gira em homenagem a todos os orixás, em especial aqueles que mantêm uma relação maior com o TVSL, como Omulu e Iemanjá (orixás da coroa do dirigente) e Xangô e Tempo (orixás de sustentação da casa), além da egrégora. Após, haverá uma confraternização entre os presentes com distribuição de feijoada vegetariana. O evento será aberto ao público.

Luiz Antônio - Babalorixá O Templo do Vale do Sol e da Lua é uma casa umbandista fundada em 1988 pelo engenheiro e físico nuclear, Luiz Antonio Martins, hoje babalorixá conhecido como Luiz D´Omulu. Na época ele, junto com mais sete pessoas, entre amigos e familiares, iniciaram os trabalhos na sua casa no bairro do Cachambi. A medida que o número de consulentes foi aumentando, nascia o projeto de construção da nova sede em Itaipuaçu, onde até hoje está sediado o Templo.

Babalorixá Luiz Antônio “Esse é um momento de grande emoção, não só para mim, mas para todos que contribuíram para chegarmos até aqui. Não é toda hora que um templo umbandista comemora 25 anos de fundação”, disse emocionado o babalorixá Luiz D’Omulu.

Atualmente, o TVSL tem na sua corrente cerca de 140 médiuns que se dividem nos trabalhos de consulta, psicografia entre outras funções. Os encontros acontecem sempre uma vez por mês e são atendidas, em média, de 250 a 300 pessoas.

Mais informações: www.templodovaledosoledalua.org.br

Maio 23, 2013 Posted by | jornalismo, Maricá, religioso | , , , | Deixe um comentário