Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Conselho Tutelar de Maricá recebe veículo doado pelo Governo Federal

Texto: Fernando Uchôa (edição: Raquel Andrade) | Fotos: Clarildo Menezes
 
Secretário de Direitos Humanos, Miguel Moraes, recebeu as doações do governo federal
O Conselho Tutelar de Maricá foi beneficiado, na terça-feira (22/07), com a doação de um carro zero km, modelo Palio Weekend 2014. O veículo foi liberado pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, do governo federal, através de uma emenda parlamentar, que também inclui uma geladeira, computadores e um bebedouro.

A doação foi entregue oficialmente, através de termo de cessão, no pátio da Prefeitura, com a presença do secretário municipal de Direitos Humanos e Cidadania, Miguel Moraes; a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Yenai Martins; o vice-presidente do Conselho Tutelar, Alexandre Farias; a subsecretária de Direitos Humanos, Claudia Emerick; a subsecretária da Infância e Juventude, Sylvia Cantuária; e demais autoridades. O automóvel será utilizado exclusivamente para atender as demandas do Conselho.

O vice-presidente do Conselho Tutelar, Alexandre Farias, declarou que o órgão trabalhará com melhores condições e mais afinco. “Com o carro, dois motoristas e novos computadores, as equipes poderão atender com mais eficiência o município”, declarou.

O secretário municipal de Direitos Humanos e Cidadania, Miguel Moraes, que também representava o prefeito Washington Quaquá, agradeceu as doações. “Com uma melhor estrutura, o setor terá como realizar suas tarefas com maior excelência. O carro, por exemplo, permitirá deslocamentos mais rápidos para atender chamadas e denúncias, inclusive aos finais de semana”, disse. Ainda de acordo com o secretário, em agosto, será inaugurada a nova sede do Conselho Tutelar de Maricá, que ficará próxima à 82ª DP. “Em 2015, será a vez de implantarmos o Conselho Tutelar II, que atenderá o 3º e o 4º Distrito (Inoã e Itaipuaçu)”, adiantou.
 
O veículo será utilizado exclusivamente para atender as demandas do Conselho Tutelar
 
A doação foi entregue oficialmente no pátio da Prefeitura

Julho 28, 2014 Posted by | direitos humanos, jornalismo, Maricá | | Deixe um comentário

Prefeitura Municipal de Maricá e Ministério da Cultura convidam atores publicos e sociedade civil para reunião de Ativação do Território de Vivência do CEU de Maricá RJ

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARICÁ

SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA

MINISTÉRIO DA CULTURA
Secretaria da Economia Criativa – SEC
Oficina de Mobilização Social ampliada com atores públicos e sociedade civil

Caros,

É com grande prazer que comunicamos o início do processo de visitação de 2014 aos municípios participantes do Programa CEU – Centro de Artes e Esportes Unificados, com o objetivo de estreitar laços com os todos os atores públicos e sociedade civil – membros do Grupo Gestor do CEU Maricá, artistas e comunidade em geral.

Será boa oportunidade para troca de experiências, conhecer e contribuir no uso e programação deste equipamento, além de participar da qualificação do mapeamento do “Território de Vivência” em torno do CEU, já iniciado pela equipe do Ministério da Cultura.

Assim, gostaríamos de convidá-lo para a Oficina de Mobilização Social, na data de 25/07/2014, no próprio CEU Maricá. Entendemos este evento como uma ação conjunta entre o Ministério da Cultura, a prefeitura e a sociedade civil e, portanto contamos com seu apoio nesta construção.

Aguardamos ansiosamente sua presença, entendendo esse espaço como momento oportuno para a boa gestão compartilhada. Segue o roteiro do evento, conforme a programação descrita abaixo.

ROTEIRO – NOITE
Dia 25/07/2014 Horário 18:30 às 21:00

Objetivo Específico. Oficina ampliada com atores púbicos e da sociedade civil: Qualificação do mapeamento sociocultural da cidade e construção de agenda de mobilização social e articulação com o Grupo Gestor.

Participação Esperada
• Representantes da Sociedade civil;
• Representantes/Líderes culturais;
• Representantes do Poder Público;
• Membros dos Grupos Gestores do CEU e representantes dos CEUs convidados.

Programação
18:20 – Acolhimento;
18:30 – Apresentação da programação;
18:35 – Apresentação dos presentes;
19:15 – Apresentação: Mobilização Social e Territórios de Vivência;
19:30 – Apresentação do mapeamento do Território de Vivência;
19:45 – Qualificação do mapeamento;
16:50 – Questões Norteadoras;
20:05 – Exercício de programação dos espaços do CEU;
20:30 – Validação do mapeamento e programação;
20:50 – Avaliação da oficina;
21Encerramento.

Julho 25, 2014 Posted by | cultura, jornalismo, Maricá, projeto cultural | , , | Deixe um comentário

Projeto de implantação dos recifes artificiais de Maricá é apresentado

Texto: Marcelo Ambrosio | Fotos: Fernando Silva

Luiz Guilherme de Aguiar apresentou o projeto, voltado para a criação de estruturas móveis capazes de proporcionar a prática do surf em ondas perfeita

Os engenheiros Luiz Guilherme de Aguiar e Maurício de Andrade apresentaram nesta quinta-feira (24/07), no auditório do Centro de Artes e Esportes Unificados (Ceu), no Centro, o projeto  do Recife Artificial de Maricá.  Luiz Guilherme, que é doutorando em Engenharia Oceânica pela Universidade de Lisboa, e Maurício, que dirige a empresa Arrecifes Artificiais Multifuncionais (Aram), são surfistas e já haviam mostrado, ano passado, o estudo que desenvolvem há quase dez anos dentro da Coordenação de Projetos de Pós-Graduação em Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Coppe-UFRJ). A pesquisa é voltada para a criação de estruturas móveis baseados em modelos matemáticos precisos, capazes de proporcionar a prática do surf em ondas perfeitas tanto quanto melhorar as condições de balneabilidade.

Por encomenda do prefeito Washington Quaquá, os engenheiros fizeram o detalhamento do litoral maricaense para a instalação de pelo menos duas plataformas metálicas. Estas terão como padrão Pipeline, em Oahu (Havaí), considerado o melhor tubo do mundo.  O estudo também definiu um modelo para a estrutura adaptado às condições especiais da orla e a localização geográfica ideal para maximizar as ondas, que em Maricá predominantemente são de Sudoeste, Sul e Sudeste. O projeto é pioneiro no país e no mundo, já que as iniciativas existentes se baseiam no uso de sacos de areia e outros materiais deformáveis – o que, segundo os pesquisadores, reduz sua eficácia.

De acordo com Luiz Guilherme, a primeira plataforma de Maricá será um casco metálico de aço, com tanques internos para lastro e/ou flutuação, medindo 84 metros de comprimento (distância transversal à praia), 64 metros de largura (paralela à praia) e 2,5 metros de altura. A inclinação da rampa – o fator-chave para modelar a onda – deverá ser de 4,6°. Os surfistas terão uma extensão máxima aproximada de 100 metros, para cada lado da estrutura, para realizar as manobras e uma lâmina d´água média de 50 cm, podendo chegar até a 1,5 metros. "A plataforma Arena ficará submersa e ancorada pelo próprio peso no fundo a 60 metros da praia e poderá gerar ondas perfeitas praticamente o ano todo", descreveu Luiz.

De acordo com o estudo, o local mais indicado para que a peça (semelhante a um casco emborcado) fique é em frente à Rua 5, em Barra de Maricá. "Os levantamentos mostraram que nesse ponto a energia das ondas é a maior", acrescentou o engenheiro. Além desse ponto, outros quatro locais apareceram nas pesquisas e poderão ser igualmente aproveitados: Rua 93, Restinga,  Rua Zero e Itaipuaçu.  A realização de torneios de alto nível é um dos grandes atrativos turísticos e esportivos do projeto. Segundo Maurício Andrade, o turismo do surf é uma indústria muito forte. "Movimenta em torno de US$ 7 bilhões por ano em todo o mundo", afirmou. "Trata-se de um litoral bonito de ver, mas difícil de usar. O projeto é também uma oportunidade fantástica para que as praias possam ser melhor aproveitadas por todos", acrescentou o professor da Coppe e especialista em Engenharia Costeira, Paulo Rosman, presente à apresentação.

As estruturas são inertes e podem ser rebocadas até o local onde serão afundadas. Caso se queira mudar de posição, basta injetar o ar novamente nos tanques de lastro e a plataforma volta a flutuar. A durabilidade é alta, pelo fato de o aço ficar sempre sob a água, e é calculada em pelo menos 35 anos. Por não ter qualquer estrutura móvel, elétrica ou de combustível, a iniciativa já recebeu o licenciamento ambiental e conta com o apoio total do prefeito. "Temos essa relação com a Coppe de aposta na ciência e tecnologia desenvolvidas no Brasil. Com a construção dessas duas estruturas e outras iniciativas voltadas para o turismo", prosseguiu Quaquá, "queremos chegar a 2016 disputando com Búzios o posto de sexto destino turístico mais procurado do país".  Os estudos entregues pela Aram à Prefeitura serão agora detalhados, em termos de custo, com fins de execução do projeto. A previsão é de que a construção comece ainda esse ano.

A primeira plataforma de Maricá será um casco metálico de aço, com tanques internos para lastro e/ou flutuação

A apresentação do projeto, que contou com a presença do prefeito, foi realizada no Cineteatro do CEU

Prefeito Washington Quaquá recebeu o estudo do projeto do engenheiro Maurício de Andrade

Julho 25, 2014 Posted by | jornalismo, Maricá | | Deixe um comentário

Circuito Ecológico de Maricá: vilarejo de Tomascar é a trilha de domingo

Fotos: Rosely Pellegrino

Inscrições acontecem até sexta-feira (25/07) na Secretaria Municipal de Turismo e Lazer

O vilarejo de Tomascar, localizado entre Maricá e Rio Bonito, é a próxima edição do Circuito Ecológico, realizado pela Secretaria de Turismo e Lazer de Maricá. O passeio é gratuito e acontece no próximo domingo (27/07), a partir das 6h20, com saída do terminal rodoviário do Centro (transporte não incluso). Guias turísticos da Prefeitura e agentes da Defesa Civil acompanharão os participantes.

DSC01217DSC01231DSC01238DSC01269DSC01278DSC01289DSC01302DSC01303DSC01308DSC01310

Segundo a coordenadora, Márcia Freitas, o serviço de transporte gratuito está temporariamente suspenso e somente serão aceitas inscrições até sexta-feira (25), das 9h às 17h, na Secretaria de Turismo (Praça Conselheiro Macedo Soares, Centro). A caminhada é destinada a todas as idades e os participantes preenchem um formulário com documento de identificação, endereço e um termo de responsabilidade de que estão aptos a praticar a atividade física.

A caminhada é considerada pesada, com 8 horas de duração, mas é feita moderadamente com diversas paradas para descanso. Durante o percurso, que passa pela Serra do Espraiado e desce por Rio Bonito, os aventureiros farão paradas nos riachos, cachoeiras e piscinas naturais. Na região, onde funcionava uma fazenda, pode-se encontrar um antigo moinho de farinha de roda d’água, construído na época da escravatura.

Os participantes devem usar roupas leves, calçados apropriados e chapéu, além de levar água (recomendável dois litros por pessoa), frutas e outros alimentos leves. Por se tratar de uma atividade aeróbica, o circuito não é recomendado para quem possui problemas cardíacos. Mais informações pelo telefone 3731-5094.

O projeto é realizado desde setembro de 2013 em trilhas ecológicas da cidade, com visitas guiadas por equipes da Prefeitura. Já foram feitas caminhadas em Itaipuaçu (Pedra do Elefante, Caminho de Darwin e Pedra de Itaocaia), Silvado, Retiro (Serra do Camburi), Mirante do Caju (região central), Ponta Negra e Jaconé (Praia da Sacristia), Inoã (Grutas do Spar), entre outros pontos turísticos.

Julho 24, 2014 Posted by | Circuito Ecológico, Ecologia, jornalismo, Lazer, Maricá, turismo | Deixe um comentário

Shows gratuitos de jazz, blues e MPB na rodoviária de Maricá

Projeto da Secretaria Municipal de Cultura oferece um repertório diferenciado todas às quartas-feiras, a partir das 17h

Um novo projeto da Secretaria Municipal de Cultura mudará a rotina dos passageiros na Rodoviária do Povo de Maricá, no Centro. Todas as quartas-feiras, às 17h, a Banda Amigos da Cultura apresentará um repertório com música instrumental, no ritmo do jazz e blues, e sucessos de grandes nomes da Música Popular Brasileira (MPB). Os shows são gratuitos.

Segundo a coordenadora da iniciativa, Dalva Alves, a ideia é levar boa música e lazer, enquanto os passageiros aguardam os ônibus para os seus destinos. "Vamos fazer uma hora de show, misturando jazz, blues e MPB. O repertório vai mudando de acordo com a semana, mas não faltarão sucessos de Geraldo Azevedo, Chico Buarque, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Cartola, entre outros gigantes da nossa música", declarou Dalva, acrescentando que um evento teste foi apresentado na última quinta-feira (17/07) e agradou ao público.

A Banda Amigos da Cultura é formada por Dalva Alves (voz), Ronaldo Valentim (voz e violão), Paulo Ernani (cajon), Gustavo Gibi (saxofone), Sergio Aranda (percussão) e Pedro Szigethy (violoncelo). A Rodoviária do Povo de Maricá fica na Avenida Roberto Silveira, no Centro.

Julho 24, 2014 Posted by | cultura, jornalismo, Lazer, Maricá, musica | , , , | Deixe um comentário

Cineclube Henfil de Maricá exibe filme francês nesta quarta

Texto: Rafael Zarôr | Fotos: Divulgação

 "Pauline et François" será apresentado gratuitamente às 19h, na Casa Digital, ao lado da Casa de Cultura, no Centro

O Cineclube Henfil de Maricá exibe nesta quarta-feira (23/07) o último filme de julho em homenagem ao cinema francês. Às 19h, o projeto da Secretaria Municipal de Cultura apresenta "Pauline et François" (2010 – França), em sessão gratuita na Casa Digital (Praça Dr. Orlando de Barros Pimentel, Centro). Senhas de acesso serão distribuídas 30 minutos antes do evento.

Esse é o primeiro longa-metragem do escritor e diretor Renaud Fely. Com 95 minutos de duração, a obra conta a história de Pauline (Laura Smet), uma jovem viúva que saiu de Paris e resolveu começar uma vida nova no campo. Lá, ela simpatiza com o vizinho François (Yannick Renier), um jovem carpinteiro que trabalha com seu pai. Aos poucos, os dois se aproximam e acabam se entregando a paixão.

Este mês, o Cineclube Henfil presenteou o público com os sucessos "Catherine Deneuve, belle et bien là", história sobre a atriz francesa que dá nome ao filme e é considerada uma das mais importantes artistas cinematográficas do mundo; "Les Parapluies de Cherbourg" e "Les Dames du bois de Boulogne".​

Julho 22, 2014 Posted by | cinema / produção, cultura, jornalismo, Lazer, Maricá, projeto cultural | | Deixe um comentário

"Sob o Céu, Sob o Sol" visita Itaipuaçu neste fim de semana

Texto: Leandra Costa (edição: Raquel Andrade)

"Sob o Céu, Sob o Sol de Maricá" visita Itaipuaçu neste fim de semana

Além da Praça Conselheiro Macedo Soares, no Centro, que é considerado o tradicional berço do projeto, o "Sob o Céu, Sob o Sol de Maricá" prestigia neste fim de semana (25 a 27/07) o "Arraiá da Rua 70", em Itaipuaçu. O evento, que conta com o apoio da Secretaria Municipal de Turismo e Lazer, será marcado pela apresentação de grandes nomes musicais do município.

Os festejos começam na sexta-feira (25/07), às 17h, na Praça Conselheiro Macedo Soares. No local, o público pode conferir o show de Bruno Berner. Em seguida, às 19h, é a vez de Raul Palmeira comandar a festa e, às 21h, o esquenta fica com a roda de samba do "Sob o Céu, Sob o Sol de Maricá", que conta com a apresentação dos cantores Raphael do Cavaco, Baby do Cavaco, Leandro Jhunnyor, Gianne Mello, Adriano Pavarote, acompanhados dos percursionistas do Grupo Tô Kerendo.

Já no "Arraiá da Rua 70", realizado na  na Praça da 70, em Itaipuaçu, que segue até o domingo, a dica é conferir a apresentação dos músicos Roberta Tílio e Ricardo Agura, às 21h, na sexta-feira (25/07). No sábado (26/07), o projeto leva para o arraiá o show do cantor Bruno Berner, às 20h; e no domingo (27/07), às 20h30, será realizada a apresentação do cantor Sidney Santos.

Lançado em março de 2012, o "Sob o Céu, Sob o Sol" tem o  objetivo de valorizar a cultura do município com apresentações de artistas locais em praças públicas, nas praias e em eventos públicos.

Programação

– 25/07 – Sexta-feira

Praça Conselheiro Macedo Soares – Centro
17h – Bruno Berner
19h – Raul Palmeira
21h – Roda de samba do "Sob o Céu, Sob o Sol de Maricá" com Raphael do Cavaco, Baby do Cavaco, Leandro Jhunnyor, Gianne Mello, Adriano Pavarote, acompanhados dos percursionistas do Grupo Tô Kerendo.

Arraiá da 70 – Praça da 70 – Itaipuaçu
21h – Roberta Tílio e Ricardo Agura

– 26/07 – Sábado

Arraiá da 70 – Praça da 70 – Itaipuaçu
20h – Bruno Berner

– 27/07 – Domingo

Arraiá da 70 – Praça da 70 – Itaipuaçu
20h30 – Sidney Santos

Julho 22, 2014 Posted by | jornalismo, Lazer, Maricá, musica, projeto cultural, turismo | , , | Deixe um comentário

Secretaria Municipal de Saúde de Maricá promove ação nos loteamentos Manu Manuella e Walmar

Texto: Amanda Neto (edição: Raquel Andrade)

Uma oportunidade a mais para a promoção e cuidados com a saúde, a Secretaria Municipal de Saúde de Maricá promoverá uma série de ações na praça do loteamento Manu Manuella para moradores do local e do Walmar, ambos em São José do Imbassaí. O evento, que será realizado pela equipe da Estratégia de Saúde da Família (ESF), da Unidade Básica de Saúde São José II, está marcado para ocorrer nesta quarta-feira (23/07), das 09h às 16h.

No local, serão realizados exame Papanicolau ou preventivo, consultas médicas e com nutricionista, verificação do índice de massa corpórea (IMC), cadastro das famílias junto à ESF, alongamento, verificação de pressão arterial e glicemia, coleta de documentos para a confecção do cartão SUS e serviços de estética. De acordo com a Secretaria de Saúde, os interessados não precisam se cadastrar.

Basta comparecer ao local marcado com um documento de identificação. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 2634-1409.

Julho 22, 2014 Posted by | jornalismo, Maricá, projeto social, saúde | Deixe um comentário

Esporte: 60 vagas para aulas gratuitas de futebol em Maricá

Texto: Leandra Costa (edição: Raquel Andrade) | Fotos: Clarildo Menezes

Esporte: 60 vagas para aulas gratuitas de futebol

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria Municipal de Esportes, abre inscrições para aulas gratuitas de futebol, direcionadas para meninos de 10 a 16 anos. Ao todo, há 60 vagas disponíveis, distribuídas em duas turmas: segundas e quartas-feiras (no Saco das Flores) ou terças e quintas-feiras (no Complexo Esportivo Leonel Brizola, no bairro Flamengo), nos períodos da manhã e da tarde.
Os interessados devem procurar a Secretaria de Esportes e apresentar atestado médico e uma cópia da identidade do responsável. O secretário municipal de Esportes, Leonardo Dutra, destaca a importância da escolinha para a cidade. "Nosso objetivo é oferecer atividades gratuitas que incentivem a prática de esportes e valorizem a integração social, principalmente entre os jovens", frisou. A previsão de início das aulas é a partir de 23 de julho. A secretaria fica na Rua Abreu Rangel, 420 – sala 104, no bairro Centro. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 2634-1446.

Julho 22, 2014 Posted by | esportes, jornalismo, Maricá | | Deixe um comentário

Saúde de Maricá inicia programa com foco nos moradores de rua

Texto: Amanda Neto (edição: Raquel Andrade) | Fotos: Clarildo Menezes

Equipe da Saúde é orientada no atendimento à população em situação de rua

“Consultório na Rua” tem a proposta de oferecer atenção multidisciplinar e resgate à sociedade

A Secretaria de Saúde de Maricá iniciou na manhã desta sexta-feira (18/07) as atividades do “Consultório na Rua”, do Ministério da Saúde. Os objetivos do programa, que percorre diferentes pontos das cidades em unidades móveis de atendimento, são garantir cuidados médicos essenciais, assistência psicológica, orientação (para prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, por exemplo) e a oferta de atividades de integração social e resgate da cidadania às pessoas que vivem em situação de rua. Além do Centro da cidade, o atendimento de hoje será focado na população de Inoã e Itaipuaçu.

Para o funcionamento do programa, será utilizado carro devidamente identificado com a logomarca da equipe, que deslocará profissionais também uniformizados para o atendimento. Por meio de abordagem ao cidadão, com o devido respeito e autorização do mesmo, serão feitos cadastros e coleta de dados, a fim de que seja desenhado o perfil individual e oferecida a ajuda que a pessoa necessita.  Dentre as ações que poderão ser realizadas, orientação ao atendimento médico e odontológico, palestras educativas, reuniões de grupo voltadas a um assunto específico como álcool, droga, planejamento familiar, companhas de vacinação, cadastro no programa Bolsa Família, solicitação de  ambulâncias (SAMU) para pacientes com patologias graves ou descompensação de níveis de pressão e glicose. “O trabalho dos profissionais será um link até a solução das necessidades desses cidadãos em situação de rua em relação a diversos aspectos, como emocional, físico, social, e mental. A Secretaria de Saúde fez a adesão do programa e será para nós, profissionais de saúde, um grande prazer resgatar e ajudar essas pessoas, oferecendo a elas uma atenção especial dentro da realidade de cada uma”, declarou a subsecretária de Atenção Básica, Claudia Souza, que acrescentou que o programa abrirá oportunidade para contratação de um ex-morador em situação de rua, reinserido à sociedade para exercer junto à equipe o papel de agente social.

Eduardo de Araújo é enfermeiro e coordenador do Consultório na Rua em Maricá. Ele explica que o trabalho tem dois focos. “Há a população de rua que já vive na rua e existe também a população em condição de rua, ou seja, quem teve um problema familiar, por exemplo, e está momentaneamente na rua. Nós levaremos oportunidades para essas pessoas. Iremos identificar quem pode ter doenças crônicas e não sabe. Dentre o trabalho em rede, existe a parceria com o Serviço Móvel de Urgência (SAMU) e com o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS)”. Para a Secretária de Saúde, Fernanda Spitz, o trabalho vai além da assistência em saúde. “O projeto visa o acompanhamento da população de rua, que são pessoas muito desfavorecidas. Na minha avaliação são as que mais precisam de ajuda e as que menos conseguem pedir ajuda. Ter essa oportunidade do profissional cuidar das condições de saúde e também das condições de vida, reintegrando a pessoa à sociedade, é fantástico”, destaca a secretária.

A equipe irá se deslocará e percorrer a cidade durante o dia e a noite, além de madrugada, de acordo com o mapeamento da Secretaria Municipal de Assistência Social, e também atendendo às informações fornecidas por qualquer cidadão à ouvidoria da Secretaria Municipal de Saúde. Outras informações podem ser obtidas através do telefone 2637-8332 ou diretamente na Subsecretaria de Atenção Básica do município, que fica na Avenida Roberto Silveira, 46, 2º andar, no Centro de Maricá.

Eduardo de Araújo, coordenador do programa em Maricá, explica que o trabalho tem dois focos

Julho 22, 2014 Posted by | jornalismo, Maricá, saúde | Deixe um comentário