Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Lançamento de Livro "DESVENDANDO O SITIO DO PICAPAU AMARELO" de Thiago de Menezes no Rio de Janeiro

O escritor, poeta e ator profissional itapirense Thiago de Menezes, lançará, na próxima segunda-feira, dia 10 de novembro, a partir das 15:30 horas no Rio de Janeiro, no edifício do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, em evento da “Academia de Letras e Artes de Paranapuã – ALAP”. A obra a ser lançada mostra um tema até então inédito e resgata muitas informações que são deletadas tão rapidamente da memória social da maioria das pessoas e que agora estão revividas na mesma.

THIAGO autor de Desvendando o Sítio do Picapau Amarelo O livro “Desvendando o ‘Sítio do Picapau Amarelo’”, que analisa o seriado nas duas primeiras décadas da televisão no Brasil. A primeira foi na TV Paulista em 1951 e logo veio a estreia na TV Tupi de São Paulo, que durou de 1952 a 1962. A segunda, na TV Cultura em 1964 e a terceira versão foi na TV Bandeirantes, em 1967. É o terceiro lançamento literário de Thiago, que é autor de outras obras que enfocam as décadas de 50 e 60, como “Jamil Abrahão – os anos dourados de uma sociedade” e “Os Pioneiros do Rock’n roll Brasileiro” (Evolução da música jovem no Brasil / Período 1955 – 1965). Recentemente fez a divulgação de outro trabalho que se encontra também no mercado editorial, o livro “Banho de Lua – Tony e Celly Campello”, que fala sobre os primórdios da música jovem no Brasil.

A obra, que está sendo lançada no mercado pela Editora All Print, de São Paulo, tem a contracapa assinada pela atriz Zodja Pereira, que viveu a personagem Emília no ‘Sítio do Picapau Amarelo’ da TV Bandeirantes nos anos 60 e a apresentação por Mauro Gianfrancesco, conhecido profissional de televisão, produtor e ator da TV Tupi, coautor do Livro “Astros e Estrelas da TV Tupi – SP”. Nela, Thiago fala de artistas como Lúcia Lambertini, David José, Edy Cerri, Zeni Pereira e Daniel Filho.

O autor, Thiago atualmente é colunista da Revista ABSOLUTA, de Campinas, atuando no circuito cultural entre São Paulo e Rio de Janeiro, assim como presidindo as Academias de Letras de Águas de Lindóia e Itapira.

ACADEMIA DE LETRAS E ARTES DE PARANAPUÃ

– ALAP –

CONVITE


A "Academia de Letras e Artes de Paranapuã – ALAP" tem o prazer de convidar V. Sª. e família para palestra e lançamento do livro Desvendando o Sítio do PicaPau Amarelo (All Print Editora), de autoria do acadêmico e jornalista Thiago de Menezes, que comemora 10 anos de seu ingresso na ALAP. Seguida de entrega do Diploma de Mérito Artístico “Lúcia Lambertini”, a diversas personalidades, rememorando a eterna Emília do seriado da TV Tupi.

Data: 10 de novembro de 2014, segunda-feira, às 15h30min.

Local: FALB / FALARJ – Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro

Rua Teixeira de Freitas, nº. 05 – sala: 303 – Passeio Público/RJ.

Traje Social – Aos acadêmicos roga-se o uso do Medalhão Acadêmico.

                                                                         Acad. Eliane Mariath Dantas

          Presidente

Anúncios

Novembro 6, 2014 Posted by | jornalismo, literatura | , | Deixe um comentário

Seminário Cultural Carioca

A Sagre Consultoria, em parceira com a ESPM JR, realizará a 4ª Edição do “Seminário Cultural Carioca” com o objetivo de debater as leis de incentivo à cultura. O evento irá discutir o atual mercado de cultura e como ter acesso aos recursos e patrocínios para que sejam realizados projetos de caráter social, cultural e esportivo, através das Leis de Incentivo.

O evento acontecerá no auditório da ESPM (Rua do Rosário, nº 90 – 11º andar), dias 10 e 12 de novembro, a partir das 18 horas. O evento é gratuito e para participar basta se dirigir ao endereço e fazer sua inscrição na hora, uma única inscrição será válida para os dois dias do evento.

Novembro 6, 2014 Posted by | cultura, jornalismo, Seminários | Deixe um comentário

Agentes de trânsito iniciam campanha educativa no Centro de Maricá

Texto: Sérgio Renato | Fotos: Fernando Silva

Agentes da Secretaria de Segurança Pública orientaram condutores e distribuíram panfletos de advertência

Ação deverá durar cerca de um mês. Depois disso, carros irregulares serão multados e rebocados para o novo depósito, em São José de Imbassaí

Agentes da Secretaria de Segurança Pública de Maricá iniciaram nesta quarta-feira (05/11), uma campanha educativa para orientar motoristas sobre regras do trânsito, que vão desde o estacionamento correto até o volume de uso de som automotivo em diversas regiões da cidade. No primeiro dia, os grupos se concentraram nas praças Orlando de Barros Pimentel e Conselheiro Macedo Soares, ambas no Centro, onde foram distribuídos panfletos e dadas orientações e advertências aos motoristas. O trabalho deve durar aproximadamente um mês e os agentes estarão nas ruas de segunda a sexta-feira.

Depois desse prazo, os carros em situação irregular serão multados e rebocados para o Pátio Legal, o novo depósito municipal que funcionará na altura do Km 22 da RJ-106, sentido Niterói, em São José de Imbassaí. Os reboques que serão utilizados nas operações também estarão nas ruas durante a campanha, para a população conhecê-los.

Quem recebeu os panfletos aprovou a ação. “Acho válido instruir os motoristas, porque tem muita gente fazendo besteira nas ruas enquanto nós, que andamos certinho, acabamos prejudicados”, desabafou o funcionário público Reinaldo da Silva, morador de Araçatiba. Já a comerciante Rita de Cássia Cunha reclamou dos carros com som muito potente, cujos donos os acionam em alto volume. “Tenho um quiosque na praia e meus clientes sempre reclamam desse som muito alto. Isso incomoda muito também aos moradores, e todo fim de semana tem vários deles na praia”, contou ela.

Outro grupo de agentes circulou por algumas ruas do Centro e colou adesivos de advertência nos carros em situação irregular. O dono de um desses carros, advertido por estacionar numa área de carga e descarga na Rua dos Quintanilhas, levou um susto quando se aproximou do veículo minutos depois. Depois de ser informado de que não estava sendo multado e que se tratava de uma campanha educativa, o empresário Bergson Bezerra também se declarou favorável à ação. “Acabamos incorrendo em erros como esse porque muita gente também não respeita as leis de trânsito e nos deixa sem opção. Espero que os motoristas assimilem o que está sendo mostrado aqui”, disse ele.

A campanha começou cerca de quinze dias depois da formatura de 40 novos agentes municipais em um curso sobre legislação de trânsito, ministrado em setembro. “Nosso intuito é somente lembrar aos motoristas coisas que, no fim das contas, todos eles já sabem, que são as regras que fazem parte da rotina de todos eles e que devem ser respeitadas. Após o ato educativo, porém, vamos começar a punir”, reforçou o subsecretário de Segurança Pública, Luiz Alberto Santos, acrescentando que a população pode denunciar irregularidades de trânsito através do telefone 2637-8737.

Ação aconteceu nesta quarta em ruas do Centro

Após a campanha, veículos irregulares serão rebocados

Agentes orientaram motoristas sobre as leis de trânsito

Agentes colaram adesivos em carros parados irregularmente

Novembro 6, 2014 Posted by | jornalismo, Maricá, segurança pública, transito, vias públicas | | Deixe um comentário

Shows gratuitos em Maricá, nesta sexta e sábado no Centro, Bambuí e Itaipuaçu

Texto: Leandra Costa (edição: Marcelo Ambrosio) | Fotos: Fernando Silva

Shows gratuitos nesta sexta e sábado no Centro, Bambuí e Itaipuaçu

A Secretaria Municipal de Turismo e Lazer realiza nesta sexta-feira (07/11) e sábado (08/11) mais uma edição do projeto musical “Sob o Céu, Sob o Sol de Maricá”. Ao todo serão 11 shows realizados na Praça Conselheiro Macedo, em Bambuí e em Itaipuaçu. A programação tem início nesta sexta-feira (07/11), na Praça Conselheiro Macedo Soares, no Centro, com a apresentação, às 18h, de Ricardo Pop e Ricardo Agura. Em seguida, às 20h, Bruno Berner promete agitar o público com grandes sucessos da MPB; e, às 22h, a festa fica por conta do embalo do cantor Edy Baiano. Ainda na sexta, serão realizados dois shows beneficentes no Boteco do Nair (Núcleo de Atividades Interativas e de Recuperação), no Centro: às 19h, do cantor Sidney Santos, e, às 21h, da dupla Gianne Mello e Raphael do Cavaco.

No sábado (08/11), o projeto será realizado em três lugares: no Centro, Itaipuaçu e Bambuí. Na Praça Dr. Orlando de Barros Pimentel, às 20h, será realizado o show do cantor Leandro Junnhyor; e, às 22h, será a apresentação de Gianne Mello, Raphael do Cavaco e Adriano Pavarotti. Em Bambuí, as apresentações serão realizadas na Rua Paulino Venâncio da Costa (ao lado do Canal de Bambuí), com shows, às 20h, de Bruno Bernner; e, às 22h, do casal Jô Borges e Aldo Corrêa. Em Itaipuaçu, o evento será na Praça dos Gaviões, com show, às 21h, de Mirene Alves e, às 23h, do cantor Raul Palmeira.

Lançado em março de 2012, o "Sob o Céu, Sob o Sol" tem o objetivo de valorizar a cultura do município com apresentações de artistas locais em praças públicas, nas praias e em eventos públicos.

Programação:

07/11 – Sexta- feira – Praça Conselheiro Macedo Soares – Centro
18h – Ricardo Pop e Ricardo Agura
20h – Bruno Berner
22h – Edy Baiano
Beneficente – Boteco do NAIR – Centro
19h – Sidney Santos
21h – Gianne Mello e Raphael do Cavaco
08/11 – Sábado – Praça Dr. Orlando de Barros Pimentel – Centro
20h – Leandro Junnhyor
22h – Gianne Mello, Raphael do Cavaco e Adriano Pavarotti
Rua Paulino Venâncio da Costa (ao lado do Canal de Bambuí) – Bambuí
20h – Bruno Bernner
22h – Jô Borges e Aldo Corrêa
Praça dos Gaviões – Itaipuaçu
21h – Mirene Alves
23h – Raul Palmeira

Novembro 6, 2014 Posted by | jornalismo, Lazer, Maricá, musica, turismo | , | Deixe um comentário

Quinta-feira é dia de “Pedala Maricá” nas ruas do Centro

Texto: Leandra Costa (edição: Marcelo Ambrosio)

Quinta-feira é dia de “Pedala Maricá” nas ruas do Centro

Nesta quinta-feira (06/11), a Secretaria de Turismo e Lazer de Maricá realiza mais uma edição do Pedala Maricá – projeto de incentivo ao ciclismo na cidade. Com aproximadamente uma hora de duração, os participantes circularão pelas principais vias do Centro da Cidade. A concentração acontecerá, a partir das 19h, na Praça Conselheiro Macedo Soares, também conhecida como a Praça do Turismo, no Centro.

O projeto conta com a participação de, aproximadamente, 60 ciclistas. Vale ressaltar que o percurso tem o apoio de equipes da Defesa Civil e das secretarias municipais de Segurança Pública e de Trânsito e Transporte para garantir a segurança dos participantes.

Durante o circuito urbano, os participantes seguirão pela Avenida Roberto Silveira, pelas ruas Mario Lopes de Fontoura, Vereador Luiz Antônio Cunha, Avenida Uirapurus com retorno na José Luis da Costa (quadra). O circuito urbano ainda passará pelas avenidas Ary Spindola e Soares de Souza, seguindo pelas ruas Clímaco Pereira, Domício da Gama, Alferes Gomes, Avenida Prefeito Odemir Francisco da Gama. Os ciclistas passarão também pelas ruas Fernando Enrique Assunção, Milton de Souza Pacheco, Joaquim Eugênio dos Santos, retornando no DPO, Avenida Francisco Sabino da Costa e Rua Domício da Gama. A dispersão será na Praça Dr. Orlando de Barros Pimentel.

Projeto

A atividade é recomendada para pessoas de qualquer idade, no entanto, menores de 14 anos devem estar acompanhados de pai, mãe ou responsável. Quem tiver interesse em participar, não precisa se inscrever, basta comparecer na concentração com sua bicicleta e fazer parte do projeto.

De acordo com a Secretaria de Turismo, o objetivo do projeto é conscientizar a população sobre o uso da bicicleta como meio de transporte eficiente e ambientalmente correto, além de mostrar os benefícios à saúde em geral que traz. O ciclismo é uma atividade rítmica, ideal para desenvolvimento dos sistemas de energia aeróbico e anaeróbico.  Em termos de saúde, estimula o sistema cardiovascular dos praticantes, sendo indicado por médicos especialistas para desenvolvimento de resistência de força muscular das pernas e como ótimo exercício para queima de gordura corporal. A média é de 400 calorias perdidas por hora.

O projeto teve início em janeiro de 2013, e além do Centro (berço do projeto), o Pedala Maricá já percorreu ruas de diversos bairros, como: Cordeirinho, Espraiado, Itapeba, Flamengo, Itaipuaçu e Barra de Maricá.

Novembro 6, 2014 Posted by | esportes, jornalismo, Lazer, Maricá, turismo | | Deixe um comentário

Prefeitura de Maricá apresenta plano municipal para menores infratores

Texto: Leandra Costa (edição: Marcelo Ambrosio) | Fotos: Fernando Silva

Prefeitura apresenta plano municipal para menores infratores

A Prefeitura de Maricá apresentou, nesta segunda-feira (03/11), o Plano Municipal Decenal de Atendimento Socioeducativo, destinado para jovens de 12 a 17 anos e 11 meses, autores de ato infracional, residentes no município de Maricá, e para suas respectivas famílias. A apresentação, realizada no auditório do CEU (Centro de Artes e Esportes Unificados), contou com a participação de representantes de diversas secretarias e órgãos atuantes no processo, como o Ministério Público e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA).

O plano, com vigência até 2023, tem o objetivo de disponibilizar proteção integral aos adolescentes, por meio de execução de metas e ações articuladas dos sistemas, órgãos e organizações estaduais e municipais responsáveis pela garantia de direitos dos adolescentes no município de Maricá. De forma detalhada, o plano traz como ações públicas oferecimento de vagas de prestação de serviços em órgãos públicos, cursos profissionalizantes, vagas em projetos esportivos, culturais e educacionais direcionadas a esses jovens como forma de cumprimento de medida socioeducativa.

De acordo com o secretário municipal de Assistência Social, Jorge Castor, a equipe do CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) fez o diagnóstico dos casos existentes na cidade e os representantes de cada secretaria propuseram ações preventivas e socioeducativas a serem realizadas. “Esse é um trabalho elaborado a várias mãos que demostra o comprometimento do poder público em construir um plano que atenda, de forma responsável, esses jovens que estão em vulnerabilidade”, declarou Castor, destacando o empenho das secretarias municipais de Direitos Humanos, Saúde, Educação, Cultura, Trabalho, Esporte e Segurança Pública.

A subsecretária de Assistência Social, Laura Maria da Costa, explicou a importância da participação desses órgãos. “A proposta deste plano é desenvolver ações integradas com a rede de atendimento à criança e ao adolescente no município, com o objetivo de proporcionar a efetivação dos direitos fundamentais", afirmou. "As ações visam promover a melhoria, a otimização dos recursos disponíveis, a consolidação de uma rede articulada de atendimento ao adolescente e a implementação de medidas sociais eficazes de prevenção da violência”, completou Laura.

O promotor da Vara da Infância e da Juventude de Maricá, Sérgio Luis Lopes Pereira, explicou o sistema de direitos da criança e do adolescente estabelecidos pelo ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente). “Há dois anos e meio estou na promotoria de Maricá e, nesse último ano, houve um aumento considerável dos delitos considerados graves. Para se ter uma ideia, Maricá prende mais do que Belford Roxo", revelou. "Constata-se, ainda, que 90% dos jovens envolvidos estão fora da escola. É um diagnóstico triste. Somente nesse fim de semana, recebemos 12 que não estudam. Por isso, considero essencial a elaboração do plano e o envolvimento de toda a sociedade”, acrescentou. Ainda de acordo com o Ministério Público e a Polícia Militar, no período de Janeiro a Dezembro de 2013 foram registradas 255 ocorrências envolvendo adolescentes em práticas de atos infracionais. De 2013 a Junho de 2014, foram realizados no CREAS, 42 acompanhamentos a adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas encaminhados por meio da Comarca de Maricá.

A presidente do Conselho Estadual de Defesa da Criança e do Adolescente do Rio de Janeiro, Monica Alkimin, salientou a importância de mobilizar a sociedade na proteção e defesa das crianças. “Há um consenso de que os adolescentes são os maiores causadores da violência no país, por isso, defende-se a redução da maioridade penal. Mas, na verdade, os jovens morrem muito mais do que matam", avaliou. "Considero que um momento infracional não pode isolar e determinar a vida do adolescente. Tem de haver uma mudança na sociedade no sentido de educar em liberdade. Não podemos pensar em sociedade que encarcera e que tem medo de suas crianças, de seu futuro. Mais do que serviços temos que pensar no atendimento ao menor que cometeu um ato criminal, mas que não se define apenas por isso”, atestou.

A secretária municipal de Educação, Adriana Luíza da Costa, falou sobre a necessidade de se pensar no futuro. “Temos que cuidar não só dos nossos filhos, mas também dos dos vizinhos, que convivem conosco. Nossa missão é convocar a sociedade para que possamos discutir, traçar e planejar uma escola mais participativa e de tempo integral, contribuindo, para a construção de uma sociedade mais igualitária e justa”, finalizou. O plano integra a lei federal 12.594, de 18 de janeiro de 2012, que criou o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase) e regulamenta que os municípios criem medidas aos adolescentes autores de atos infracionais. Após essa apresentação, será encaminhado para aprovação do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), em sessão prevista para o dia 13 de novembro.

Apresentação do plano no CEU

Jorge Castor destacou o comprometimento do poder público

Segundo o promotor, houve um aumento dos delitos considerados graves

Monica Alkimin salientou a importância de mobilizar a sociedade na proteção e defesa das crianças

A secretária de Educação falou sobre a necessidade de se pensar no futuro

Novembro 6, 2014 Posted by | assistencia social, jornalismo, Maricá, projeto social | Deixe um comentário

Maricá vacina contra poliomielite e sarampo a partir deste sábado 08.11

Texto: Amanda Neto

A Secretaria Municipal de Saúde realizará, de 08 a 28/11, as campanhas de vacinação contra a poliomielite e sarampo.

As vacinas estarão disponíveis nas Unidades de Saúde de Família do Bairro da Amizade, Bambuí, Barra, Espraiado, Guaratiba, Mumbuca, Ubatiba, Retiro, Ponta Grossa, São José I, Inoã I e Chácara de Inoã, Inoã II, Recanto, Jardim Atlântico, Santa Paula e nos Postos de Saúde Central, São José, Santa Rita, Itaipuaçu e Ponta Negra. A vacinação será realizada das 8h às 16 horas nos locais citados. Nos dias 8 e 22/11 (sábado), haverá ainda mobilização para pesagem do programa Bolsa Famíliae o funcionamento das unidades se estenderá até às 17h. Ainda nestas datas, haverá três postos volantes: Rotary Maricá, Rotary Itaipuaçu e Associação de Moradores de Jaconé, com vacinação até às 16 horas.

 

Em Maricá, estima-se vacinar 7.103 crianças, a partir dos seis meses de idade até quatro anos, 11 meses e 29 dias, contra a poliomielite. A vacina é via oral, sendo aplicada duas gotas na boca. É contraindicada para quem teve reação anterior a vacina, imunodeprimidos e quem tem alergia a estreptomicina ou eritromicina. A coordenadora do programa de Imunização de Maricá, Núbia Brum, diz que, há 35 anos, o Brasil realiza a campanha contra a poliomielite e é o 25º ano sem a doença no país. Ainda de acordo com ela, o Brasil está livre do poliovírus desde 1990 e todas as ações devem ser mantidas até que aconteça a certificação mundial da erradicação deste agente infeccioso, visto que a poliomielite é uma doença viral que pode afetar os nervos, levar à paralisia parcial ou total. A vacina é a única forma de proteção contra a doença.

Para a campanha contra o sarampo, o público-alvo são crianças a partir de um ano de idade até quatro anos, 11 meses e 29 dias. Em Maricá, estima-se vacinar 6.302 crianças. É também contraindicada em pacientes que tenham tido reação anterior a esta vacina, que estejam com febre ou possuam imunodeficiência congênita ou adquirida. Núbia Brum explica que o sarampo é uma doença infectocontagiosa, causada por um vírus chamado Morbillivirus. Ela comenta que a enfermidade é uma das principais responsáveis pela mortalidade infantil em países do Terceiro Mundo. A meta mínima a ser alcançada corresponde a 95% de cobertura vacinal em cada campanha.

Núbia destaca ainda que outra vacina fará parte do Calendário Nacional de Vacinação, do Ministério da Saúde, a partir deste mês, chamada dTpa, absorvida de difteria, tétano e coqueluche (pertussis acelular). “Será introduzida no Calendário Nacional de Vacinação da gestante como reforço ou complementação do esquema da vacina dupla adulta (difteria e tétano). O objetivo é diminuir a incidência e mortalidade por coqueluche nos recém-nascidos, pois eles apresentam maior risco de desenvolverem complicações, podendo levar a óbito”, explicou a coordenadora, que informa quem poderá tomar a vacina. “A tipo adulto-dTpa será disponibilizada para gestantes a partir da 27ª semana de gestação e poderá ser administrada até 20 dias antes da data provável do parto. É importante que a gestante seja vacinada com a dTpa o mais precoce possível. Os profissionais de saúde que atuam em maternidades e em unidades de internação neonatal (UTI/UCI neonatal) também devem ser vacinados e  pode ser administrada simultaneamente a outras vacinas. É contraindicada em quem teve reação a dose anterior da dT e dTpa”, alertou.

Para participar das campanhas é necessário levar o cartão de vacinação das crianças. As gestantes precisam levar o cartão da gestante e a solicitação do médico ou enfermeiro, indicando a Idade Gestacional das mesmas. “Mesmo aquelas que tenham tomado as três doses dT precisarão tomar uma dose de dTpa”, alerta Núbia. A coordenadora ainda ressalta que durante o ano são disponibilizadas em todas as unidades de saúde do município as vacinas pentavalente, rotavírus, hepatite B, dT (7 anos para cima),  dtp (de 1 a 6 anos), dTpa a partir de novembro (para gestantes), meningococo C, pneumococo 10, pólio oral, pólio intramuscular, hepatite A, tetraviral e anti-rábica. Além dessas vacinas o Posto Central realiza BCG de segunda a quinta-feira, das 8h às 11h, e vacina contra febre amarela às terças-feiras, das 13h às 16h.

Novembro 6, 2014 Posted by | campanha de vacinação, jornalismo, Maricá, saúde | | Deixe um comentário