Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Maricá entre as 300 cidades mais desenvolvidas do país segundo a Exame

Texto: Marcelo Ambrosio

As políticas públicas adotadas pelo atual governo estão gerando resultados que projetam Maricá no cenário nacional. Tais resultados foram obtidos dentro de  três diferentes listagens,  que reúnem os mais de 5.500 municípios do país: Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM), da Organização das Nações Unidas (ONU); Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM), da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan); e o Indicador Social de Desenvolvimento Municipal (ISDM), este da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Nesta semana, a revista econômica Exame fez, pela primeira vez, um comparativo entre esses índices de forma a estabelecer a relação consolidada das 500 cidades mais desenvolvidas do país. De acordo com o levantamento da revista, Maricá aparece na 298ª posição em um desses rankings, justamente o IDHM da ONU.

A avaliação positiva registrada no IFDM – Maricá está na 48ª posição – na qual as ações relacionadas à Saúde e à Educação no município a partir de 2009 foram o destaque, segundo a própria Firjan – se soma à presença da cidade no ranking das 500 mais desenvolvidas na medição da ONU, com referência ao ano de 2013. O número combina avaliação dos quesitos "vida longa e saudável", que calcula a expectativa de vida ao nascer; "acesso ao conhecimento", que mede a escolaridade da população ativa e o fluxo escolar da população jovem; e o "padrão de vida", com a avaliação do padrão de vida. De acordo com a organização, Maricá alcançou índice 0,765, o que é considerado Alto pelos pesquisadores – e próximo aos melhores do país: o patamar Muito Alto começa a partir de 0,800.

Tanto no ranking da Firjan (focado em Saúde, Educação e Trabalho), quanto no da FGV (que combina Saúde, Educação, Renda, Trabalho e Educação), Maricá aparece bem posicionada na relação nacional de municípios. No primeiro, referente a 2011, alcançou índice de 0,674 e está 2.051ª posição. Já no segundo, referente a 2010, o índice medido é de 5,08 e a cidade está na 1.967ª posição nacional. Vale destacar que o índice da FGV leva em conta a proporção de crianças de 0a 3 anos que frequentam creches e a de crianças de 7 a 14 anos matriculadas em escolas e cursando a série adequada. O avanço na Educação – já existem dez creches públicas na cidade, quando até 2008 não havia nenhuma – reconhecido pela pesquisa da Firjan, deverá impactar diretamente os próximos levantamentos.

Anúncios

Junho 15, 2014 - Posted by | jornalismo, Maricá

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: