Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Entrevista com Sérgio Mesquita – Secretário Municipal de Cultura de Maricá

Inúmeras atividades estão sendo desenvolvidas e realizadas pela Secretaria Municipal de Cultura de Maricá, que envolvem projetos idealizados, parcerias e apoio a eventos já formatados.

 sergio mesquita Para falar sobre o trabalho que está sendo desenvolvido, entrevistamos o secretário responsável pela pasta, Sérgio Mesquita. 

Entrevista com Secretário Municipal de Cultura de Maricá Sérgio Mesquita

NRJ – Como o Secretário vê eventos como este da Chegança?

SM – Antes de falar do espetáculo que foi, vou falar que não considero a Chegança como um “é – vento” que passa e vai embora. Um momento em que todos curtem e no dia seguinte só lembram que foi muito bom. A Chegança foi excelente por dois motivos: o 1º é a beleza da produção (mesmo com pequenas falhas nos microfones); e o 2º motivo foi o resgate de uma história, de um momento do país, que muitos ali esqueceram ou pior, nem sabiam que existiu em carne e osso o “almirante negro”, cantado na música de João Bosco (“navegante negro” por conta da censura da ditadura que não admitiria nunca um almirante negro). O espetáculo é importante por resgatar um momento de nossa história.

DSCN7285 Chegança do Almirante Negro, patrocinado pelo 5 Circuíto das Artes, foi apresentado ao público, no sábado dia 14 de setembro, na Praça Orlando de Barros Pimentel, com apoio da Prefeitura de Maricá, através das Secretarias de Cultura e Diversidade e de Direitos Humanos e Cidadania, por meio da subsecretaria de Diversidade Racial.

DSCN7325DSCN7333

A Grande Companhia Brasileira de Mystérios e Novidades apresentou no sábado 12.09 a história de João Cândido – o Almirante Negro – que revoltou-se contra os maus tratos na marinha brasileira, em especial contra o castigo da chibata, onde os "infratores" eram chicoteados como acontecia com os escravos.

NRJ – Parece que o público gostou muito, foi visível. Mas entenderam a mensagem do resgate da história?

SM – Quem não percebeu no momento, com certeza vai lembrar-se do João Cândido quando ouvir a música ou o assunto surgir em uma roda. Por isso estes tipos de espetáculos são importantes, deixam rastros.

NRJ – E como se comporta sua Secretaria em relação a isto? Qual sua política?

SM – Primeiro é uma política de governo, não é do Sérgio Mesquita. Em segundo, uma de minhas funções à frente da Secretaria, a pedido do prefeito Washington Quaquá, passa pelo resgate da história de Maricá e do Brasil. Por isso, às vésperas de se completar 50 anos de um período de terror, que foi a Ditadura Militar, fizemos o belo evento sobre o Golpe de 64. Resgatamos a história do Brasil e de algumas famílias de Maricá que sofreram com a Ditadura. Muitos munícipes nem sabiam até aquele momento, que houve prisões e tortura em Maricá.

NRJ – Cine Clube Henfil, Sala Cult, Festa Literária, Feira da Providência e Primavera dos Museus, o que esperar da Cultura.

SM – O Cine Clube Henfil hoje está classificado entre os cinco Cines Clubes mais ativos do estado. Recebemos a notícia da Associação Nacional Cineclubista, que inclusive, por conta disso, pagará as despesas de translado de um representante nosso para a Conferência Nacional a ser realizada ainda este ano na Bahia. Ficamos muito satisfeitos e orgulhosos claro!

A Sala Cult foi pensada para abrir espaço para o artista de Maricá. Uma pequena sala de espetáculo, com 37 lugares e uma Praça inteira assistindo. Aqui buscamos a elevação da autoestima do artista ligado à música, canto e teatro. O projeto deu certo e mesmo em seu nascedouro, já foi aventurar-se na Lapa no Rio de Janeiro com o tributo ao Chico. Manhoso ainda não sabe, mas estamos tentando leva-lo para o Lapa Café também.

A Primavera dos Museus é um evento nacional. O tema é a questão da Cultura Africana. Preparamos uma série de palestras, filmes e show, que ocorrerão durante a semana de 23 a 27 de setembro. Em sua abertura teremos a participação de alunos da rede municipal cantando e executando o Hino Nacional e show de dança que a Cia Vida de Teatro e Dança nos brindará. A ideia é transformar a casa de Cultura na “casa grande” e sua frente em um terreiro.

A Festa Literária de Maricá foi uma agradabilíssima surpresa. A FLIM terá seu início no dia 16 de outubro e seu encerramento será no dia 31. A Cultura e demais secretarias estarão juntas com a Secretaria de Educação (promotora da festa), trabalhando no entretenimento do público, principalmente o infantil. Será uma grande festa com palestras, debates e espetáculos teatrais, musicais e muito livro…claro. O Cine Clube teve sua programação também pensada na Festa (FLIM). No mês de outubro teremos Vinícius, Drumond, Graciliano Ramos, Neruda e Violeta Parra em sua tela. Mas o que mais me agrada na FLIM é o “vaucher” que a Prefeitura, combinada com a Educação, distribuirá para os alunos e professores da rede municipal, para compra de livros na Festa. Estamos vivendo um momento único em Maricá. Quem ainda não acordou, não está percebendo a revolução que está acontecendo no município.

NRJ – E a Feira da Providência?

SM – Trabalho pesado (risos). Estamos filmando alguns artistas ligados ao artesanato, à produção da farinha e sola, cerâmica e esculturas. A ideia é fazer um vídeo demonstrando como cada peça lá exposta foi confeccionada. Vamos mostrar o trabalho que dá produzir cada peça. Em paralelo, estamos aguardando o mapa do palco para espetáculos, para inserirmos nossa música, dança e teatro. Este trabalho será realizado em conjunto com a Secretaria de Turismo.

NRJ – Algum comentário para encerrarmos?

SM – A garganta tá seca (risos). Até a próxima. Ih! Ia cometendo uma enorme gafe. Em outubro, teremos também a exposição do pintor Di Bonilho, radicado em Maricá. Será sua segunda exposição e o tema de seus quadros será “As Marias de Maricá”. Já tive a oportunidade de ver duas de suas criações. Com certeza quem visitar a exposição ficará encantado… boca mais seca (risos).

Anúncios

Setembro 18, 2013 Posted by | arte, jornalismo, Lazer, Maricá, musica, Teatro | , | Deixe um comentário

Convite – VI Aniversário da Tenda da Cigana Maanur do Oriente em Itaipuaçu, Maricá

Fotos aquivo do V Aniversário da Tenda: Rosely Pellegrino

O  Grupo Fúria Gitana vai embalar a festa que será realizada no Jardim Atlântico Salão de Festa – Itaipuaçu, neste sábado 21 de setembro. Rua 66 esquina com Av. 2 (entrada pela Estrada dos Cajueiros) Jardim Atlântico.

DSC01481

Uma oportunidade de apreciar e conhecer um pouco da diversificada cultura cigana, através de suas músicas, rituais, leitura de oráculos, e das apresenções de dança cigana com a bailarina Marcia Leite.

DSC01488 A anfitriã, e mentora de Tenda Ana Moura, convida. “… venham participar da festa que une ciganos de sangue e gadje amigos da Tenda.”

DSC01383DSC01424

Algumas das atrações da noite

DSC01493 DSC01492 

255592_2423162995980_725649692_n[1]Fé, organização, beleza, muita dança e alegria, já se tornaram uma marca registrada das festas da Tenda da Cigana Maanur do Oriente, que na verdade para um grupo fechado, no qual me incluo, já existe há mais de 20 anos em Itaipuaçu. Este ano vou festejar meu aniversário nesta festa, Vai ser bom estar com vocês. Óptcha!!!” (Rosely Pellegrino, jornalista editora deste Blog de Notícias e apreciadora da cultura cigana).

1236407_10200632301874949_1317729385_n[1]

Setembro 18, 2013 Posted by | cultura, cultura, informativo esotérico, jornalismo, Lazer, Maricá, shows e eventos, social, turismo | , , , , | 2 comentários