Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Nota oficial da Prefeitura de Maricá sobre o aeródromo municipal

– A Prefeitura de Maricá tem competência, delegada pela Secretaria de Aviação Civil, para impedir qualquer operação técnica ou administrativa no aeroporto. Isso não inclui interdição da pista, que sempre continuou aberta para pousos e decolagens. A informação sobre bloqueio de pista é absolutamente inverídica e improcedente, e só pode ser creditada a interesses contrariados pela ação do poder público na retomada de um espaço ocupado, há anos, de forma irregular. Como o aeroporto é um bem sob a administração municipal, a prefeitura tem a prerrogativa de controlar as áreas contiguas a pista, o que inclui os acessos e o pátio de manobras. Os carros da Guarda Municipal circulam apenas nesses locais, que não estão sob controle da ANAC;

– Os veículos da Guarda Municipal sempre ficaram e continuarão posicionados nas proximidades dos prédios, 24h por dia, exercendo a função de controle patrimonial e de segurança das instalações, em pontos afastados justamente para que a atividade não interfira na utilização da pista, que é atribuição da ANAC;
– Como se trata de um aeródromo e não de um aeroporto, não é exigido que o complexo tenha torre de controle ou qualquer instrumentação de auxilio à navegação e comunicação por rádio. Pousos e decolagens são realizados normalmente, apenas pelo visual, após o nascer do sol e até o por do sol, sem que haja qualquer contato entre piloto e terra;

– A pista do aeródromo municipal está aberta para pousos e decolagens, e diversas aeronaves tem realizado tais operações normalmente desde o dia 11/09, quando a Prefeitura decretou a interrupção de todas as atividades técnicas e administrativas no complexo aeroportuário.
– Tanto a movimentação na pista tem sido livre que muitas aeronaves em instrução, baseadas em outros locais, a tem utilizado livremente em seus treinamentos. Ainda nesta segunda-feira, por exemplo, o comando de Operações Aéreas da Secretaria Estadual de Segurança Pública consultou a Prefeitura para realizar treinamento com helicópteros utilizando a pista e será atendido.

Rafael Zarôr
FSB COMUNICAÇÕES
Prefeitura de Maricá

Outubro 23, 2013 Posted by | aviação, jornalismo, Maricá | Deixe um comentário

Maricá vai decretar o tombamento e a desapropriação da Fazenda Itaocaia (séc. XVIII) para sediar o Memorial Charles Darwin em homenagem à Mata Atlântica

Serviço:
DESAPROPRIAÇÃO DA FAZENDA ITAOCAIA
Dia: 26.10.2013 – 09 h.
Local: Em frente à Fazenda Itaocaia
(Bairro de Itaocaia, Distrito de Itaipuaçú, Maricá, RJ)

O prefeito de Maricá assinará três atos de grande importância para o município neste sábado, dia 26 de outubro: o primeiro será um decreto tombando a Fazenda Itaocaia, por seu valor histórico, cultural e afetivo; o segundo será um decreto declarando de utilidade pública e interesse social a Fazenda Itaocaia, objetivando sua desapropriação; e o terceiro ato será um Protocolo de Intenções com o INEA, para a gestão compartilhada da Fazenda Itaocaia, haja vista a utilização conjunta para a gestão das unidades de conservação, tanto do Estado quanto do município.

O evento contará com a presença de autoridades do INEA, da Secretaria de Estado do Ambiente (SEA) e do município de Niterói.

A Fazenda Itaocaia recebeu a visita de Charles Darwin, durante sua passagem pelo Brasil, em 1832. Em homenagem a este grande naturalista pretende-se implantar na área da fazenda o Memorial Charles Darwin, em homenagem à Mata Atlântica. O projeto conceitual do Memorial deverá ser objeto de concurso público e a execução em parceria com instituições da Inglaterra.

As instalações da fazenda servirão, ainda, para sediar o Monumento Natural Municipal da Pedra de Itaocaia, além de equipamentos do Parque Estadual da Serra da Tiririca, da APA de Maricá e, possivelmente, instalações da Polícia Ambiental.

A Fazenda Itaocaia está localizada na entrada do Caminho Darwin, que cruza o Parque Estadual da Serra da Tiririca, projeto que vem mobilizando o INEA, além dos municípios de Niterói e Maricá.

As atividades turísticas de ciclismo, caminhada e cavalgada serão incrementadas com o Projeto Caminho Darwin, e a Fazenda funcionará como polo de recepção destas atividades.

Além destas iniciativas, o projeto de lei municipal, de autoria do vereador Helter Ferreira, altera o nome da Estrada da Barrinha para Estrada Charles Darwin, colaborando de sobremaneira na consolidação do projeto.

Outubro 23, 2013 Posted by | cultura, jornalismo, Maricá, meio ambiente | Deixe um comentário

Porque não quero renovação no PT: uma rápida resposta a Benedita da Silva

Texto: Sérgio Mesquita fotos: Rosely Pellegrino
DSCN8634
DSCN8644

Ontem assisti ao debate entre os candidatos do PT à direção do Diretório Estadual em Niterói. Ouvi excelentes explanações.
Na fala final dos candidatos, chamou-me a atenção a da Benedita, onde ela pergunta o que é renovação e afirma que renovação não passa pela idade do candidato. Concordo com ela, renovação independe da idade. Aliás, tanto a renovação como a inovação independe da idade. O problema está no como e no que renovar?
Na Convenção de 94, disputaram a indicação a candidato a governador Vladimir Palmeira e Milton Temer. A corrente da Benedita esvaziou a Convenção, pois queriam o Bittarmas não queriam a disputa interna. Anularam o pleito e na nova convenção deu Bittar. Bittar terminou em quarto lugar, atrás do Cel. Newton Cruz. O povo do Rio teve que engolir Marcelo Alencar.
Em 96, Chico Alencar disputou a Prefeitura do Rio. Novamente a corrente da Benedita ia para a televisão, inclusive com a participação do Lula, pedir que Chico renunciasse em favor do Miro Teixeira (PDT). Chico não foi para o segundo turno com Cesar Maia por 60.000 votos. Segundo Léo Lince, “um beicinho de pulga”. Após as eleições, Lula veio ao Rio pedir desculpas ao povo, pois entregou a Cesar o governo da cidade do Rio por um longo período.
Em 98, Vladimir ganha a convenção e sai candidato ao governo do Rio, novamente a corrente de dona Benedita, desta vez sem qualquer pudor, impõe o apoio ao Garotinho cassando a candidatura do Vladimir. O povo do Rio teve de amargar Garotinho e sua esposa revezando-se no governo do Rio e, Lula RENOVOU suas desculpas ao povo.
De lá para cá, simplesmente não disputamos mais o governo do Rio e nem a Prefeitura. Tivemos candidatos, mas o partido já estava enfraquecido interna e externamente. Hoje, temos vergonha de RENOVAR as desculpas depois do que está acontecendo na prefeitura do Rio e no governo do estado.
DSCN8638
Não desejo renovar e nem inovar, quero é RESGATAR o partido para não precisar renovar outro novo pedido de desculpas. E o candidato que tem as condições de RESGATAR o PT, chama-se Washington Quaquá.

Outubro 22, 2013 Posted by | Uncategorized | Deixe um comentário

Espetáculo teatral de humor será apresentado sábado no Flim

Texto: Rafael Zarôr | Fotos: Divulgação

espetáculo circense "Terra Brasilis - intervenção alegórica de rua"

espetáculo circense “Terra Brasilis – intervenção alegórica de rua”

DSC01713
Peça retrata a vida e o cotidiano dos brasileiros com uma leitura crítica e bem humorada
Neste sábado (19/10), às 16h, o grupo Ponto de Cultura – Teatro para Jovens, do Centro Brasileiro de Teatro para a Infância e Juventude (CBTIJ), apresenta o espetáculo “Terra Brasilis – intervenção alegórica de rua”, na I Festa Literária de Maricá (Flim). A peça é um mosaico de situações que retratam a vida e o cotidiano de todo brasileiro através de uma leitura crítica e bem humorada. O espetáculo, gratuito, é uma realização do Ministério da Cultura e do estado com apoio das secretarias municipais de Educação e Cultura.

Desde 2009, o CBTIJ realiza, em São João de Meriti, o projeto “Ponto de Cultura em Ação” de formação e qualificação gratuita de jovens atores e atrizes na Baixada Fluminense.

A Flim, uma realização da secretaria municipal de Educação em parceria com a Associação Brasileira do Livro (ABL), foi aberta na última quarta-feira (16) e acontece até o dia 31/10, na Praça Dr. Orlando de Barros Pimentel, no Centro. A programação inclui exposição do catálogo das principais editoras do país (são cerca de 30 estandes e cada um tem um acervo de quatro mil livros), shows musicais do projeto “Sob o Céu, Sob o Sol de Maricá”, apresentações de peças teatrais, contação de histórias, além de exibições de filmes de poetas nacionais e internacionais no Cineclube Henfil, na Casa de Cultura, localizada na mesma praça, no Centro.

Espetáculo começa às 16h, na Praça Dr. Orlando de Barros Pimentel

Outubro 19, 2013 Posted by | cultura, jornalismo, Teatro | Deixe um comentário

Prefeitura de Maricá realiza 1ª Festa Literária

Texto: Leandra Costa (edição: Marcelo Moreira) | Fotos: Fernando Silva

Secretária de Educação anuncia oficialmente a Festa Literária de Maricá, na foto: o Secretário Municipal de Cultura de Maricá, Sérgio Mesquita, coordenador da ABL, Ricardo Correa, a secretária Municipal de Educação Marta Quinan e o vice prefeito Marcos Ribeiro.

Para estimular leitura em papel, secretaria de Educação vai distribuir vales para alunos da rede municipal trocarem por obras à venda no evento

Do dia 16 a 31 deste mês, das 8h às 22h, Maricá sediará a sua primeira Festa Literária. Anunciada oficialmente na noite desta quarta-feira (09/10), na casa de festas Palladon, a Festa Literária de Maricá (FLIM) é uma realização da secretaria municipal de Educação em parceria com a Associação Brasileira do Livro (ABL). O evento, gratuito e aberto a toda a população, reunirá dezenas de expositores com obras literárias e didáticas das principais editoras do país na Praça Orlando de Barros Pimentel, no Centro. Para estimular a leitura em papel entre os estudantes da rede municipal de ensino, a prefeitura distribuirá gratuitamente a todos os alunos ‘vales-livros’ no valor de R$ 30 cada – para que os estudantes possam comprar as obras de que mais gostarem durante o evento.

Segundo o vice-prefeito, a Flim desperta a sensibilidade para a leitura e democratiza ainda mais o acesso aos livros

Representando o prefeito de Maricá, Washington Quaquá, na cerimônia de lançamento da Flim, o vice-prefeito e professor Marcos Ribeiro destacou a importância da festa. “Essa é a primeira festa literária de muitas outras que virão para despertar a sensibilidade para a leitura e democratizar ainda mais o acesso aos livros. A proposta é inserirmos a FLIM no calendário oficial de eventos do município”, destacou o vice-prefeito.
Além dos alunos, a distribuição de vales para aquisição de livros será estendida aos profissionais de ensino, beneficiando ao todo 17.653 pessoas. Professores, orientadores pedagógicos, diretores de escolas e todos os profissionais efetivos da área educacional receberão os subsídios, com valores de até R$ 200 (professores regentes – R$ 200,00; profissionais extra-classe – R$ 100,00; profissionais de apoio – R$ 50,00).

  Para o coordenador da ABL, a feira permite extrapolar as barreiras de comunicação entre os alunos e professores Pela parceria com a Associação Brasileira do Livro, a estrutura física caberá à entidade, que realiza feiras gratuitas desde 1957. A previsão é de que pelo menos 30 estandes serão montados e o cálculo de livros em exposição chegaria a quatro mil unidades em cada um. Já a prefeitura ficará responsável pela programação da Feira, além da segurança do evento. Além dos estandes, uma extensa lista de atrações vai movimentar a cidade, com apresentações culturais, exposições, oficinas, palestras e tardes de autógrafos com escritores, como Manoel Lago, autor do livro "Riacho Mágico"; João Nery, autor de "Resistência ao Biopoder"; e Alícia Leite, autora de "O Momento Nosso de cada Dia", dentre outros.

A Flim será do dia 16 a 31 deste mês, das 8h às 22h, na Praça Orlando de Barros Pimentel

“Nossos gestores perceberam que o nível de leitura entre os alunos está muito aquém do ideal e, mesmo entre os profissionais que vivem da educação, a aquisição de livros encontra entraves, muitas vezes por falta de condições financeiras”, ressaltou a secretária municipal de Educação, Marta Quinan. “Sabemos também que a tecnologia, que traz tantos benefícios e avanços, também é um fator responsável pelo distanciamento entre pessoas e livros, principalmente no caso dos jovens. Mas nós acreditamos no fascínio e no potencial de formação dos livros e estamos felizes por organizar um evento desse porte para incentivar a leitura”, completou Marta.
Para o coordenador da Associação Brasileira de Livro, César Antônio, a feira permite extrapolar as barreiras de comunicação entre os alunos e professores. “A Flim é um grande passo para ampliar a democratização do conhecimento. Lá, o publico terá acesso a grandes obras a preços baixos”, declarou o coordenador. Sobre a ABL, César acrescentou que há aproximadamente, 120 associados, dentre livrarias, editoras e distribuidoras do estado do Rio de Janeiro.
As atrações serão distribuídas entre a Casa de Cultura e a Casa Digital, que ficam na Praça Orlando de Barros Pimentel, no Centro, além da área ao ar livre na praça, onde ficarão os estandes. Confira aqui a programação completa:

Outubro 12, 2013 Posted by | cultura, Educação, jornalismo, Lazer, Maricá, projeto educacional, shows e eventos, social | | Deixe um comentário

Ministério da Cultura acompanha obras de praça de esportes (CEU) em Maricá

Texto: Rafael Zarôr | Fotos: Paulo Polônio

Vanea Rabelo com equipe da prefeitura fez hoje a terceria visita de técnica às obras do CEU, na Mumbuca

O Ministério da Cultura realizou nesta sexta-feira (11/10) a terceira visita (as outras aconteceram em abril e julho) de monitoramento das obras do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) de Maricá. O espaço, em construção às margens da RJ-106, no bairro Mumbuca, está com 80% da obra concluída e tem previsão de inauguração para dezembro. O projeto do governo federal faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e vai reunir num mesmo espaço atividades esportivas, culturais e sociais gratuitas para a população.

Antes da visita, as secretarias envolvidas no projeto (Assuntos Federativos, Assistência Social, Cultura, Educação, Esportes, Planejamento, Fazenda e Controle Interno) participaram de uma reunião com a analista técnica regional do governo federal, Vanea Rabelo, no Paço Municipal, onde foi apresentado um vídeo com as etapas da obra.

A representante do ministério elogiou a execução do projeto pela prefeitura e afirmou que existe a expectativa de Maricá ser o primeiro município dos estados do Rio de Janeiro e Espirito Santo a abrir o espaço de artes e esportes. “As intervenções estão bem avançadas em Maricá e dentro do cronograma elaborado pelo ministério”, declarou Rabelo, acrescentando que o município já fez a licitação para compra dos equipamentos e mobílias que começarão a ser instalados na segunda quinzena de novembro. “Na cidade capixaba de Colatina, onde as obras também estão adiantadas, ainda não foi feita a licitação para compra de equipamentos”, concluiu.

O projeto do Centro de Artes e Esportes Unificados também inclui a participação efetiva da sociedade por meio de oficinas de mobilização social. A primeira oficina de sensibilização e apresentação do projeto à população foi realizada em julho na Escola Municipal Joaquim Eugênio, na Mumbuca. Outras seis oficinais ainda serão realizadas (nos dias 28/10, 31/10, 04/11, 11/11, 18/11 e 12/12) no mesmo local e os moradores poderão sugerir atividades para o futuro espaço. A representante do governo federal ressaltou a importância da participação da sociedade nestas reuniões. “O CEU precisa ser abraçado como propriedade pelos moradores e terá livre acesso aos serviços que serão administrados pela prefeitura”, destacou Rabelo.

O CEU inclui uma unidade do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), anfiteatro (cinema e teatro), telecentro, biblioteca, auditório, pistas de caminhada e de skate, quadra de esportes, além de equipamentos de ginástica e playground. O projeto está orçado em R$ 2,5 milhões (sendo R$ 2 milhões do governo federal e R$ 500 mil de contrapartida da prefeitura).

Espaço terá atividades gratuitas de esportes e lazer para população

Centro de Artes e Esportes Unificados está com 80% da obra concluída

Equipe da prefeitura acompanhou a analista do governo federal na visita técnica

Outubro 12, 2013 Posted by | esportes, jornalismo, Obras em Maricá | , , | Deixe um comentário

Washington Quaquá com Lindberg, em defesa de Dilma

Washington Quaquá (PT) Prefeito Municipal de Maricá Texto de Washington Quaquá Prefeito de Maricá e candidato a presidente estadual do PT, postado em sua página pessoal na rede social Facebook.


Estapafúrdias as declarações do neo dirigente nacional do PT, Alberto Cantalice e de seu parceiro, Deputado Luiz Sérgio, que em tom desmedido ataca nosso pré candidato a governador, Senador Lindberg Farias.
É de se estranhar tamanha irritação e veemência no ataque. Não vi tal veemência verbal quando o Governador Cabral declarou que iria apoiar o tucano Aecio Neves caso o PT lancasse Lindberg Governador.
Estive conversando esta noite em Brasília com o Senador Lindberg. Bastava que eles tivesem ao menos ligado para ele para saber que não houve NENHUMA proposta de dois palanques no Rio. O que o Senador falou, seguindo o que o próprio presidente Lula já havia Falado, é que não se pode tratar o PSB como inimigo de classe, até para que este possa ser um aliado nosso em um eventual segundo turno, quebrando o isolamento que a direita tenta nos impor. Ele apenas sugeriu que a indicação da vaga no Senado em nossa chapa no Rio poderia contribuir para isso. O Palanque do Lindberg será a mais forte trincheira da campanha da reeleição de nossa presidenta Dilma. Nenhum outro candidato defenderá mais Dilma no Rio de Janeiro.
O momento pode ter sido impróprio e sua fala distorcida. Era de se esperar que os adversários se utilizem de nossas declarações fora de contexto, mas é de se estranhar esse comportamento de quadros do PT.
Eu já havia dito a Lindberg que existem dirigentes do PT que tomam café com ele, mas jantam e dormem com Cabral. Bastou a primeira oportunidade para comprovarem isso.
Neste momento em que todos nós nos solidarizamos com os professores e jovens que enfrentam as bombas de gas lacrimogêneo indiscriminadamente jogadas nas manifestações populares pelo Governo Estadual, ao invés de usar uma declaração fora de contexto para atacar Lindberg, deviam tomar uma atitude de defesa da imagem do partido e "pararem de envergonhar os militantes históricos do partido " saindo imediatamente do Governo Cabral. Atitude que precisamos tomar, tardiamente, já essa semana!
Washington Quaquá Prefeito de Maricá e candidato a presidente estadual do PT.

Outubro 10, 2013 Posted by | jornalismo, política | , , | 1 Comentário

Secretaria Municipal de Cultura de Maricá levando amor, alegria, música e cultura para as escolas, em homenagem ao mês das crianças

Texto: Kelly Kristiny fotos: Renata Gama

Levando alegria, música e cultura para as escolas
A animação foi o diferencial desta tarde (09/10) para cerca de 15 alunos da Escola Especial Rynalda Rodrigues da Silva. A banda composta pelos funcionários da Secretaria de Cultura, Ronaldo Valentim (voz e violão), Paulo Ernani (cajon), Dalbert Lopes (violino) e Gibi (saxofone), foi até o local para realizar apresentação em comemoração ao dia das crianças. Ronaldo Valentim e Paulo Ernani foram caracterizados de palhaço Chapinha e Teleco, respectivamente. Músicas como Aquarela e Mar de Cá, de Ronaldo Valentim foram apresentadas pela banda Amigos da Cultura.
A apresentação é realizada sempre na Casa de Cultura para as visitações escolares e a procura das escolas e professores tem sido grande. Com a escola para alunos especiais, Rynalda, não foi diferente. “Nós fomos a Exposição sobre a África que teve na Casa de Cultura e conversamos sobre a possibilidade deles realizarem a apresentação aqui. E aconteceu, já estamos programando outra dessa para dezembro. A atividade com música é a que eles mais reagem, e eles também tem direito a arte e a integração. A rotina deles é apenas casa e escola, e qualquer atividade pra eles é boa.” Explica Monica dos Santos, Orientadora Pedagógica da Escola.

Chapinha e Teleco num dia especial!

A Secretaria de Cultura de Maricá levando música e alegria às crianças da Escola Especial Rynalda Rodrigues da Silva.

536223_207856426058997_1755112013_n1374910_535688946523889_1480094346_n1375712_535688966523887_1813872913_n1376529_535689489857168_1805039046_n1379618_535689163190534_810765528_n1380572_535688839857233_1661472701_n1381596_535689193190531_1775425287_n1382000_535689103190540_1098508145_n1382282_535689336523850_1779884326_n1383339_535688969857220_1100838203_n1383915_535689276523856_1376861466_n1385010_535689009857216_1031301447_n1385527_535688856523898_20161749_n1391637_535689393190511_48915238_n

Outubro 10, 2013 Posted by | cultura, direitos humanos, Educação, jornalismo, Maricá, musica, projeto cultural | , , , , , , | Deixe um comentário

Vigilância Sanitária de Maricá flagra uma tonelada de produtos impróprios no supermercado Supermarket de São José do Imbassaí

Texto: Rafael Zarôr | Fotos: Clarildo Menezes

Os produtos impróprios, entre carnes, laticínios e doces, foram colocados em 20 carrinhos de supermercado

A Vigilância Sanitária de Maricá, da secretaria municipal de Saúde, realizou nesta quarta-feira (09/10) uma operação de fiscalização de produtos no supermercado Supermaket, em São José do Imbassaí. Os cinco fiscais flagraram mais de uma tonelada de produtos vencidos, com prazo de validade adulterado ou acondicionados inadequadamente (carnes e laticínios expostos sem refrigeração), além de embalagens violadas. As mercadorias serão periciadas pela Polícia Civil e o caso foi registrado na 82ª DP. Esta foi a segunda vistoria feita em um mês no mesmo local pela Vigilância Sanitária Municipal, que resultou na apreensão de produtos impróprios para consumo – a primeira aconteceu em 05 de setembro e foram recolhidos 300 kg.

Os fiscais também apreenderam uma grande quantidade de margarina (os produtos serão pesados após a perícia), que estava guardada em um depósito com bebidas e produtos não perecíveis em temperatura ambiente. Segundo o superintendente da Vigilância Sanitária, Alexandre Alvarenga, esses produtos precisam ser acondicionados em local refrigerado. “Outra ilegalidade é que encontramos veneno de rato próximo aos produtos”, afirmou Alexandre.

Entre os produtos vencidos e que foram pesados pelos fiscais estavam 600 kg de carnes, laticínios e doces com prazo de validade adulterado e sem o Selo de Inspeção Estadual, da secretaria de estado de Saúde, ou o Selo de Inspeção Federal, do Ministério da Agricultura. O superintendente explica que esses produtos, após abertos, têm prazo para serem consumidos. “Eles abrem um queijo, por exemplo, que tem o selo de fiscalização destes órgãos e cortam em vários pedaços colocando um novo prazo de validade sem autorização dos órgãos competentes. Este produto pode estar vencido e ser colocado para venda com o prazo ilegal”, declarou.

Fiscais flagraram mais de uma tonelada de mercadorias impróprias

Carnes e laticínios estavam expostos sem refrigeração

Esta foi a segunda vez em um mês que os fiscais flagraram irregularidades no mesmo local

Outubro 10, 2013 Posted by | jornalismo | , , | Deixe um comentário

Começam comemorações pelo Dia da Criança em Maricá

Texto: Sérgio Renato e Fernando Uchôa (edição: Marcelo Moreira) | Fotos: Fernando Silva

Dois eventos no centro de Maricá na tarde desta quarta-feira (9/10) marcaram o início das comemorações pelo Dia da Criança na cidade. Enquanto a Casa de Cultura abriu suas portas para a exibição de um filme infantil, o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) promoveu uma festa para as famílias atendidas. Os eventos foram acompanhados pela secretária municipal de Assistência Social, Laura Maria da Costa.

Quem foi ao CRAS participou de uma homenagem às crianças com apresentações de dança e uma explicação sobre a origem da data, que se tornou popular na década de 1950 influenciada por campanhas publicitárias. Os pequenos e suas famílias, todas atendidas pelo Centro, comemoraram com bolo, refrigerante e distribuição de presentes.

As crianças também se divertiram numa cama elástica. Natália, de 8 anos, aluna da Escola Especial Rynalda Rodrigues da Silva, teve as funções motoras e mentais comprometidas após um afogamento, em que ficou sem oxigenação no cérebro. Atendida no CRAS, não escondeu a alegria ao receber a boneca que ganhou durante o evento. “Foi ótimo o convite do CRAS para essa festa, e ela ainda ganhou um presente”, elogiou a mãe, Cátia Cristina Bernardo, que mora com a filha no Boqueirão.

De acordo com Laura Maria da Costa, a secretaria promove festas semelhantes nas outras cinco unidades do CRAS e também no Centro de Referência Especial em Assistência Social (CREAS). “É uma festa para as famílias, com o intuito de reforçar os laços entre as crianças e seus pais”, frisou a secretária. Segundo a coordenadora do CRAS Centro, Véra Lúcia Serafim, o espaço atende atualmente a 85 pessoas com os mais diferentes perfis e classes sociais.

Comemoração do CREAS foi na Casa da Cultura

A programação do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS) para o Dia da Criança foi na Casa da Cultura, com exibição de filme, pipoca e muitas guloseimas.

Crianças que fazem acompanhamento psicossocial no CREAS, acompanhadas dos responsáveis, assistiram encantadas a um desenho animado que abordou a importância da família e dos laços de amizade com direito a muitas aventuras.

A dona de casa Ariana Ferreira, 29, moradora de Araçatiba, participa do acompanhamento psicossocial com a pequena C., de cinco anos, e J., de um ano. “É um bom incentivo para as crianças”, opinou sobre a programação oferecida.

Maria Luiza, 62, levou a neta Maria, de 6 anos, para assistir ao desenho e a garota gostou muito. “Todos no CREAS são muito atenciosos. O trabalho é muito bom”, enfatizou. Zenaide Carvalho, 46, compareceu com a filha, M., de 15 anos. “Estamos há pouco tempo no CREAS, mas já noto melhoras no relacionamento em casa”, disse.

A secretária municipal de Assistência Social, professora Laura Maria Vieira da Costa, parabenizou as crianças e declarou que ter uma família é melhor do que ganhar presentes. “Crianças, obedeçam a seus pais; pais, respeitem seus filhos. Minha mãe tem 81 anos e é uma benção estar com ela”, declarou a secretária.

O CREAS é uma unidade pública de proteção especial, responsável pela oferta de orientação e apoio especializados a indivíduos e famílias com direitos violados, encaminhadas principalmente pelo Conselho Tutelar, Delegacia, Ministério Público, assim como demandas espontâneas. Atende demandas como abuso e exploração sexual, violência doméstica, medida socioeducativa, pena alternativa, idosos e portadores de deficiência física ou mental, situação de rua, dependência química, e erradicação do trabalho infantil. O CREAS funciona na Secretaria Municipal de Assistência Social, na Rua Domício da Gama, 386/398, Centro, Maricá. O telefone de contato é (21) 2637-3769.

 

 

 

Outubro 10, 2013 Posted by | assistencia social, jornalismo, social | Deixe um comentário