Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Pedra de Itaocaia é a trilha de sábado do Circuito Ecológico

Texto: Rafael Zarôr | Fotos: Clarildo Menezes

Trilha da Pedra de Itaocaia (foto) é feita em duas horas e grande parte do trecho com subidas

Sábado (29/03) é dia de Circuito Ecológico de Maricá. A trilha escolhida pela Secretaria Municipal de Turismo é a Pedra de Itaocaia, em Itaipuaçu – caminhada de média a pesada com duas horas de duração e grande parte do percurso com subidas. O passeio, com guias da secretaria e apoio do Grupamento de Defesa Ambiental e de agentes da Defesa Civil, é gratuito e destinado a todas as idades.

As inscrições são feitas somente na Secretaria de Turismo (Praça Conselheiro Macedo Soares, Centro) até sexta-feira (28/03), das 9h às 17h. É necessário apenas preencher um formulário com um documento de identificação e endereço. As vagas para transporte gratuito são limitadas (até 25 pessoas), mas os participantes também podem utilizar transporte público ou veículos próprios para chegar até o local de início da caminhada. O horário de saída da secretaria é às 8h. Mais informações pelo telefone 3731-5094.

O local é um dos pontos turísticos da cidade, com 389 metros de altitude. No topo da Pedra de Itaocaia, os participantes terão uma visão privilegiada das praias, lagoas e da Pedra do Elefante, que também fica em Itaipuaçu. A secretaria orienta os aventureiros a usarem roupas leves e calçados apropriados, chapéu, além de levar água, frutas e outros alimentos leves. O circuito não é recomendado para quem possui problemas cardíacos.

O projeto é realizado desde setembro de 2013 em trilhas ecológicas da cidade, com visitas guiadas por equipes da Prefeitura. No último sábado (22), a Secretaria e Turismo levou, mais uma vez, um grupo de 25 pessoas para conhecer a Serra do Camburi, local onde são praticados voos de parapentes. Já foram feitas caminhadas em Itaipuaçu (Pedra do Elefante, "Caminho de Darwin" e Pedra de Itaocaia), Espraiado (Tomascar), Silvado, Retiro (Serra do Camburi), Mirante do Caju, na região central, entre outros pontos turísticos.

Um grupo de 25 pessoas participou da caminhada na Serra do Camburi

Março 28, 2014 Posted by | Ecologia, esportes, jornalismo, Lazer, Maricá, turismo | | 1 Comentário

Sine Maricá oferece 69 vagas de emprego em diversas áreas

Texto: Leandra Costa (edição: Raquel Andrade)

Sine Maricá oferece 69 vagas de emprego em diversas áreas

Para quem deseja buscar uma oportunidade no mercado de trabalho, é importante conferir as 69 novas vagas de emprego oferecidas pelo Sistema Nacional de Emprego (Sine) de Maricá. Administrado pela Secretaria Municipal de Trabalho e Emprego, o Sine oferece oportunidades para diversas áreas. Os salários variam de acordo com as vagas e os candidatos serão informados sobre os benefícios, horários, locais de trabalho e outros detalhes durante o processo de seleção.

Os interessados devem comparecer à sede do Sine, na Rua Domício da Gama nº 391 (ao lado do Hospital Conde Modesto Leal), no Centro, das 9h às 16h30, com os seguintes documentos originais e cópias: identidade, CPF, comprovante de residência, PIS e carteira de trabalho (cópia da página da foto, da parte de identificação e também das páginas que comprovem a experiência profissional). Outras informações podem ser obtidas por meio do telefone (21) 3731-1281.

Desde sua implantação em Maricá, em agosto de 2011, o Sine funciona como um intermediário entre empresas e o trabalhador, além de ser o  responsável por orientar pessoas em busca de reinserção profissional ou aqueles que procuram o primeiro emprego. Com a parceria da Secretaria de Estado de Trabalho, o volume de atendimentos está dividido em três tipos principais de serviço: emissão de carteira de trabalho; busca de vagas de emprego e orientações para acesso ao seguro desemprego.

Confira a relação de vagas disponíveis:

Com exigência de comprovação do ensino fundamental (1º grau):

– 30 vagas para carpinteiro. É necessário ser do sexo masculino, ter acima de 18 anos, ter concluído o 1º grau e possuir experiência profissional mínima de um ano;

– cinco vagas para atendente de lanchonete. As oportunidades são para ambos os sexos. É necessário ter acima de 18 anos e ter concluído o 1º grau;

– cinco vagas para operador de loja. As oportunidades são para ambos os sexos. É necessário ter acima de 18 anos, ter concluído o 1º grau e possuir experiência profissional;

– três vagas para ajudante de instalador. É necessário ser do sexo masculino, ter acima de 18 anos e ter concluído o 1º grau.

– duas vagas para instalador de antena. É necessário ser do sexo masculino, ter acima de 18 anos, ter concluído o 1º grau e possuir experiência profissional;

– duas vagas para mecânico alinhador. É necessário ser do sexo masculino, ter entre 25 e 45 anos, ter concluído o 1º grau e possuir experiência profissional mínima de dois anos;

– duas vagas para serviços gerais. As oportunidades são para ambos os sexos. É necessário ter acima de 18 anos e ter concluído o 1º grau;

– uma vaga para repositor de hortifrúti. As oportunidades são para ambos os sexos. É necessário ter acima de 18 anos, ter concluído o 1º grau e possuir experiência profissional;

– uma vaga para zelador. As oportunidades são para ambos os sexos. É necessário ter acima de 18 anos, ter concluído o 1º grau e possuir experiência profissional;

– uma vaga para porteiro. As oportunidades são para ambos os sexos. É necessário ter acima de 18 anos, ter concluído o 1º grau e possuir experiência profissional;

– uma vaga para roçador. As oportunidades são para ambos os sexos. É necessário ter acima de 18 anos e ter concluído o 1º grau;

– uma vaga para ajudante de cozinha. As oportunidades são para ambos os sexos. É necessário ter acima de 18 anos, ter concluído o 1º grau e ter conhecimento na área.
Ensino médio completo:

– cinco vagas para vendedor externo. As oportunidades são para ambos os sexos. É necessário ter acima de 18 anos e ter concluído o 2º grau;

– cinco vagas para consultor de vendas. As oportunidades são para ambos os sexos. É necessário ter acima de 18 anos e ter concluído o 2º grau;

– quatro vagas para operador de caixa. As oportunidades são para ambos os sexos. É necessário ter acima de 18 anos, ter concluído o 2º grau e possuir experiência profissional;

Com exigência de comprovação de ensino técnico ou superior:

– uma vaga para instrutor de web designer. As oportunidades são para ambos os sexos. É necessário ter entre 21 e 46 anos.

Março 28, 2014 Posted by | jornalismo, Maricá, oportunidade de emprego | Deixe um comentário

Praça Mário Augusto Byron no centro de Maricá é remodelada

Texto: Sérgio Renato | Fotos: Fernando Silva

Praça Mário Augusto Byron foi revitalizada e recebeu novos bancos, rampas de acesso, piso, canteiro e calçada

Espaço vizinho também começou a receber melhorias

A Secretaria de Obras de Maricá segue com o projeto de devolver à população espaços de lazer que passaram anos abandonados. No Centro, especialmente no bairro Boa Vista, uma praça foi entregue e outra, que fica ao lado, está sendo remodelada.

Na Praça Mário Augusto Byron, que fica no encontro das ruas Coronel Bittencourt, Professor José Digiorgio e Adelaide Bezerra, o trabalho de revitalização contou com novas mesas para jogos, canteiros de plantas, rampas para acesso de cadeirantes e calçadas com piso intertravado para pedestres. O espaço popularmente conhecido como “Praça da Estrelinhas”, que fica na Rua Adelaide Bezerra, ao lado da Creche Municipal Estrelinhas do Amanhã, conta com o mesmo modelo de melhoria. Equipes da secretaria já atuam no local, que tem um busto em homenagem ao ex-combatente Luiz Manoel Ferreira, que viveu em Maricá.

De acordo com o secretário Fernando Rodovalho, a ideia é seguir com o projeto em outros espaços semelhantes, como também já ocorreu na Praça do Vera Cruz, em Itaipuaçu. As praças do Flamengo e de Bambuí, por exemplo, serão contempladas.

Equipes trabalham na Praça da Estrelinhas

Março 28, 2014 Posted by | jornalismo, Lazer, Maricá, Urbanização | | Deixe um comentário

Prefeitura de Maricá e Sest/Senat capacitam condutores do transporte público

Texto: Rafael Zarôr e Fernando Uchôa | Fotos: Paulo Polônio

Palestra é voltada para condutores de transporte municipal de Maricá e visa adequar o profissional no atendimento ao público

Para melhorar o serviço do transporte público de Maricá, a Prefeitura – por meio das secretarias municipais de Trabalho e Emprego e de Trânsito e Transportes – e o Sest/Senat realizam uma palestra sobre a Resolução 168 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), que estabelece normas para formação de condutores. A ação acontece na próxima segunda-feira (31/03), às 19h, no Centro Educacional de Maricá Joana Benedicta Rangel (Avenida Nossa Senhora do Amparo, 57, Centro).

O curso é aberto ao público e voltado aos permissionários do transporte público municipal. Em Maricá, o serviço é oferecido por 611 condutores de mototáxi (90 profissionais autorizados), transporte escolar (48), táxi (422) e transporte complementar ou vans (51). Na palestra, será abordado o tema "Qualidade para melhor servir – Resolução 168" e divulgado o curso "Qualidade no Atendimento, Relações Interpessoais e Autoestima".

A Resolução 168, de 14 de dezembro de 2004, estabelece normas e procedimentos para a formação de condutores de veículos automotores e elétricos, a realização dos exames, a expedição de documentos de habilitação, os cursos de formação, especializados e de reciclagem. Já o Sest/Senat é autorizado pelo Detran a realizar cursos para motoristas profissionais, seguindo os temas e carga horária conforme estabelecido na normativa.​

Março 28, 2014 Posted by | cursos, jornalismo, Maricá, transito, transporte | Deixe um comentário

Prazo para retirada de certificados dos cursos do Senai vai até o dia 30 de abril

Texto: Sabrina Alves (edição: Raquel Andrade)

A Secretaria Municipal de Educação de Maricá informa que os certificados de conclusão dos cursos realizados em parceria com o SENAI/PROMINP 2013 ficarão disponíveis na sede somente até 30 de abril de 2014. Após a data, os certificados serão encaminhados para o SENAI, localizado na Rua General Castrioto nº 460,  no Barreto, em Niterói.

Confira aqui a lista dos formandos que não retiraram seus certificados dos cursos: Construtor de Obras de Edificações; Pintor de Obras; Pedreiro; Armador; Carpinteiro de Formas; Técnicas em Instalação Elétricas Residenciais e Técnica de Execução de Instalação Hidráulicas Prediais.

Março 28, 2014 Posted by | cursos, Educação, jornalismo, Maricá | | Deixe um comentário

Audiência Pública para o Emissário Terrestre e Submarino para o Transporte de Efluentes Domésticos em Maricá

Alô comunidade de Maricá

Dia 02 de abril, quarta- feira, às 19h, venha participar da Audiência Pública para o Emissário Terrestre e Submarino para o Transporte de Efluentes Domésticos em Maricá.

Rua Dilson Antonio Legentil 1, Centro – na Palladon Festas

Informações:

Ceca – Comissão Estadual de Controle Ambiental – Tel – (21) 2334-5905

Inea – Instituto estadual do Ambiente – Tel: (21) 2334-8394

Mais informações,

Celina Côrtes

Assessora de Imprensa do Viva Rio Socioambiental

Março 26, 2014 Posted by | jornalismo, Maricá, meio ambiente | , | Deixe um comentário

Sala Cult de Maricá faz tributo a Geraldo Vandré

Texto: Valéria Vianna | Fotos: Divulgação

No projeto Sala Cult, Ronaldo Valentim interpreta os clássicos de Geraldo Vandré

Com o objetivo de refletir sobre o golpe militar, que completa 50 anos nesse mês de março, o projeto Sala Cult vai apresentar um tributo a Geraldo Vandré na sexta-feira (dia 28). Na apresentação, Ronaldo Valentim e a banda Amigos da Cultura interpretam clássicos do cantor, a partir das 19h, na Casa de Cultura (Praça Dr. Orlando de Barros Pimentel, no Centro). A canção “Pra não dizer que não falei das flores”, ícone do movimento de resistência à ditadura na época, é uma das que serão interpretadas na ocasião, além de “Fica mal com Deus”, “Che” e “Disparada”, sucesso estrondoso na voz de Jair Rodrigues. O evento, organizado pela Secretaria Municipal de Cultura, é gratuito e o público precisa chegar 30 minutos antes para garantir uma senha de acesso.

No fim da década de 60, logo após estourar no Festival da Canção, o compacto com “Pra não dizer que não falei das flores” foi censurado, seguido da ordem de imediato recolhimento dos vinis em todas as lojas de disco. Jovens que conseguiram comprá-lo antes dos censores recolherem os compactos das lojas, exibiam o vinil nas festinhas quase como um troféu, enquanto pais preocupados pediam para abaixarem o som da vitrola a fim de evitar maiores problemas.

“Ele ficou conhecido como o compositor revolucionário por dizer com suas letras o que estava engasgado na garganta de todos que tinham consciência do que estava acontecendo, gente sendo torturada, morta nos porões dos quartéis. Daí a nossa escolha por Geraldo Vandré no último tributo do mês de março”, disse Dalva Alves, coordenadora do projeto Sala Cult.

Março 26, 2014 Posted by | cultura, jornalismo, Lazer, Maricá, musica, política | , , | Deixe um comentário

Maricá dica cultural: Cineclube Henfil apresenta a história sobre Luís Carlos Prestes

Texto: Rafael Zarôr | Fotos: Fernando Silva

Encerrando o mês da programação "Ditadura Nunca Mais", a Prefeitura exibe o filme sobre Prestes na Casa de Cultura

Documentário será exibido hoje, quarta-feira (26/03), na Casa de Cultura, e encerra a programação de março "Ditadura Nunca Mais"

O Cineclube Henfil de Maricá apresenta nesta quarta-feira (26/03) o último filme da programação de março "Ditadura Nunca Mais". A partir das 19h, o projeto da Secretaria Municipal de Cultura exibe o filme "O velho – a história de Luís Carlos Prestes" (1997 – Brasil), documentário com 105 minutos sobre o líder do Partido Comunista Brasileiro (PCB). A sessão é gratuita e acontece na Casa de Cultura (Praça Dr. Orlando de Barros Pimentel, Centro). Os interessados precisam chegar 30 minutos antes para garantir uma senha de acesso.

A obra reúne 70 anos de imagens da História do Brasil: a épica marcha de 25 mil km da Coluna Prestes nos anos 20 e suas relações políticas com o ex-presidente Getúlio Vargas; passando pelo dramático romance com Olga Benário, entregue a Adolf Hitler por Vargas e que morreu num campo de concentração na Alemanha; até a repressão política da ditadura militar, período de 1964 a 1985 em que o país viveu sob os anos de chumbo. Dirigido por Toni Venturi, o documentário reúne imagens raras do comunista, além de depoimentos de jornalistas, familiares e ex-integrantes do PCB e um raro material de arquivo formam essa completa cinebiografia.

Após a morte de Olga, Luiz Carlos Prestes (1898-1990) se aliou a Aliança Nacional Libertadora (ANL), em 1935, sendo proclamado presidente de honra e exigindo a derrubada de Vargas. Com essa posição, o movimento é colocado na ilegalidade e Prestes comanda uma frustrada tentativa de tomada de poder que desencadeou um violento processo de repressão e prisão contra os comunistas. Em 1936, é preso e condenado à prisão. Nove anos depois é anistiado pelo Estado Novo e elege-se senador. Mas devido à cassação do registro do PCB, novamente é colocado na clandestinidade.

Com o Golpe Militar de 1964, Prestes foi novamente perseguido e, ao final dos anos 60, exilou-se na União Soviética só regressando ao Brasil em 1979 devido à anistia. A partir de 1982, por conta de divergências no PCB, junto a diversos militantes, uniu-se ao PDT, lutando pelo não pagamento da dívida externa e pela eleição de Leonel Brizola. Luís Carlos Prestes morreu aos 92 anos de idade no Rio de Janeiro.

Neste mês, o Cineclube Henfil relembrou fatos, prisões, histórias e vítimas do regime ditatorial, que durante 21 anos e restringiu o direito do voto, a participação popular e reprimiu com violência todos os movimentos de oposição. A ditadura teve fim somente em 1985, quando o governo pressionado pelo movimento "Diretas Já", que mobilizou a população em defesa do voto direto, escolheu indiretamente o deputado Tancredo Neves para presidência, por meio do Colégio Eleitoral formado por deputados federais e senadores. A partir daí, os sucessores à Presidência da República foram eleitos por votos diretos.

Março 26, 2014 Posted by | cinema / produção, cultura, jornalismo, Lazer, Maricá, política | | Deixe um comentário

Cineclube Henfil de Maricá apresenta documentário sobre Darcy Ribeiro

Texto: Rafael Zarôr | Fotos: Divulgação

Documentário sobre o antropólogo e escritor Darcy Ribeiro é a atração de hoje no Cineclube Henfil

Sessão especial acontece nesta terça-feira (25/03), às 19h, na Casa de Cultura, e faz parte da programação de março "Ditadura Nunca Mais"

O Cineclube Henfil de Maricá presenteia o público com uma edição especial nesta terça-feira (25/03). A partir das 19h, o projeto da Secretaria Municipal de Cultura exibe o filme "Darcy Ribeiro, o guerreiro sonhador" (2007 – Brasil), documentário sobre a vida do intelectual, antropólogo, professor e escritor que se destacou com trabalhos em defesa dos índios e na área de educação. A sessão é gratuita e acontece na Casa de Cultura (Praça Dr. Orlando de Barros Pimentel, Centro). Os interessados precisam chegar 30 minutos antes para garantir uma senha de acesso.

Com produção e direção de Fernando Barbosa Lima, o documentário traz narração da atriz Cássia Kiss, apresentação da índia Tainá e depoimentos de Oscar Niemeyer, Ziraldo, Leonel Brizola, Sergio Cabral, Cristóvão Buarque, Vivaldo Barbosa, entre outros. Os destaques são duas sequências, gravadas pelo próprio Darcy, entre 1942 e 1949, período em que trabalhou como etnólogo junto às tribos do Pantanal e da Amazônia, que mostram os índios urubus Kadiwéu fazendo suas flechas e outra retratando a história do enterro do cacique bororo Tenente.

O mineiro de Montes Claros trabalhou no Serviço de Proteção ao Índio e colaborou para a Fundação do Museu do Índio e do Parque Nacional Indígena do Xingu, no Mato Grosso do Sul. O educador morou em Maricá e teve sua casa projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer. Em fevereiro de 2009, através de um comodato, a Fundação Darcy Ribeiro passou o espaço para a Prefeitura.

De volta à civilização, Darcy ajudou a estruturar a Universidade Nacional de Brasília, tornou-se seu primeiro reitor e assumiu o Ministério da Educação e Cultura de João Goulart. Com o Golpe Militar de 1964, teve seus direitos políticos cassados e foi exilado no Chile e no Peru. Em 1976, de volta ao Brasil, dedicou-se à educação pública. Durante o governo de Leonel Brizola, foi responsável pela implantação dos Centros Integrados de Ensino Público (CIEP), no Rio de Janeiro. Darcy foi eleito para a cadeira nº 11 da Academia Brasileira de Letras e é patrono da cadeira nº 28 do Instituto Histórico e Geográfico de Montes Claros (MG). Ele faleceu em Brasília, vítima de câncer, em 1997, aos 74 anos.

Março 25, 2014 Posted by | cultura, jornalismo, Lazer, Maricá, política | | Deixe um comentário

Quinta-feira é dia de "Pedala Maricá" nas principais ruas do Centro

Texto: Leandra Costa (edição: Raquel Andrade)

Quinta-feira é dia de "Pedala Maricá" nas principais ruas do Centro

Com o objetivo de resgatar a prática do ciclismo na cidade, a Secretaria Municipal de Turismo e Lazer realiza na próxima quinta-feira, dia 27/03, mais uma edição do "Pedala Maricá. A concentração será às 19h, na Praça Conselheiro Macedo Soares (praça da Secretaria de Turismo), no Centro.

O itinerário do "Pedala Maricá" inclui as principais vias do Centro (Roberto Silveira, Abreu Rangel, Domício da Gama, entre outras), com a participação prevista de 30 ciclistas. O projeto conta com o apoio da equipe de Segurança Pública e Defesa Civil, para garantir a segurança dos participantes.

Os passeios gratuitos de bicicleta, promovidos pela Prefeitura, fizeram sucesso no fim de 2013 e mantidos no calendário de atividades deste ano.

O Secretário Municipal de Turismo, Amaury Vicente, destaca os objetivos do projeto. "Queremos conscientizar a população sobre o uso da bicicleta como meio de transporte eficiente e ambientalmente correto e mostrar os benefícios da pedalada para a saúde", declarou.

O ciclismo é uma atividade rítmica e cíclica, ideal para desenvolvimento dos sistemas de energia aeróbico e anaeróbico. Em termos de saúde, estimula o sistema cardiovascular dos praticantes, sendo indicado por médicos especialistas para desenvolvimento de resistência de força muscular das pernas e como ótimo exercício para queima de gordura corporal. A média é de 400 calorias perdidas por hora (para uma mulher com 60 quilos).

Trajeto completo do Pedala Maricá:

Avenida Roberto Silveira, seguindo pelas Ruas:

– Ary Spindola, Soares de Sousa, Clímaco Pereira (garagem da Amparo);

– Domício da Gama, Alferes Gomes, Avenida Prefeito Odemir Francisco da Gama

– Fernando Enrique Assumpção, Milton de Sousa Pacheco, Antônio Vieira Sobrinho (sentido pista de skate)

– Barão de Inoã, Joaquim E. dos Santos

– Avenidas Francisco Sabino da Costa, Abreu Rangel, com dispersão na Praça Orlando de Barros Pimentel (praça da Igreja Matriz). 

Março 25, 2014 Posted by | esportes, jornalismo, Lazer, Maricá, turismo | Deixe um comentário