Noticiário RJ on line

As melhores notícias com Rosely Pellegrino

Assistência Social de Maricá promove cadastramento para identificação e inclusão de pessoas com deficiência

Texto: Kelly Rodrigues (edição: Gisele Paiva)

A Secretaria Municipal Adjunta de Assistência Social, em parceria com a Secretaria Municipal Adjunta de Educação, promoverá o cadastramento para pessoas com deficiência para facilitar a identificação e inclusão social em todos os serviços oferecidos neste segmento. O cadastramento será iniciado na próxima segunda-feira (20/04) com encerramento previsto para dia 19 de maio. Os interessados poderão comparecer na sede da Secretaria Adjunta de Assistência Social, no CRAS de sua região ou na escola mais próxima, das 8h às 16h30.
Segundo o secretário municipal adjunto de Assistência Social, Jorge Castor, este cadastro é de extrema importância para que novos projetos dirigidos a este público sejam realizados no município. “Com este cadastramento iremos detectar a demanda existente e assim poderemos desenvolver mais políticas públicas voltadas a essas pessoas e melhor administrar as já existentes. Peço para todos que têm uma pessoa com qualquer tipo de deficiência na família, que os ajude e os tragam para realizar o cadastro”, declarou Castor.

Endereços para cadastramento:

Secretaria Municipal Adjunta de Assistência Social: Rua Domício da Gama, 386 e 398, Centro
CRAS Centro: Rua Domício da Gama, Lt.18, Qd.03, Centro
CRAS Região Oceânica: Avenida Maísa Monjardim , Lt.05, Qd.195 (entre Cordeirinho e Ponta Negra, esquina com a rua 135)
CRAS São José Marine: Rua Tinhoré, Lt.22, Qd.02, Km 22, Marine, São José do Imbassaí
CRAS São José Central: Estrada Real de Maricá, s/nº, Lt.03, São José do Imbassaí
CRAS Inoã: Rua 5, Lt.01, Barra A2, Qd. 19 (Rua do CIEP), Inoã
CRAS Itaipuaçu: Rua Professor Cardoso Menezes, Lt.37, Qd. 1 (antiga rua 1), Itaipuaçu
CRAS CEU (Centro de Artes e Esportes Unificados): Rodovia Amaral Peixoto km 27,5, Mumbuca
CRAS Itaipuaçu II: Rua Prf. C. Menezes, Lote 37, Qd 01, Jardim Atlântico.

Escolas que realizarão o cadastramento:

E.M. Dilza Sá Rego (Jaconé)
E.M. Reginaldo D. Santos (Ponta Negra)
E.M. Alcione S. R. Da (Bambuí)
E.M. Antonio Rufino (Gamboa)
E.M. João Monteiro (Recanto de Itaipuaçu)
E.M. João Pedro (Manoel Ribeiro)
E.M. Vereador Osdevaldo (Santa Paula)
E.M. Espraiado
E.M. Rita Sampaio Cartaxo (Itaocaia Valley)
E.M. Rodrigo Monteiro (Serra do Camburi)
E.M. Retiro

Anúncios

Abril 20, 2015 Posted by | assistencia social, jornalismo, Maricá | Deixe um comentário

Cineclube Henfil de Maricá apresenta “A Fita Branca” nesta quarta

Texto: Rafael Zarôr

Filme mostra a violência educacional na Alemanha no início do século XX e como isto carregava as sementes do nazismo

Vencedor do Festival de Cannes e Globo de Ouro, filme mostra os fatos que antecederam o nazismo. Sessão é gratuita e se inicia às 19h, na Casa Digital, no Centro

Os fatos que antecederam o nazismo e o Holocausto serão tema do Cineclube Henfil de Maricá desta quarta-feira (22/04).

O projeto da Secretaria Municipal Adjunta de Cultura, Ciência e Tecnologia exibirá o filme “A Fita Branca” (2009 – Alemanha/Áustria/França/Itália), às 19h, na Casa Digital – Praça Dr. Orlando de Barros Pimentel, no Centro.

A sessão é gratuita.

Vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes em 2009 e do Globo de Ouro, em 2010, além de duas indicações ao Oscar (Melhor Filme Estrangeiro e Melhor Fotografia), o longa-metragem do diretor austríaco Michael Haneke conta a história de uma aldeia alemã, mergulhada em uma rigorosa tradição luterana, às vésperas da Primeira Guerra Mundial. Em 1913, estranhos incidentes acontecem na vila assumindo gradualmente o caráter de um ritual dirigido contra as autoridades. O professor, que está investigando, conclui que são as crianças da aldeia que castigam aqueles que traem as ideias que pregam. Eles formarão a geração que levará Adolf Hitler ao poder.

Com 144 minutos de duração, a obra é estruturada a partir da voz de um idoso que narra lembranças de episódios que aconteceram nessa comunidade, na qual era professor. Uma corda é colocada como armadilha para derrubar o cavalo do médico, um celeiro é incendiado, duas crianças são sequestradas e torturadas. Gradualmente, estes incidentes isolados tomam a forma de um sinistro ritual de punição, deixando a cidade em pânico. Produzido em preto e branco, "A Fita Branca" mostra a violência educacional praticada na Alemanha no início do século XX e como isto carregava as sementes do nazismo.

No Holocausto, cerca de seis milhões de judeus foram exterminados em escala industrial pelo regime de Hitler, durante a Segunda Guerra Mundial. Os nazistas acreditavam que os alemães eram "racialmente superiores" e que os judeus eram "inferiores", sendo uma ameaça à autointitulada comunidade racial alemã. Grupos de ciganos, deficientes físicos e mentais, e eslavos (poloneses, russos e de outros países do leste europeu) também foram mortos no programa denominado "Solução Final", por serem identificados pelos nazistas como integrantes de “raça inferior”. Testemunhas de Jeová, homossexuais, comunistas e socialistas igualmente foram perseguidos por seu comportamento político e ideológico.

Este mês, o Cineclube Henfil exibe filmes que abordam o nazismo, suas consequências e a queda do ditador Adolf Hitler. O filme “A Queda” (29/04) encerra a programação de abril. Já foram apresentados “O Ovo da Serpente”, “Alemanha, Ano Zero” e “Uma Mulher Contra Hitler”.

Abril 20, 2015 Posted by | cinema / produção, cultura, jornalismo, Lazer, Maricá | | Deixe um comentário

Prefeitura de Maricá divulga programação da Festa de São Jorge

Texto: Rafael Zarôr | Fotos: Fernando Silva

Programação inclui shows gratuitos, leilão, orações e bênçãos aos fiéis

Serão seis dias de celebrações com orações ao santo guerreiro, shows gratuitos e a tradicional cavalgada do Caju até o Espraiado

O bairro do Espraiado, em Maricá, será palco de diversas atrações em homenagem ao Dia de São Jorge, comemorado no dia 23 de abril. Com apoio da Secretaria Municipal Adjunta de Turismo, serão realizadas orações, shows gratuitos de forró e música sertaneja, leilão de objetos doados pelos fiéis e a tradicional cavalgada do Rancho Ubatã, no Caju, até a capela de São Jorge, no Espraiado, que acontece há mais de 20 anos na cidade. A programação se inicia nesta segunda-feira (20) e será encerrada no sábado (25).

Entre hoje (20) e quarta-feira (22), os fiéis farão um tríduo (orações) na Capela de São Jorge, às 19h. No dia 23, a celebração ao santo guerreiro começa às 6h da manhã numa alvorada festiva com a participação da banda do Centro Educacional de Maricá Joana Benedicta Rangel, no Trem Bão e café compartilhado. A tradicional cavalgada, com a participação prevista de 400 cavaleiros, do Rancho Ubatã, no Caju, será às 15h. Os participantes sairão em procissão com a imagem do santo pelas estradas de Bambuí e Manoel Ribeiro até chegar ao Espraiado. Agentes de trânsito e guardas municipais darão apoio durante a cavalgada.

Também às 15h acontece um show com Neco do Acordeon e Trio Xique Xique, no Espraiado. Às 18h, será realizada uma celebração e bênçãos aos fiéis com um sacerdote da Paróquia Nossa Senhora do Amparo. A programação contará ainda com um leilão de objetos doados e um show do Forró Brasil, a partir das 21h.

Nos dias 24 e 25/04, o DJs animarão o público a partir das 15h. Os shows terão início às 21h com Grupo Entre Elas (sexta-feira) e Grupo Garotos Sem Preconceito (sábado), em um palco que será montado ao lado da capela de São Jorge, no Espraiado.

Confira abaixo a programação completa:

Segunda-feira – 20/04

19h – Tríduo (oração) na capela do Espraiado;

Terça-feira – 21/04

19h – Tríduo na capela do Espraiado;

Quarta-feira – 22/04

19h – Tríduo na capela do Espraiado;

Quinta-feira – 23/04

6h – Alvorada festiva com banda do C.E.M. Joana Benedicta Rangel no trem bão e café compartilhado no Espraiado;

15h – Cavalgada religiosa com saída do Rancho Ubatã até o Espraiado;

15h – Show com Neco do Acordeon e Trio Xique Xique – Espraiado;

18h – Celebração e bênçãos aos fiéis com sacerdote da Paróquia Nossa Senhora do Amparo – Espraiado;

19h – Leilão de objetos doados pelos fiéis – Espraiado;

21h – Forró Brasil – Espraiado;

Sexta-feira – 24/04

15h – Som com DJ – Espraiado;

21h – Show Grupo Entre Elas;

Sábado – 25/04

15h – Som com DJ – Espraiado;

21h – Show Grupo Garotos Sem Preconceito;

Previsão dos organizadores é que 400 cavaleiros participem da cavalgada

Imagem do santo guerreiro será levada pelos devotos na procissão do Sitio Ubatã, no Caju, até a Capela de São Jorge, no Espraiado

Serão seis dias de festa em homenagem a São Jorge

Abril 20, 2015 Posted by | jornalismo, Lazer, Maricá, religioso, shows e eventos, turismo | , | Deixe um comentário

Deputada Zeidan atuante em defesa dos direitos da mulher alerta: os registros de casos que se enquadram na Lei Maria da Penha cresceram no Estado.

Deputada Estadual (PT) Rosangela Zeidan

A bancada feminina decidiu desarquivar uma série de projetos relacionados à defesa dos direitos da mulher como o que cria a "Patrulha Maria da Penha". Segundo a Deputada Estadual Martha Rocha (PSD), que preside a CPI, a ideia é ter um serviço de atendimento 24 horas, como patrulhas especializadas e dispositivos de botão do pânico para as vítimas.

Relatora da CPI, a Deputada Estadual (PT) Rosangela Zeidan questionou se existe interesse e disponibilidade para começar o Projeto a curto prazo. Ao que a Major Simone de Almeida, do escritório de gestão estratégica de projetos da PM, revelou dados nada animadores. O projeto estaria pronto, mas a contenção de recursos do governo para 2015 não permitiu ainda que fosse iniciado.
"A planilha de custos terá que ser revista, pois a frota da Polícia Militar foi reduzida em 300 viaturas e o projeto terá que calcular agora o valor de novas viaturas para atender à demanda que esse atendimento irá gerar. Foram pensadas equipes de 03 policiais para cada Patrulha, sendo 02 policiais do sexo masculino e 01 do sexo feminino. Ao todo devem ser envolvidos 40 policiais, contando o efetivo de atendimento e o administrativo. O ideal seria ter 64 policiais na equipe, mas a redução do efetivo foi necessária para atender à nova previsão orçamentária", explicou a major à relatora da CPI.

Apesar de relativamente barata do que a criação de delegacias, os Núcleos de Atendimento à Mulher também enfrentam problemas. A Polícia Civil teve uma queda de 0,36% em seu efetivo, no período de 2000 a 2014. Neste mesmo tempo houve aumento de 55% na quantidade de delegacias, de 10% na população do estado e os concursos públicos feitos conseguiram tão somente repor a força de trabalho, sem ampliar o efetivo.

Durante reunião da CPI, a perita-legista do Instituto Médico Legal (IML) Márcia Motta Veiga Fuchs apresentou dados sobre as vítimas atendidas na instituição em 2013 e 2014. Foram realizados 2319 exames em mulheres de todas as faixas etárias, sendo 42% dos casos em crianças de até 12 anos, vítimas de crime sexual. Para a deputada, a pesquisa mostra que faltam delegacias especializadas em investigar esses delitos.
Segundo a diretora da divisão de Polícia de Atendimento à Mulher (DPAM), Márcia Noely Barreto, houve um aumento de 7% nos registros de ocorrência nas 14 delegacias especializadas no Estado.

Fotos: Divulgação Paulo David

Abril 20, 2015 Posted by | direitos humanos, jornalismo, política, PT | , , , , | Deixe um comentário